Edilázio cobra respostas de Flávio Dino sobre MAs

1comentário

O deputado federal Edilazio Júnior (PSD), destacou, em seu perfil, em rede social, a garantia do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, de recuperação da rodovia BR-135, que corta o estado do Maranhão. Clique aqui e veja o vídeo.

Na mensagem, Edilazio lembrou que o posicionamento do ministro ocorreu após o prefeito do município de Trizidela do Vale, Fred Maia, ter gravado um video sobre a precariedade de trecho da rodovia.

Ao tomar conhecimento do vídeo, o ministro garantiu serviços em toda a extensão da BR-135 até o final de 2020.

“O ministro, de prontidão, respondeu ao prefeito de Trizidela, garantindo as melhorias na BR-135, dizendo que nós teremos, até o final do ano, uma rodovia totalmente recuperada. Isso foi motivo de grande satisfação para a bancada maranhense”, disse.

Edilazio aproveitou para cobrar respostas do Governo do Estado, a respeito da falta de infraestrutura das rodovias estaduais. “E aqui, que sirva de exemplo ao governo comunista e ao secretário Clayton Noleto. Deem satisfação sobre as nossas MAs”, finalizou.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Weverton cobra BRs, mas silencia sobre MAs

1comentário

O senador Weverton Rocha (PDT) reclamou, nas redes sociais, da situação das estradas federais que cortam o Maranhão.

Tudo bem, por exemplo que a BR-135 está uma “porcaria” em muitos trechos, mas Weverton diz ter rodado em muitas estradas e, certamente, muitas dessas devem ter sido rodovias estaduais.

Independentemente de ter rodado ou não, por exemplo na MA-315, que liga Barreirinhas à Paulino Neves e Tutóia, o senador tem a obrigação de acompanhar pelo menos na imprensa a situação caótica da rodovia, mas por ser aliado do governador Flávio Dino prefere silenciar.

Mas Weverton só falou das rodovias cuja responsabilidade é do governo de Jair Bolsonaro.

“Rodei muito o Maranhão nas últimas semanas e vi a situação precária das estradas, em especial da BR-135. Recebi apelos de prefeitos e da população. Repasso ao ministro Tarcísio Gomes e ao diretor-geral do Dnit, Santos Filho, para que melhorem as condições das nossas estradas”, disse.

Na semana passada, foi o deputado federal Márcio Jerry quem reclamou das rodovias federais.

Ao que parece é tudo combinado. E ninguém fala das rodovias maranhenses.

Foto: Reprodução/Twitter

1 comentário »

Márcio Jerry vai cobrar o Dnit, mas e aqui?

0comentário

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) disse nas redes sociais que a bancada maranhense na Câmara dos Deputados vai cobrar o governo Bolsonaro que resolva os problemas nas BRs que cortam o Maranhão.

Segundo Jerry, os deputados estarão nesta terça-feira (13) no Dnit para cobrar por exemplo a conclusão da interminável BR-135.

“Bancada maranhense no Congresso Nacional voltará ao Dnit na terça para cobrar as providências prometidas e não adotadas na manutenção das BRs que cortam o MA. Com as chuvas situação ficando precária em vários trechos importantes, a exemplo de São Mateus-Miranda, na 135”, descreveu Jerry no Twitter.

Bom, mas o que diz o parlamentar a respeito da situação de algumas MAs?

Seria importante que Márcio Jerry também procurasse o governo do Maranhão para resolver a situação caótica em que se encontra a MA-315, que liga a cidade de Barreirinhas à Paulino Neves e Tutóia e das condições da Estrada do Aracagy onde o governo segue com uma obra que tem causado muitos transtornos à população.

Foto: Agência Cãmara

sem comentário »

Flávio Dino não explica caos em MAs e culpa outros…

1comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) utilizou o Twitter para culpar os seus antecessores pela situação caótica das estradas no Maranhão bastante castigadas por conta das chuvas.

Flávio Dino escreveu um monte de coisas, mas não explicou a situação da MA-386 (Estrada do Arroz) onde foram gastos R$ 55 milhões e o escândalo da MA-315, nos Lençóis Maranhenses e que custou R$ 11 milhões e foi inaugurada há 3 meses. As duas rodovias foram obras executadas na gestão de Flávio Dino e já estão totalmente destruídas.

Flávio Dino nunca tem culpa de nada. O seu governo não tem problema algum e como sempre faz, aproveitou para jogar a culpa nos outros.

“Desde 2015 já executamos 3.000 quilômetros de asfalto. Contudo, herdamos uma malha viária antiga, sem manutenção adequada e sem drenagem. Não se corrige tudo isso de uma vez só. Fazemos ações emergenciais permanentemente e seguimos com as ações estruturantes”, escreveu.

É isso mesmo. No cargo há quase cinco anos e no segundo mandato, Flávio Dino acredita que a justificativa de culpar os outros ainda convence e pelo visto até ele mesmo que acredita e vende a ideia de que não é sua a responsabilidade.

Pelo visto, Flávio Dino vai passar oito anos no governo utilizando sempre a mesma desculpa para justificar os problemas do Maranhão.

Vai ser sempre assim…

Foto: Reprodução/Twitter

1 comentário »