Mortos em queda de helicóptero são velados em SL

3comentários

Os corpos dos três médicos e do piloto que morreram na queda do helicóptero modelo Robson 44, prefixo PP- WRV, ontem à tarde, em uma fazenda próxima a Rosário já estão sendo velados em São Luís.

Os médicos José Cléber Luz Araújo, Jonas Elói da Luz, Rodrigo Capobiongo Braga e o piloto, o policial civil Alfredo Oliveira Barbosa Neto retornavam de Lima Campos quando aconteceu o acidente.

O velório dos médicos acontece no auditório do Conselho Regional de Medicina (CRM) e do piloto, no salão da Igreja da Cohab.

As investigações do caso estão sob a responsabilidade do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

3 comentários »

Quatro pessoas morrem em queda de helicóptero

0comentário

Um helicóptero com quatro pessoas caiu na tarde deste domingo, em uma fazenda próximo ao município de Rosário, que fica a 75 km da capital São Luís.

De acordo com as informações do CTA (Centro Tático Aéreo), os quatro tripulantes morreram após a queda.

Uma equipe do CTA foi enviada de São Luís para o local do acidente, onde tentarão identificar as causas do acidente.

Nota da SSP:

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) informa que na tarde deste domingo (1), o helicóptero – modelo Robson 44, prefixo PP- WRV- caiu em uma fazenda localizada entre os povoados Miritil e Lentel, próximo ao município de Rosário.

Os passageiros José Cleber Luz Araújo, Jonas Eloi da Luz, Rodrigo Capobiongo Braga, e o piloto, o policial civil Alfredo Oliveira Barbosa Neto, morreram no acidente.

As investigações ficarão sob a responsabilidade do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica.

Foto: Divulgação/Polícia

Leia mais

sem comentário »

Andrea diz que médicos não recebem salários

0comentário

A deputada Andrea Murad denunciou nesta terça-feira (31) a situação precária dos médicos que atendem pelo Programa de Saúde Prisional. O instituto responsável pela execução do programa é o INVISA, contratado pela Secretaria de Estado da Saúde, que além de atrasar os salários dos médicos, também deixa os profissionais sem contrato e sem os direitos.

“São 10 médicos sem receber seus salários. Estão trabalhando na saúde prisional do estado sem receber dinheiro. Isso já acontece há muito tempo e outra coisa, além da precariedade nas condições de trabalho e a falta de segurança, não existe uma forma de contratação. Isso resume o que é o governo Flávio Dino, como ele trata a saúde, como trata a classe médica, os profissionais da área da saúde. Venho solicitar ao governo que dê uma atenção especial a esse caso dos médicos da saúde prisional, que efetue os pagamentos dos salários que estão há 3 meses atrasados, e solicitar ainda a regularização desses profissionais junto à INVISA”, denunciou.

A deputada chamou a atenção para os diversos problemas que vem ocorrendo na área da saúde e que o governo Flávio Dino vem tratando com descaso.

“Queremos saber quando esse governo vai começar a se organizar. Isso não pode estar acontecendo no Estado. São 3 anos de governo e esses absurdos continuam. A saúde um desmantelo só. Os médicos reivindicando, lutando, querendo uma posição desses problemas e nada. E as denúncias são constantes. São medicamentos que faltam, como no Hospital Geral, são crianças com microcefalia sem os remédios e ficam só nas promessas. E estamos falando de problemas que duram meses e o governo Flávio Dino só toma providência quando o caso atinge proporções maiores”, alertou Andrea.

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »

Andrea cobra salários atrasados de médicos

0comentário

Deputada estadual Andrea Murad (PMDB) cobra salários atrasados de médicos de Balsas

A deputada Andrea Murad (PMDB), durante discurso nesta segunda (26), cobrou o pagamento de 3 meses de salários atrasados dos médicos obstetras e pediatras de Balsas. A insatisfação da categoria levou os profissionais entrarem de aviso prévio no Hospital São José, unidade privada que tem um convênio com o Governo do Estado desde agosto do ano passado.

“A Sociedade Beneficente  São Camilo, que administra o hospital São José em Balsas, tem um convênio com o Governo e esse dinheiro não está sendo repassado. Eles repassaram seis meses e faltam repassar os outros seis. E a finalidade desse convênio é para justamente o pagamento de médicos, para compras de medicamentos, tudo o que necessita para um hospital funcionar. Aí a Secretaria de Estado da Saúde alega que não fez os repasses para o hospital, porque o hospital não apresentou a prestação de contas devidamente. A direção do hospital afirma que prestou contas em 31 de março. A Secretaria demorou em fazer suas ressalvas, o hospital apenas há duas semanas respondeu aos apontamentos da SES e até agora espera o governo responder ao relatório final. Ou seja, só está faltando a Secretaria de Saúde agora resolver a situação para que o recurso possa ir”, explicou Andrea.

A deputada argumentou que a paralisação de médicos em uma unidade dessa complexidade, principalmente na área materno infantil, que abrange toda a região de Balsas,  não pode acontecer e colocar em risco a vida de centenas de mães e crianças. Para Andrea, a negligência tem sido constante na gestão da saúde do Estado e criticou o longo atraso nas obras do Hospital Regional de Balsas, entregue ao governo Flávio Dino com mais da metade das obras concluídas.

“Então, o Governador, que já está no terceiro ano de seu mandato, que recebeu um hospital regional com quase 80% das obras, já que não conclui a obra do hospital do Estado e por isso ele fez um convênio que ele honre com seus compromissos. Eu acho que a Secretaria de Saúde precisa ter eficiência, isso é um dos princípios básicos da administração pública, então eu peço que o Secretário Carlos Lula veja com carinho essa situação para que possa ser resolvido esse atraso dos salários dos médicos de Balsas, evitando assim que serviços na área materno infantil sejam suspensos só porque o Governo não consegue pagar o que é devido aos médicos, profissionais essenciais para aquela região”, discursou.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

sem comentário »

Médicos seguem trabalhando, diz Lula

0comentário

carloslula

O secretário de Saúde do Maranhão, o advogado Carlos Lula, assegurou, através das redes sociais, que os três médicos que foram informados que estavam desligados da UPA da Vila Luizão seguem trabalhando normalmente.

“Nem se quisesse teria como “demitir” algum médico. Eles são sócios de empresas que prestam serviços ao Estado. O Estado, portanto, não possui com eles qualquer relação. E a empresa medica a que pertencem os “denunciantes” permanece prestando serviço”, assegurou.

Carlos Lula também deixou claro que os “denunciantes” não precisam esconder os rostos para fazer as reclamações.

“Os tais “denunciantes”, inclusive, que não sei por qual motivo resolveram esconder o rosto na reportagem, também permanecem trabalhando”, finalizou.

Pelo visto quem ordenou que os três médicos fossem desligados da UPA da Vila Luizão não teve a autorização do secretário Carlos Lula. As explicações do secretário também servem para atualizar o secretário de Comunicação, Márcio Jerry, que, por maldade ou desinformação, afirmou que a TV Mirante utilizou falsos médicos para fazer a reportagem.

Leia mais

sem comentário »

Eduardo Braide debate com médicos

1comentário
Candidato Eduardo Braide debate com médicos projetos para a saúde de São Luís

Candidato Eduardo Braide (PMN) debate com médicos projetos para a saúde de São Luís

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN), foi o único candidato a participar do debate promovido pelo Conselho Regional de Medicina do Maranhão (CRM-MA) na noite desta segunda-feira (17). Essa foi a segunda vez que o candidato conversou com os médicos sobre seus projetos para a cidade, especialmente para a área da saúde, um dos gargalos da atual administração municipal.

“Sempre estive presente a todos os eventos, debates, sabatinas e conversas que sou convidado. Essas são as oportunidades que temos de debater os problemas e, mais que isso, apontar as soluções para esses problemas da cidade. Por isso estou aqui, para conversar com vocês e escutar de vocês os principais problemas na área da saúde em São Luís”, disse Eduardo aos médicos.

Questionado sobre seu projeto para a área da Saúde, Eduardo Braide foi enfático logo em suas primeiras considerações. “O problema da saúde em São Luís é crônico. Precisamos olhar com prioridade a atenção básica. Ela precisa funcionar de forma efetiva nos bairros da capital. Outro ponto, é acabar com a humilhação da Central de Marcação de Consultas. Não se pode admitir que a nossa população tenha que dormir em papelão, na rua, para tentar conseguir marcar uma consulta. O Ônibus da Saúde é outro compromisso para justamente dar conforto e dignidade para a população. Vai justamente suprir nos bairros essa necessidade, levando consulta e exames de menor complexidade para perto da casa das pessoas E, ao invés de prometer um grande hospital em São Luís e não cumprir, defendo as parcerias com o Hospital Aldenora Bello, APAE e Santa Casa. É aproveitar e melhorar o que já existe, sem inventar a roda”, explicou o candidato.

Ao ser perguntado sobre saneamento básico, Eduardo defendeu que esse problema só será resolvido quando houver a aprovação do Plano Municipal do Saneamento Básico. “A questão do saneamento só será resolvida quando São Luís tiver seu plano municipal aprovado. Uma de nossas primeiras medidas é aprovar esse Plano Municipal e colocá-lo em prática para que as ações sejam mais rápidas e eficazes”, garantiu Braide.

O presidente do CRM-MA, o médico Abdon Murad, destacou a postura de Eduardo Braide em participar do debate com os médicos. “Que bom que o candidato Eduardo Braide veio e respondeu a todos os nossos questionamentos. É assim que se faz. Eu não sei por qual motivo o candidato Edivaldo Holanda Júnior não veio para um debate tão importante, pois diálogo com os médicos que cuidam da saúde no dia a dia é essencial”, concluiu.

Foto: Milena Cutrim

1 comentário »

Wellington firma compromissos na Saúde

0comentário
Em reunião com médicos, Wellington 11 consolida compromissos com a saúde de São Luís

Em reunião com médicos, Wellington consolida compromissos com a saúde de São Luís

O deputado estadual e candidato a prefeito da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington (PP), participou, na noite da última quarta-feira (21), de sabatina promovida pelo Conselho Regional de Medicina do Maranhão (CRM-MA).

O candidato progressista recebeu manifestações de apoio da categoria; apresentou suas propostas para valorização da classe e recuperação do sistema público de saúde da capital. “Já estive reunido com várias categorias que trabalham no setor da saúde e, com todas elas, assumi o compromisso de valorizar os profissionais e investir corretamente para retirar da UTI a saúde pública de São Luís”, afirmou

Wellington apresentou alguns dos seus compromissos que serão executados a partir de 2017. Ele citou, por exemplo, investimentos concretos no setor da Atenção Básica (como recuperação e construção de novas unidades de saúde, o que desafogará o atendimento na média e alta complexidade); implantação de plano de cargos, carreiras e salários para os profissionais do setor; garantia de equipamentos, medicamentos e outros insumos estratégicos; reativação do setor de neurocirurgia do Hospital Clementino Moura; implantação de uma unidade para tratamento de pacientes com queimaduras; informatização, com instalação do tele agendamento, das Centrais de Marcação de Consulta, o que colocará fim as grandes filas e humilhação dos pacientes; e, de forma consorciada com as demais prefeituras da Ilha, construção de um Hospital Metropolitano.

“O orçamento municipal será aplicado nas áreas que realmente precisam, como saúde, educação, mobilidade urbana e transporte público de qualidade, por exemplo. Valorizaremos e manteremos diálogo permanente com os médicos e todas as demais categorias do sistema público de saúde”, completou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Paço do Lumiar abre seletivo para médicos

0comentário

A Prefeitura de Paço do Lumiar anunciou a realização de um seletivo para a contratação temporária de médicos. O edital nº02/2016, que trata das normas do Processo Seletivo Simplificado para admissão temporária de médicos já está disponível na página da prefeitura na internet.

Estão sendo disponibilizadas um total de 15 vagas, sendo 8 para contratação imediata e mais 7 para cadastro de reserva, distribuídas nas especialidades de Clínico Geral (10), Cardiologista (2), Geriatra (1) e Pediatra (2). A remuneração mensal varia entre R$ 2.642,48 a R$ 3.523,30, de acordo com a especialidade e a carga horária de trabalho.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas nos dias 6 e 7 de junho, mediante a entrega de títulos na sede Secretaria Municipal da Saúde (Semus), localizada na Avenida 13, CSU – s/nº, Maiobão, no horário das 8 às 14h. No ato da inscrição, os candidatos devem apresentar RG, CPF, documentos de comprovação de títulos e de experiência profissional, juntamente com a ficha preenchida corretamente.

A análise e seleção dos candidatos ocorrerão com a avaliação curricular de títulos e da experiência profissional. O resultado preliminar está previsto para ser divulgado até o dia 8 de junho.

A jornada semanal de trabalho será de 40 horas semanais para clínico geral e de 30 horas para as outras especialidades. A contratação terá prazo determinado de 12 meses, podendo ser prorrogada por igual período. Para mais informações acerca do certame, acessar o edital pelo site www.pacodolumiar.ma.gov.br.

sem comentário »

Homenagem aos médicos

1comentário

JuscelinoFIlho

Na tarde desta quarta-feira (21), o deputado federal Juscelino Filho (PRP-MA) se pronunciou em homenagem aos médicos, durante a sessão solene em comemoração ao Dia do Médico, no plenário da Câmara dos Deputados. Neste ano, o destaque da sessão foi dado à PEC 454/2009, que institui a carreira de estado para o médico no Sistema Único de Saúde (SUS). Pronta para ser incluída na pauta de votação do plenário da Câmara, a proposta, de autoria do então deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), estabelece diretrizes para a organização de uma carreira única de médicos, mantida pela União, mas com exercício no serviço público federal, estadual e municipal.

De acordo com o parlamentar, o tema é de grande interesse da classe médica: “É um tema de grande interesse para a sociedade civil e sociedade médica também, ao inserir na legislação, mecanismos que estabelecem vínculo do médico com o Estado, ingresso por concurso público e novos regimes. Vejo o projeto como uma forma eficiente de incentivar a fixação dos médicos em áreas distantes, de estimular a permanência dos profissionais na rede pública. É claro que o Estado precisa garantir condições para o desenvolvimento da atividade médica com estabilidade e aposentadoria, salário digno. Nossa profissão tem que ser valorizada. Vamos fazer a mobilização necessária para a aprovação deste importante projeto”, afirma Juscelino.

De acordo com dados do CFM (Conselho Federal de Medicina), as vantagens trazidas pela PEC 454/2009 são: Traça diretrizes para a organização da carreira de médico de Estado; Estabelece que no serviço público federal, estadual e municipal a medicina é privativa dos membros da carreira única de médico de Estado, organizada e mantida pela União; O ingresso na respectiva carreira seria feito por concurso, com regime de dedicação exclusiva, sem poder exercer outro cargo ou função pública, salvo na área de magistério; Prevê ascensão funcional do médico de Estado pelos critérios de merecimento e antiguidade; Exige critérios objetivos de lotação e remoção dos médicos, segundo a necessidade do serviço; Proíbe o médico de receber honorários, tarifas ou taxas, auxílios ou contribuições de pessoas naturais ou jurídicas, públicas ou privadas; e, prevê uma remuneração que valoriza o tempo de serviço e os níveis de qualificação na área médica.

1 comentário »

Médicos com Aécio

8comentários

Medicos

Médicos de todo o Maranhão realizaram neste sábado, em São Luís, no DIa do Médico a “Carreata da Saúde – Aécio Presidente” em apoio à candidatura do presidenciável Aécio Neves.

A carreata teve início na sede do CRM/MA, percorreu as ruas da Avenida Jerônimo de Albuquerque, São Luís Reis de França, Retorno da Cohab, Avenida do Holandeses, Retorno do Caolho e finalizou, com um grande ato, na Avenida Litorânea.

Estiveram presentes e apoiaram a carreata o Dr. Gutemberg, que concorreu ao cargo de deputado estadual pelo PSDB, este ano; o vereador José Joaquim (PSDB); o deputado federal Simplício Araújo (SD); o deputado estadual reeleito Neto Evangelista (PSDB) e os coordenadores regionais da campanha Aécio Neves no Maranhão pelo PSDB, o vice-presidente do PSDB/MA, deputado federal Pinto da Itamaraty (PSDB) e o presidente do PSDB-MA, deputado federal Carlos Brandão (PSDB).

Em São Luís, outros partidos apoiam e integram a campanha pró Aécio no estado: PPS, PSB, PHS e PEN, encabeçados pela deputada federal eleita Eliziane Gama (PPS), o senador eleito Roberto Rocha (PSB), o deputado estadual reeleito Carlinhos Florêncio (PHS) e deputado estadual Jota Pinto (PEN).

8 comentários »