Rommeo se reúne com ministro do Esporte

4comentários

Secretário Rommeo Amim participa de reunião com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani

O secretário municipal de Desporto e Lazer (Semdel) Rommeo Amim esteve reunido nesta quarta-feira (5),  em Brasília com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani.

Rommeo Amim apresentou algumas propostas de parcerias e investimentos nas praças desportivas dentre elas o Estádio Nhozinho Santos, além de projetos e programas desenvolvidos pela Semdel.

“A reunião foi muito produtiva e o ministro se mostrou sensível às demandas solicitadas e colocou a sua equipe técnica à disposição da Semdel”, afirmou Rommeo.

O secretário ainda acrescentou que saiu encontro com Picciani com a certeza de que os resultados serão muito positivos para o esporte ludovicense.

Vamos esperar!!!

Foto: Divulgação

4 comentários »

Falhas apontadas

0comentário

HildoRocha

A Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização acatou parecer do deputado Hildo Rocha que aponta falhas no Relatório de Prestação de Contas dos investimentos na preparação da infraestrutura dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016, referentes ao exercício de 2013.

O parlamentar afirma que o relatório está em desconformidade com os critérios estabelecidos na Lei 12.780, de 2013. A norma estabelece um conjunto de medidas tributárias aplicáveis às operações diretamente relacionadas à competição e renúncia fiscal, conforme acordo firmado por ocasião da candidatura da cidade do Rio de Janeiro para sediar os eventos. O documento foi devolvido para análise e correções. O Ministério do Esporte terá que informar à Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização os valores individualizados da renúncia fiscal efetivamente cometida pela União.

Segundo o parlamentar, o anexo da mensagem encaminhada pelo poder executivo apresenta, na forma de demonstrativo, o resultado parcial da renúncia estimada no montante de R$ 66,56 milhões, em 2013, e de R$ 125,83 milhões, em 2014, bem como do aumento da arrecadação no importe de R$ 64,08 milhões, em 2013, e de R$ 75,52 milhões, em 2014.

“As informações relativas ao exercício de 2014 foram encaminhadas com atraso de um ano. Além disso, os valores referentes à renúncia fiscal do exercício de 2013 já são conhecidos, portanto, o relatório deveria conter os valores exatos, mas o documento faz referência a renúncia estimada no montante de R$ 66,56. Há, portanto, um conflito, uma divergência de informações. Isso precisa ser esclarecido”, explicou Rocha.

É a primeira vez que a Comissão de Orçamento devolve ao Poder Executivo um relatório de prestação de contas para correção e reanálise.

sem comentário »

Esporte é do PRB

0comentário

GeorgeHiltonAliado histórico do PT, o PCdoB vai perder para o PRB o controle do Ministério do Esporte no xadrez ministerial discutido pela presidente Dilma Rousseff para a composição de seus assessores no segundo mandato.

O ministério deve ser entregue ao deputado George Hilton (PRB- MG), que é radialista, apresentador de Televisão, teólogo e animador, de acordo com dados da Câmara. Na atual formação, o PRB ocupa o Ministério da Pesca, que deve ficar com o PMDB. O PRB terá 21 deputados na nova composição do Congresso, a partir de fevereiro.

O ministro Aldo Rebelo (PC do B) pode assumir a Ciência e Tecnologia. Ele desistiu de disputar as eleições deste ano para cuidar da Copa do Mundo, após pedido da presidente.

A lista de ministros esperada para hoje deve contar com o governador Cid Gomes (Ceará) para o Ministério da Educação e Antonio Carlos Rodrigues, um dos principais fiadores do apoio do PR à petista, para o comando do Ministério dos Transportes.

Dilma também vai confirmar o governador Jaques Wagner (Bahia) para o Ministério da Defesa e o ministro Ricardo Berzoini será deslocado da Secretaria de Relações Institucionais para as Comunicações. Berzoini deve ser substituído pelo deputado Pepe Vargas (PT-RS).

A presidente faz as últimas consultas para formalizar as indicações. Ela interrompeu as negociações para participar de uma confraternização com ministros e lideres aliados no Palácio da Alvorada. O encontro durou cerca de 40 minutos e ela deixou o local antes de todos os convidados partirem.

A expectativa é de que o PMDB seja contemplado com seis ministérios. O PCdoB, histórico aliado, deve perder o Ministério do Esporte para o PRB. Se isso se confirmar, o partido deve ficar com Ciência e Tecnologia. A ministra Ideli Salvatti pode permanecer na Secretaria de Direitos Humanos.

A presidente deu sinais ao PMDB de que irá, de fato, indicar o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) para o Ministério de Minas e Energia e Katia Abreu (PMDB-TO) na Agricultura. Ambos os nomes já eram ventilados.

Além dessas duas pastas, as negociações indicavam que o partido aliado pode ficar com Portos, Pesca e Aviação Civil, que deve trocar de titular. Pelas conversas, sairia o atual ministro, Moreira Franco, e entraria o deputado Eliseu Padilha (PMDB-RS) como representante da Câmara.

Foto: Douglas Gomes

Leia mais

sem comentário »

Aldo garante parceria

2comentários

aldoeclineu
O secretário executivo da Comissão de Análise de Projetos Esportivos Incentivados (Capei), Clineu Coelho, representou o Maranhão no lançamento do programa Atleta na Escola na semana passada, em Brasília.

O programa, criado pelo Ministério do Esporte, tem o objetivo de democratizar o acesso ao esporte no ambiente escolar, por meio da realização de competições de atletismo e pretende atingir, este ano, 5 milhões de estudantes entre 12 e 17 anos. O Atleta na Escola começa a ser executado em junho.

Clineu Coelho aproveitou a oportunidade em Brasília para conversar pessoalmente com o Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, sobre a aquisição de recursos, por parte da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), para a recuperação do Parque Aquático e da Pista de Atletismo do Complexo Esportivo e de Lazer do Outeiro da Cruz.

Rebelo sinalizou positivamente às solicitações e garantiu que o Ministério do Esporte irá trabalhar em parceria com a Sedel para o fortalecimento do esporte no Maranhão.

2 comentários »

Pastor afirma que Esporte cobrou 10% para PC do B

1comentário

O fundador de uma igreja que recebeu R$ 1,2 milhão do Ministério do Esporte diz que foi pressionado a repassar 10% do dinheiro para os cofres do PC do B, o partido que controla o ministério, informa reportagem de Andreza Matais e Felipe Coutinho, publicada na Folha desta sábado.

“Veio um monte de urubu comer o filezinho do projeto”, disse à Folha o pastor evangélico David Castro, 56, que dirige a Igreja Batista Gera Vida, de Brasília.

Ele diz que se recusou a pagar a propina.

Filiado ao PP, Castro afirmou que sofreu retaliação por não ter pago a propina exigida. “Na hora da prestação de contas [do convênio], houve dificuldade porque evidentemente não houve propina.”

O Esporte afirmou ser mentira que o projeto do pastor foi reprovado por que não houve pagamento de propina. “A prestação de contas não foi aprovada porque o convenente não cumpriu os requisitos legais”.

Folha

1 comentário »

Aprovada criação da Secretaria Nacional de Futebol

0comentário

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania aprovou, nesta quarta-feira (4), projeto que cria a Secretaria Nacional de Futebol e da Defesa dos Direitos do Torcedor, no âmbito do Ministério dos Esportes. A matéria recebeu decisão terminativa na comissão.

O PLC 191/09 foi relatado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), que ressaltou a importância da aprovação da matéria para preparar o Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014.

A nova estrutura terá como principais competências planejar, desenvolver, acompanhar e monitorar as atividades no âmbito do futebol e da defesa dos direitos do torcedor, apoiar ações ligadas a evento de grande porte, integrar ações e estimular parcerias entre entidades governamentais e agentes privados.

A exposição de motivos do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirma ainda que a Secretaria vai incentivar a criação de uma “estrutura esportiva moderna e capaz de receber competições esportivas internacionais”, como a Copa e as Olimpíadas de 2016, que também serão realizadas no Brasil.

A Secretaria será ainda o veículo para dar cumprimento às obrigações estabelecidas no Estatuto do Torcedor, como a revitalização dos estádios de futebol, o desenvolvimento de um banco de dados nacional das torcidas organizadas dentro dos estádios e a instalação de equipamentos de segurança, como catracas e câmeras, entre outros pontos.

Se não houver recurso para a análise em Plenário, a matéria seguirá para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Reportagem Elina Rodrigues Pozzebom / Agência Senado

sem comentário »