Craque!

0comentário

Por Joaquim Haickel

Impressionante como os maranhenses gostam de dois assuntos muito polêmicos: política e futebol.

Digo isso, pela quantidade de pessoas que me procuram para comentar sobre os textos que tenho escrito a respeito daquele que eu imagino será cenário político do Maranhão e pela repercussão que ouço nos programas de rádio e vejo nas redes sociais, sobre futebol.

Imagino que possa juntar os dois assuntos e simultaneamente um tema comum a ambos. A ocorrência de craques nesses setores.

Quando eu era criança, os craques do futebol brasileiro eram jogadores da estatura de Garrincha e Pelé, mas a quantidade de gigantes neste esporte era imensa: começando pelo maranhense Canhoteiro, passando por Ademir Queixada, Djalma Santos, Heleno, Didi Folha Seca, Nilton Santos, Zizinho, apenas para citar alguns. No mundo se destacavam Puskás, Di Stéfano,  Schiaffino, Walter, Kopa e Meazza, apenas para citar um time de vôlei.

Depois desta fase, o futebol que era arte, se transformou em força e foi a vez da Laranja Mecânica holandesa de Cruyff e Rensenbrink e da implacável Alemanha de Beckenbauer e Müller…

Não vou me estender neste assunto, pois teria que passar o resto de minha vida falando das glórias deste esporte e eu não o domino o suficiente nem para este texto… O fato é que o que veio depois todo mundo já sabe!

Na política maranhense, os craques do tempo em que eu nasci eram Sarney, que até hoje é show de bola, Victorino que já estava na descendente, mas era duro, Millet que era um Lord, Neiva Moreira, que teve sua jornada interrompida pelos dois golpes de estado de 1964, o tentado e o consumado… No Brasil tivemos o insuperável GetúlioVargas, tínhamos o eterno Juscelino Kubitschek, o onipresente Carlos Lacerda, o polêmico Jânio Quadros, e o bem intencionado, mas manipulável Jango.

No mundo havia políticos da estatura de Adenauer, Meir, Kennedy e Brandt, além de lideres dos direitos civis como Martin Luther King Jr e religiosos como João XXIII.

Da mesma forma que o que aconteceu com o futebol, sabemos no que deu a política atual.

Hoje a incidência de craques, tanto no futebol quanto na política é coisa rara. Na política muito mais que no futebol, pois os salários milionários ainda dão vazão a talentos incríveis como os de Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar.

Na política, parece que mataram o confeiteiro e queimaram a receita do bolo, pois nunca mais apareceu um político saído pronto e acabado do nosso forno! Alguém realmente bom, aquilo que poderíamos chamar de um craque.

Vejam só como são as coisas! Enquanto escrevia esse texto, parei um pouco, fui tomar água e quando voltei, fui passear pelas redes sociais e deparei-me com uma postagem no Blog de Jorge Aragão que de certa forma tem conexão com nosso assunto!

O vice-governador Carlos Brandão, no exercício do cargo de governador, vai, elegantemente, possibilitar que o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, assuma o cargo de governador do Maranhão!

Este é um gesto de alguém que conhece profundamente os caminhos da diplomacia e da política em suas mais altas concepções. Agindo assim Brandão demonstra para todos a sua disposição de compartilhar o poder, faz um ato de carinho, de deferência e de respeito, não apenas para com Othelino, presidente da ALM, mas com todos os deputados e de certa forma, para com todos os políticos e até mesmo, por extensão, para com o povo maranhense.

Um verdadeiro craque, como há muito tempo não vemos em nosso estado!

sem comentário »

Braide destaca centenário de Neiva Moreira

0comentário

Na semana em que se comemora o centenário de nascimento de Neiva Moreira, o deputado Eduardo Braide destacou, na sessão desta quarta-feira (11), a importância do jornalista para o Maranhão.

“Neiva Moreira foi um homem corajoso, autêntico, que lutou pela liberdade no Estado. Ativista, fez seu nome na história política e social do Maranhão e, aqui, é importante lembrar da trajetória ao lado do ex-governador Jackson Lago. Por isso mesmo é que Neiva Moreira merece ter seu nome registrado mais uma vez, pela ocasião do centenário de seu nascimento”, justificou o parlamentar.

Eduardo Braide também destacou a atuação de Neiva Moreira no cenário político nacional.

“Neiva Moreira fez seu nome no cenário político nacional, mostrando-se um importante articulador e defensor de ideais. Lutou ao lado de Leonel Brizola. Teve seu mandato de deputado federal cassado, chegou a ser preso pela Ditadura Militar e depois de retornar ao Brasil, chegou a presidir o Partido Democrático Trabalhista no país; foi fundador da legenda em São Luís e ocupou vários cargos públicos no país, Maranhão e em nossa capital”, ressaltou o parlamentar.

Neiva Moreira

O jornalista Neiva Moreira nasceu em 10 de outubro de 1917, no município de Nova Iorque. Morou nas cidades de Barão de Grajaú, Floriano (PI) e Timon.

Desde cedo mostrou interesse pela área da comunicação social, quando em Teresina dirigiu o jornal A Mocidade. Trabalhou no Rio de Janeiro como repórter de diversos jornais e revistas, como O Cruzeiro, e chegou a ocupar o cargo de secretário estadual de Comunicação Social daquela cidade. Em São Luís, trabalhou no Jornal A Pacotilha e fundou o Jornal do Povo.

Na política, foi deputado estadual, eleito em 1950. Depois, exerceu por sete vezes o mandato de deputado federal. Também ocupou outras funções no Poder Executivo do Rio de Janeiro e de São Luís.

Neiva Moreira também foi escritor, com diversos livros publicados, sendo, inclusive, imortal da Academia Maranhense de Letras, onde ocupou a cadeira de número 16.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Reconhecimento

2comentários

assembleia

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (10), projeto de resolução que estabeleceu nomes às instalações do novo prédio que abrigará todo o setor de comunicação da Casa. É o reconhecimento e lembrança de grandes profissionais que durante anos se dedicaram à cobertura política no Legislativo.

O prédio será denominado Complexo de Rádio e Televisão Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. A redação será denominada Núcleo Jornalista Décio Sá; o Estúdio da TV, Núcleo Jornalista Coelho Neto; e o auditório, Deputado Neiva Moreira.

Já o estúdio de transmissão de rádio será ‘batizado’ Núcleo Radialista Tony Castro; e o de gravação, Núcleo Radialista Deny Cabral, mesmo nome dado ao estúdio de transmissão da Rádio Mirante AM.

2 comentários »

Imagem da inoperância

11comentários

buraco

Essa é a imagem da ineficiência do poder público. No dia 4 de abril, apoós divulgação na internet, a Prefeitura de São Luís iniciou a recuperação de um buracão que vem dificultando a vida dos motoristas que precisam utilizar as avenidas da Paz (no Parque Shalon) e Neiva Moreira (Gran Park).

Passados exatos 49 dias, a Secretaria Municipal de Obras nunca conseguiu solucionar o problema. A Semosp até colocou pedras nos buracos, mas foi só. Com as chuvas, os buracos e o transtorno aos motoristas estão de volta.

Enquanto isso, a Prefeitura lança a campanha do IPTU 2013 e quer que os moradores se sintam motivados a pagar o imposto.

Antes que alguém venha dizer que isto aqui é uma campanha contra o secretário José Silveira, da Semosp fica o pedido mais uma vez para que a Prefeitura de São Luís conclua a recuperação desta via que é fundamental para fuga dos motoristas do trânsito caótico na Holandeses.

Em nota encaminhada ao Blog, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) esclareceu que já foram concluídos os serviço de drenagem no locale que os trabalhos serão finalizados com a recuperação asfáltica previsto para começar ainda esta semana.

Leia também

Prefeitura começa a tapar buracão no Shalon

Internauta busca solução de problema em rede social

11 comentários »