O Rappa se apresenta em São Luís

0comentário
Grupo se apresenta nesta sexta (7) em São Luís

Grupo se apresenta nesta sexta (7) em São Luís

Fortalecidos pelo reconhecimento nos palcos (dos quais praticamente nunca saíram), O Rappa entrou para o seleto grupo de bandas que transcenderam seus 20 anos de estrada. O grupo apresenta-se nesta sexta-feira (7), no estacionamento do São Luís Shopping, com show de abertura da Orquestra Invisível, Raiz Tribal e Kadu Ribeiro, a partir das 19h.

Com mais de 3 milhões de discos vendidos em sua carreira, O Rappa, formado por Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão, hoje é uma banda que representa o grito das ruas, as emoções do cotidiano difícil, o apreço pela vida digna.

São 10 álbuns lançados, muitos prêmios conseguidos (são recorde de prêmios em videoclipes até hoje) e diversos discos de ouro, platina e diamante, além de muita história para contar.

Agora, os quatro integrantes se apresentam numa lindíssima estrutura mostrando todo o brilho que foi a gravação do DVD na Oficina Brennand, em Recife.

O repertório traz 17 músicas, incluindo 4 inéditas e clássicos dos álbuns “Nunca Tem Fim” e “Sete Vezes”, sem deixar de fora hits da carreira do grupo. Vale lembrar que a histórica oficina abriga as criações do escultor e artista plástico Francisco Brennand, de 89 anos, que esteve presente nas gravações e deu sua “benção” ao novo projeto d’O Rappa, ou seja, o sucesso é garantido.

A banda usa instrumentos diferentes nos arranjos, como uma guitarra de 12 cordas, clavinete, piano elétrico, escaleta e os steel drums (tambores de aço), muito usados na música caribenha. “Uma coisa mais crua, mas sem perder a identidade do nosso som”, afirma o guitarrista Xandão,

Para essa turnê, a banda investe no formato do DVD, mas sem perder sua pegada, motivo pelo qual uma verdadeira “Horda” de fãs cruza o país com suas letras na ponta da língua. “É um acústico diferente, pra cima.”  Finaliza Falcão.

Foto: Divulgação

sem comentário »

O Rappa em São Luís

0comentário

esclarecimento

A produção local também divulgou nota nesta terça-feira (28):

A Pororoca Produções vem a público esclarecer os problemas ocorridos durante a apresentação da banda carioca O Rappa, realizado no sábado, dia 25 de janeiro, na Lagoa da Jansen:

1 – O atraso para o início da apresentação, prevista para 0h30, aconteceu única e exclusivamente por responsabilidade da banda, que teve contratempos enfrentados pelo transporte rodoviário do equipamento do show, que se deslocava do Rio de Janeiro ao Maranhão.

2 – A Pororoca Produções cumpriu com toda a infraestrutura necessária para a apresentação e não mediu esforços para incluir outras apresentações artísticas locais para divertir o público durante a espera pela subida no palco dos integrantes da banda.

3 -Quanto aos problemas técnicos ocorridos durante a apresentação, houve uma breve interrupção no gerador que tinha toda a programação técnica trabalhada para finalizar no horário previsto para o término do show. O fato foi prontamente corrigido pela Reprise sonorizações, viabilizando a continuação da apresentação da banda O Rappa.

4 – Por fim, gostaríamos de pedir desculpas ao público e aos meios de comunicação que sempre se mostraram parceiros importantes na realização de nossos eventos, em especial as Rádio Mirante e Difusora que levaram seus ouvintes ganhadores das promoções do show e não foram atendidos pelos integrantes da banda.

Atenciosamente,
Pororoca Produções

sem comentário »

O Rappa explica…

0comentário

O guitarrista Xandão, da banda O Rappa publicou em rede social esclarecimento sobre a interrupção do show em São Luís.

“Infelizmente houve um problema no sistema de som local e tivemos que fazer uma pausa no meio do show”, escreveu.

Xandão deixou uma mensagem de agradecimento ao público maranhense. Ele só não falou sobre a primeira interrupção provocada por uma briga e que levou a banda a se retirar do palco por alguns minutos.

showorappa

 

sem comentário »

Show é interrompido

4comentários

orappaO show da banda O Rappa, na Lagoa da Jansen foi interrompido por duas vezes.

A primeira logo na quarta música foi devido a uma briga na plateia. Foi o suficiente para Falcão e a banda se retirarem do palco. Dois minutos depois, a banda retorna e Falcão diz: “Eu sei o que está acontecendo em São Luís. Nós estamos aqui é para cantar e trazer a paz”.

E emendou: “Eu não sei o que leva duas pessoas a ficar se agredindo. Vamos combinar uma coisa: daqui em diante ninguém vai pular, pisar e empurrar o outro. Vamos combinar assim?”

“Aqui é a terra do Lobato e do Lobatinho e viemos para cantar e trazer a paz”, finalizou.

Quase no fim do show, quando Falcão cantava o sucesso “Me deixa”, de repente chama o coro do público. No fim da música, o Rappa deixa o palco novamente. Agora foi um problema com o gerador de energia. Sem saber o que havia acontecido, grande parte do público estimado em quase 8 mil pessoas começou a deixar a Lagoa da Jansen.

Por telefone, o produtor do evento, Ricardo Pororoca explicou o que tinha acontecido. “Foi um problema no gerador, mas estamos arrumando e eles vão voltar”, disse.

E o Rappa, após 20 minutos voltou para encerrar o show.

4 comentários »

O Rappa

0comentário

orappa

A banda ‘O Rappa’ é a grande pedida deste sábado em São Luís. O quarteto carioca lança o novo álbum “Nunca tem fim’, em grande show, na Lago da Jansen, a partir de 23h.

Os novos sucessos da banda “Anjos (Para quem tem fé)” e “Auto-reverse” se mistura no repertório do show com grandes sucessos como “Minha Alma”, “Me Deixa”, “Pescador de Ilusões”, “Rodo Cotidiano”, “Reza vela”, dentre outros.

A abertura fica por conta das bandas locais Pandha S/A, Ária 53, Raiz Tribal e Argumento Samba Rock. Tudo a partir de 20h.

sem comentário »