Adriano coordena encontro estadual do Partido Verde

0comentário

Nesta quinta-feira (21), o Partido Verde no Maranhão realiza um encontro estadual, às 14h, no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa. O evento terá transmissão ao vivo pelas redes sociais e deverá contar com a presença de militantes, filiados e simpatizantes de todo o Maranhão.

O evento será coordenado pelo presidente do PV no Maranhão, deputado estadual Adriano Sarney. O encontro contará com a participação do ex-deputado federal e ex-ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho. Participarão do encontro membros da Executiva Nacional e outras autoridades e lideranças do Partido Verde.

Um dos objetivos do PV é o fortalecimento de ideias e seu posicionamento no cenário político em todo território nacional.

Em São Luís, o partido segue firme com o projeto de lançamento de uma candidatura própria para a Prefeitura em 2020 e que deverá ser encabeçada pelo deputado Adriano Sarney.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Encontro do PV

0comentário

A direção do PV realizará um encontro estadual no próximo dia 21, a partir das 14h, no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa.

O evento terá a participação do ex-deputado federal, ex-ministro do Meio Ambiente e atual secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, Sarney Filho, membros da Executiva Nacional e outras autoridades e lideranças.

O presidente do PV no Maranhão, deputado estadual Adriano Sarney, é quem está à frente do ato.

Na ocasião, o partido reafirmará suas ideias e fortalecerá seu posicionamento nos cenários políticos nacional, estadual e nos municípios maranhenses, com ênfase para a capital, São Luís, onde a sigla segue firme com o projeto de lançar candidatura própria a prefeito.

Estado Maior

sem comentário »

Partido Verde capacita lideranças

0comentário

AdrianoSarney

Lideranças ambientalistas do Maranhão reuniram-se, nesta sexta-feira (15), para o curso Formação Verde, ministrado pelo Partido Verde (PV) e idealizado pelo deputado estadual Adriano Sarney (PV). O evento ocorreu no auditório Neiva Moreira, do Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão, em São Luís (MA).

O evento foi aberto pelo parlamentar, que falou da importância da capacitação para o debate no campo político e também fez um balanço de ações realizadas neste ano em prol do meio ambiente e desenvolvimento sustentável.

Como exemplo, o deputado destacou a Campanha Semeie o Verde (voltada ao plantio de mudas de plantas ornamentais em espaços públicos), ocorrida no dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente; e ainda o Seminário Verde: Eleições 2016, ocorrido no dia 17 junho deste ano, que teve como convidados o advogado José Luís Gama, presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/MA; o advogado Thibério Cordeiro e o contador Roberval Cordeiro, ambos da empresa Exatus Consultoria Ltda.

Para o Curso de Formação Política foi convidado o comunicador Jeisael Marx, radialista, jornalista, professor de comunicação e oratória, locutor publicitário e apresentador de televisão. A sua palestra teve como tema Como Falar em Público.

Também foi convidada ao evento a professora Kênia Lopes, que promoveu dinâmicas de grupo. A professora tem formação na área de Pedagogia com mestrado em Ciência da Educação pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Foto: Divulgação/ Assessoria

sem comentário »

Braide discute problemas de São Luís

3comentários

EduardoBraideO deputado Eduardo Braide (PMN) participou da Sabatina Verde, evento realizado pelo Partido Verde nesta sexta-feira (8), com os pré-candidatos a prefeito de São Luís. “Uma excelente oportunidade de discutir não só os problemas de São Luís, mas as soluções para a cidade que queremos. É impossível, por exemplo, pensar como melhorar a cidade sem falar do Plano Diretor, que defasado, precisa urgentemente ser revisado e aplicado em São Luís”, destacou o deputado.

Durante a sabatina, Eduardo Braide fez questão de ressaltar que a preservação das áreas de mangue precisa estar contemplada no Plano Diretor. “Os manguezais são os principais filtros naturais que temos em São Luís e devem ser prioridade no Plano Diretor”, disse.

Um dos pontos principais apontado pelo deputado Eduardo Braide na sabatina foi a falta do Plano Municipal de Resíduos Sólidos, citando como uma das consequências, o altíssimo custo do serviço de coleta de lixo em São Luís. “O valor que se paga para coletar o lixo de São Luís é de R$ 420 por tonelada, o que resulta em R$ 10,5 milhões por mês. Diferentemente de São Paulo que paga R$ 340 por cada tonelada, além de Curitiba que tem um custo mensal de R$ 197 pelo mesmo serviço. Como se vê, temos um custo altíssimo, com serviço de péssima qualidade realizado em nossa cidade”, afirmou o pré-candidato.

A solução do problema, segundo Braide, é a implantação do sistema de tratamento de resíduos sólidos consorciado entre os quatro municípios da Região Metropolitana. “Com o custo de R$ 18 milhões, pagos pelo Governo do Estado – que já sinalizou a viabilidade do projeto por meio da Secretaria das Cidades – o sistema consorciado reduziria, no mínimo pela metade, o valor pago mensalmente na coleta de lixo pela Prefeitura de São Luís”, explicou o deputado.

Eduardo Braide também criticou o posicionamento da Prefeitura com relação aos lixões existentes em São Luís. “Não é difícil ver as pessoas reclamando da coleta de lixo na capital. E na maioria dos bairros é possível encontrar vários pontos transformados em lixões. Embora a Prefeitura diga que na cidade só há 399 pontos de descarte irregular, especialistas afirmam que os números são: 490 lixões clandestinos e 1.800 lixinhos. Isso é um problema de saúde pública e o acúmulo de lixo nas galerias só favorece os alagamentos e enchentes tão comuns nos períodos chuvosos na capital. Como é que pode São Luís não ter o seu plano de resíduos sólidos? As ações seriam muito mais eficientes se o plano pelo menos existisse”, colocou o deputado.

Braide avaliou de forma positiva a realização da Sabatina Verde. “A sabatina nos permitiu ver o quanto São Luís está atrasada no que diz respeito ao Meio Ambiente.  Pudemos comprovar que o que falta para a nossa cidade é gestão. E mais que isso, que é possível mudar a realidade ambiental de São Luís. Com políticas eficientes, dialogando com entidades, empresas, enfim, com toda a sociedade. A cidade que queremos deve ser construída por todos e para todos. São Luís tem jeito!”, finalizou o deputado.

3 comentários »

Mais de 600 mudas são plantadas no Calhau

4comentários

A campanha Semeie o Verde, realizada pelo Partido Verde (PV) no Maranhão e idealizada pelo deputado estadual Adriano Sarney

Campanha Semeie o Verde foi idealizada pelo deputado estadual Adriano Sarney (PV)

A campanha Semeie o Verde, realizada pelo Partido Verde (PV) no Maranhão e idealizada pelo deputado estadual Adriano Sarney (PV), realizou neste domingo (5) o plantio de mais de 600 mudas ornamentais na a rotatória do Calhau, em frente ao Comando Geral da Polícia Militar, na Avenida dos Holandeses, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

“O plantio dessas mudas é uma realização muito importante pois árvores, arbustos e plantas ornamentais contribuem não somente para o meio ambiente, mas também para o bem-estar da população, pois nós vivemos em uma cidade extremamente quente e a cobertura vegetal ajuda a atenuar o calor. Então, esse evento de educação ambiental, é uma forma de comunicarmos à sociedade que é simples contribuir com a qualidade de vida”, declarou o deputado.

O plantio das mudas foi resultado de uma campanha que contou com apoio do Curso de Agronomia, do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA); e o Instituto Municipal de Paisagem Urbana (IMPUR) de São Luís.

Segundo a organização do evento, o objetivo é difundir e conscientizar a população de São Luís, atualmente com mais de um milhão de habitantes, sobre a real situação ambiental da cidade, incentivando o cultivo de árvores, arbustos e plantas ornamentais, potencializando atividades relacionadas ao impacto sofrido pelo crescimento desordenado da população e da urbanização, construindo valores sociais e fomentando a educação ambiental.

Foto: Divulgação/ Assessoria

4 comentários »

Sarney Filho quer acompanhar ações contra Zika

1comentário

Sarneyfilho

O Plenário da Câmara aprovou requerimento do deputado Sarney Filho, do Partido Verde maranhense,  para criação de uma comissão externa de deputados com o objetivo de acompanhar as ações referentes à epidemia do Zika vírus e da microcefalia.

“Então, o que eu propus foi o seguinte: que o poder Legislativo não poderia ficar ausente nessa questão, que nós tínhamos que ser proativos. Então, vai ser criada essa comissão por proposta minha. Mas o que eu prego é que essa comissão não seja constituída só de médicos. Ela tem que ser constituída de sanitarista, tem que ser constituída de ambientalista, de economista, de especialistas em áreas urbanas, em áreas rurais”, disse.

O deputado Sarney Filho chamou a atenção para o problema da disseminação da Zika que poderá ser uma tragédia na saúde pública.

“Bem, vocês sabem que a microcefalia que hoje já se sabe é gerada pela Zika e que vem através do mesmo mosquito Aedes aegypti  que causa a dengue, e a  chikungunya também.  Quer dizer, esse mosquito é um mosquito perigoso, ele tem três agentes de doença. Então, a gente sabe que essa microcefalia, hoje, é talvez uma tragédia na saúde”, afirmou.

Os casos da Zika já se alastraram no Brasil, principalmente no Nordeste, e já há ocorrência do vírus  Zika em outros países da América Latina. Entre 3 e 4 milhões de pessoas devem contrair o vírus Zika em 2016 no continente americano, sendo que 1,5 milhão desses casos devem ser registrados no Brasil. A estimativa foi divulgada pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas.

Foto: Agência Câmara

1 comentário »

Violência e apoio

2comentários

Sarneyfilho

O deputado Sarney Filho, do Partido Verde maranhense, defendeu uma ação conjunta para o enfrentamento da situação de violência registrada em São Luís e no interior do Maranhão. O deputado adiantou que, em agosto, irá propor ao coordenador da bancada do Maranhão, deputado Pedro Fernandes, uma iniciativa conjunta dos parlamentares no Congresso Nacional para apoiar o governo do estado.

“Eu acho que agora acima de partidos, acima de ideologias, oposição e governo, devemos a bancada federal. Vou pedir ao coordenador da bancada federal que a gente faça uma reunião no começo de agosto para que possamos ajudar o governo do estado, para que possamos, principalmente ajudar o Maranhão. É um momento em que a população do Maranhão está se sentindo insegura. Em São Luís as pessoas já não andam mais na rua em determinados locais, em determinadas horas com medo de assaltos, com medo de homicídios”, afirmou.

Sarney Filho ressaltou o grande o número de assaltos a bancos no interior e afirmou que o Maranhão passa por um momento difícil. O deputado disse que é preciso superar as disputas e melhorar a segurança do estado.

De acordo com o Mapa da Violência 2015, a região Nordeste apresenta os piores números em casos de mortes com arma de fogo. O Maranhão viu subir em 273,2% a taxa de mortes entre 2002 e 2012.

Em relação a outras nações, o Brasil aparece na 11ª posição entre aqueles com mais mortes por arma de fogo no planeta.

2 comentários »