Vitória com golaço

7comentários

DSC00386Pela Copa São Luís, competição que vale vaga na Copa do Brasil em 2014, o Moto venceu o MAC por 3 a 1 com dois gols de Wescley e um golaço do garoto Henrique.

Com a vitória, o Moto chegou a 9 pontos e mantém 100% de aproveitamento. O Moto garantiu a primeira colocação no grupo B.

No outro jogo deste grupo, Imperatriz e Balsas empataram por 1 a 1. O resultado classificou Balsas para a semifinal do primeiro turno.

O resultado provocou a demissão do técnico Bira Lopes. O nome mais cotado para assumir o Cavalo de Aço é o de Fito Neves.

A Copa São Luís prossegue na quarta-feira com o jogo entre Sampaio e Cordino, às 20h15, no Nhozinho Santos.

7 comentários »

Ganso

0comentário

paulohenriqueganso_brasilsub20_afp_30 Um dos nomes de maior destaque da atual temporada no futebol brasileiro, Paulo Henrique Ganso estava na expectativa de figurar na lista dos 23 convocados para a Copa da África do Sul. Seu nome apareceu apenas entre os sete reservas da lista de espera, e uma das justificativas de Dunga para a ausência do meia do Santos é que ele não teve “uma experiência boa” nas seleções de base. O treinador também alegou que Ganso era banco no Mundial sub-20 do Egito em 2009, o que não confere. O fato é que, sem o mesmo brilho de agora, Ganso vestiu a camisa 11 e começou jogando em todos as partidas, sempre sendo substituído. Ele marcou um gol na primeira fase, já o Brasil perdeu a decisão para Gana na disputa de pênaltis.

– Ele não está sabendo bem da seleção Sub-20 que disputou o Mundial do ano passado. Fui titular em todos os jogos, pena que não voltamos com o título. No ano passado, eu estava ainda no começo de carreira. Era promessa. Hoje sou uma realidade – explicou o meia, em entrevista ao jornal ‘O Estado de São Paulo’.

O jogador de 20 anos assegura que tanto ele, quanto Neymar, seu companheiro de equipe de 17 anos, estavam maduros o suficiente para estrear na seleção principal em plena Copa do Mundo.

– Futebol é momento, atravessamos uma grande fase e ele [Dunga] poderia ter dado uma chance para nós dois. Se levasse a gente, estaríamos prontos – garantiu.

Ganso, que não escondeu sua tristeza por ter ficado fora da lista, garantiu que não vai torcer contra um companheiro de profissão:

– Esperança sempre tenho (de ser chamado). Mas não vou torcer para que alguém se machuque para eu disputar meu primeiro Mundial.

O jogador, entretanto, espera que chegue logo sua vez.

– Se não for agora, será na Copa de 2014. O que quero é ser convocado. Pode ser que aconteça num amistoso ou num torneio depois da Copa. Tudo na vida tem a sua hora. Espero uma oportunidade – afirmou Ganso.

Ele demonstra ter consciência do caminho para alcançar o sonho: seguir em alto nível no Santos.

– Agora, é continuar jogando esse belo futebol e mostrar para o povo que poderíamos ter ido – disse.

Globoesporte.com

sem comentário »