Sampaio Basquete acerta com pivô do Ituano

0comentário

O Sampaio Basquete acertou a contratação da pivô Maria Carolina, que disputou o último campeonato paulista pelo Ituano Basquete. Ela tem 24 anos, 1,92m e chega para fechar um garrafão já recheado com nomes como Érika, Clarissa e Agustina Leiva.

“Fiquei feliz quando recebi o convite para atuar no Sampaio Corrêa. Vai ser muito gratificante trabalhar ao lado de atletas experientes e uma grande evolução para minha carreira profissional”, afirmou Maria Carolina.

Na última LBF, a pivô defendeu o Uninassau, atuando em todos os 21 jogos da campanha que alcançou a semifinal. Em 2016/2017, Maria Carolina integrou o elenco do Corinthians/Americana que foi campeão brasileiro. Sua carreira na Liga também inclui passagens por São Caetano-SP e Barretos-SP, além de convocações para as seleções de base.

Maria Carolina é o décimo-primeiro nome anunciado pelo Sampaio, que será comandado pelo argentino Cristian Santander. Na semana passada, a equipe já havia revelado os nomes de diversas selecionáveis, como ClarissaÉrikaRaphaella Monteiro e Tainá Paixão, bem como das norte-americanas Roshunda Johnson e Tyler Scaife.

A temporada 2019 da LBF começa em 8 de março, Dia Internacional da Mulher. O calendário completo com os confrontos da primeira fase e as datas dos playoffs sairá no fim deste mês.

O Sampaio Basquete tem o patrocínio da Cemar e Governo do Maranhào por meio da Lei de Incentivo ao Esporte,

sem comentário »

Sampaio Basquete contrata pivô Érika

0comentário

O Sampaio Basquete segue investindo pesado para a disputa da LBF 2019. O quarto nome anunciado oficialmente pela equipe do Maranhão é o da pivô Érika, da Seleção Brasileira, com títulos da WNBA e da LBF.

A veterana de 1,97m e 36 anos vem do Avenida, da Espanha, onde foi recentemente MVP da Supercopa, como noticiado pelo Painel LBF. Assim como Tainá Paixão, anunciada ontem pela equipe, Érika chegará ao Maranhão com a LBF já em andamento.

Pela Seleção Brasileira Érika tem um vasto currículo. Participou de três Olimpíadas (2004, 2012 e 2016) – sendo a cestinha geral dos Jogos de Londres com 16,5 pontos por jogo -, além de quatro Mundiais. Logo aos 20 anos, foi campeã da WNBA em sua temporada de estreia, pelo Los Angeles Sparks. Também atuou por Connecticut Sun, Chicago Sky e San Antonio Stars mais recentemente.

Mas foi com a camisa do Atlanta Dream que a jogadora passou a maior parte de suas 12 temporadas nos Estados Unidos – foram 6 anos e meio na equipe. No total, são 329 jogos de temporada regular pela WNBA, 263 deles como titular. Foi all-star por três vezes: 2009, 2013 e 2014.

Na Espanha, conquistou por oito vezes a Liga nacional, com cinco conquistas seguidas entre 2007 e 2011 – quatro delas pelo Ros Casares Valencia, além do atual bi em 2017 e 2018 pelo CB Avenida.

A jogadora não atua no Brasil desde 2016, quando disputou a LBF pelo América-PE. Em 2013, a pivô foi campeã nacional com a camisa do Sport Recife. Em 66 jogos pela Liga, tem 13,8 pontos e exatos 10 rebotes de média.

Antes dela, a diretoria da Bolívia Querida já havia anunciado a pivô argentina Agustina Leiva, ex-Venceslau, a ala Raphaella Monteiro, e Tainá Paixão. Para o comando, a equipe contratou Cristian Santander, ex-técnico da seleção argentina.

O Sampaio Basquete tem o patrocínio do Governo do Maranhão e da Cemar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

sem comentário »