Ribamar bate meta contra pólio e sarampo

0comentário

O município de São José de Ribamar mais uma vez superou a meta de vacinação estipulada pelo Ministério da Saúde contra a poliomielite e o sarampo.

O município, que saiu na frente e bateu novo recorde, não apenas alcançou a casa dos 95% de vacinação do público-alvo, como também superou as expectativas chegando a vacinar 103,37% de crianças entre 1 e 5 anos incompletos.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde, 102,32% do público-alvo de crianças receberam uma dose contra a Poliomielite e 103,37% foram imunizadas contra o Sarampo. Juntos os números representam mais de 24 mil doses aplicadas em crianças da faixa-etária estipulada pela campanha.

No município, a campanha foi desencadeada no dia 23 de julho, portanto, uma semana antes do início formal, medida determinada pelo prefeito Luis Fernando e que segundo o gestor ribamarense foi estratégico para o sucesso do resultado alcançado.

“De parabéns todos os profissionais envolvidos e o resultado não poderia ser outro: êxito da campanha. Alcançar esses números expressivos, significa não apenas atender a recomendação do Ministério da Saúde, mas superar e significa que estamos ainda mais empenhados em proteger nossas crianças e assim trabalhar intensamente pela prevenção”, comemorou o prefeito.

No total, foram mais de 35 salas de vacinação em todo o município, 04 postos volantes que percorreram localidades de difícil acesso além da oferta da vacina nas áreas limítrofes, a exemplo do Parque Vitória, Cohatrac V e Miritiua.

Para o secretário de saúde, Tiago Fernandes, a oferta da vacina nas áreas limítrofes colaborou consideravelmente com o resultado final da campanha. “A determinação do prefeito era levar a vacina para todo o município e nossas áreas limítrofes receberam total atenção, garantindo assim o êxito e resultado final”, concluiu o secretário.

sem comentário »

Prefeitura realiza dia D contra Sarampo e polio

5comentários

Um grande número de pessoas respondeu ao chamado da Prefeitura de São Luís e foi aos postos de saúde da rede municipal neste sábado (4), Dia D Municipal de Vacinação Contra Sarampo e Poliomielite. Por orientação do prefeito Edivaldo, a campanha foi antecipada na capital, tendo iniciado no dia 23 de julho.

A campanha, que tem como foco proteger a saúde das crianças de um ano a menores de cinco anos, prossegue até o dia 31 de agosto. Com a antecipação a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) espera aumentar a cobertura vacinal. Em dez dias foi registrada uma cobertura de cerca de 13% do público-alvo.

São Luís não registra casos dessas doenças há mais de duas décadas. “Com o empenho da gestão e antecipação da campanha, queremos manter nossas crianças imunizadas e saudáveis. Neste sábado foi o Dia D, mas as vacinas continuam disponíveis na rede municipal e é muito importante que os pais e responsáveis levem as crianças para serem vacinadas”, disse o prefeito Edivaldo, destacando o planejamento da gestão municipal que se antecipou à mobilização nacional.

As crianças receberam gotinhas da vacina para combate à poliomielite e, contra o sarampo, a injeção. O objetivo é evitar o surgimento de novos casos e garantir o alcance da meta de imunização estipulada pelo Ministério da Saúde que é 95% de 61.700 crianças pertencentes ao grupo prioritário. Durante a campanha, os profissionais da saúde promovem ainda um trabalho educativo e informativo orientando os responsáveis sobre a importância das vacinas e de manter atualizada a carteira das crianças.

Foto: Honório Moreira

5 comentários »

Prefeitura vacina contra sarampo e polio

0comentário

A Prefeitura de São Luís iniciou nesta segunda-feira (23) a campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite na capital. Devido à antecipação, os postos de vacinação da rede municipal de São Luís registraram grande movimentação de crianças que integram o público-alvo da mobilização, para fazer a imunização contra as duas doenças. A ação acontece duas semanas antes do início da campanha nacional, dia 6 de agosto, por orientação do prefeito Edivaldo. A meta da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) é vacinar 95% de 61.700 crianças da capital, pertencentes ao grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, o objetivo da antecipação é ampliar a cobertura vacinal na cidade, para alcançar o público prioritário da campanha aproveitando o período de férias escolares. De acordo com o secretário, nesta fase do ano, as crianças dispõem de mais tempo vago para irem aos postos de saúde e tomar as vacinas. Crianças de um ano a menores de cinco anos constituem o público-alvo.

“Há duas décadas não há registro de casos dessas doenças em São Luís. Por isso, é muito importante que os pais atentem para o comparecimento de seus filhos que estão dentro da faixa etária atendida pela campanha, pois tanto o sarampo como a poliomielite são doenças graves que podem ocasionar sequelas muitas vezes irreversíveis. Portanto, o caminho é a prevenção. Para isso, nós estruturamos todas as nossas unidades de saúde para fazer a imunização nesse período e atender plenamente a demanda na capital”, afirmou o secretário Lula Fylho.

Ainda conforme o gestor, a partir do dia 6 de agosto, com o reinício das aulas, a campanha contra o sarampo e a poliomielite será reforçada também nas escolas e creches da rede municipal, onde serão disponibilizadas vacinas para os alunos incluídos na faixa etária específica da mobilização.

Em São Luís, a campanha terá culminância em dois sábados. Dia 4 de agosto, quando será realizado o Dia D Municipal de Vacinação contra as doenças; e 18 de agosto, Dia Nacional de Mobilização contra o Sarampo e Pólio. A campanha segue até o dia 31 de agosto.

A Prefeitura de São Luís vai disponibilizar postos e demais unidades de saúde para as ações da campanha, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos dias ‘D’, os postos funcionarão das 8h às 17h, para imunizar as crianças das idades determinadas na campanha.

A vacinação está disponível nas 63 unidades de saúde da rede municipal. Pessoas com idades até 49 anos também poderão se vacinar contra o sarampo durante a semana, no período da campanha.

sem comentário »

Prefeitura antecipa vacinação em São Luís

1comentário

A campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite em São Luís inicia-se nesta segunda-feira (23). Por orientação do prefeito Edivaldo, a ação na capital começa 15 dias antes da mobilização nacional. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal na cidade, alcançando o público prioritário: crianças de um ano até menores de cinco anos. A campanha é coordenada pelo Ministério da Saúde e a ação nacional será realizada no dia 6 de agosto e se estende até o dia 31, quando também será encerrada na capital.

Na capital, a campanha terá culminância em dois sábados. Dia 4 de agosto será o Dia D Municipal de Vacinação contra as doenças e o dia 18 de agosto, dia de mobilização nacional.

“Vamos nos antecipar para que possamos garantir e reforçar a imunização de todas as crianças que por ventura não estejam com essas vacinas em dia. É importante que os responsáveis compareçam com suas crianças e contribuam para a saúde delas e para que a capital se mantenha livre dessas doenças. É uma campanha importante e a população deve participar”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho.

A Prefeitura de São Luís vai disponibilizar postos e demais unidades de saúde para as ações da campanha, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos dias ‘D’, os postos abrem das 8h às 17h, para imunizar as crianças das idades determinadas na campanha. A meta de vacinação estipulada pelo Ministério da Saúde para a capital é 95% do público-alvo de 61,7 mil crianças. Há mais de 20 anos não há registro de casos dessas doenças em São Luís.

Totalizam 63 unidades de saúde da rede municipal que disponibilizarão as vacinas, de segunda a sexta-feira. Pessoas com idades até 49 anos também poderão se vacinar contra o sarampo durante a semana, no período da campanha. As estratégias de mobilização na capital são coordenadas pela Superintendência de Vigilância Sanitária e Epidemiológica da Semus.

A vacina é contraindicada em casos de gripe muito forte e febre alta; crianças com imunodeficiência congênita ou adquirida; neoplasia maligna; e que estão em tratamento com uso de corticoides em doses elevadas ou quimioterapia e radioterapia. A campanha prosseguirá até dia 31 de agosto.

Foto: Maurício Alexandre

1 comentário »

Prefeitura antecipa vacina contra sarampo e polio

0comentário

Crianças de um ano até menores de cinco anos são o público-alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e poliomielite do Ministério da Saúde. Para reforçar a proteção contra as doenças e garantir maior cobertura, a Prefeitura de São Luís irá começar mais cedo a ação na capital.

A campanha nacional inicia dia 6 de agosto, mas, em São Luís, a partir do dia 23 de julho os postos da rede municipal estarão abertos para vacinação, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas. Além das 63 salas de vacinação distribuídas nos postos de saúde, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) também estará visitando escolas e com equipes voltantes para facilitar o acesso à vacina. O trabalho segue orientação do prefeito Edivaldo.

A campanha prossegue até dia 31 de agosto. “Essa estratégia de antecipação tem como objetivo manter a cobertura vacinal, para que não haja retorno dessas doenças e as crianças tenham sua saúde preservada. São doenças já erradicas e com a vacina mantemos a capital fora do risco de infestação”, pontuou o secretário municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho. São Luís não registra casos dessas doenças há mais de duas décadas e a campanha antecipada é para que a capital permaneça fora de risco, reitera o gestor.

Na capital, a campanha terá culminância em dois sábados. Dia 04 de agosto será o Dia D Municipal de Vacinação contra as doenças e o dia 18 de agosto o dia de mobilização nacional. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde para São Luís é imunizar 95% do público-alvo que é pouco mais de 61 mil crianças.

A Prefeitura vai manter 63 unidades de saúde disponibilizando a vacina, com atendimento de segunda a sexta-feira. Além das crianças, a vacina de sarampo estará disponível para pessoas com idade até 49 anos. Este público terá acesso à imunização durante a semana, nas atividades de rotina dos postos.

A vacina é contraindicada em casos de gripe muito forte e febre alta; crianças com imunodeficiência congênita ou adquirida; neoplasia maligna; e que estão em tratamento com uso de corticoides em doses elevadas ou quimioterapia e radioterapia.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Dia contra Poliomielite

0comentário

POLIO

O Dia D da Campanha Nacional Contra a Poliomielite no Maranhão será aberto neste sábado (8), às 8h, no Centro de Especialidades Médicas (CEM) do Vinhais. A população alvo a ser vacinada no Maranhão é de 583.581 mil crianças com idade entre os seis meses e menores de 5 anos. A meta da Secretaria de Estado da Saúde (SES) é atingir, no mínimo, 95% deste grupo, o que corresponde a 554.402 crianças.

Em todo o estado, 8.406 pessoas trabalharão no primeiro dia de campanha em mais de 1.794 postos de vacinação. A campanha, diferente dos anos anteriores, será realizada em apenas uma etapa (no mês de junho) e se estenderá até o dia 21 deste mês em todos os 217 municípios maranhenses.

São Luís

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde (Semus), disponibilizou mais de 250 postos de vacinação, entre fixos e volantes que funcionarão das 8h às 17h. Em São Luís, a meta chega a 70 mil.

Além das unidades de saúde, praças, shoppings, associações e escolas, por exemplo, estarão com equipes de vacinação. A ação faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil que será realizada até o dia 21 de junho. A abertura oficial da Campanha em São Luís acontece na Unidade Mista Itaqui-Bacanga, às 8h.

São José de Ribamar

Durante todo o dia, no horário das 8h às 17h, doses da vacina estarão disponíveis, gratuitamente, em todas as Unidades Básicas de Saúde; nos Centros de Saúde Honório Gomes (sede da cidade) e Kiola Costa (região das Vilas); no Hospital Municipal e Maternidade Municipal, ambos situados na sede; em postos de saúde e em diversos postos de vacinação alternativos instalados pela prefeitura em todas as regiões da cidade. A lista completa com os postos de vacinação (fixos e alternativos) pode ser conferida aqui.

Este ano, a meta do município de São José de Ribamar é vacinar 12.651 crianças menores de 5 anos, das quais 1.308 crianças com idade variando entre 6 meses a 1 ano; 11.343 crianças entre 1 a 4 anos, com meta mínima a atingir de 95% deste grupo.

sem comentário »