Aposta não deu certo e Chamusca é demitido

1comentário

MarceloChamusca

No dia 4 de dezembro do ano passado, quando foi confirmada a contratação do técnico Marcelo Chamusca pelo Sampaio escrevi que o Sampaio estava fazendo uma aposta arriscada  na substituição de Léo Condé. Pela manhã já havia antecipado que Chamusca estava demitido.

Quatro meses depois, o Sampaio confirma a demissão do treinador após uma série de quatro resultados negativos e para tentar evitar o fracasso na semifinal do primeiro turno do Campeonato Maranhense diante do MAC.

Sobre aquele 4 de dezembro fui bastante criticado por dirigentes e torcedores do Sampaio por tratar o treinador como aposta. Deu no que deu…

Mas o erro maior do Sampaio não seria este, mas o fato de não ter renovado com base dos jogadores do elenco da temporada passada.

Antes de Chamusca, o Sampaio já havia anunciado mudança no departamento de futebol que era comandado por José Renato.

Sérgio Frota diss que este ano tentou descentralizar as ações no clube dando poder ao departamento de futebol e ao treinador de indicar as contratações. Segundo ele, isto não deu certo e o próprio tratará das contratações de agora em diante e Evandro Marques assume no futebol para ser uma espécie de gestor, mas sem poder nas contratações.

E para o lugar de Chamusca, o Sampaio utilizará interinamente Vinícius Saldanha enquanto tenta um novo treinador, mas se os resultados vierem, principalmente a classificação diante do MAC quem sabe o interino não venha a ser efetivado.

A ideia do Sampaio é pegar a base de um time de fora, com técnico e jogadores e trazê-los para iniciar o trabalho com vista à Série B.

Quando isto vai ser feito só o tempo dirá, mas o que posso adiantar é que o tempo está passando e a Série B já está batendo à porta Tricolor.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

1 comentário »

Defesa do esporte

0comentário

SousaNeto

Durante os apartes ocorridos no pronunciamento do deputado Sérgio Frota (PSDB), na Sessão Plenária desta terça-feira (1º), o deputado Sousa Neto (PTN) criticou a atual postura do Governo do Estado que, segundo ele, não tem incentivado o futebol maranhense.

O parlamentar elogiou os esforços do deputado Sérgio Frota, atual dirigente do Sampaio Corrêa, em proporcionar o crescimento do clube e lutar pelo futebol maranhense. Durante o seu aparte, o deputado Sousa Neto criticou a postura do secretário de Assuntos Políticos e Federativos do Maranhão, Márcio Jerry, que negou apoio solicitado pelo deputado Sérgio Frota em relação ao alojamento dos jogadores do Sampaio Corrêa, que estão sendo prejudicados por conta da invasão da sede do clube.

“Fico imaginando, deputado Sérgio Frota, como é que Vossa Excelência faz essa mágica para pagar esses atletas e agora também tem que pagar os alojamentos e hotéis para colocar esses atletas, para não perder esse nível que o Sampaio Corrêa está brigando para subir para a Série A”, questionou o parlamentar.

Outro ponto assinalado pelo parlamentar foi em relação ao programa Nota Legal, projeto aprovado pela AL e já sancionado pelo Executivo Estadual, cujo relator foi o deputado Sérgio Frota. De acordo com Sousa Neto, já houve a confirmação de que o programa não entrará em vigor o que, segundo ele, configura “mais um calote, uma enganação do Governo do Estado do Maranhão para ajuda do futebol”, finalizou.

sem comentário »

Versão de Frota

28comentários

SergioFrota

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota esclareceu no site do clube detalhes sobre a venda do terreno onde está instalado o Centro de Treinamentos. Ele confirma a venda pelo montante de R$ 4 milhões 750 mil reais, mas não diz quantos hectares foram vendidos, mas que o Sampaio ficou com 5 hectares. A operação até então desconhecida levou torcedores e imprensa a cobrar esclarecimento por parte do clube.

O episódio da invasão do terreno do Sampaio trouxe à tona dois aspectos que eram desconhecidos por todos nós. O primeiro a venda do próprio terreno que somente ontem foi esclarecida pelo presidente Sérgio Frota.

O outro aspecto importante diz respeito a utilização de parte desses recursos. Sempre ouvi Sérgio Frota afirmar que tirou dinheiro do bonso, mas ele mesmo esclarece que em 2012 utilizou os recursos da venda do terreno para conquistar o acesso. Com isso, Frota não pode mais dizer que tirou dinheiro do bolso. Pode até ter feito isto, mas já recebeu o seu de volta, ou pelo menos boa parte deles. Isto para nem falar nas rendas poupudas nos últimos três anos. Veja o que Sérgio Frota revelou no site do Sampaio:

“Estão tratando o caso como um fato nebuloso. Fizemos um contrato, sim, com a empresa Hispamix e foi justamente esse acordo financeiro que viabilizou a campanha exitosa do time em 2012. Do montante envolvido na negociação, recebemos R$ 2 milhões em dinheiro, que investimos no departamento de futebol do clube – não à toa, conquistamos a Série D invictos. Ficamos com 5 hectares do terreno (que só ainda não estão em nome do clube, porque só este ano obtivemos a negociação de todas as nossas dívidas), pelo valor de R$ 1 milhão e 750 mil, e a Hispamix ainda nos deve R$ 3 milhões, que serão utilizados para fazer uma grande reestruturação no nosso Centro de Treinamento, com alojamentos, campos de futebol, quadra poliesportiva, área de vivência para integrar o sócio, além de restaurantes e outros benefícios. O único impasse que existe entre o Sampaio Corrêa e a empresa, o que justifica o atraso no início das obras, é uma discordância em relação ao projeto. Pois na parte do terreno que cabe à Hispamix, será construído um condomínio que também beneficiará o clube com sua estrutura. E nós não concordamos com os projetos até então apresentados. Razão pela qual, inclusive, não achamos conveniente fazer uma divulgação desse acordo, sem ter uma concepção concreta em mãos”, disse.

Não sei se está tudo explicado nesta nota, mas esse é o esclarecimento do Sampaio.

Bom dito isto, nem vou publicar o restante da matéria que na verdade reproduz aquele velho chororô que já estamos cansados, além é claro do também cansado discurso de perseguição ao Sampaio.

O importante era esse esclarecimento, agora cabe ao torcedor do Sampaio aceitar ou não a versão dada pelo seu presidente.

Foto: Site do Sampaio

28 comentários »

Explicações de Condé

19comentários

LeoCondeA entrevista concedida pelo técnico Léo Condé ao Globoesporte.com revelou que a lista de jogadores dispensado pelo Sampaio não foi elaborada pelo novo treinador.

Ele recebeu a lista do clube e disse que intercedeu em favor do atacante Geraldo. “A saída dos atletas era uma situação que já estava definida com o término do Maranhense e da Copa do Nordeste. Eu avaliei não no sentido de demissão, mas de ficar com alguém que já estavam meio que estabelecido que sairia. Caso do Geraldo, um jogador que eu gostei. Talvez, em um primeiro momento poderia ficar fora. Os outros eu não pedi para sair. Infelizmente, são coisas que acontecem no futebol. Teve a mudança da comissão técnica, mas já tinha algo praticamente definido. Ele (Sérgio Frota) pediu para que eu desse uma avaliada, mas já tinha uma coisa mais ou menos definida”, explicou.

No caso de Fábio Lopes, a saída do jogador, segundo Léo Condé foi em função de uma publicação feita pelo atleta em rede social.

“Aconteceu uma situação de precipitação do jogador, uma divulgação em mídia social, o presidente não gostou e acabou acelerando um processo que poderia demorar um pouco mais para avaliar o atleta”, disse.

Mais uma vez fica claro que no Sampaio quem contrata e quem manda embora é o próprio presidente Sérgio Frota.O treinador deixou claro que não teve tempo para observar os nove jogadores que foram dispensados.

E por isso que sempre digo que enquanto não houver uma gestão profissional em nossos clubes com critérios de contratação que passem por quem tem o conhecimento técnico vai dar nisso. Vejam que para o presidente Geraldo não serviria mais para o Sampaio, mas o técnico Léo Condé pensa diferente…

19 comentários »

Reformulação no Sampaio

14comentários

SergiopFrota

Depois de quase três meses completos de salários atrasados, o Sampaio Corrêa iniciou a quitação de débitos com os jogadores do clube. Durante este fim de semana, o Tricolor regularizou os salários de doze atletas.

A tendência é que até o fim desta semana todo o elenco tenha os vencimentos regularizados. A divulgação da lista de atletas já quitados foi feita pelo clube em seu site oficial.

“Rodrigo Ramos, Daniel, Edimar, Tote, Luiz Otávio, Willian Simões, Robson Simplício, Uillian Correa, Cascata, Cleitinho, Willian Paulista e Waldir foram os primeiros a sentar para resolver suas questões. Os demais serão chamados nesta terça-feira para acertarem as contas”, diz a nota.

Na mesma nota, o clube também confirmou uma coletiva para o fim desta semana. O objetivo dela será a divulgação dos atletas que permancem.

“Sobre o futuro do grupo, Sergio (presidente do Sampaio) admite que já sabe quais jogadores não permanecerão no clube para a próxima temporada, mas só divulgará os nomes após acertar as pendência gerais do elenco, em entrevista coletiva ao fim desta semana”.

Sobre a contratação da nova comissão técnica a nota preferiu não adiantar nada do que já foi divulgado. O clube continua confirmando que tem uma lista com quatro nomes.

– Não estou parado. Passei dois dias no Rio/Brasília, trabalhando pelo Sampaio. Tenho quatro nomes agendados. Alguns divulgados e outros, não. Mas quero dizer para o torcedor que, no começo de janeiro, desde sua apresentação, virá com uma comissão técnica competente acompanhada de um elenco forte tecnicamente para que a gente atinja os objetivos – afirmou em nota o presidente do Sampaio, Sérgio Frota.

O presidente do clube falou também sobre o elenco para 2015. Frota admitiu baixas, mas faz questão de dizer que formará um equipe maior do que o elenco anterior.

“A reformulação será acentuada. Vai haver mudança, é lógico. Nossos jogadores foram muito valorizados. Vamos procurar mantê-los, mas não vou prejudicar ninguém. Mas, quero dizer para o torcedor, que pode acreditar que o Sampaio de 2015 será um Sampaio mais forte do que em 2014. Vou fazer uma equipe tecnicamente superior”.

Em 2015, o Sampaio tem quatro competições confirmadas. A Copa do Brasil e do Nordeste e os Campeonatos Maranhense e Brasileiro da Série B.

Leia mais

14 comentários »

Declaração polêmica

12comentários

Uma declaração do presidente do Sampaio, Sérgio Frota à imprensa sobre o papel das torcidas organizadas ainda repercute muito mal na rede social.

Segundo o dirigente, “a torcida organizada em nada ajuda o clube, muito pelo contrário, faz é o time pegar punição e sequer paga ingresso. Prefiro o sócio torcedor, que todo mês contribui com o clube e torce de forma ordeira”.

A declaração de Frota é compartilhada pelos torcedores e vem provocando uma reação bastante negativa.

Sérgio Frota é assim. Fala o que vem na cabeça e não pensa nas consequências.

Desta vez, embora não tenha dito nenhuma inverdade poderia ter pensado duas vezes antes de abrir fogo contra as organizadas.

torcida

12 comentários »

Adiamento à vista

23comentários

frotaeamericoNem terminou a temporada e já podemos começar a imaginar o que pode acontecer em 2014, a depender da mudança que poderá ocorrer nos próximos dias….

A diretoria do Sampaio vai pedir o adiamento do início do Campeonato Maranhense 2014. A competição está prevista para começar no dia 19 de janeiro.

A proposta do Sampaio pode até ganhar a adesão do Moto que ainda terá eleição para definir a nova diretoria para o biênio 2014/2015.

“Não tem condição do Maranhense começar dia 19 (de janeiro). Os jogadores precisam de férias e com a Copa São Luís se estendo até o dia 22 de dezembro não tem como. Vamos até a FMF (Federação Maranhense de Futebol) e tentar colocar este início para outra data”, afirmou Sérgio Frota à Rádio Mirante AM.

Tudo bem que já deveríamos estar de férias. Não fosse a burrice de dirigentes de clubes e Federação Maranhense de Futebol (FMF) que aprovaram uma competição deficitária, longa e repetitiva para o segundo semestre, o calendário do futebol maranhense já teria sido concluído. Mas a prorrogação foi feita para priorizar a campanha do Sampaio na Série C.

É necessário que os dirigentes repensem agora mesmo a fórmula de disputa do Campeonato Maranhense e que se lembrem que o calendário será apertado por conta da Copa do Mundo e Série B.

Mas não vejo nenhum sentido para o adiamento. O time que o Sampaio vai utilizar já está gozando férias. A proposta sim, servirá mais uma vez para bagunçar o nosso futebol que em termos de organização continua na estaca zero.

Em contato com o presidente da FMF, Antônio Américo Lobato Gonçalves obtive a seguinte resposta sobre o pedido de adiamento: “Não existe nenhuma possibilidade disto. Podem vir todos os clubes com um documento assinado que a Federação vai indeferir. Isto nem se discute”, adiantou.

Vamos esperar…

23 comentários »

FMF aguarda consulta à CBF para esclarecer caso Edgar

6comentários

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse desconhecer qualquer documento dando conta de uma possível rescisão do contrato de Edgar com o clube. O assunto veio à tona, ontem à noite e causou a surpresa de dirigentes do clube e da Federação que até então desconheciam a informação que constava no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

No dia 8 de fevereiro, Edgar (Gladson do Nascimento) assinou novo contrato com o Sampaio. No dia 10, no BID, da CBF consta a rescisão do contrato do jogador com o Maranhão e o registro do novo contrato com o Sampaio.

No dia 14, o BID publica a rescisão do contrato com o Sampaio, sobre a qual, o clube diz desconhecer. No BID, dos dias 15 e 16 de fevereiro, Não consta nenhum registro de atletas do Sampaio.

E onde estaria a irregularidade? É que o Sampaio jogou  no dia 16 de fevereiro, contra o Cordino e Edgar atuou na partida. Na possibilidade da legalidade dessa rescisão, edgar teria atuado de forma irregular.

– O que eu posso adiantar é que o Sampaio não errou nada. O Edgar tem contrato com o Sampaio e não sei quem encaminou essa rescisão. É possível que tenha ocorrido um erro no BID. A gente já viu tanta coissa errada no BID. Você lembra do jogador do Cuiabá na Série D que disseram que estava tudo normal quando não estava? O que eu posso garantir a você é que o Sampaio não errou e não cometeu nenhuma irregularidade – afirmou Frota.

O que precisa ser esclarecido é o fato de constar no BID, da CBF, a rescisão do contrato com o MAC, no dia 10 e com o Sampaio no dia 14. Há quem garanta que esta rescisão possa estar relacionada ao contrato anterior de empréstimo de Edgar ao Sampaio. Nesta hipótese, a CBF e a FMF devem esclarecer como o novo contrato foi registrado, sem antes haver a rescisão do contrato anterior com o Sampaio.

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) foi “rápida” e já solicitou à CBF de uma consulta no departamento jurídico sobre a situação do atleta Edgar. A FMF deve se pronunciar na tarde desta quinta-feira.

6 comentários »

Trocando em miúdos

13comentários

Já ouvi dizer muitas vezes que é preciso manter a base de uma temporada para outra. Mas definitivamente esta lógica não funciona no Sampaio.

O time mais uma vez foi completamente reformulado, mesmo tendo sido este, o melhor time montado nos últimos três anos pelo Tricolor.

Dos time titular, apenas o goleiro Rodrigo Ramos e o zagueiro Johíldo permanecem.

Nas demais posições, o torcedor do Sampaio que é sempre muito exigente vai ver um time novo.

No papel, o novo time é bem inferior ao que conquistou o título de Campeão Maranhense.

O Sampaio foi buscar seis no JV Lideral e isto é muita coisa.

– Eu posso assegurar à torcida que o time não deve nada em relação ao time do ano passado – explica o presidente Sérgio Frota.

É preciso dizer que a gloriosa camisa Tricolor pesa e muito.

Querem saber o peso? Perguntem ao Júnior Chicão. De promessa no Bacabal, o jogador não conseguiu se firmar no Mais Querido.

Mas se o torcedor não está gostando do novo time no papel, diria que ainda não é hora de reclamar.

Não tenho a menor dúvida que se for preciso, o Sampaio fará um outro time. Tem sido sempre assim.

13 comentários »

Frota confirma negociação de terreno

5comentários

Depois do Maranhão Atlético Clube que anunciou a negociação da área onde está localizado o Parque Valério Monteiro, agora é o Sampaio quem estaria tentando seguir o mesmo caminho. O assunto veio à tona esta semana na Rádio Mirante AM.

O presidente Sérgio Frota confirmou ao BLOG que deverá negociar parte do terreno onde está localizada a sede do Sampaio com a construtora Dimensão Engenharia. Segundo Frota, a área corresponde a 27 hectares. O dirigente garante que pretende construir numa área de 10 hectares a nova estrutura do clube. O restante seria negociado com a construtora.

– O Sampaio não precisa de 27 hectares. Eu quero aproveitar a área de 10 hectares e fazer o novo CT, com toda a estrutura que um clube de futebol precisa e um estádio com capacidade de 7 a 8 mil lugares como o lá de Porto Franco – explicou.

Segundo Sérgio Frota a negociação ainda não foi concluída ao contrário do que já foi dito na Rádio Mirante AM.

– A legalização custa entre R$ 400 a R$ 500 mil. Eu já tenho um projeto pronto e vou levar para o Conselho Deliberativo para aprovação. Estão falando muita coisa por aí, mas eu vou mostrar todos os documentos e explicar tudo no momento certo – disse.

A área utilizada pelo Sampaio pertence ao Grêmio Cultural e Esportivo José Carlos Macieira e foi cedida ao Sampaio em regime de comodato. A negociação, portanto seria ilegal.

Embora já tenha sido divulgado que o valor do negócio seria de R$ 10 milhões, o presidente do Sampaio não quis entrar em detalhes e reafirmou que vai discutir o assunto nos próximos dias com o Conselho Deliberativo.

– Devo satisfação apenas ao Conselho Deliberativo e vou apresentar o projeto nos próximos dias – finalizou.

5 comentários »