Operação combate ao transporte ilegal de madeira

0comentário

A Polícia Federal, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, deflagrou hoje (8), a Operação Via Perditionis com o objetivo de combater ilícitos contra a administração pública que viabilizavam o transporte ilegal de madeira serrada pelas rodovias BR 316 e BR 222, no estado do Maranhão.

As investigações apontam que servidores públicos atuavam nos municípios de Santa Inês/MA e de Araguanã/MA para permitir a circulação irregular de caminhões carregados de madeira sem a devida documentação. Há elementos indicadores no sentido de que policiais rodoviários federais, juntamente com os denominados “fiscais de pista”, agiam nas imediações do Posto Fiscal Estaca Zero, em Santa Inês/MA para autorizar a passagem dos caminhões sem a devida fiscalização rodoviária e fazendária, deixando de verificar o documento de origem florestal e as respectivas notas fiscais dos carregamentos de madeira.

Por determinação do Juízo da 8° Vara Federal, estão sendo afastados de suas funções, 12 (doze) Policiais Rodoviários Federais e 4 (quatro) “fiscais de pista” da Secretaria de/MA. Também são cumpridos 4 (quatro) mandados de prisão preventiva, 2 (dois) mandados de prisão temporária, envolvendo empresários e caminhoneiros do ramo madeireiro, além de 18 (dezoito) notificações de medida cautelar diversa da prisão, 22 (vinte e dois) mandados de busca e apreensão, bem como 20 (vinte) intimações.

Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de pertencimento à organização criminosa (art. 2º, da Lei nº 12.850/2013), corrupção ativa (art. 333, parágrafo único do CPB), corrupção passiva (art. 317, §1º do CPB), tráfico de influência (art. 332, parágrafo único do CPB), violação do sigilo funcional (art. 325, §2º do CPB) e receptação qualificada (art. 180, §1° do CPB).

Participam da ação de hoje aproximadamente 150 servidores entre policiais federais, policiais rodoviários federais integrantes da Corregedoria Geral da PRF que contam ainda com o apoio de servidores do Ibama.

sem comentário »

Deputado Stênio Resende sofre acidente grave

0comentário

O deputado estadual Stênio Rezende (DEM) sofreu um grave acidente na madrugada deste domingo (26), na BR-316, no município de Olho D’água das Cunhãs, a 287 km de São Luís. No momento do acidente, o político estava em companhia da sua esposa Andreia Rezende, candidata a deputada estadual pelo DEM nas eleições deste ano.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o deputado Stênio Rezende estava em seu jeep de placas JJG4692 dirigido por David Rogeres Araújo dos Santos, motorista do deputado, quando bateu frontalmente com um veículo de passeio de placas JUX1243 no km 313,5 da BR-316. O impacto da batida vitimou fatalmente o condutor do veículo de passeio que também não teve a sua identidade revelada.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) o deputado sofreu ferimentos na testa e fraturou o ombro. Já Andreia Rezende foi levada para o município de Santa Inês para ser atendida no hospital Macro Regional da cidade. O motorista do político sofreu uma fratura na tíbia e foi submetido a colocação de um fixador externo.

Ainda segundo a SES, Andreia Rezende apresentou uadro de paraplegia crural (sem movimentação das pernas) e alteração em membros superiories, durante a avaliação feita por dois cirurgiões e um neurocirurgião. Ela foi submetida a uma tomografia que apresentou uma fratura e luxação na coluna cervical.

A SES informou que as três vítimas foram transferidas para São Luís, por meio do Serviço de Transporte Aeromédico, apresentando quadro estável. A PRF investiga as causas da colisão e os detalhes que levam o acidente.

Por meio de nota, a Assessoria de Comunicação do deputado Stenio Rezende confirmou o acidente e disse que o quadro de saúde do político é considerado estável. A nota diz ainda que Andreia Rezende também se encontra estável e será transferida na manhã deste domingo para um hospital na capital.

Leia no G1

sem comentário »

Famem discute ajuda para famílias desabrigadas

0comentário

O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), prefeito Cleomar Tema, reuniu-se, nesta quarta-feira (18), com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal e membro da Cruz Vermelha, Antônio Norberto.

Na oportunidade, foram discutidas medidas que possam viabilizar ajuda para as famílias desabrigadas de vários municípios atingidos pelas enchentes.

Norberto disse que a PRF se solidariza com o sofrimento dos maranhenses e sugeriu a possiblidade de solicitar o helicóptero da corporação para auxiliar no trabalho de reconhecimento de novas áreas atingidas; translado de equipes médicas e até o transporte de doações.

Recentemente, Cleomar Tema promoveu reunião com gestores municipais e representantes do governo do estado e da Defesa Civil.

Na oportunidade, o presidente da entidade municipalista solicitou que seus colegas prefeitos adotem as medidas necessárias para a decretação do estado de emergência, identificando número de desabrigados, prédios públicos e privados danificados e que recorram de imediato às autoridades competentes.

Estão disponíveis no site da Federação (www.famem.org.br) informações necessárias que irão auxiliar os gestores a proceder para decretação do estado de emergência e até criação de uma coordenadoria municipal de proteção e defesa civil.

Vale destacar, ainda, que a FAMEM, através da ação voluntária de seus funcionários, continua realizando a campanha SOS Municípios, que visa arrecadar donativos para as famílias atingidas pelas fortes chuvas.

As doações podem ser entregues na sede da própria entidade, localizada na Avenida dos Holandeses, nº06, Quadra 08, em São Luís (próximo ao Empório Fribal); e que funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

Pessoas interessadas em ajudar também podem ligar para os números 2109 5400/12/14, que uma equipe de funcionários se deslocará para receber os donativos.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Bandidos fazem refém em ataque a posto da PRF

0comentário

Seis bandidos fortemente armados atacaram na noite dessa sexta-feira (23), a Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizada na BR-222 no município de Acailândia, a 600 km de São Luís. Segundo a polícia, os criminosos chegaram ao local usando um policial militar como refém.

De acordo com a polícia, minutos antes de realizarem o ataque à unidade da PRF, o grupo criminoso invadiu uma base da Polícia Militar, localizada na BR-222, em Açailândia e levaram de refém em uma viatura da própria polícia, um PM que estava de plantão. Em seguida, o grupo seguiu em direção à unidade operacional da PRF, onde realizaram o segundo ataque.

Os criminosos chegaram à unidade operacional da PRF atirando e usando o policial militar como escudo. Na ação, outro PM que estava de folga passava pelo local quando percebeu o ataque. Houve troca de tiros intensa entre os bandidos e o policial à paisana. Os policiais rodoviários federais foram surpreendidos a ponto de não conseguirem revidar a ação. As janelas de vidro do posto foram alvejadas e a porta do local ficou completamente destruída. Não houve registro de feridos durante o tiroteio.

Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Leia mais

sem comentário »

PF realiza operação no Maranhão e Pará

1comentário

A Polícia Federal realiza na manhã desta quinta-feira (22) uma operação para combater fraudes no Seguro Desemprego no Pará e no Maranhão. Estão sendo cumpridos 19 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão nas cidades de Redenção e Conceição do Araguaia, no Pará, e em São Luís e São José de Ribamar, no Maranhão.

O objetivo da operação, batizada de “Seguro Fake”, é desarticular um grupo criminoso especializado em fraudes no Seguro Desemprego. Segundo as investigações, os dois estados apresentam alta incidência desta modalidade de fraude. Há buscas no Ministério do Trabalho em Redenção.

Em apenas 10 minutos, os policiais flagraram 42 tentativas de fraude em uma única agência bancária na cidade de Redenção. Os investigados responderão por estelionato qualificado, inserção de dados falsos em sisemas de informações e associação criminosa, com penas que podem ultrapassar 20 anos de reclusão.

De acordo com os técnicos do Ministério do Trabalho, desde a implantação do sistema antifraude desenvolvido em 2016, já teria sido identificado e bloqueado mais de 57 mil tentativas de fraudes no país, o que equivaleria à desvios de aproximadamente R$ 800 milhões para os cofres públicos.

Foto: Divulgação/ Polícia Federal

Leia mais no G1

1 comentário »

Uma lição que deve servir para todos

0comentário

PRF autua condutor que despejou lixo na BR-125.  Ele teve que recolher o lixo lançado no chão

Essa é sem dúvida uma boa história a ser contada…

Policiais rodoviários federais do grupo de motopoliciamento da PRF abordaram e multaram na tarde desta quinta-feira (4), no acesso da BR 135, um condutor que jogava lixo em uma das margens da via.

No local existe um contêiner colocado pela Prefeitura de São Luís apropriado para receber resíduos, porém, algumas pessoas acabam lançando lixo fora dele, a exemplo do condutor flagrado.

O flagrante foi observado por volta das 14h30, no km 5 do acesso da BR 135, logo depois do bairro Anjo da Guarda, no eixo Itaqui-Bacanga.

A equipe multou o condutor e o convidou a recolher o material despejado no chão e a colocá-lo no contêiner.

O lixo havia sido colhido em uma igreja daquela área, que também é a proprietária do veículo.

Que fique a lição…

sem comentário »

Levando provas

0comentário
PRF apreende veículo com documentos e equipamentos de Nova Olinda

Polícia Rodoviária Federal apreende veículo com documentos e equipamentos de Nova Olinda

Após denúncia anônima, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu, nesta quarta-feira (4), uma caminhonete que transportava documentos e equipamentos da Prefeitura do município de Nova Olinda do Maranhão.

Ao ser abordado na BR-316, o motorista, de 37 anos, informou que os bens transportados haviam sido retirados da Prefeitura sem autorização.

A caminhonete estava completamente cheia de documentos da Prefeitura relativos à gestão anterior, fato que, em tese, configura suspeita de crime de supressão de documentos (Art. 305 – Destruir, suprimir ou ocultar, em benefício próprio ou de outrem, ou em prejuízo alheio, documento público ou particular verdadeiro, de que não podia dispor), considerando que foi dito pelo acusado que a atual gestora do município não tem ciência do transporte de tais documentos.

O condutor disse que trabalha para o prefeito anterior e recebeu o veículo deste já com toda a documentação e equipamentos.  Ele afirmou também que saberia apenas onde entregaria o veículo ao chegar em São Luís, pois seria avisado por telefone.

A Polícia Rodoviária Federal encaminhou a ocorrência para a Delegacia de Polícia Civil em Santa Inês.

sem comentário »

Hildo Rocha sai em defesa da PRF

0comentário

PRF

Desde a primeira semana de atuação parlamentar o deputado Hildo Rocha vem utilizando a tribuna da Câmara Federal para denunciar a falta de segurança nas rodovias federais. Dos 13 postos de fiscalização da PRF, instalados no Maranhão, sete estão fechados e a quantidade de policiais em atividade, nos postos que ainda estão em funcionamento, é pequena.

Além das denúncias, na tribuna da Câmara Federal, Rocha debateu o tema em audiências nos ministérios da Justiça e do Planejamento e também formalizou as reivindicações aos órgãos competentes. “O sucateamento do órgão tem contribuído para aumentar os acidentes de trânsitos, nas rodovias federais que cortam o estado, facilita a ocorrência de assaltos a bancos e o trafico de armas e drogas, trazendo total insegurança quem utiliza as rodovias federais”, argumentou o deputado.

Na semana passada, Hildo Rocha realizou nova ação em defesa da segurança das estradas federais. Acompanhado de deputados de todas as unidades da federação, o parlamentar foi recebido em audiência pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa. Na oportunidade, Rocha voltou a denunciar sobre a falta de segurança, nas rodovias federais do Maranhão, lamentou o fechamento de postos da PRF e criticou a falta de policiais rodoviários.

“Enquanto não forem atendidas as demandas que possibilitarão o fortalecimento da PRF continuarei a utilizar a tribuna da Câmara e outros meios para cobrar do governo solução para o grave problema ocasionado com o desaparelhamento da PRF que prejudica todos os maranhenses”, afirmou o deputado.

Rocha cobrou a equiparação salarial dos policiais rodoviários com os da Polícia Federal, conforme acordo já firmado com a categoria, disse que o governo precisa chamar, imediatamente, os concursados, e defendeu a realização de concurso público, em 2016, para o preenchimento de 1.800 vagas, nas áreas administrativas e de atividade fim.

O ministro informou que a reestruturação da carreira e outros itens da pauta de reivindicações serão avaliados e poderão ser atendidos. Nelson Barbosa disse que tentará aumentar o prazo para o fechamento do orçamento, a fim de viabilizar o atendimento das reivindicações em questão.

“Sabemos que o país passa por uma situação delicada, a crise financeira é um fator que dificulta o atendimento dos nossos desejos, mas, temos que levar em consideração que essa é uma causa prioritária, pois estamos tratando de segurança pública, defendendo vidas” explicou Hildo Rocha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Prisão de prefeito

1comentário

PrefeitodeLagoaNova

Mais um prefeito maranhense foi preso por porte ilegal de armas. O prefeito Jorge Eduardo Gonçalves de Melo (PT), de Lagoa Grande do Maranhão foi preso no Km 85 da BR-135, numa operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Grupo de Policiamento Tático (GPT) por porte ilegal de armas.

Segundo informações da PRF, a arma – uma pistola PT 138, calibre 380 ACP, com 10 projéteis intactos.está registrada em nome do prefeito, mas o registro está vencido desde 2012.

O prefeito foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil de Itapecuru-Mirim (MA). Ele pagou fiança equivalente a oito salários mínimos e foi solto.

No último dia 9, o prefeito de Pedro de Rosário, José Irlan Sousa Serra, foi preso em uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizada terminal de ferryboat da Ponta da Espera, em São Luís também por porte ilegal de arma.

Foto: Divulgação / PRF-MA

1 comentário »

Prefeito é algemado

0comentário

arma

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) conduziu à Polícia Federal (PF) todos os ocupantes de um veículo, dentre eles o prefeito de Pedro do Rosário-MA, José Irlan Sousa Serra (à esquerda na foto) por porte ilegal de armas de fogo.

Uma equipe PRF realizava fiscalização dentro da operação Brasil Integrado no terminal de Ferry Boat (Ponta da Espera) em veículos procedentes da Baixada Maranhense e ao abordar o veículo Fiat Pálio NXG-9498/MA, que era conduzido por Raimundo Nonato Teixeira Neto, foi perguntado ao mesmo quem era o proprietário do veículo e este não soube informar. A situação levantou suspeitas sobre o condutor .

Neste momento, o passageiro desceu querendo saber o porque das perguntas e disse ter locado o carro. Foi solicitado o contrato de locação do veículo e ele não possuia. Diante dos fatos e suspeições foi realizado uma fiscalização minuciosa no interior do veículo onde foi encontrado um revólver calibre 38 de numeração PL474362 com 6 munições intactas que o condutor informou ser do passageiro José Irlan Sousa Serra. Este negou a propriedade da arma

Foi dado voz de prisão a todos os ocupantes do veículo. O prefeito José Irlan ofereceu resistência a prisão e foi feito o uso progressivo da força necessária para que o mesmo fosse algemado.

Após uma revista pessoal foi encontrada uma carteira que identificava o Sr José Irlan como Prefeito da cidade de Pedro do Rosário-MA.

Os demais passageiros que foram conduzidos para a Polícia Federal foram: José Irlan Sousa Serra; José Kelvécio Rodrigues Alves; Evandro Luís Matos Pereira; Lidiane Neres Soares; Rubenita de Moura Lobato Bezerra e Raimundo Nonato Teixeira Neto, em um total de quatro homens e duas mulheres, todos ocupantes do Pálio.

Foram entregues naquela unidade todos os pertences encontrados dentro do veículo bem como pasta contendo documentos da prefeitura municipal de Pedro do Rosário.

sem comentário »