Cafeteira vistoria obra no projeto social Fórum Jaracaty

0comentário

O secretário de Esporte e Lazer do Governo do Maranhão, Rogério Cafeteira, fez uma visita às obras de reforma do projeto social Fórum Jaracaty, localizado na Vila Jaracaty, na manhã de quarta-feira (10). A previsão é que a estrutura estará concluída no final do mês de julho. 

A reforma do Fórum Jaracaty está sendo executada pela Companhia Energética do Maranhão S.A. (Cemar) com o apoio do Governo do Maranhão, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. As obras compreendem a construção de uma quadra poliesportiva, mudanças na fachada frontal e lateral,  troca de telhas  de fibrocimento por telhas termoacústicas, um auditório para 40 pessoas, uma sala médica, uma brinquedoteca e sala de informática mais amplas, reforma dos vestiários, colocação de mais vasos sanitários, troca de cerâmica, pintura interna e externa, climatização, entre outras mudanças. 

Criterioso, o secretário da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), Rogério Cafeteira, falou da importância em fiscalizar os projetos que estão em fase de execução, para saber se as obras de fato estão correndo conforme o projeto apresentado. 

“Temos como responsabilidade acompanhar a execução dos projetos, por esse motivo gosto de conferir e fiscalizar o que está sendo feito. A comunidade da Vila Jaracaty merece um espaço digno e moderno para que possam usufruir o máximo deste nosso empenho”, ressaltou Rogério Cafeteira.

O Gerente de Comunicação Externa Marketing e Sustentabilidade da Cemar, Carlos Hubert, disse que reformar espaços incentivados via Lei de Incentivo ao Esporte como é o caso  do Fórum Jaracaty, é uma grande satisfação, principalmente por ser um dos pioneiros. 

“Esse momento é a realização de um sonho. Desde que nós começamos a trabalhar com a Lei de Incentivo ao Esporte, o Fórum Jaracaty foi dos primeiros projetos. Esse é um projeto que de fato gera uma inserção dessas crianças e adolescentes na sociedade de uma maneira muito forte, envolvendo a inclusão da família. A nossa ideia é que o Fórum sirva de exemplo para projetos futuros e que isso passe a evoluir”, falou  Carlos Hubert.

O projeto social Fórum Jaracaty alcança aproximadamente 300 alunos, sendo crianças e adolescentes entre quatro e 18 anos. Uma das exigências para integrar as atividades é estar regularmente matriculado e cumprindo o ano letivo escolar. O projeto oferece atividades como judô, tênis de mesa, brinquedoteca, informática. As atividades ocorrem de segunda a sexta-feira, pela manhã e tarde, no bairro Jaracaty.

Foto: Divulgação / Secap

sem comentário »

Projeto social muda rotina de crianças da Vila Conceição

0comentário

Uma escolinha de futebol cuja a missão é aliar educação à prática esportiva. Desde fevereiro deste ano, este tem sido o desafio do Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol junto à comunidade do bairro da Vila Conceição, localizada na região do Altos do Calhau, em São Luís. Mais do que apenas proporcionar lazer à criançada do bairro, a iniciativa, patrocinada pelo governo do Estado, El Camiño Supermercados e pela Drogarias Globo por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, também se dedica a incentivar o estudo dos participantes do projeto.

Atualmente, o Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol atende cerca de 40 crianças entre 8 e 12 anos que moram na Vila Conceição e Adjacências. Semanalmente, ocorrem os treinos da Associação dos Médicos e, paralelamente ao trabalho em campo, a garotada recebe acompanhamento educacional.

As aulas ministradas às crianças servem como uma espécie de reforço escolar, o que ajuda os meninos a conseguirem melhorar o rendimento na escola. “Eu gosto muito do projeto e de vim para cá toda semana. Aqui a gente joga bastante futebol e ainda aproveita para revisar e fazer as tarefas da escola. E ainda tem lanche pra gente”, explicou Vinícius Conceição Mendes, de 9 anos, estudante da UEB Menino Jesus de Praga e aluno do projeto social.

É importante destacar que os participantes da escolinha são alunos matriculados em escolas públicas da rede municipal de ensino e devem possuir 80% de frequência e aproveitamento escolar.

“Problemas sociais, não só os de origem financeira, podem ser menores para aqueles que praticam uma atividade física regularmente. Levando em conta esse aspecto, o esporte é um grande aliado para a formação de cidadãos capazes de interagir com a sociedade”, explicou o coordenador do projeto, Kléber Muniz.

É importante destacar que cada criança participante do projeto recebeu um kit doado pela organização composto de uniforme (camisas, calções e meiões), chuteiras e bolas esportivas. Para os pais, o projeto contribui para o desenvolvimento dos filhos como jovens atletas e, principalmente, como cidadãos.

“A escolinha é importante porque vai tirar esses meninos das ruas. Nós moramos num bairro carente e sabemos dos perigos que existem. Gostei muito de como se dá o projeto, com regras e disciplina. Muito interessante ensinar a prática esportiva sem se esquecer da necessidade de estudar”, disse Ana Cláudia, mãe de uma das crianças participantes do Educação e Esporte.

Projeto Educação e Esporte

O grande diferencial do Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol é justamente oportunizar a crianças de 8 a 12 anos os benefícios que a união entre esporte e educação podem proporcionar na formação do cidadão. As atividades são realizadas sempre duas vezes por semana: às segundas e quartas-feiras no turno vespertino. Nos dias dos treinos, sempre há o acompanhamento de uma pedagoga e um lanche para as crianças.

Durante a realização do Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol, haverá, ainda, a realização de um torneio onde os meninos poderão pôr em prática o que trabalhado nos treinamentos.

Fotos: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Rommeo aposta na sequência de projeto social

0comentário

O atleta Rayllan que faz parte do projeto social Gingados, Ringues e Tatames, da Secretaria de Esportes (Semdel), da Prefeitura de São Luís foi convocado para a Seleção Maranhense sub-18 de judô.

Rayllan é um dos talentos que fazem parte do projeto que atende cerca de 500 crianças e adolescentes em São Luís. (Conheça o projeto no Instagram).

O secretário de Esportes (Semdel), Rommeo Amim é o idealizador e maior incentivador do projeto que tem o patrocínio do Grupo Mateus e do Governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e vem transformando a vida de muitos jovens em nossa cidade.

“Esse é o resultado do trabalho social que desenvolvemos por meio do esporte em nossa cidade com o projeto social Gingados, Ringues e Tatames logo em seu primeiro ano. Acreditamos que, com a continuidade do projeto, outras crianças e adolescentes de São Luís terão a oportunidade virar atletas que seguirão mesmo caminho do Rayllan e logo teremos uma grande geração de atletas campeões e que levarão ainda mais longe o nome do Maranhão”, disse Rommeo.

O projeto social Gingados, Ringues e Tatames possui 14 núcleos, sendo um no Parque do Bom Menino, no Centro e em outros bairros de São Luís nas modalidades de judô, capoeira, jiu-jítsu, muay thai, taekwondo e MMA.

O secretário Rommeo Amim disse acreditar muito na continuidade do projeto nos próximos anos pela sua importância social.

“Estamos trabalhando para garantir a continuidade do projeto e não tenho a menor dúvida que essa parceria da Prefeitura de São Luís, Governo do Maranhão e o Grupo Mateus irá continuar, pois acreditamos na sensibilidade do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, do governador Flávio Dino e do secretário Rogério Cafeteira. O nosso agradecimento especial ao Grupo Mateus que desde o primeiro momento abraçou a ideia que vem transformando a vida de meninos e meninas em São Luís e que muito contribui com o crescimento do esporte no Maranhão”, finalizou Rommeo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Colhendo os frutos do trabalho social no esporte

0comentário

O garoto Rayllan que faz parte do projeto social Gingados, Ringues e Tatames, da Secretaria de Esportes (Semdel) da Prefeitura de São Luís foi destaque na Seletiva do Campeonato Brasileiro de Judô, no ginário Paulo Leite e garantiu classificação para a etapa Regional I.

Idealizado pelo secretário Rommeo Amim, o projeto é executado através da Lei de Incentivo ao Esporte em parceria com o governo do Maranhão e o Grupo Mateus. (Conheça o projeto no Instagram).

Rayllan é um dos talentos que fazem parte do projeto que atende cerca de 500 crianças e adolescentes em São Luís e acontece no Parque do Bom Menino, no Centro e em outros 13 núcleos espalhados em diversos bairros oferecendo as modalidades de judô, capoeira, jiu-jítsu, muay thai, taekwondo e MMA.

Parabéns a toda equipe do projeto e ao sensei Sérgio Duailibe Júnior responsável pelo treinamento dos atletas do judô. Ele tem sido responsável pela oportunidade e nova expectativa na vida de seus alunos.

E vida longa ao projeto, pois os resultados já estão aparecendo.

Nunca é demais agradecer a todos envolvidos na execução do projeto e aos patrocinadores: Prefeitura de São Luís, Governo do Maranhão e Mateus.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Luis Fernando garante apoio a projeto social

0comentário

Brincar, correr e alimentar sonhos. Esse tem sido o trabalho socioeducativo do projeto social “Sonho de Aline”, que existe há cerca de 15 anos e reúne mais de 250 crianças e adolescentes e está localizado na estrada de Panaquatira.

Em visita nesta quinta-feira (31) ao espaço, o prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando, juntamente com o vice-prefeito, Eudes Sampaio, acompanhou de perto as atividades desenvolvidas no local.

A pequena Ana Clara de 9 anos, que participa da oficina de artes criativas, foi quem recepcionou o prefeito e comitiva com versos e poemas. Além de oficinas, o espaço também oferece aulas de dança, balé, crochê, capoeira, reforço escolar, música e refeições.

A coordenadora do projeto, a freira Maria José, explica que a procura de pais e mães para colocar os filhos no projeto é grande, mas que devido às condições financeiras, o “Sonho de Aline” só pode manter os que já estão.

“Estamos resgatando vidas, alimentando sonhos e dando dignidade a todos, não queremos que essas crianças fiquem na rua, mas tenham a oportunidade de desenvolver seus potenciais por meio de um complemento à escola formal”, disse a religiosa.

Atento a todas às atividades, o prefeito Luis Fernando falou da iniciativa e anunciou o apoio formal por meio de convenio com a prefeitura para que as atividades possam continuar sendo realizadas e dessa forma atender a comunidade.

“É importante termos ações como estas que valorizam atividades educacionais e sociais. É uma alegria para nós vermos tantas crianças e adolescentes participando do projeto e jamais poderíamos deixar de colaborar com um trabalho exitoso como esse. Dessa forma, estamos viabilizando as primeiras ações nesta parceria para podermos na base do orçamento que temos, já fazermos algo ainda este ano para atender todas as crianças participantes”, finalizou o prefeito também recrutando os programas e projetos da área da saúde do município para atender às crianças.

Foto: Willian Tindale

sem comentário »

Penha prestigia Copa de Taekwodo

2comentários

A competição é fruto de um projeto Feras do Taekwodo, liderado pelo professor Arthur Brito

O vereador Raimundo Penha (PDT) prestigiou neste domingo (2), a Copa da Juventude de Taekwodo.

A competição é fruto de um projeto social denominado Feras do Taekwodo, liderado pelo professor Arthur Brito.

O projeto atende 400 crianças e adolescentes, distribuídos em alguns bairros de São Luís.

“Há 3 anos apoio esse projeto, pois entendo o papel fundamental do esporte na inclusão social. Sigo acreditando que através de políticas públicas para o esporte e a juventude, conseguiremos combater algumas das nossas mazelas sociais, além de levar alegria, sonhos e autoestima para essa galera”, destacou Penha.

O parlamentar parabenizou o idealizador do projeto e garantiu que vai continuar apoiando o projeto.

“Parabéns ao professor Arthur Brito pelo projeto lindo e, por acreditar e fazer do esporte uma nova oportunidade para essas crianças e adolescentes”, finalizou Penha.

Fotos: Divulgação

2 comentários »