Diálogo com professores

0comentário

Com o objetivo de discutir itens constantes da pauta do acordo referentes à formação de professores, titulação e promoção, bem como as ações que estão sendo desenvolvidas para valorização dos profissionais da educação, o secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes recebeu em audiência, na quinta-feira (10), a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado do Maranhão (Sinproesemma).

No encontro, que contou com a presença da equipe técnica da Seduc, os representantes do Sinproesemma apresentaram uma pauta com oito itens. “A maioria foi ou está sendo viabilizada pela Seduc e deverá ser concluída até dezembro”, garantiu Pedro Fernandes.

reuniao
O secretário voltou a explicar que parcelas retroativas as diferenças do reajuste do piso salarial nacional do magistério referente às promoções, gratificação de atividade do magistério, titulações e tempo de serviço aos professores da rede estadual de ensino, estão sendo pagas até o dia 10 do mês subseqüente, desde agosto. O pagamento é efetuado em folha suplementar, em quatro parcelas (setembro, outubro, novembro e dezembro) e faz parte do acordo firmado depois do encerramento da última greve dos professores.

Pedro Fernandes explicou que a Seduc vem cumprindo rigorosamente o acordo firmado com o sindicato e destacou que quanto às promoções e titulações, à medida que forem sendo processadas, também terão seus pagamentos realizados no dia 10 de cada mês, retroativos à data do acordo.

Para o presidente do Sinproesemma, Julio Pinheiro, a reunião foi mais um momento para revisar as intenções constantes do acordo formalizado com a Seduc e para garantir os direitos dos profissionais da educação, como promoções, titulações e progressões, a partir de janeiro do próximo ano.

Segundo ele, foi uma reunião de rotina para diluir dúvidas e manter o diálogo com o secretário Pedro Fernandes para tratar da materialização dos compromissos assumidos entre as duas partes.

sem comentário »

Promoção de professores

0comentário

professores

sem comentário »