Braide diz que população quer propostas e discutir SL

0comentário

O deputado federal e pré candidato a prefeito de São Luís Eduardo Braide (Podemos) foi o entrevistado desta sexta-feira (17), no Ponto Final, na Rádio Mirante AM, pelo jornalista Roberto Fernandes e falou sobre política, planos para São Luís e desua atuação parlamentar na Câmara dos Deputados. Clique aqui e ouça a entrevista na íntegra.

Braide disse que espera uma campanha propositiva e que discuta os reais problemas de São Luís. “Esse é o desejo do povo de São Luís. Que essa campanha seja voltada para o debate das ideias. É comum em período de eleição surgirem as baixarias. Eu sempre fiz e defendi uma campanha com propostas e debate de temas sobre o melhor para São Luís e certamente é isso que a população espera nessa campanha’, disse.

Eduardo Braide afirmou que tem conversado com lideranças políticas e que no momento certo anunciará seus apoiadores. “Eu tenho conversado com várias lideranças políticas da nossa cidade e do nosso estado sobre o time que nós estamos montando e isso está sendo feito. Tenho conversado com várias lideranças e elas tem demonstrado interesse de integrar esse time. No momento certo nós divulgaremos aqueles que caminharão comigo em busca de uma cidade melhor e diferente”, afirmou.

O deputado também acrescentou que ampliará a ligação entre bairros em São luís como forma de desafogar o trânsito caótico na cidade para que a Prefeitura possa dar respostas rápidas à mobilidade urbana. “Até hoje nós só temos paliativos. Você resolve um problema em uma determinada região, mas não vê a cidade como um todo”.

Perguntado por um ouvinte, Braide esclareceu as mudanças na previdência que garantiu conquistas para policiais e bombeiros militares com a Reforma da Previdência.

Braide disse que caso venha a ser eleito prefeito de São Luís pretende criar a Secretaria da Pessoa com Deficiência ou Secretaria da Inclusão que tratará exclusivamente da pessoa com necessidade de inclusão e afirmou que as secretarias em um eventual governo seu terá que funcionar com eficiência e admitiu que pode reduzir o número de pastas. “As secretarias precisam funcionar prá valer”, disse.

O deputado Eduardo Braide defendeu o reconhecimento da cultura maranhense e disse que ela só se mantém até hoje por conta da resistência. “Essa resistência mantém a cultura do Maranhão viva. Precisamos fazer com que estas manifestações culturais sejam transformadas em geração de emprego e renda e fazer com que as nossas manifestações culturais possam ser valorizadas o ano inteiro e não apenas durante um mês ou outro”, destacou Braide.

Braide defendeu a importância da realização de concursos públicos para preenchimento das vagas na administração pública e antecipou algumas áreas que serão contempladas. “A realização de concursos públicos é uma das nossas metas, especialmente para a guarda municipal e agentes de trânsito na SMTT”, disse acrescentando a necessidade de concurso nas áreas da saúde e educação.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

Mobilidade urbana em São Luís

0comentário

Por Adriano Sarney

De 1990 até hoje a mobilidade urbana em São Luís sofreu uma dura e penosa jornada. Governada por pedetistas, a Ilha Rebelde penou com a falta de prioridade no setor. A cada dia fica mais difícil se locomover por São Luís, eis uma infeliz constatação. Sem arrojo e criatividade, sem abrir mão das soluções fáceis e temporárias, nossa cidade corre o risco de parar, literalmente, à médio prazo. (Clique aqui e veja o vídeo)

Nos últimos 30 anos o legado do partido na construção de grandes empreendimentos na mobilidade urbana se resume a um punhado de terminais da integração, a reconstrução da avenida Santos Dumont e o prolongamento da avenida litorânea.

O prefeito Edivaldo terminará uma década de mandato de forma melancólica. Muitos aumentos de passagens, uma licitação vendida como solução que em nada mudou a vida do ludovicense e obras pequenas apresentadas como grandiosas revoluções na engenharia. O completo vazio de ideias é desolador.

Vejam só: as duas únicas ações na avenida Jerônimo de Albuquerque, a maior e mais movimentada avenida de nossa capital, nas últimas décadas foram desenvolvidas pela ex- governadora Roseana Sarney. O viaduto da Cohab e o viaduto da Cohama, ambos entregues na década de 1990.

A avenida Casemiro Junior, no Anil, foi simplesmente esquecida. No trecho que liga o Viaduto do Café até a Aurora, todos os dias milhares de motoristas perdem horas de suas vidas sem nenhum auxílio da Prefeitura ou do Governo do Estado. Nem mesmo um simples guarda de trânsito se vê no local.

Bairros em que o trânsito se encontra em situação crítica também foram esquecidos como o Anil, João Paulo, Cidade Operária, Ipase, Centro da Cidade e Área Itaqui-Bacanga ou Cohab.

São Luís precisa de uma revolução completa na mentalidade de gestão da mobilidade urbana de nossa cidade. É preciso modificar desde os pequenos protocolos até as grandes atitudes.

Existem pequenas situações que poderiam muito facilitar a vida dos motoristas e pedestres de nossa cidade.

Isso pode ser feito de três formas: 1) Exigir seguro e garantia nas próximas licitações. Qualquer problema será resolvido pela seguradora. 2) Determinar às construtoras o uso de asfalto acrescido de borracha e polímeros nas pavimentações para aumentar a vida útil do asfalto. 3) Substituir os remendos em pedaços por recapeamento de trechos na largura da via.

Os semáforos de nossa cidade são outro problema crônico. Basta a menor chuva para que o sistema entre em pane em vários pontos. É preciso mudar toda a rede de semáforos da seguinte forma: 1) Aplicar tecnologia inteligente que garanta fluidez ao trânsito com semáforos que identifiquem os momentos para abrir e fechar. 2) Aumentar a distância entre os semáforos nos grandes corredores.

Qual foi a última vez que se viu alguma propaganda educativa da Prefeitura ou do Governo sobre o trânsito? Pois bem, aqui esbarramos em outro ponto que poderia ajudar muito a vida dos moradores de São Luís.

Os elevados, muitos deles construídos pela ex-governadora Roseana Sarney, também precisam ser modernizados. Não se pode aceitar a ideia de que, do jeito que estão, eles irão ter o mesmo efeito para sempre. É preciso verificar as alças coletoras, fazer ajustes no entorno e ações que dinamizem a fluidez.

Essas são pequenas mudanças que, sabe-se lá por qual razão, não são colocadas em prática. Em breve voltaremos a falar sobre o assunto.

*Adriano Sarney é deputado estadual, economista com pós-graduação pela Université Paris (Sorbone, França) e em Gestão pela Universidade Harvard.

sem comentário »

Juventude entrega propostas a Roseana

2comentários

A juventude do MDB organizará no final deste mês, em São Luís, um grande ato público em apoio à candidatura de Roseana Sarney ao governo do Maranhão. No evento, ela assinará o Pacto pela Juventude, um conjunto de propostas com o qual já se comprometeu em reunião ocorrida nesta segunda-feira (10), na sede do partido na capital maranhense.

“Tivemos a honra de receber Roseana em nosso partido para que os jovens de vários municípios pudessem entregar as propostas da juventude para diversas áreas, desde a educação até a cultura, o esporte e a geração de emprego. E ela já assumiu o compromisso de incluí-las em seu programa de governo”, informou Assis Filho, presidente nacional da Juventude do MDB.

Roseana disse que, ao receber o documento, renovava o compromisso com a juventude do Maranhão. “Para todos eles, vamos retomar o programa Primeiro Emprego e investir em cursos de economia digital com inovação, programação, webdesigner e todos aqueles que atendam a necessidade do mercado de trabalho”, anunciou. Ela acrescentou, ainda, que se eleita investirá na formação de jovens do ensino médio para serem instrutores remunerados para dar aulas no ensino fundamental. “Os jovens terão papel importante na melhoria da educação no Maranhão”, garantiu.

O jovem Dayvid William, do MDB de Rosário, disse que a juventude está com Roseana por acreditar no seu compromisso em atender às necessidades dos jovens, como já demonstrou em seus governos. “Para nós, Roseana é a melhor opção para governar o Maranhão, e vamos mostrar a força da juventude em sua campanha”, afirmou.

Para a presidente da Juventude do MDB em São Luís, Gleicy Teles, o encontro com Roseana superou as expectativas: “ela sempre valorizou os jovens, sempre fomos protagonistas em seus governos, por isso queremos a sua vitória”.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Sanção moral

2comentários

Quem resolveu ler as 65 promessas de campanha do governador Flávio Dino (PCdoB) registradas no TRE, em 2014 – e os dados estão disponíveis ao público por meio do aplicativo DivulgaCand – percebe logo de cara que o comunista decidiu gerar provas contra si mesmo.

Ao revelar, com destaque em vermelho, que foi o relator da lei que obrigou o registro dos planos de governo na Justiça Eleitoral, Dino assinou uma espécie de autosentença de morte moral.

No enunciado de seu Plano de Governo, o comunista faz questão de declarar-se orgulhoso pela relatoria da lei por ser ela “um instrumento de aprimoramento da gestão pública”. É difícil imaginar que Flávio Dino pudesse imaginar ser pego em suas próprias redes apenas três anos depois de assumir o governo.

Ao fazer coro a um levantamento do portal G1, que mostrou ter ele conseguido cumprir apenas 22 das 65 promessas registradas – e ainda por cima ter tentado faturar com isso, manipulando a informação -, o comunista mostrou que o seu “instrumento de aprimoramento da gestão” não serviu para si próprio.

Felizmente, para Flávio Dino, a lei que ele relatou não prevê sanções legais a quem descumprir as promessas do plano de governo. Mas, como analisam juristas e interpretadores das leis, o registro do plano, com seu eventual descumprimento, é uma espécie “sanção moral”.

E para quem se põe acima do bem e do mal, se vende como o melhor e mais preparado dos mortais, como Flávio Dino, essa sanção moral deve doer na alma.

Estado Maior

2 comentários »

Luís Fernando encerra seminários

0comentário

Pré-candidato, Luís Fernando discute propostas em seminários com a população de Ribamar

Pré-candidato Luís Fernando discute propostas em seminários com a população de Ribamar

Terminou no último sábado, dia 23, a bateria de seminários Planeja – O cidadão decidindo, em São José de Ribamar. Comandado pelo pré-candidato a prefeito, Luis Fernando Silva (PSDB), o evento fechou com chave ouro ouvindo as propostas dos jovens no Planeja Juventude.

Membros da JPSDB, dos demais partidos que irão defender o nome de Luis Fernando para prefeito e de movimentos da Juventude até de outros partidos de outras pré-candidaturas mobilizaram centenas jovens que participaram de forma propositiva, apoteótica e vibrante.

“Foi um Planeja como todos os outros, com muitas propostas e discussões, mas com uma energia totalmente diferente. E foi exatamente por isso que deixamos o último Planeja para ser o da Juventude, pois é com ela e com a vibração dos nossos jovens que a cidade vai ser reconstruída”, disse o pré-candidato, Luis Fernando Silva.

Liderados por Neilson Marques, os jovens entregaram um conjunto de propostas para o pré-candidato. A exemplo de outras sugestões, feitas individualmente, as ideias da Juventude serão incorporadas ao agrupamento de propostas do futuro candidato e protocoladas no Tribunal Regional Eleitoral, quando do registro da candidatura do tucano.

(mais…)

sem comentário »