Saída confirmada

2comentários

AluisioeSousa

O deputado estadual Sousa Neto voltou a reafirmar que está mesmo de saída do PTN. O parlamentar só não confirmou a data em que oficializará a sua saída do partido e para qual legenda pretende mudar.

Sousa Neto até chegou a se reunir no fim de semana com o deputado federal Aluisio Mendes (PSDC) e o novo presidente estadual do PTN no Maranhão, Laércio Costa, mas não recuou da posição tomada e voltou a afirmar que a sua decisão é irreversível.

“Na reunião renovei minha ligação pessoal de amizade com o deputado Aluísio Mendes, porque não confundo posição política com relações pessoais”, explicou

Sousa Neto se diz decepcionado em relação à forma utilizada para tirá-lo do comando da legenda. Ele só soube pela imprensa que não comandava mais o PTN. Na ocasião, o deputado considerou “a conduta uma espécie de convite subliminar, rasteiro e covarde para desfiliação do partido”.

“Comuniquei minha decisão de sair do PTN pela forma grosseira e injustificada de como fui retirado da presidência do partido no estado. Também aproveitei a oportunidade para desejar sucesso ao novo presidente”, afirmou.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Crise no PTN

2comentários

SousaNeto

O deputado estadual Sousa Neto (PTN) divulgou nota na qual se diz surpreso com a decisão da Executiva nacional do partido que teria distituído o parlamentar do comando da legenda no Maranhão.

Ele revelou ter tomado conhecimento da mudança por meio de matérias divulgadas na imprensa e considerou a conduta rasteira e covarde. Ele diz que já se considera fora do PTN.

Leia a nota

1. Somente teve conhecimento de que houve mudança na direção do PTN do Maranhão na data de hoje, por meio da matéria jornalística acima mencionada;

2. Dessa forma, não sabia que tinha sido destituído da presidência do PTN até ler a matéria jornalística, ou seja, não foi comunicado desse fato pela deputada Renata Abreu, presidente do PTN Nacional, e nem pelo novo presidente no Estado, o senhor Laércio Costa.

3. Entende o deputado que este tipo de conduta é uma espécie de convite subliminar, rasteiro e covarde para desfiliação do partido absolutamente desnecessário, pois era suficiente dizer que o deputado Sousa Neto é indesejado no partido para que este, voluntariamente, atendesse o desejo do partido;

4. Assim, o deputado recebe a informação como um ato manifesto de exclusão do partido e, por essa razão, comunica a todos os seus correligionários que já não se considera mais filiado ao PTN.

São Luís (MA), 08 de outubro de 2015.

Sousa Neto
Deputado Estadual

2 comentários »

PTN

0comentário

SousaNeto

Por Sousa Neto

Assumi a presidência do PTN no Maranhão com o desafio de transformá-lo em um partido atuante em todo o Estado.

Como não fujo de desafios, estou trabalhando arduamente para isso, o que justifico aqui a ausências em algumas bases eleitorais e na Assembleia Legislativa aonde sou deputado estadual daquela Casa, sendo o único partido legítimo de oposição.

Estamos reestruturando as nossas bases políticas em todo o Maranhão e o objetivo tem sido um só, que o PTN seja um dos principais partidos do nosso estado e nossa presença já poderá ser percebida nas eleições municipais que acontecerão ano que vem.

Venha conosco nessa jornada. Filie-se você também. Em breve farei um post aqui informando o endereço do site para maiores informações.

*Sousa Neto é deputado estadual e presidente do PTN no Maranhão

sem comentário »

Repúdio a Alexandre Almeida

1comentário

AgneloGuerreiroO deputado estadual Angelo Guerreiro (PSDB), apresentou ontem (13) moção de repúdio ao deputado estadual Alexandre Almeida (PTN), da Assembleia Legislativa do Maranhão, que em discurso na tribuna declarou que “Campo Grande é uma Capital tão pequena que não tem expressão”.

O parlamentar maranhense fez o comentário ao dizer que a mesma empresa de abastecimento de água que atua no município de Timon (MA) é a de Campo Grande.

“Exigimos respeito ao povo sul-mato-grossense. Esse cidadão sequer sabe que nossa Capital figura, em segundo lugar do País, como a melhor cidade para investimento e São Luís do Maranhão nem aparece”, disse Angelo Guerreiro.

Em aparte, o deputado estadual Barbosinha (PSB) ressaltou que São Luís não é exemplo de abastecimento de água para a população. “Mesmo passando por esse período crítico de seca, Mato Grosso do Sul não foi afetado pelo desabastecimento de água”, salientou.

Os dois parlamentares fizeram um convite para que o deputado estadual do Maranhão, Alexandre Almeida, visite a Capital de Mato Grosso do Sul e veja de perto a “eficiência do abastecimento e saneamento de água”.

Veja o discurso de Alexandre Almeida

Foto: Roberto Higa

1 comentário »

PTN na Oposição

1comentário

SousaNeto

O deputado Sousa Neto assumiu a presidência do diretório estadual do Partido Nacional Trabalhista (PTN).  Segundo o parlamentar, com esse novo momento, o PTN fará parte do grupo de oposição na Assembleia Legislativa, ou seja, atuará de forma oponente ao atual governo.

“Não faço oposição só pela oposição, mas pela convicção de que precisamos estar atento aos interesses da população e que os interesses pessoais não podem ser maiores que os coletivos”, explanou durante o seu discurso.

Ainda durante o pronunciamento esta semana na Assembleia Legislativa, Sousa Neto registrou que mesmo antes de assumir a presidência do partido no Estado, já atuava como oposição, denunciando irregularidades do governo Flávio Dino.

“Minha primeira atitude é retirá-lo do bloco Parlamentar Democrático, que apoia o atual governo e colocá-lo oficialmente como um partido de oposição”, anunciou o parlamentar.

1 comentário »

Comando do PTN

0comentário

SousaNeto

O deputado estadual Sousa Neto é o novo presidente estadual do PTN no Maranhão. A troca de comando partidário foi confirmada nesta quarta-feira (29) pelo delegado nacional da legenda, Thiago Milhim, que veio a São Luís formalizar o convite ao novo dirigente.

“O PTN é um partido que historicamente, através do nosso presidente nacional José de Abreu, sempre foi aliado e sempre esteve ao lado do ex-presidente José Sarney. E é por essa lealdade a ele que decidimos convidar o deputado Sousa Neto a assumir a presidência estadual, por entendermos que ele é, hoje, quem melhor representa o nosso partido no cenário político do Maranhão”, declarou Thiago Milhim, ao justificar a mudança.

Segundo o representante nacional, a decisão de entregar a presidência do PTN a Sousa Neto será formalizada nesta quinta-feira (30) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). “Tivemos o reconhecimento das lideranças nacionais pela fidelidade às diretrizes do nosso partido, que agora passará a ser o único oficialmente de oposição ao atual governo estadual”, comemorou o deputado.

Sousa Neto acrescentou que, como presidente do PTN no Maranhão, terá legitimidade para atuar como deputado de oposição e de questionar oficialmente todas as ações e medidas do governo estadual que não sejam de interesse do povo maranhense.

sem comentário »

Aniversário de Santa Inês

0comentário

SousaNetoO deputado estadual Sousa Neto (PTN) fez discurso na Sessão desta quinta-feira (12), na Assembleia Legislativa, em alusão à cidade de Santa Inês, que neste sábado (14) comemora 48 anos de emancipação.

“Quero aqui enaltecer a data, mas dizer que, infelizmente, não temos o que comemorar porque Santa Inês hoje é uma cidade muito maltratada e é prova de que o modelo de gestão que o governador prega não funciona, tanto que o atual prefeito, apoiado pelo governador, caiu no descrédito da população e a votação do candidato Edison Lobão Filho superou em oito mil votos a do atual governador”, explanou o deputado.

Antes de parabenizar a cidade, Sousa Neto iniciou o discurso chamando a atenção do líder do governo, Rogério Cafeteira, para a postura que ele tem assumido em seus discursos. “Eu vim a esta tribuna para falar somente sobre Santa Inês, mas não tenho como não falar que quando se trata de liderança de governo, me sinto incomodado com esse jeito de V. Exa. de tratar os colegas. Tem que tem que ser mais cordial, porque o modo como o senhor tem falado não é a forma de tratamento adequada”, alertou o deputado.

sem comentário »

Violência em Santa Inês

0comentário

SousaNeto

A crescente violência contra a mulher no Maranhão foi o assunto abordado pelo deputado Sousa Neto (PTN) na sessão desta terça-feira (10), na tribuna da Assembléia Legislativa. Ele citou os casos de três mulheres que foram brutalmente assassinadas em Santa Inês nos últimos cinco dias, para cobrar providências do Governo do Estado.

“Fora casos de abuso, as ameaças e os estupros, as mulheres estão sendo mortas. Uildes do Nascimento Oliveira, Josilene Silva Viana, Maria Antônia Lago dos Santos, e Antônia Nonata Araújo, foram brutalmente assassinadas. Essas mães de famílias, essas jovens, já tinham denunciado à Delegacia da Mulher as ameaças que estavam sofrendo dos seus companheiros. Mas a Polícia nada fez e elas foram vitimadas”, declarou Sousa Neto.

O deputado alertou que essa grave situação de violência contra a mulher não é uma realidade só da cidade de Santa Inês, mas de todo o Estado do Maranhão. “Todo mundo conhece ou relata esses casos. A sociedade e as autoridades competentes estão sempre tomando conhecimento dessas atitudes e pouco se faz a respeito disso”, ressaltou ele.

Sousa Neto disse ainda que a sociedade clama por segurança e espera ansiosa pelo aumento no efetivo policial anunciado pelo governador Flávio Dino no primeiro dia do seu governo, com a convocação imediata de mil policiais que até hoje não foram chamados e não há previsão de estarem nas ruas. “Eu não acredito nesse governo da mudança, porque esse projeto não funcionou nos municípios onde foi implantado. É um discurso que, na prática, não funciona”, acrescentou.

Ele também reagiu de forma incisiva ao discurso do deputado Raimundo Cutrim, que o antecedeu na tribuna, por baixar o nível do debate no parlamento. “Vossa excelência não pode desrespeitar a ex-governadora, o ex-secretário de Segurança Pública e o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, com palavras baixas, por questões pessoais. Neste plenário, estamos representando o povo e esses ex-gestores não estão aqui para se defender. Eles podem vir aqui responder a todas as perguntas e acusações infundadas, mas baixar o nível eu não aceito”, finalizou.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

sem comentário »