Arraiá do Povo é sucesso de público na Assembleia

0comentário

Voltou a ser um grande sucesso de público a segunda noite do ‘Arraiá do Povo’, realizado pela  Assembleia Legislativa (Alema), por meio do Grupo de Esposas dos Deputados (Gedema). Populares, deputados, autoridades e convidados destacaram a animação em mais uma noite de festança junina, que contou com apresentações do grupo Folia de Três, Oficinas de Dança do Programa Sol Nascente, Boizinho da Creche-Escola Sementinha, Boi de Santa Fé, Boi de Sonhos, Boi de Itapera, Boi da Maioba, Quadrilharte de Alcântara e Gargamel.

Vários deputados estaduais marcaram presença no segundo dia do ‘Arraiá do Povo’, entre eles, Fábio Macedo (PDT), Leonardo Sá (PL), Ricardo Rios (PDT), Dr. Yglésio (PDT), Wellington do Curso (PSDB) e Daniela Tema (DEM). Também estiveram presentes o ex-deputado estadual e atualmente deputado federal, Bira do Pindaré (PSB), e secretários de Estado, a exemplo do secretário de Saúde, Carlos Lula e o de Comunicação e Articulação Política (Secap), Rodrigo Lago.

Populares, diretores, servidores da Assembleia e prefeitos também prestigiaram o segundo dia de arraial. Todos destacaram a grandeza da festança, a exemplo do prefeito de Codó, Francisco Nagib, e o de Viana, Malgrado Barros. Eles parabenizaram o presidente Othelino pela realização de um arraial de primeira linha e com muita segurança, com valorização da cultura maranhense.

Sucesso total

 “É um arraial muito bom, muito seguro, um dos melhores do Maranhão com ampla participação. Cada ano vai ficando melhor. O sucesso é até maior do que ano passado. Na abertura, na sexta-feira, foi um sucesso, mesmo com chuva e no segundo dia voltou a ficar lotado desde cedo. É um arraial para a sociedade maranhense aproveitar bastante”, afirmou o presidente da Casa.

Othelino destacou, também, o trabalho da Diretoria de Comunicação, comandada pelo jornalista Edwin Jinkings, que está transmitindo ao vivo, pela Rádio Alema e pela TV Assembleia, toda a programação do ‘Arraiá do Povo’.

 “Nossa equipe de comunicação está se superando e conseguindo mostrar esse trabalho muito bonito que o Gedema e a Alema realizam.  No ano passado, já foi um brilhante trabalho e, neste ano, divulga com muita competência para todo Maranhão e para quem está fora.  Quem não pode vir, pode acompanhar ao vivo pela TV Assembleia. Toda nossa equipe de comunicação está de parabéns”, garantiu.

A presidente Ana Paula Lobato fez também uma avaliação positiva do evento: “mais uma edição de sucesso desta bonita festança preparada com carinho para receber todos os servidores, os visitantes e todos os maranhenses. As melhores atrações da cultura popular do Maranhão estão aqui se apresentando, como o Boi da Maioba”, enfatizou ela, que acompanhou todos as exibições diretamente do palco, com especial atenção quando houve as apresentações das Oficinas de Danças do Sol Nascente e o Boi Creche-Escola Sementinha.

Valorização da cultura maranhense

Presente pelo segundo dia, o deputado Fabio Macedo garantiu que a Assembleia está valorizando a cultura maranhense. “É uma festa linda. Um sucesso total e uma festa que vem se superando. No ano passado, já foi um sucesso e neste ano cresceu muito mais. Quero parabenizar o presidente Othelino e a presidente do Gedema, Ana Paula, pela grandiosa festa. E vai ser muito maior neste domingo, o último dia. Convido a dados para prestigiar.

Parabenizo também a todos os organizadores que estão fazendo esse grande evento. A nossa cultura e nosso grande São João sendo valorizados, através desse grande Arraiá do Povo”, afirmou.

O secretário Carlos Lula foi outra autoridade que destacou a grandiosidade da festança. “É com muita alegria que prestigio esse arraial, que contagia a todos, levando para todo mundo a cultura do Maranhão e aqui a gente faz o melhor São João”, disse.

O diretor Administrativo da Alema, Antino Noleto, participa de toda organização do evento e destacou o empenho da equipe e realizar uma grande festa para os maranhenses. Ilza Lima, diretora da Creche Escola Sementinha, chegou cedo e elogiou a realização do evento como brilhantismo para as brincadeiras.O diretor geral da Mesa Diretora, Bráulio Martins, também marcou presença nos dois dias de festança. 

O ex-deputado estadual Carlos Guterres, presidente da Associação dos Ex-Deputados Estaduais do Maranhão, foi outro que destacou a importância do evento e elogiou a iniciativa do presidente Othelino em preservar a cultura maranhenses.

O servidor público Flávio Almeida fez elogio na mesma linha e disse que a cultura do Maranhão está sendo valorizada com a o Arraiá do Povo. O morador do Anjo da Guarda, José de Ribamar Souza, elogiou a Assembleia por valorizar a cultura maranhenses e tem vindo ao evento desde o ano passado.

A cada apresentação, muitas pessoas, que chegaram cedo para registrar a bela decoração em fotos e vídeos, também aproveitaram para eternizar as apresentações fazendo selfies.  

Assim como na noite de estreia do Arraiá, na sexta-feira (14), o público voltou a se empolgar com as apresentações e aplaudiu de pé, fazendo questão de elogiar cada momento da festança. Shows musicais e grupos de bumba boi não deixaram ninguém ficar parado. O arraial vai até domingo (16), com programação que inclui bumba boi, quadrilha e cacuriá, além de shows com artistas locais e nacionais, com destaque para as manifestações folclóricas maranhenses.

Último dia

Domingo (16)
18h30 – Grupo Folia de Três
19h00 – Boi Pirilampo
20h00 – Cacuriá de Dona Teté
21h00 – Boi de Morros
22h00 – Boi de Nina Rodrigues
23h00 – Lucas Seabra

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Público melhorou, mas ainda é pequeno

7comentários

Foi bom, mas poderia ter sido melhor ainda…

O público pagante de 8.049 torcedores e total de 10 mil 104, como foi divulgado no Estádio Castelão não reflete o tamanho da torcida que o Sampaio possui e mostra que a maioria da torcida não está apoiando o Sampaio, pelo menos no estádio.

Tenho sempre perguntado o que o Sampaio precisa fazer mais para levar o torcedor além da boa campanha?

Com números maravilhosos e mesmo com a possibilidade de assumir a liderança da Série C, ainda assim o torcedor não ocupou nem a metade da capacidade do Castelão.

Não tenho dúvida que se este jogo fosse em Fortaleza, o estádio estaria lotado. Mas porque isso não acontece aqui?

É que o torcedor maranhense adora ficar em casa, ouvindo rádio, vendo TV, nas redes sociais e em sua grande maioria só se manifesta quando o time ganha, mas não vai ao estádio. E só vai quando pinta uma cortesia ou promoção.

Tenho dito aqui que o verdadeiro torcedor do Sampaio é esse que vai ao Castelão e paga o ingresso. Ir ao estádio quando o time só está ganhando é bom, mas o que o time precisa é o apoio permanente do torcedor para que ajude a pagar os salários em dia.

Que pelo menos de agora em diante em que o Sampaio está sobrando na competição que o torcedor apareça. O público de ontem foi bom, mas pode ser quatro vezes maior.

E não me venham com chororô dizendo que não pode dar mais gente, porque pode sim…

Foto: Elias Auê

7 comentários »

Moto ganha o Sampaio em média de público

8comentários

Moto aparece na 13º colocação e o Sampaio na 17ª em público na s regiões Norte e Nordeste

O Moto é a equipe maranhense com melhor média de público nas regioes Norte e Nordeste de acordo com o ranking de média de público pagante feito pelo Globoesporte.com com base nas competições nacionais.

O time rubro-negro é o 13º colocado com média de 3.486 torcedores. O Sampaio é o 17º colocado com 1.831 torcedores. O líder é o Bahia com a média de 13.992 torcedores.

No ranking nacional, o Moto ocupa a 37ª colocação, enquanto o Sampaio aparece na 50ª colocação. O líder no ranking nacional é o Palmeiras com a média de 31.204 torcedores.

É claro que como se trata de um ranking uma equipe teria que aparecer na frente da outra, mas isto não é o mais importante e vale apenas para esquentar a rivalidade entre as torcidas. O que chama a atenção é que a média de tanto Moto como Sampaio ainda é baixa demais e está longe do tamanho das duas grandes torcidas do futebol maranhense.

Para dois clubes que dependem bastante das arrecadações nos jogos, as médias de públicos de Moto e Sampaio teriam que ser bem maiores para que as equipes tivessem condições de fazer maior investimento e com isso pudessem formar times bem mais competitivos.

A média atual não ajuda em nada…

Foto: Welliandrei Campelo

8 comentários »

O mistério no ‘sumiço’ de público no Castelão

5comentários

TorcidaMotoClub

Os Clubes e a Federação Maranhense de Futebol (FMF) devem ter maior preocupação com a questão da “evasão de renda” nos jogos de futebol. O que de fato acontece no futebol do Maranhão que as rendas e público nunca batem?

Já está mais do que na hora dos dirigentes se preocuparem com isto…

Nos últimos jogos, a grita por parte dos torcedores é geral. Basta o auto falante do Castelão anunciar os números para o torcedor se revoltar.

E não é para menos. Só para vocês terem uma ideia do total de 7 mil 717 torcedores que foram ao Castelão na primeira partida da decisão do turno entre Maranhão e Moto, o total de 1.438 não pagaram ingresso.

É fundamental no processo de transparência no futebol que clubes e FMF apertem o cinto para evitar que pessoas que não estão pagando entrem no estádio.

Digo isto porque mais uma vez, após a partida fui procurado por vários torcedores afirmando que não voltariam mais ao estádio enquanto não houvesse uma resposta a essa questão.

E tem razão o torcedor. Não vejo rigor por parte de clubes e FMF. E tenho sido repetitivo ao falar deste assunto, mesmo assim quem de fato deveria reagir contra isso continua de braços cruzados.

E aqui faço um desafio: que clubes e a FMF digam quem são os caroneiros e quem está entrando de graça nos estádios. Começando por aqueles que recebem cortesia. Faço toda questão de mostrar aqui no blog.

Fica o desafio…

Foto: Biaman Prado/ O Estado

5 comentários »

Futebol e transparência

7comentários

Bordero

Impossível deixar de falar da falta transparência na divulgação do público nos grandes jogos de futebol realizados no Estádio Castelão a exemplo de Sampaio e América-MG pelo Campeonato Brasileiro Série B. Mais uma vez, dois dias após a partida, o site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informa apenas que o documento (boletim financeiro) encontra-se indisponível no momento.

Durante a partida foi informado o público total de 21.089 torcedores, sendo 17.082 pagantes e a renda de R$ 379.285, mesmo assim até este momento o borderô oficial é desconhecido.

Com a capacidade para 40 mil torcedores gostaria de saber onde seriam colocadas mais 19 mil pessoas no Castelão. Não vou afirmar que houve evasão ou que estão fazendo caixa dois, mas verdadeiramente o público não foi esse. Esse número até poderia estar próximo da realidade se tivessem divulgado algo entre 27 ou 25 mil. Mas jamais 21 mil.

O torcedor maranhense parece já estar acostumado nos grandes eventos com a falta de transparência e ele já até nem reclama mais. Ou pouca gente ainda reage.

Os “apaixonados” irão dizer que estou criticando o Sampaio e procurando tumultuar o ambiente. Danem-se. Estou fazendo o meu papel. Gostem ou não dirigentes ou torcedores vou continuar mostrando o que considero um absurdo e desrespeito com o público em geral. Aceitar isso é no mínimo imoral.

Acho tudo isso pior para o Sampaio que apesar de levar uma torcida gigante ao estádio, no fim das contas acaba conmtabilizando o público pela metade diminuíndo a sua força e tamanho após a demorada divulgação dos borderôs.

Para piorar a situação, além de diminuir o público nos grandes jogos aumenta o número de não pagantes (em geral as cortesias). Neste caso, a culpa é exatamente do clube. É o Sampaio quem administra tudo e, portanto é quem distribui cortesias a quem mais pode pagar ingresso.

Acredito que todos que fazem o futebol precisam repensar tudo isso.

Foto: Biaman Prado

7 comentários »