Pão com Ovo terá participação de ator da Globo

0comentário

Quem não gosta de aproveitar o domingo se divertindo com a família? Depois de uma semana bem movimentada, nada melhor que colocar muito humor e diversão em um encontro com a família e amigos. Essa é a proposta do espetáculo maranhense, “Pão com Ovo”, que estará neste domingo (27), no Teatro Arthur Azevedo com sua temporada de férias e tem mais: com uma participação especial, durante as suas duas sessões, a primeira às 17h30 e a segunda, às 20h.

O ator global Gabriele Contente é a grande surpresa deste fim de semana, só para você ter ideia, na Rede Globo de televisão participou de Malhação “Vidas Brasileiras” (Felipe Kavaco) e a novela “Totalmente Demais” (Gil). E participações nas novelas Rock Story (Menino Desafinado), Novo Mundo (Filho com a mãe doente) e Os dias eram assim (Aluno).

Os ingressos estão à venda na Bilheteria do TAA e na Loja Camisaria (São Luís Shopping, Shopping da Ilha e Rio Anil Shopping).

A peça

O espetáculo “Pão com Ovo” envolve três personagens maranhenses que estão conquistando não apenas o estado, mas o Brasil. Clarisse, Dijé e Zé Maria, vividos pelos atores César Boaes, Adeílson Santos e Charles Jr. Hoje, a página oficial no Facebook conta com mais de 200 mil seguidores e o Instagram, com 100 mil, garantindo humor para todas as idades e o melhor: sem usar um palavrão durantes as apresentações. Brincando apenas com o cotidiano de uma forma bem humorística. “Sabemos que o dia a dia das pessoas é muito conturbado, estamos acostumados a ler e ouvir tantas tragédias por aí, então queremos levar ao Teatro muito humor, para a pessoa relaxar, sair de lá feliz e aproveitar esse encontro com quem ela gosta”, conta César Boaes.

Sobre a escolha do ator, Adeílson destaca que é o início de uma nova parceria e ideias que a Santa Ignorância Cia e Artes, quer trazer a São Luís durante o ano de 2019. “Temos sempre ideias ousadas e ao mesmo tempo diferentes para sempre acrescentar um plus nas apresentações do “Pão com Ovo”, o Gabriel chega para iniciar esse novo momento da gente e assim como ele, queremos ter em breve novos atores que estão também em destaque nacionalmente para se divertirem com a gente aqui no Maranhão”, comenta o ator.  

Gabriel Contente

Gabriel Contente é formado no curso técnico de teatro da CAL (Casa de Artes de Laranjeiras), passou por vários professores e diretores renomados como Celina Sodré, Lourival Prudêncio, Ticiana Studart, Paulo Afonso de Lima e Celina Bebiano. Atualmente cursa a faculdade de Licenciatura em Artes Cênicas da Unirio.

Começou no teatro com a cia “Gente que faz”, com 13 anos, administrada pela atriz Letícia Cannavale. Fez alguns cursos para jovens na CAL (Casa de Artes de Laranjeiras) e um curso livre com Hamilton de Oliveira. Recentemente participou de uma oficina de improvisação com Gustavo Miranda.

Trabalhos realizados

 Com o grupo “Gente que faz”, apresentou duas peças infantis no teatro Clara Nunes ” O pavão do abre e fecha” e “Mudanças no galinheiro, mudam as coisas por inteiro. E em 2009 apresentaram uma adaptação de “Otello o mouro de Veneza” (Iago) na Escola Dínamis, em estilo Artaudiano de espaço não convencional. 

Nos cursos jovens da Cal apresentou três peças: “As Doutoras”(Manoel Praxedes), “Geração Triannon” (Doutor) e “Os meninos da rua Paulo (Chico Áts).

No curso técnico da CAL, apresentou cinco peças: “A vida como ela é (adaptação das crônicas de Nelson Rodrigues)”(Vários personagens), “Mephisto” (Otto Ulrichs), “Crime sem castigo (adaptação de “Crime e castigo” e “Match Point”)” (Tom Hewett), “Ópera do Malandro” (Barrabás) e “Assim é se lhe parece” (Sr. Sirelli).

Fez Stand up comedy (Textos escritos por ele) em alguns lugares como: Olho da rua, Grupo escoteiro 44, escadaria da câmara dos vereadores, no bar “Marquês da Gávea”, no evento “Resenha do sindico” e no Colégio Pedro II.

No espaço Oliar Hostel fez a Leitura Dramatizada do texto “Pó voraz” de Rafael Ferreira e participou “Amostra de cenas autorais da Lapa”. Se formou na CAL com a peça “Ricardo III está cancelada” (O feto) dirigida por Bruce Gomlevsky. No teatro galpão do Jardim Botânico e depois no espaço cultural Midrash.

Fez o musical “A Very Potter Musical” (Harry Potter) Dirigido por Julio Angelo e supervisionado pelo diretor Rubens Lima Junior (The book of Mórmon.)

Com o diretor Anderson Anibal, fez a peça “Coisas Invisíveis” (André) no teatro Eva Herz e com o diretor e dramaturgo Eber Inácio fez a peça “Manter fora do alcance das crianças” (Cássio) no Sesc Tijuca.

Sua estreia como autor foi com a peça “Natal” na Sede das Cias, onde ele também faz uma pequena participação como “Câmera”.  

No Cinema, protagonizou o longa “Intimidade entre estranhos” de José Alvarenga (Horácio) e participou do longa “Aos teus olhos” de Carolina Jabor. Também protagonizou o curta “Domingo” de Pedro Henrique Martins.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

‘Até quando Flávio Dino’, pergunta Andrea

0comentário

A deputada estadual Andrea Murad (PRP), questionou, nas redes sociais, o governador Flávio Dino (PCdoB) por não ter dado continuidade às obras de construção de sete Centros de Hemodiálise no Maranhão tudo por conta de mais um caso que ganhou repercussão nacional.

Esta semana, a dona Hilda que morava em Pinheiro e era obrigada a fazer o seu tratamento em São Luís acabou morrendo na porta do hospital e o caso acabou no Jornal Hoje, da Rede Globo e provocou a revolta em meio aos maranhenses.

“Já foram várias as reportagens da Globo este ano mostrando a peleja desses pacientes que dependem da hemodiálise, percorrendo quilômetros e quilômetros para realizar procedimentos. A cada reportagem é uma angústia que me dá com tantas mortes que poderiam ser evitadas se Flávio Dino tivesse dado continuidade aos 7 Centros de Hemodiálise que foram deixados licitados, com recursos garantidos e alguns até em construção na gestão de Ricardo. Desta vez, dona Hilda não suportou tanto sofrimento e faleceu na porta do hospital depois de ter atendimento negado. Revoltante, triste, de completa indignação. Até quando Flávio Dino?”, destacou.

Andrea Murad disse que o assunto virou caso de polícia e que a Justiça precisa dar uma resposta.

“Estes quase quatro anos do meu mandato passei cobrando a entrega dessas unidades tão indispensáveis. Visitei alguns locais de obras como em Chapadinha e o que vi foi a incapacidade de um governador em oferecer serviços especializados, cuja responsabilidade é, principalmente, do Estado. O descaso de Flávio Dino com os Centros de Hemodiálises é algo que já passou dos limites, é caso de polícia e a justiça precisa tomar uma providência diante de tantas mortes”, finalizou.

Foto: Reprodução/TV Mirante

sem comentário »

Roubo de carros aumentou 14,3% no MA

1comentário

Roubodecarros

Dados do Fórum Brasileiro de Segurança sobre roubo de carros no Maranhão são preocupantes

A reportagem exibida na edição de hoje (3), no Bom Dia Brasil, na Rede Globo sobre o roubo de carros no país trouxe um dado preocupante sobre o aumento do roubo de veículos no Maranhão.

Um carro entra na mira dos bandidos no país a cada minuto. Em dois anos, já tivemos mais de 1 milhão de carros roubados em todo o Brasil. Os dados do Maranhão merecem reflexão e resposta urgente do Governo do Maranhão.

Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança, o Maranhão teve o segundo maior crescimento do índice de roubo e furtos de veículos na comparação por 100 mil veículos em relação a 2014. O aumento foi de 14,3% no Maranhão.

Na lista estão Goiás 16,5%, Maranhão 14,3%, Pernambuco 13,9% e Rio Grande do Sul 13,4%.

Tentamos ouvir o secretário de Segurança Pública, Jeferson Portela, mas ele não atendeu as ligações.

Clique aqui e veja a reportagem completa

Foto: Reprodução/ TV Globo

1 comentário »

FMF se manifesta sobre polêmica no futebol

2comentários

Presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) se manifestou por meio de nota, após reportagem exibida pela Rede Globo de Televisão sobre a participação de clubes de futebol de sete estados suspeitos de fraudar resultados de jogos de campeonatos. A reportagem mencionou o estado do Maranhão.

Acompanhei os jogos aqui e digo a vocês que nunca vi algo que pudesse apontar para qualquer tido de “armação” ou “fabricação” de resultados.

Mas vejam a nota na íntegra:

Em face da reportagem veiculada em 8 de julho de 2016 no noticiário Bom Dia Brasil, da Rede Globo de Televisão, que tratou sobre a participação de clubes de futebol de sete estados – dentre estes o Maranhão – suspeitos de fraudar resultados de jogos de campeonatos oficiais, a Diretoria da Federação Maranhense de Futebol vem a público informar o seguinte:

1. Inicialmente, externar seu elevado pasmo com o teor do seu conteúdo, haja vista que apenas agora tomou conhecimento dos fatos descritos no referido registro jornalístico, não tendo recebido até a presente data qualquer documento formal de autoridade pública ou desportiva, acerca destes fatos;

2. Ademais, importante assentar que a FMF em nenhum momento é citada como autora, cumplice e/ou conivente de fatos desta natureza, onde, inclusive, não há apontamento algum de datas, jogos e eventuais pessoas envolvidas, ou seja, tudo que se sabe é limitado ao que foi veiculado na matéria;

3. Entretanto, mesmo diante da total falta de informações complementares, a FMF deixa claro que tem total e irrestrito interesse na elucidação dos fatos, tanto que já entrou em contato com a Federação Paulista de Futebol, que tem em sua sede o mesmo foro da acenada investigação, a fim de alinhavar o acesso ao inquérito policial correlato que culminou na citada matéria, de modo a apurar os fatos em sua essência e não por meio de mediadores;

4. A Diretoria da FMF repudia qualquer tentativa de manipulação de resultados, a qual, se confirmada, configura crime à luz do Estatuto de Defesa do torcedor (Lei nº 10.671, de 15 de maio de 2003) e que tudo aquilo que for constatado e comprovado será imediatamente encaminhado para os órgãos competentes, em especial, o Ministério Público Estadual e o Tribunal de Justiça Desportiva;

5. Por fim, a Diretoria da FMF se coloca a disposição das autoridades em qualquer instância administrativa e/ou judicial visando ao completo esclarecimento dos fatos, no que se refere a eventuais atitudes delituosas relacionadas a clubes e atletas desta jurisdição desportiva.

Foto: Flora Dolores/ O Estado

2 comentários »

Bom dia Brasil relembra história do VLT

2comentários

VLTvagoes

Em São Luís, os trilhos do VLT começaram a ser construídos na gestão do prefeito João Castelo

Pelo país, várias obras que poderiam melhorar a mobilidade urbana estão atrasadas ou pararam de vez. O assunto foi destaque na edição desta segunda-feira (6) do Bom Dia Brasil, na TV Globo com participação ao vivo da repórter Regina Souza.

Em São Luís (MA), os trilhos do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) começaram a ser construídos, mas só começou a obra. Depois, parou no meio do caminho.

Os ônibus ainda são o único meio de transporte público coletivo na capital maranhense. São cerca de mil veículos para mais de 700 mil usuários.
Em 2012, começou a ser instalado o sistema de VLT para interligar o Centro da cidade a bairros da periferia. Seriam 13 km de trilhos. No entanto, apenas 800 metros de trilhos foram instalados.

Quatro anos depois, algumas peças já foram roubadas. O que sobrou, está se acabando no meio do mato, sumindo. O VLT custou aos cofres públicos R$ 7 milhões e está guardado em um galpão.

A atual gestão diz que não deu continuidade ao projeto iniciado pela gestão anterior por falta de planejamento e estudo de viabilidade, e que já apresentou um novo projeto ao governo federal e aguarda a liberação de recursos.

Foto: Biné Morais/O Estado

2 comentários »

Cadeirante é destaque na TV Globo

0comentário

cadeirante

A recepcionista Maria de Jesus, que teve que se arrastar para descer de ônibus em São Luís voltou a falar sobre o assunto. A cadeirante esteve no Encontro com Fátima Bernardes exibido na manhã desta sexta-feira (29).

Maria foi obrigada a jogar a cadeira do coletivo porque a plataforma elevatória do ônibus não funcionava. Ela disse que o elevador não funcionava e que é recorrente a inoperância dos equipamentos. “Fiz o vídeo para mostrar que os elevadores funcionam como enfeite dentro dos ônibus”, comentou durante programa.

Além da cadeirante reclamar da dificuldade na acessibilidade em transportes públicos, ela ainda participou da apresentação de modelo de óculos de realidade virtual produzido no Brasil, onde teve que atravessar o espaço entre o World Trade Center em uma corda bamba.

Sobre os problemas de acessibilidade no transporte público a Prefeitura de São Luís afirmou ter multado a empresa Solemar e ter tirado o veículo de circulação.

sem comentário »

Chapada das Mesas é destaque na Rede Globo

0comentário

Cachoeira

O ‘Mais Você’ desvenda as belezas do Maranhão no quadro ‘Mais Você na Estrada’ e mostra lugares incríveis para se conhecer. Nadia Bochi e Jimmy embarcaram nessa aventura Parque Nacional da Chapada das Mesas, no sul do Maranhão.

A Chapada das Mesas é um paraíso, onde o contato com a natureza e a tranquilidade das cidades da região forma uma boa receita para aliviar o estresse e se divertir. No local, a vegetação brota em lugares improváveis, e a natureza se revela na água azul, da cor do céu. Um roteiro do ecoturismo que impressiona visitantes o ano inteiro.

Tirolesa

As árvores retorcidas e os paredões de rochas de arenito escondem o paraíso que pode ser delineado em números: são 89 cachoeiras, mais de 400 nascentes de águas cristalinas, em uma das regiões mais bonitas do país, no cerrado do Sul do Maranhão, entre os municípios de Riachão, Carolina e Estreito.

Além dos passeios com direito a trilhas e mergulho em águas cristalinas, os dois se deliciaram com a culinária local. Jimmy ainda aprendeu uma receita de um suculento Chutney de Caju.

Veja a reportagem completo no site do Mais Você

sem comentário »

50 anos da Globo

2comentários

HildoRochaA Câmara dos Deputados realizou nesta terça-feira (14) Sessão Solene para homenagear os 50 anos de fundação da TV Globo. A cerimônia foi prestigiada por políticos, empresários e artistas.

Escolhido para falar em nome do PMDB, o deputado federal Hildo Rocha lembrou que iniciou sua vida profissional como operador de vídeo da TV Difusora, a primeira afiliada da Globo no Nordeste. O parlamentar discorreu sobre o histórico da Globo no Maranhão e sua importante contribuição para o desenvolvimento do estado.

O peemedebista ressaltou o empenho e trajetória dos principais responsáveis pelo nascimento, consolidação e bem-sucedida trajetória da marca Globo, “cuja excelência tem sido justa e sucessivamente testada, aprovada e laureada, contando com reconhecimento do público, de especialistas, e entidades da área de comunicação, no Brasil e no exterior”, afirmou o deputado.

Inaugurada em 26 de Abril de 1956, no Rio de Janeiro, a TV Globo conta atualmente com cerca de 12 mil funcionários. A emissora é a maior da América Latina em produção de programas próprios como novela, minisséries, shows, musicais, eventos e jornalismo. Parlamentares de diversos partidos usaram a tribuna para defender a liberdade de imprensa e repudiar propostas de regulação da mídia.

2 comentários »

Anajatuba no Fantástico

4comentários

Anajatuba

Clique aqui e veja a reportagem completa

Vai começar agora a saga de um repórter que decidiu sair pelo Brasil para radiografar uma praga chamada corrupção. Por que o dinheiro público, que devia ir para a saúde, para a educação, para o saneamento, some, sem qualquer explicação?

O nosso repórter não pode mostrar o rosto, porque o anonimato é indispensável para o trabalho dele. Por onde passar, esse repórter secreto vai querer saber: “cadê o dinheiro que estava aqui?”

Eduardo Faustini, também conhecido como o repórter secreto, tem uma missão: investigar o roubo do dinheiro público, seja onde for, em qualquer canto do país, em qualquer cidade, grande ou pequena.

Não importa: onde houver corrupção, a qualquer momento, o repórter secreto pode aparecer e fazer a pergunta que todos os brasileiros de bem gostariam de fazer: cadê o dinheiro que estava aqui?

Cadê o dinheiro que estava em Anajatuba, uma cidade de 25 mil habitantes no norte do Maranhão? Como toda cidade, Anajatuba precisa contratar empresas prestadoras de serviço e fornecedoras de produtos. E para contratar prestadores e fornecedores, a prefeitura precisa gastar dinheiro. Dinheiro público, evidentemente.

No ano passado, quatro empresas contratadas pela prefeitura de Anajatuba receberam juntas R$ 9 milhões, mas esse dinheiro da prefeitura foi desviado e quem descobriu a falcatrua foi o vice-prefeito Sidney Pereira.

Fantástico: Cadê o dinheiro que estava aqui?
Sidney Pereira, vice-prefeito de Anajatuba: Aí só quem pode explicar é o prefeito.

O vice-prefeito checou documentos, descobriu que houve desvio de dinheiro e fez a denúncia à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público (MP).

“Se trata de milhões. Milhões que deveriam estar sendo usados no município de forma mais justa junto com aquelas pessoas que realmente precisam”, disse Sidney Pereira.

Muita gente realmente precisa desses recursos em Anajatuba, até mesmo para alimentar as crianças na escola, onde nem sempre tem água.

Fantástico: Se não pegar água no poço não tem merenda.
Adozinda Pereira, merendeira: Não, porque tem dia que não dá, e aí a gente tem que fazer a merenda, não é? A gente tem que fazer a merenda.

“Quando não tem a merenda, eu mando que as professoras despache antes do horário, porque as crianças não pode ficar com fome”, afirma Marenice Pereira, diretora da escola.

Quando entra em uma investigação, o repórter secreto tem um lema: siga o dinheiro. Ele seguiu.

Das quatro empresas contratadas pela prefeitura de Anajatuba, a que levou mais dinheiro se chama A4. Em 2013, a A4 fechou um contrato de R$ 6,5 milhões para alugar carros e máquinas.

O repórter secreto foi até a sede da empresa.

Fantástico: A gente está procurando a A4.
Paulo Moisés de Albuquerque, filho do dono do imóvel alugado pela empresa A4: Era aí.
Fantástico: Era, não é mais.

Fantástico: Essa empresa funcionou durante quanto tempo aqui?
Paulo Moisés de Albuquerque: Um ano e meio.
Fantástico: E que que funcionava aí?
Paulo Moisés de Albuquerque: Nada. Funcionava nada, não. Ficava fechado. Só fachada.

Uma empresa de fachada recebe milhões da prefeitura. Aí tem.

“Essa empresa, na verdade, ela só entra na emissão das notas fiscais”, conta Sidney Pereira, vice-prefeito de Anajatuba.

O repórter secreto deu mais um passo e foi atrás de um homem que aparece como sócio da A4: Raimundo Nonato Silva Abreu Júnior. Ele está sendo investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, mas nega que seja empresário: “Sou taxista sindicalizado”, diz Raimundo.

Raimundo diz que trabalhou apenas como motorista do dono da A4.

Fantástico: E por que usaram teu nome?
Raimundo: Pra não aparecerem. E eu fui descobrir depois de muito tempo.

O homem está tenso. Desde que o vice-prefeito fez a denúncia, Raimundo se sente ameaçado por aquele que seria o chefe do esquema, por isso anda armado.

Raimundo: Eu vim até armado.
Fantástico: Nós somos jornalistas da TV Globo.
Raimundo: Rapaz, eu vou pra matar ou pra morrer.

Daqui a pouco aparece o pai de Raimundo. Ficou desconfiado do nosso repórter. Ele também é taxista. Ele também está armado, por baixo da camisa.

Pai de Raimundo: Eu vim preparado.
Fantástico: Nós somos jornalistas, já nos identificamos com ele. TV Globo.

Aí o Raimundo pai se acalma e guarda a arma no carro. Ele diz que veio defender Júnior. “O cara é inocente, então… Pegar, fazer uma molecagem dessa. Um caboco desse merece a gente dar um tiro na cara dele”, disse.

Mas se Raimundo filho não é dono da empresa, quem é? Ouvimos pela primeira vez o nome de quem seria o verdadeiro dono dessa empresa: Fabiano de Carvalho Bezerra.

O repórter secreto vai agora à sede de outra empresa contratada pela prefeitura no ano passado. É a MR Serviços. Valor do contrato: R$ 855 mil. Para coleta de lixo.

Fantástico: Esse endereço aqui, ó, Avenida Cafeteira, 1413, em Raposo, é o da senhora, né?
Senhora: É, mas aqui não tem comércio, não.
Fantástico: A senhora mora aqui há quantos anos?
Senhora: Uns 17. Essa casa que eu levantei, aqui era uma lagoa. Só mato quando eu comprei o terreno. Você acredita?

Depois das denúncias do vice-prefeito, a MR Serviços, uma empresa fantasma, foi substituída pela RR Empreendimentos supostamente para prestar os mesmos serviços de coleta de lixo.

O repórter Eduardo Faustini foi então até a sede da empresa, que fica em uma cidade vizinha: Raposa, também no Maranhão. Em Raposa, o repórter secreto ouviu mais uma vez o nome do homem que estaria por trás do desvio de dinheiro da prefeitura.

Fantástico: Você trabalha aqui?
Funcionário: Trabalho.
Fantástico: Quem é o dono?
Funcionário: Fabiano.
Fantástico: Fabiano? Fabiano de quê?
Funcionário: Bezerra.

Fabiano Bezerra. Daqui a pouco vamos voltar a esse nome.

Do lado da RR, fica mais uma empresa: a construtora Construir. A Construir teve em 2013 contratos no valor de R$ 1,4 milhão. Para reforma de escola e obras em estradas vicinais.

“Essa empresa nunca teve no município”, disse o vice-prefeito.

E afinal? O que o prefeito tem a dizer sobre isso?

“Essas empresas que foram objeto já de denúncias anteriores não trabalham mais para prefeitura de Anajatuba”, afirma Hélder Aragão, prefeito de Anajatuba/MA.

Não trabalham mais porque o atual vice-prefeito foi quem denunciou às empresas ao Ministério Público e à Polícia Federal. Mas uma delas ficou.

“Não sei se ainda tem. Acho que ainda tem uma empresa, acho que é a A4, não é? Que ainda presta serviço pra Anajatuba”, disse o prefeito.

O senhor prefeito ainda é alvo da investigação da Polícia Federal por outro motivo: segundo o depoimento de um funcionário da prefeitura, ele teria fraudado dinheiro do ensino público. Em 2013, Anajatuba tinha 5.500 alunos, mas enviou ao Governo Federal uma lista com cerca de 6 mil crianças. Isso porque…

Fantástico: Quanto mais aluno…
Vice-prefeito: Mais dinheiro entra.

“Ele tinha apenas dois anos de idade, quando ele foi matriculado”, disse Roberta Dutra, mãe de menino matriculado indevidamente.

E agora, prefeito? “Esse erro, esse erro, foi algo que não proposital”, disse ele.

Quando essas crianças da lista começarem realmente a estudar, tomara que não encontrem a realidade vivida pelos alunos da Escola Municipal Maria Oliveira Bogea. Veja no vídeo acima as condições em que a merenda é feita lá.

Fantástico: A senhora pega água?
Funcionária: Pego. Agorinha vim do poço. Esses baldes d’água nós fomo pegar no poço.

O Governo Federal informa que Anajatuba tem R$ 15,5 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica. Desse dinheiro será descontado o valor pago a mais por conta do cadastro fraudado.

“Recebemos uma média de 7 mil denúncias a cada ano. Não posso afirmar quantas exatamente envolvem prefeituras, mas a estimativa é de cerca de 70%. Então, 70% de 7 mil envolvem prefeituras”, disse Jorge Hage, ministro-chefe da Controladoria-Geral da União.

São denúncias de todo tipo, incluindo aquelas sobre empresas fantasmas. Em Anajatuba, quem estaria por trás delas? As investigações apontam para Fabiano Bezerra, um empresário da cidade.

No mês passado, um ex-funcionário de Fabiano deu depoimento à Polícia Federal em São Luís. Com medo de represália, ele pediu para não ter a identidade divulgada.

O ex-funcionário afirmou que Fabiano Bezerra é o responsável pelas empresas A4, Construir, RR Serviços e MR Serviços, as tais quatro empresas que fecharam contratos de R$ 9 milhões com a prefeitura.

A testemunha disse também que o esquema das empresas é prestar serviços e fornecer produtos superfaturados a diversas prefeituras e que todas as notas dessas empresas são frias.

O repórter Eduardo Faustini procurou Fabiano Bezerra em casa e pelo telefone. Ele nega ser dono das empresas. Mesmo assim, defende a A4. Afirma que o que seriam as verdadeiras instalações dessa empresa são de primeira qualidade. “A sede da empresa é top de linha! Tem uma placa na frente, A4, direitinho…”, diz Fabiano.

Fabiano deu o suposto endereço, e o repórter secreto foi até lá. De fato, tem uma placa na frente, mas veja o que diz um vizinho da tal sede.

Guilherme Ferreira, comerciante: Uns quatro meses.
Fantástico: Quatro meses que abriu?
Guilherme Ferreira: É.
Fantástico: O senhor vê movimentação aí?
Guilherme Ferreira: Não. Não vejo, não.
Fantástico: Nunca teve empresa aberta aí?
Guilherme Ferreira: Que eu saiba, não.
Fantástico: E o senhor tá há quanto tempo aqui no comércio?
Guilherme Ferreira: Oito anos.

Mas, afinal, senhor Fabiano Bezerra, cadê o dinheiro que estava aqui?

4 comentários »

Debate na televisão

1comentário

DebateMirante

A TV Mirante realiza hoje à noite, logo após a novela Império, o debate com os candidatos ao governo do Maranhão com transmissão simultânea pela Rádio Mirante AM e pelos portais Imirante e G1 Maranhão.

Como sempre acontece nos debates promovidos pelas afiliadas, o mediador do debate será um jornalista da Rede Globo de Televisão aqui sob a responsabilidade de Fábio William.

Vão participar os três candidatos de partidos com representação no Congresso Nacional: Flávio Dino (PCdoB), Lobão Filho (PMDB) e Luís Pedrosa (Psol).

O debate terá três blocos. Nos dois primeiros, os candidatos responderão a perguntas de temas livre e determinados. No último bloco, cada candidato fará as considerações finais.

Os outros três candidatos Saulo Arcangeli (PSTU), Zeluís Lago (PPL) e Josivaldo Corrêa (PCB) concederão entrevista amanhã (1º), dentro do JMTV 1ª edição.

1 comentário »