Edivaldo amplia Ecopontos em São Luís

0comentário

Dois novos Ecopontos entregues pela Prefeitura de São Luís reforçam as políticas de combate ao descarte irregular de resíduos sólidos implantadas na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. Os novos equipamentos ficam nos bairros Primavera (polo Cohatrac) e Barreto (região do João Paulo).

Com isto, a Prefeitura atinge a marca de 17 equipamentos do tipo em funcionamento, beneficiando toda a cidade e, de forma direta, os bairros do seu entorno. Em menos de um mês os dois equipamentos já receberam cerca de 130 toneladas de entulhos volumosos e 440 quilos de recicláveis. Os Ecopontos em funcionamento em São Luís já receberam mais de 36 milhões de quilos de materiais recicláveis e resíduos volumosos. Veja os locais dos Ecopontos em São Luís.

Somente em 2019, a gestão do prefeito Edivaldo abriu seis novos Ecopontos. Estes equipamentos, que integram a macropolítica de gestão de resíduos sólidos em São Luís, estão garantindo que a cidade avance nos índices de sustentabilidade. “Quando assumi a gestão municipal, em 2013, São Luís não tinha políticas efetivas de incentivo à reciclagem, além de uma série de outros problemas na limpeza urbana. Sanamos todos estes problemas, regularizamos e modernizamos o sistema e investimos também em políticas sustentáveis. Os Ecopontos fazem parte deste sistema que fez com que São Luís se destacasse nacionalmente no setor”, disse o prefeito Edivaldo.

Como resultado da profissionalização da gestão de resíduos sólidos implantada em São Luís na gestão do prefeito Edivaldo, atualmente, a cidade ocupa o primeiro lugar no ranking das capitais do Nordeste que mais reciclam o lixo coletado. Os dados constam no último levantamento divulgado pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

Em 2013, a Taxa de Recuperação de Recicláveis de São Luís, conforme o SNIS, era de 0,12%. Em 2017, ano de referência do último SNIS, este índice já era 2,34%. Este crescimento foi impulsionado pela implantação dos Ecopontos a partir de 2016. Em 2017, a cidade encerrou o ano com oito Ecopontos em funcionamento. Atualmente, já são 17 equipamentos do tipo em operação de modo que o próximo levantamento do SNIS, que será divulgado em 2020, mostrará novo crescimento do índice de reciclagem da cidade.

A Prefeitura de São Luís está finalizando a construção de mais três Ecopontos localizados nos bairros Cohaserma, Centro e Vila Isabel. O Ecoponto Centro contará com galpão de triagem de materiais recicláveis que será cedido à Associação de Catadores de Material Reciclável (Ascamar). O Ecoponto Vila Isabel também contará com galpão de triagem anexo, que será cedido à Cooperativa de Reciclagem de São Luís (COOPRESL). Atualmente as duas entidades funcionavam em galpões improvisados, sem a estrutura necessária para o desenvolvimento da atividade.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Prefeitura realiza mutirão contra Aedes

0comentário

Combateaedes

Para intensificar o combate ao mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realizou um grande mutirão na região do Cohatrac e Residencial Primavera nesta sexta-feira (1º). A área é prioridade pelo alto índice de notificações de dengue, zika vírus e febre chikungunya.

Cerca de 350 agentes comunitários de saúde e agentes de endemias estiveram durante toda a manhã realizando visitas às residências, vistoria a possíveis focos de infestação, aplicação de larvicida e ação educativa com a população. Tanques e reservatórios de água foram medidos e avaliados; e os moradores foram orientados a eliminar e prevenir a formação de focos. Na ocasião, também houve a coleta de ‘bagulho volumoso’ – lixo e resíduos diversos.

Para a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a parceria entre a população e a Prefeitura é a maior arma contra o Aedes aegypti.  “Os dados mostram que 94% dos focos do mosquito estão dentro das casas, em depósitos, tanques e caixas de água, por isso o trabalho dos agentes na conscientização das pessoas é de extrema importância. Depois de sensibilizados esperamos que todos tomem os cuidados devidos para não deixar água parada”, afirmou ela.

O trabalho começou desde a segunda-feira (28) com as equipes da nebulização espacial (fumacê) e dos pontos estratégicos realizando ações para eliminar larvas e mosquitos adultos. Foram vistoriados prédios públicos, ferros velhos e borracharias e cemitérios.

Nesta sexta-feira (1º), os agentes foram ao cemitério do Turu, onde fizeram inspeção e orientaram a equipe administrativa e os coveiros para ajudar na identificação de focos, concluindo o trabalho com a borrifação do local.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »