Eduardo Braide assina Carta Compromisso

2comentários
Eduardo Braide assina Carta Compromisso com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes

Eduardo Braide assina Carta Compromisso com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN), participou na manhã desta quarta-feira (21), de evento realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Na oportunidade, Eduardo Braide assinou Carta Compromisso com 25 itens em que a entidade pede uma gestão integrada e compromissada com o setor turístico.

“Tenho um compromisso com São Luís, com as pessoas. A assinatura dessa carta reforça, especialmente, o meu compromisso de gerar emprego e renda para nossa gente”, declarou o candidato.

A entidade, que no Maranhão é presidida por Jorim Itamar, apresentou um vídeo com a situação de áreas de grande circulação em São Luís e suas deficiências. “As ruas são os endereços dos bares, restaurantes e, por isso mesmo, precisam estar aptas para o empreender. Os estabelecimentos, sempre de portas abertas fazem o pacto e concordam que as cidades precisam ter moradias, transporte público e saneamento básico”, afirmou o presidente.

Por sua vez, Eduardo Braide respondeu a questionamentos feitos pela plateia, tratando de questões específicas como o Centro Histórico de São Luís.

“São Luís é uma cidade com potencial econômico enorme e tem tido péssimos índices no turismo e altíssima taxa de desemprego em virtude do fechamento de estabelecimentos. É preciso entender que o que faltou na atual gestão foi o diálogo. Por isso, reafirmo que qualquer decisão da Prefeitura de São Luís em nossa gestão será tomada tão somente conversemos com as pessoas que têm a sua vida ali, como é o caso do Centro Histórico”, disse o candidato.

(mais…)

2 comentários »

Eliziane apresenta propostas a empresários

1comentário
ElizianeGama

Candidata Eliziane Gama (PPS) as suas propostas para o segmento de bares e restaurantes

A candidata Eliziane Gama (PPS) apresentou na manhã desta quarta-feira (21), as suas propostas para o segmento de bares e restaurantes representados pela entidade Abrasel.

A candidata a prefeitura de São Luís pelo PPS criticou a falta de estrutura e de políticas fomentadoras de projetos que possam viabilizar o setor que ano após ano tem quedas de desempenho. Para |Eliziane, o setor tem que ser visto como elemento gerador de emprego e renda, como elemento de difusão cultural de nossa música e de nossa cultura que inclui também a culinária.

“Temos algo só nosso. Uma culinária particular e não explorada com o apoio do gestor público”, disse.

Eliziane Gama  apresentou um projeto inovador a Zona Livre de Turismo que seria uma área específica da cidade onde haveria funcionamento 24 horas com bares restaurantes lojas e outros aparelhos onde os estabelecimentos poderiam ter horário de funcionamento estendido segundo a candidata.

“É inaceitável que cidades com menos atrativos do que São Luís tenham mais freqüência de turistas”, afirmou.

A candidata a prefeitura de São Luís pelo PPS criticou a falta de estrutura e de políticas fomentadoras de projetos que possam viabilizar o setor que ano após ano tem quedas de desempenho.

1 comentário »

Prefeitura erra ao não divulgar lista de bares

4comentários

AvenidaLitoranea

Na semana passada, a Prefeitura de São Luís, por meio da Vigilância Sanitária Municipal (Visa), deflagrou nesta sexta-feira (15) uma grande operação para inspecionar bares, restaurantes e outros estabelecimentos que preparam e comercializam alimentos e bebidas. Fiscais sanitários realizaram a ação na Avenida Litorânea (Calhau) e encontraram diversas irregularidades.

A notícia provocou uma grande discussão. Fui procurado por diversos leitores que cobraram a divulgação dos nomes dos bares e restaurantes onde foram encontradas as irregularidades. Todos queriam evitar consumir produtos nos locais considerados sem higiene pela Vigilância Sanitária.

Por telefone, a Secretaria de Comunicação informou que não houve divulgação dos nomes para que os estabelecimentos irregulares pudessem corrigir as falhas. Eles terão um prazo para se adequar, somente depois disse se não corrigirem as falhas é que terão os nomes divulgados.

Dos 30 estabelecimentos e apenas cinco receberam licença sanitária. Nos demais, os fiscais encontraram diversas irregularidades que podem colocar em risco a saúde da população. A Vigilância apreendeu utensílios enferrujados, panelas inapropriadas para uso, alimentos acondicionados indevidamente e produtos vencidos. Eles constataram falta de higiene em diferentes pontos. Mesmo assim a Prefeitura de São Luís prefere omitir os nomes dos estabelecimentos.

Os proprietários foram alertados para a necessidade de se adequarem às normas sanitárias para evitar a interdição dos estabelecimentos. Foram notificados por falta de licença 10 bares e restaurantes. No total, foram emitidos 20 autos de infração com o estabelecimento de um prazo para correção das irregularidades.

Mas até quando? O problema é que até lá todos os bares e restaurantes da Avenida Litorânea estão na “lista suja”.

Se havia um prazo para os estabelecimentos resolverem o problema, então porque a Prefeitura de São Luís divulgou a nota sobre a operação colocando todos numa sujeira só?

4 comentários »

Serviço ruim

6comentários

LagoadaJansenUma prática tem se tornado comum nos bares e restaurantes de São Luís e está deixando os consumidores cada vez mais sem opção. É que estes estabelecimentos em sua grande maioria estão fechando entre 1h e 2h da manhã.

Todo mundo sabe que o maranhense gosta de deixar de sair um pouco mais tarde de casa, por volta de 22h ou 23h. Até conseguem lugar em um bar ou restaurante neste horário o problema é que logo são informados sobre o fim dos serviços. Aqui você só fica até um pouco mais tarde se for em um show.

Há duas semanas estive em um dos mais movimentados bares na Lagoa da Jansen, mas para a minha surpresa no “melhor da noite”, por volta de 0h fui alertado que o serviço de cozinha estava suspenso, pois o estabelecimento encerraria o serviço em 1h.

Falo apenas em relação ao horário, mas poderia citar também o serviço ruim que é oferecido. Os preços aqui são fora da realidade. Geralmente muitos ítens do cardápio estão em falta. Garçons despreparados e por ai vai…

Imaginem uma situação dessas diante de turistas que chegam e se encantam com a nossa cidade. Se temos muitas belezas, infelizmente temos que admitir que os serviço que oferecemos ainda é muito ruim.

Alguns donos de bares e restaurantes alegam falta de segurança para fecharem as portas tão cedo, mas não vejo este como o principal problema porque a bandidagem hoje não escolhe horário para agir. Como cliente pergunto: será que esses bares não colocam seguranças no horário em que estão funcionando?

O fato é que São Luís cresceu muito e principalmente neste período do ano recebe muitos turistas e, portanto não cabe mais este tipo de prática por dono de bares e restaurantes.

6 comentários »