Sarney Filho continuará trabalho pelo MA no Senado

0comentário

O candidato ao senado José Sarney Filho (PV) foi o entrevistado desta segunda-feira (3), na Rádio Mirante AM, pelo jornalista Roberto Fernandes.

Sarney Filho foi ministro do Meio Ambiente por duas vezes e está no seu nono mandato como deputado federal pelo Maranhão. Ele ressaltou o seu trabalho como parlamentar e disse que se eleito para o Senado pretende intensificar o seu trabalho pelo Maranhão.

“Ao longo dos meus mandatos na Câmara Federal, fiz muito mesmo pelo Maranhão. Não tem praticamente nenhum município do Maranhão que não tenha uma obra oriunda de emendas parlamentares minhas. Durante todos esses anos lutei para trazer recursos para o estado. Quando fui presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso, eu mandei mais recursos para o nosso estado aumentando o índice de repasse. E durante esses anos todos, eu tenho uma ficha ‘limpíssima’. Não é motivo para se comemorar, mas dentro deste quadro nacional, é motivo pra gente registrar”, disse.

Há 20 anos no Partido Verde, Sarney Filho disse que pretende continuar trabalhando em defesa dos rios maranhenses e brasileiros. E destacou ações desenvolvida em, prol de vários municípios maranhenses;

Estive em Penalva e vi o cais, que foi feito com uma emenda minha. Vi a barragem dentro do campo, que garantiu água ao município. Barragens como esta, fiz em mais de seis localidades da Baixada Maranhense. Sobre o cais, certamente fiz mais de sete em municípios que tinham esta necessidade. Fui a Chapadinha e lá, o aterro sanitário foi feito com emenda minha. Como ministro, em São Luís, a Lagoa da Jansen, mandei recursos para o governo do estado à época que Roseana era a governadora. Em Imperatriz, enviamos R$ 20 milhões para Imperatriz para o aterro sanitário, e esta é a segunda vez que envio recursos para esta finalidade para a cidade. Falo isto pra mostrar que estamos em Brasília trabalhando para trazer recursos para o Maranhão.

O candidato ressaltou que durante a campanha eleitoral pediu licença do seu cargo politico e que não está recebendo salário como deputado.

“Durante esse mês de campanha tirei licença e não estou recebendo salário. E nenhum funcionário meu está servindo no gabinete, todos foram demitidos. Estou sem ajuda de custo e sem ajuda de gabinete. Eu não confundo as coisas durante campanha eleitoral.”

Nesta Terça-feira (4), o entrevistado será o candidato ao Senado Weverton Rocha (PDT). Veja a ordem das entrevistas:

Terça-feira (04/09) – Weverton Rocha (PDT)
Quarta-feira (05/09) – Preta Lú (PSTU)
Quinta-feira (06/09) – Eliziane Gama (PPS)
Segunda-feira (10/09) – Samuel Campelo (PSL)
Terça-feira (11/09) – Edison Lobão (MDB)

Foto: Zeca Soares

sem comentário »