Sedel entrega quadra da PM em Balsas

1comentário

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel) e apoio da Lei de Incentivo ao Esporte, fará a entrega da Quadra Poliesportiva do Batalhão da Polícia Militar de Balsas, neste sábado (6), às 11h. O espaço está localizado Avenida Contorno, no bairro Bacaba, no município de Balsas.

O projeto que recebeu incentivo do Grupo Mateus, tem uma área total construída de 584.45m² e contempla a implantação de piso em concreto, pilares, vigas (estrutura em metálica com tratamento antiferrugem), alambrado, iluminação interna e externa, e a cobertura da quadra. A obra integra um mobiliário, como trave e rede, tabela e mastro para rede de vôlei.

O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira, disse que a quadra vai beneficiar a população balsense, além de incentivar a práticas esportivas. “O espaço dará à população mais uma opção de lazer, de forma segura e barata. A nossa intenção é incentivar a prática de esportiva e trazer a população para espaços públicos”. 

1 comentário »

Sedel promete ainda mais nos JEMs…

0comentário

A Secretaria de Esporte e Lazer do Maranhão (Sedel) realizou neste fim de semana as finais da Etapa Metropolitana dos Jogos Escolares Maranhense (JEMs) – a fase classificatória para os JEMs 2019 que serão realizados em agosto.

As disputas foram nas modalidades coletivas: voleibol, basquetebol, handebol e futsal com grandes jogos e muita emoção, mas precisamos destacar a organização dos jogos. (Na foto, a equipe de vôlei infanto feminino do Reino Infantil que foi bicampeã).

Foi extremamente positivo o resultado. E numa avaliação rápida é possível dizer que muita coisa melhorou e isso não é dito apenas por mim. Atletas, técnicos e o público percebem o maior zelo e atenção com o esporte.

Após as finais do voleibol, conversei com a coordenador dos jogos Rosana Mota e o secretário de Esporte Rogério Cafeteira a quem parabenizei pela realização da competição.

Mais do que uma constatação de que as coisas melhoraram, ouvi de Rosana e Rogério, a garantia de que os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) que virão pela frente possam ser ainda melhores.

Todos nós maranhenses já disputamos ou conhecemos alguém que disputou um JEMs – a nossa maior competição estadual. E quem não gostaria de ver o resgate dos grandes temos de JEMs em São Luís?

Quem faz esporte no Maranhão sabe que não precisamos de muita coisa e muito menos de muito dinheiro. Precisamos pura e tão somente que as coisas sejam feitas com a devida atenção e respeito aos atletas, técnicos e demais envolvidos e isso estamos vendo na Sedel, nas pessoas de Rosana e Rogério.

Que este bom começo continue e, principalmente que o governador Flávio Dino continue dando melhores condições para que a Sedel possa seguir melhorando os nossos caminhos no esporte e para que os JEMs voltem a ser como era antes.

Como aprendemos a ouvir nos jogos…. “Eu acredito!!!”

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

São Luís parou para ver a nossa seleção feminina

0comentário

O Brasil parou neste domingo para ver o jogo da Seleção Brasileira Feminina contra a França pela Copa do Mundo. E em São Luís não foi diferente.

O Centro Histórico ficou completamente lotado. O público acompanhou o jogo pelo telão disponibilizado pela Sedel, aliás esse foi um belo gol marcado pelo secretário Rogério Cafeteira que apostou na ideia e deu essa grande contribuição na massificação do futebol feminino.

No Castelão, onde acompanhei o jogo entre Moto e Floresta pela Série D, o público não tirava o olho da Seleção Feminina.

Foi lindo ver o interesse do público pelo futebol feminino do Brasil. Nesse sentido, a Copa do Mundo foi importantíssima para mostrar a necessidade de mais apoio às meninas.

A CBF, a partir de agora precisa olhar o futebol feminino com maior preocupação para que os resultados possam acontecer.

Que o desabafo da craque Marta – a maior jogadora do mundo – não passe batido.

Parabéns, meninas!!!

Foto: Divulgação

sem comentário »

Lei de Incentivo: o que é certo apoiar no esporte?

0comentário

Sampaio, Moto e Imperatriz que ainda disputam o Campeonato Brasileiro não deverão mesmo contar com o apoio do governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Dirigentes das três equipes já estiveram visitando o secretário de Esporte, Rogério Cafeteira e fizeram pleitos para que o governo do Maranhão fosse parceiro dos mesmos na competição, mas pelo andar da carruagem terão que buscar outros caminhos ou parcerias com a iniciativa privada, neste caso com a ajuda do governo também.

Rogério Cafeteira defende que a Lei de Incentivo ao Esporte deve ser utilizada apenas para fomentar o esporte amador e que existem outros meios para desenvolver o futebol profissional. Mas sabe também que o governador pode entender ser importante manter o atual modelo e que caberá a Flávio Dino a decisão final.

Um dos caminhos pode ser a criação de um programa semelhante ao que já foi feito como o “Nota na Mão”nos jogos de futebol, mas isto só aconteceria no ano que vem.

Muitos condenam a utilização da Lei de Incentivo ao Esporte para o futebol por se tratar de profissional. E muitos comentam também, que por trás dos projetos apoiados pela Lei, sempre está um político que se utiliza do mesmo para seus fins eleitorais. Ontem, por exemplo o governador esteve no bairro Divinéia, numa grande festa de um projeto incentivado pela Lei de Incentivo e que tem a participação do vereador Marquinhos. (Vejam as fotos).

O que está certo e o que está errado se levarmos em conta as duas situações citadas até porque o futebol de profissional mesmo no Maranhão só tem mesmo o nome? Como evitar que políticos estejam por trás desses projetos?

Muito se questiona o apoio ao beach soccer e ao basquete feminino também. Mas vejam vocês o quanto a ajuda foi importante para impulsionar as duas modalidades no Maranhão.

É correto o uso da Lei de Incentivo para reformar quadras, ginásios, campos? O governo não pode disponibilizar recursos para isso no seu orçamento? Acredito que esse é um excelente momento para se discutir tudo isso.

Acredito que o apoio ao esporte é fundamental. Sem dinheiro não se faz modalidade alguma aqui no Maranhão. Independentemente do modelo, vamos torcer para que Rogério Cafeteira encontre o melhor caminho e dê a sua contribuição, também ao futebol pela sua importância, por ser fator de inclusão, geração de emprego e renda e pelo fato de ser a maior paixão nacional.

Tudo isso é polêmico e merece muita reflexão…

Fotos: Divulgação / Secap

sem comentário »

Tecnologias digitais marcam abertura do JEMs

1comentário

O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), lançou na manhã desta quarta-feira (8), a 47ª edição da maior competição estudantil do estado, os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) e o ParaJems. No evento que teve a participação da imprensa e de gestores municipais do esporte, foi apresentada a nova identidade visual e o tema deste ano: “A integração pelo esporte”.

O JEMs 2019 faz um paralelo à retomada do espírito esportivo juntamente com a vivência cultural que a atividade proporciona a milhares de crianças e adolescentes anualmente. A ideia do tema é incluir todos que compõem o ambiente escolar e a comunidade maranhense.

Além disso, os convidados puderam conhecer as diferentes plataformas de mídias digitais (instagram, facebook e YouTube), que serão utilizadas durante o período dos jogos. Uma das novidades desse ano é o aplicativo dos JEMs 2019, que chegará para facilitar o acesso aos boletins oficiais, programações e rankings gerais, cronogramas, modalidades, praças esportivas, entre outras.

“A nossa intenção é receber bem os atletas que participarão dos JEMs, oferecendo um bom alojamento, uma boa alimentação e que possam aproveitar a cidade. Temos a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e da Secretaria de Estado da Cultura (Secma) como parceiras, que nos auxiliarão durante o período dos jogos. Teremos shows, jogos e toda a estrutura para recebermos bem os nossos atletas”, ressaltou o secretário da Sedel, Rogério Cafeteira.

Durante o lançamento foi apresentado o Parque Olímpico, um espaço de interação e de acomodação dos atletas que será montado no Parque Folclórico da Vila Palmeira. Por meio de enquete nas redes sociais da Sedel e dos JEMs 2019, o público decidirá quem merece levar o Troféu Olímpico. Entre os homenageados estão Maria Sidalina Lamego Goulart, Georgiana Martins Pflueger, Ary Façanha de Sá e José Ribamar de Oliveira (Canhoteiro).

A diretora técnica dos JEMs 2019, Rosana Motta, ressaltou a importância da retomada do Troféu Olímpico como forma de homenagear atletas que fizeram diferença no esporte maranhense. “A volta do Troféu Olímpico faz um resgate dos atletas que fizeram parte da história do esporte maranhense. Este ano escolhemos esses quatro atletas, para que possamos manter viva a memória e a importância dos mesmos no esporte do nosso estado”, disse  Rosana Motta.

Biné Carvalho, representante do gestor municipal de São Luiz Gonzaga, disse que a cidade participou dos jogos pela primeira vez no ano passado, e que ficou surpreso com a organização e o cuidado da Sedel para com os estudantes. “Nesta reunião simples e diferenciada fomos bem recebidos por todos da equipe dos JEMs 2019, esperamos que o nosso município seja medalhista como no ano passado, por isso estamos empenhados em participar dos jogos”, falou Biné Carvalho

Serão 98 municípios participando da competição, sendo que a primeira fase será disputada no dia 23 de junho a 27 de julho, em oito regionais (Centro Novo, Codó, Caxias, Anapurus, Imperatriz, Colinas, Penalva e São Luís. A etapa estadual será realizada no dia 10 de agosto, quando acontecerá a abertura oficial, em São Luís,  com 13 modalidades disputando a competição.

Foto: Divulgação / Sedel

1 comentário »

Sandow Feques dispara contra política de esporte

3comentários

O técnico do Maranhão, Sandow Feques e que também é funcionário público e até bem pouco tempo comandava os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) que é realizado pela Sedel, criticou, nas redes sociais, a politica de esportes nas gestões Municipal e estadual.

Sandow disse que as secretarias de Esporte do Estado e do Município servem apenas para atender objetivos políticos e que estão sendo utilizadas para agradar “perdedores das eleições”.

“O Estado do Maranhão tem um povo ativo, um povo que tem como uma de suas característica o gosto pela atividade e o esporte. Então posso afirmar com toda certeza, que o Estado do Maranhão tem uma vocação esportiva. Vejo o esporte como um Instrumento de desenvolvimento, que pode dentro dessa perspectiva, ajuda o desenvolvimento do nosso Estado. Porque então esse Estado não se desenvolve esportivamente?”.

“Temos duas Secretaria de esporte, uma municipal e uma estadual. Infelizmente as duas atendem aos dois governos com objetivos bem claro. Político. A política é benéfica quando se faz pra atender as necessidades de uma população. O que acontece no esporte maranhense é a pior das políticas, aquela que se agrada os perdedores das eleições, se paga os compromissos para se ganhar uma eleição. Muito decepcionante”, disparou.

Certamente, mesmo sem citar nomes, Sandow Feques está se referindo às escolhas de Rogério Cafeteira (Sedel) e Rommeo Amim (Semdel) que disputaram, respectivamente as eleições para deputado estadual e vereador, mas não conseguiram se eleger.

Desde que deixou o comando dos JEMs, Sandow Feques tem feito duras críticas à política de esporte no Maranhão.

Foto: Reprodução/Facebook

3 comentários »

Cafeteira defende parceria para gerenciar Castelão

3comentários

O secretário de esporte e Lazer (Sedel), Rogério Cafeteira foi o entrevistado desta segunda-feira (22), no Ponto Final, por Roberto Fernandes, na Rádio Mirante AM.

O secretário destacou a obra de reconstrução do ginário Castelinho, após o desabamento do teto há mais de um mês. Além disso, destacou a assinatura do contrato para a reforma da piscina do Complexo do Outeiro da Cruz e defendeu a possibilidade de entregar o Estádio castelão para a gestão da Federação Maranhense de Futebol (FMF) e clubes de futebol.

“O Castelão tem um custo de mantutenção mensal muito alto, em torno de R$ 400 mil reais e eu já conversei com o presidente da Federação sobre a possibilidade de uma parceria e seria muito bom se a Federação e os clubes assumissem o comando do Castelão”, destacou.

Segundo Rogério Cafeteira, o carro chefe da Sedel que é a Lei de Incentivo ao Esporte passará a ter uma preocupação mais social a partir de agora.

“Vamos ter uma pegada mais social a partir de agora. Vamos dar prioridade a projetos com cunho social em diversas comunidades em todo o Maranhão. Eu tenho conhecido experiências interessantes neste sentido e vamos buscar ampliá-las”, disse.

O secretário disse ainda que desenvolverá projetos que beneficiem áreas públicas ociosas no Maranhão.

“Vamos investir mais nesses espaços públicos em São Luís e demais municípios. Vamos transformar alguns espaços públicos em áreas para a prática de esporte e lazer. Eu falo sempre como exemplo desse espaço aqui na Ilhinha você passa a qualquer hora do dia e se não estiver chovendo tem alguém praticando esporte lá e é isso que eu quero levar a outras áreas nas cidades”, explicou.

Foto: Zeca Soares

3 comentários »

Cafeteira diz que Castelinho terá reforma completa

0comentário

O secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira disse em entrevista ao Bom Dia Mirante, na TV Mirante que o Ginásio Castelinho passará por uma completa reforma após o desabamento do teto há um mês.

“Faremos a cobertura. Em seguida faremos uma reforma em todo o ginásio. São prédios antigos, da década de 80, onde não existia a legislação de acessibilidade e não havia essa preocupação. Aproveitaremos para refazer essas adequações necessárias, vamos refazer a quadra e as reformas necessárias em toda a estrutura. Teremos um ginásio novo”, disse.

Segundo Rogério Cafeteira, o prazo inicial da obra é de um ano, mas que pode ser prorrogado por até cinco anos. Ele disse acreditar que o ginásio possa vir a ser reaberto em pouco mais de um ano.

“O prazo pode ser prorrogado por até cinco anos, mas acredito que em um ano, mais ou menos, a gente poderá concluir essa obra. Sobre a questão da perícia, eu entrei em contato com o ICRIM e nos passou que devem passar nos próximos 15 dias. Ainda não foi apresentado um laudo, porque as peças que sofreram fratura foram levadas para laboratório para uma análise mais profunda. Segundo foi informado o laboratório da UFMA não estavam completo e foi levado para o laboratório da UEMA”, explicou.

Rogério Cafeteira também explicou sobre a obra de reforma do Parque Aquático e adiantou que a ordem de serviço deverá ser assinada dentro de 10 dias.

“Não passará de 10 dias, provavelmente, darei a ordem de serviço para a recuperação do parque aquático. Quero ressaltar o trabalho do secretário Clayton Noleto para recuperar esse recurso, que existia para as piscinas. Teremos uma estrutura de nível olímpico para receber quaquer competição. Piscinas com as mesmas tecnologias usadas nas Olimpíadas. Em um espaço curto de tempo, creio que em 15 meses, aproximadamente, o parque aquático estará totalmente recuperado. Precisamos dar utilidade e o Complexo Canhoteiro é subutilizado pela população”.

Clique aqui e veja a entrevista na íntegra

sem comentário »

Cafeteira comemora retorno do Bolsa Atleta

0comentário

O secretário de Esporte e Lazer do Maranhão (Sedel) Rogério Cafeteira (DEM) comemorou a aprovação pela Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (8), da reedição do Programa Bolsa Atleta.

Criado pelo ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), o governador Flávio Dino (PCdoB) decidiu reetidar o programa que será executado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel).

“O projeto tem como meta incentivar o esporte maranhense. A ideia é realizar cada vez mais a promoção e o desenvolvimento social, esportivo e inclusivo destes atletas em competições, tirando-os das ruas e de ambientes de vulnerabilidade”, destaca o secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira.

O Programa Bolsa Atleta garantirá um auxílio mensal de R$ 500,00 para custeio de consultas médicas e aquisição de remédios; compra de passagens, pagamento de hospedagens e alimentação; aquisição de materiais e inscrição em eventos esportivos.

Sem dúvida alguma uma excelente notícia aos atletas maranhenses.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Bolsa Atleta será reeditado pelo governo Flávio Dino

0comentário

A Assembleia Legislativa deve aprovar nos próximos dias o Projeto de Lei nº 99/2019 de autoria do Executivo reedita o Programa Bolsa Atleta no Maranhão por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel). A primeira edição do Bolsa Atleta foi no governo de José Reinaldo Tavares.

O novo Bolsa Atleta já recebeu o parecer favorável  nas comissões  de Constituição, Justiça e Cidadania e de Orçamento, Finanças, Fiscalização e  Controle da Assembleia Legislativa .

O programa vai incentivar o esporte estudantil maranhense, prevendo o auxílio de R$ 500,00 mensais pelo período de um ano para custeio de consultas médicas e aquisição de remédios; compra de passagens, pagamento de hospedagens e alimentação; aquisição de materiais e inscrição em eventos esportivos.

“O projeto tem como meta incentivar o esporte maranhense. A ideia é realizar cada vez mais a promoção e o desenvolvimento social, esportivo e inclusivo destes atletas em competições, tirando-os das ruas e de ambientes de vulnerabilidade”, garante o secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira.

Essa é sem dúvida alguma uma grande notícia aos nossos atletas e merecem o reconhecimento ao governador Flávio Dino e ao secretário Rogério Cafeteira.

Mas pode ficar ainda melhor….

Nesta quinta-feira (4), o deputado Adriano Sarney (PV) apresentou uma emenda ao projeto do governo Flávio Dino que amplia de R$ 500,00 para R$ 1.000,00, o valor mensal do programa Bolsa Atleta.

Os atletas agradecem…

sem comentário »