Roseana não confirma pré-candidatura e elogia Adriano

1comentário

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) não confirmou uma eventual pré-candidatura a prefeita de São Luís como muitos vinham especulando.

Roseana participou nesta segunda-feira (2) de homenagem, na Assembleia Legislativa do Maranhão ao presidente nacional do MDB, o deputado federal Baleia Rossi que foi condecorado com a medalha do Mérito Manuel Beckman.

“Estou aqui hoje para homenagear o presidente do meu partido, o MDB. É uma homenagem justa ao Baleia Rossi. Hoje estamos tratando apenas dessa homenagem, depois é que vamos reunir para tratar sobre eleições. Não descarto. Não aprovo, nem desaprovo. Vamos ver”, disse.

Além de desconversar sobre uma eventual pré-candidatura, Roseana destacou que o deputado Adriano Sarneu que é seu sobrinho está preparado para ser prefeito de São Luís. ele já confirmou que é pré-candidato.

“O PV tem um sobrinho meu que é uma pessoa super preparada, é um deputado estadual, que eu acho que ele tem todas as condições também de ser prefeito de São Luís, então essa é uma questão que depois a gente vai conversar”, afirmou.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Republicanismo de fachada

0comentário

Na esteira do debate que manteve com o deputado federal eleito Márcio Jerry (PCdoB) durante a semana, o deputado estadual Adriano Sarney (PV) condenou em suas redes sociais, na sexta-feira, 11, o que considerou “republicanismo de fachada” das esquerdas maranhenses.

As críticas foram acirradas depois de Jerry e apoiadores do governo Flávio Dino (PCdoB) comemorarem a aproximação com a gestão de Jair Bolsonaro (PSL). E atacarem o parlamentar do PV, que os criticou por boicotar o governo federal, ao mesmo tempo em que tentam se locupletar dele.

Adriano destacou que a postura assemelha-se ao que o PCdoB tem praticado nos últimos anos no Maranhão, onde atualmente faz ferrenha oposição ao grupo Sarney – de forma, avalia ele, muitas vezes baixa -, mesmo já tendo sido parte de uma gestão sarneyzista.

“Nos últimos anos, eles ficam repetindo essa história de oligarquia e de 40 anos. Mas eu lembro que o PCdoB integrou as duas primeiras gestões da ex-governadora Roseana. Naquela época, não tinha oligarquia, o que tinha era muito comunista ocupando cargo e defendo o governo com unhas e dentes”, ironizou.

O deputado se referiu aos mandatos que se estenderam de 1994 a 2002, quando o PCdoB era uma das principais legendas de apoio a Roseana Sarney. Na época, comunistas ocupavam cargos de destaque no governo. Como a Gerência Regional de Santa Inês, comandado por Marcos Kowarick, a Presidência do Instituto de Terras do Maranhão (Iterma), com Stefano Silva Nunes, e a Direção Fundiária do Iterma, com Eurico Fernandes.

Adriano lamentou a forma de fazer política do partido. “Quando a oportunidade de derrubar adversários se apresenta, o PCdoB sobe no palanque. Quando aparece uma oportunidade de se aproveitar de adversários, o PCdoB faz reuniões em gabinetes. Aí, quando alguém denúncia, eles dizem que é patrulha. Esse é o republicanismo de fachada do PCdoB”, afirmou.

Estado Maior

sem comentário »

Candidatos votam e demonstram confiança

3comentários

Cinco dos seis candidatos ao governo do Maranhão votaram pela manhã.

A candidata Maura Jorge (PSL) foi a primeira a votar. Depois votaram Odívio Neto (Psol), Flávio Dino (PCdoB), Ramon Zapata (PSTU) e Roseana Sarney. O candidato Roberto Rocha (PSDB) que votaria pela manhã foi o último a ir à urna por volta de 15h.

Acompanhe o que os candidatos disserram:

Roberto Rocha (PSDB)

“Não tenho nenhuma dúvida que vamos para o segundo turno no Maranhão. É uma eleição difícil. Atípica. Em um país extremado. Tivemos uma única oportunidade de apresentar ideias, que foi no debate na TV Mirante. E nesse debate foi possível mostrar nossos diferenças por meio de ideias”.

Roseana Sarney (MDB)

“Expectativa boa e que a gente possa cumprir nosso dever de cidadão. Quero agradecer a todos que trabalharam comigo e que participaram de nossa caminhada. Só tenho agradecer o carinho e o afeto de todos maranhenses. Estou confiante para o segundo turno. Vamos para eleição para perdeu ou para ganhar”.

Ramon Zapata (PSTU)

“Vamos em busca de organizar nossa classe, as eleições não mudam nossa vida, o que muda é o enfrentamento de luta nas ruas. Que a gente possa se organizar no partido e em todos lugares que estivermos para mudar a cara do Maranhão, do Brasil e do mundo”.

Flávio Dino (PCdoB)

“Foi uma campanha bonita, alegre e entusiasmada em que o Maranhão claramente está dizendo que as mudanças sigam em frente. Vamos ter uma grande vitória. Estamos confiantes que o segundo governo vai ser melhor que o primeiro. Estamos muito felizes”.

Odívio Neto (Psol)

“A gente já fez nossa parte e cumpriu nosso papel de cidadão. Esperamos que até o final do dia transcorra tudo em paz. Espero que os eleitores tomem a decisão acertada e que possam consolidar nossa democracia”.

Maura Jorge (PSL)

“Quero agradecer ao povo, pelo carinho, confiança e reconhecimento do meu trabalho. Demonstrei para o Maranhão que estou preparada. O gestor tem que unir a razão e emoção. Não tem formula mágica para se governar a não ser se colocar no lugar do cidadão”.

3 comentários »

‘Acredito no desejo popular’, diz Roseana

0comentário

A candidata a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, iniciou no santuário de São José de Ribamar uma grande caminhada às vésperas da eleição, declarando total confiança em um segundo turno. “Tenho andado com o povo em todas as regiões do nosso estado, e o desejo popular manifestado nas urnas é que estejamos de volta ao governo, trabalhando pelo bem dos maranhenses”, afirmou ela, ao lado dos candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão, com quem caminhou pelas ruas da cidade balneária e de Paço do Lumiar, antes de liderar uma grandiosa carreata pelos bairros de São Luís.

Antes de iniciar a agenda de campanha, Roseana foi sozinha à capela  de São José de Ribamar, padroeiro do Maranhão, agradecer por todo o carinho que recebeu da população maranhense no primeiro turno das eleições. Em frente à basílica, uma multidão pronta pra seguir com ela no “Arrastão do 15”, um movimento que se repetiu em todas as cidades por onde Roseana passou. “Para mim é fácil andar pelo Maranhão. Vou de porta em porta se for possível e sou bem recebida. O nome disso é respeito”, afirmou a ex-governadora.

Roseana e sua comitiva caminharam até o limite de São José de Ribamar em meio à uma multidão. Depois, eles seguiram para o Maiobão. “Caminhar ao lado da ex-governadora é a constatação de que vale a pena trabalhar pelo nosso estado”, afirmou o candidato a deputado federal Edilazio Júnior.

O ex-prefeito de Paço Lumiar, Josemar Oliveira,  recebeu Roseana no Maiobão e juntos caminharam por toda a Avenida 12. Charangas, pessoas de bicicleta, em cima dos carros, nas portas de casa e dos estabelecimentos comerciais, todos manifestavam apoio à candidatura de Roseana. “O Maiobão é a sede do nosso município, e retrata a situação em que nossa cidade e nosso estado se encontram, abandonados por esse governo. Precisamos de Roseana de volta”, concluiu o ex-prefeito.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Roseana defende a geração de empregos

0comentário

Na reta final da campanha, a candidata a governadora Roseana Sarney liderou nesta sexta-feira (5) mais um grande “Arrastão do 15”, dessa vez no município de São Mateus. A exemplo do que ocorreu em todas as regiões do Maranhão, lideranças e milhares de pessoas em todas as cidades por ela visitadas manifestaram o desejo de ver Roseana de volta ao comando do Estado.

Ao lado dos candidatos a senadores Sarney Filho e Edison Lobão, e dos candidatos a deputados Ricardo Murad e Andrea Murad, Roseana foi recepcionada em São Mateus por uma multidão que a seguiu em caminhada pela cidade, na avenida paralela à BR-135. Apesar do sol, as pessoas que participaram do “Arrastão do 15” fizeram muitas demonstrações de admiração e carinho com a ex-governadora.

“Sentimos o desejo das pessoas em ter de volta a nossa forma de governar, com grandes obras realizadas e um cuidado especial daqueles que precisam do amparo do governo. Por isso seguimos confiantes na vitória nas urnas, para retomar os programas sociais e recolocar o Maranhão no trilho do desenvolvimento”, enfatizou Roseana.

Foto: Divugação

sem comentário »

Ecos do debate

0comentário

Por qualquer aspecto que se analise, o governador Flávio Dino (PCdoB) perdeu o debate da TV Mirante. Perdeu por não ter tido respostas para as questões administrativas de seu governo, como obras construídas no governo Roseana Sarney (MDB) e usurpadas por ele; perdeu por trair seus aliados do PT, abrigando em seu governo – por troca de votos – parlamentares que votaram no impeachment de Dilma Rousseff (PT); e perdeu, sobretudo, pela postura “egocêntrica” – usando palavra de seu adversário Roberto Rocha – que o levou à tentativa de vender uma imagem de super gestor e a negar fatos comprovados, como a grosseria praticada com a ex-prefeita Maura Jorge em palanque, em Lago da Pedra.

Mas Dino perdeu o debate para si mesmo. Perdeu por se achar maior do que realmente é. Perdeu por desdenhar das regras, menosprezar os adversários e ignorar a capacidade de percepção do eleitor.

Da terça-feira, 2, até a conclusão desta nota – e mesmo antes de o debate terminar -, muitos memes já haviam inundado perfis de Internet e aplicativos de troca de mensagens, com aspectos do programa, notadamente charges eletrônicas e montagens cômicas da participação dos candidatos.

E como se sabe, quanto maior o número de memes, provocações e deboches a um candidato no universo de liberdade de expressão da internet, maior foi o seu fracasso nas discussões sérias. E Flávio Dino, neste aspecto, foi o campeão entre os participantes do programa da TV Mirante. Todo o seu fracasso ficou estampado em seu semblante, ao deixar a emissora acompanhado de familiares e aliados. O trato grosseiro com quem via pela frente disse tudo do seu desempenho.

Estado Maior

sem comentário »

Expectativa de Maura Jorge

1comentário

Há uma certa euforia no comitê da candidata Maura Jorge diante da sensação de crescimento da sua campanha nos últimos dias.

Maura intensificou as críticas tanto a Flávio Dino quanto a Roseana e aumentou a exposição de sua relação com Jair Bolsonaro, seu candidato a presidente.

No comitê, há um forte otimismo de que ela chegará bem nas eleições do próximo domingo.

Estado Maior

1 comentário »

Segundo turno no Maranhão

0comentário

Um forte debate tem dominado as redes sociais e os grupos de troca de mensagens em torno do posicionamento dos candidatos a governador no eventual segundo turno das eleições presidenciais. Ao que pesquisas indicam, devem disputar o segundo turno nacional os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). No Maranhão, caminha-se para um embate entre Flávio Dino (PCdoB) e Roseana Sarney (MDB).

Até pela aliança que tem, natural seria que Flávio Dino se vinculasse ao candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad. Roseana, nesta questão, ficaria com Bolsonaro, certo? Errado.

Até pela postura furta-cor de Flávio Dino – que sempre tentou se beneficiar de tantos quantos presidenciáveis pudesse – a cúpula nacional do PT em geral, e o ex-presidente Lula, em particular, não confiam que o comunista maranhense possa levar Haddad a uma vitória tão inquestionável quanto a de Dilma, dada por Roseana, em 2014.

E o próprio Lula já determinou aos seus auxiliares mais próximos, segundo a revista IstoÉ: “Quero a família na campanha de Haddad”. Roseana, portanto, até pela sua postura e pela relação que mantém com o PT, primeiro em âmbito nacional, depois no Maranhão, pode estar na linha de frente da campanha petista.

Jair Bolsonaro tem na candidatura de Maura Jorge ao Governo do Estado um palanque no Maranhão. Mas independe disso para fazer sua campanha no estado, levada, em grande medida, por militantes da extrema direita, militares e toda sorte de pessoas avessas aos projetos da esquerda – de evangélicos a conservadores, passando por empresários e políticos. E se dará dessa forma o embate de segundo turno no Maranhão.

Estado Maior

sem comentário »

Roseana é recebida com grande festa em Codó

1comentário

A candidata ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, fechou sábado (29) à noite a agenda da penúltima semana de campanha no município de Codó, liderando uma mega caminhada e um comício com a participação de milhares de codoenses. No palanque, os candidatos da coligação “Maranhão Quer Mais” destacavam a importância de lutar por cada voto nessa reta final das eleições.

Roseana destacou em seu discurso as altas taxas impostas pelo atual governo e se comprometeu, caso eleita, em incentivar os pequenos e médios empreendedores para gerar emprego e renda. Disse ainda que vai implantar na rede estadual de ensino cursos na área de informática voltados para a juventude.

“Iremos dar incentivos ao pequeno e médio empresário para que possa gerar mais empregos e renda. Vamos trazer de volta o Primeiro Emprego e criar cursos profissionalizantes para a juventude, além de outras iniciativas que farão o Maranhão crescer de novo”, afirmou Roseana, sendo ovacionada pela multidão.

No palanque democrático da coligação “Maranhão quer mais” marcaram presença os candidatos Biné Figueiredo, César Pires, Ricardo Murad, Edilázio Júnior, Andréa Murad, o ex-deputado Camilo Figueiredo, entre outros políticos.

“Sou candidato para o meu povo e junto com a governadora Roseana vamos trabalhar e lutar por Codó e pelo Maranhão”, disse Biné Figueiredo, ex-prefeito e candidato a deputado estadual. “Codó elegerá Roseana simplesmente por um motivo: foi a melhor governadora do Maranhão”, declarou Camilo Figueiredo. “Com a força do povo, vamos à vitória com Roseana”, finalizou César Pires.

Para Sarney Filho, a população de Codó mostrou que no dia 7 de outubro estará com Roseana. “Parabéns aos codoenses por esta grandiosa recepção. O futuro do Maranhão e do Brasil está nas mãos do povo e tenho certeza sairemos vitoriosos”.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Roseana condena retrocesso nos últimos 4 anos

2comentários

A candidata a governadora Roseana Sarney condenou o retrocesso na assistência social e no desenvolvimento econômico do Maranhão ao discursar para lideranças e demais moradores do município de Olho d’Água das Cunhãs, no início da noite de sábado (22). Para ela, o atual governo estadual comete atrocidades ao extinguir programas sociais e massacrar trabalhadores e pequenos comerciantes com a dura cobrança de impostos.

“As ações do atual governo – que culminam em apreensões de carros e motos, em aumento de impostos e no fim dos programas sociais – contrariam tudo que o ex-presidente Lula construiu no Brasil“, afirmou Roseana.

Roseana ressaltou ainda que a atual gestão não se limita ao embate político saudável. “Ao perseguir adversários, atinge diretamente o povo. Ao tentar encobrir o meu legado, não dando continuidade às obras da minha gestão, esquece dos mais carentes, que necessitam dos hospitais, da energia elétrica, do abastecimento de água potável, do leite das crianças”, enfatizou.

O ex-prefeito Aluísio Holanda e o vereador Goião, que organizaram uma carinhosa recepção a Roseana, justificaram o apoio à ex-governadora relatando os problemas do município. “Além do desemprego, a cobrança desenfreado de impostos. O comércio fechando as portas. A negativação dos nossos CPFs. Roseana tem que voltar para ajudar o povo do Maranhão”, defendeu Goião.

Fotos: Divulgação

2 comentários »