Fim da novela

21comentários

pimentinha1571grande

A diretoria do Sampaio fechou a negociação com o São Caetano e Pimentinha viaja amanhã para São Paulo.

Segundo o presidente Sérgio Frota, o Sampaio vendeu 50% do passe do jogador por R$ 400 mil.

Metade deste valor ficará com o clube. A outra metade é do jogador.

21 comentários »

Despedida de Pimentinha

10comentários

pimentinha
Durante a semana passada, um dos assuntos mais comentados foi a possível transferência do atacante Pimentinha.

A diretoria do Sampaio evitou falar sobre o assunto, mas o presidente do São Caetano, Nairo Ferreira esteve em São Luís e teria negociado com o Sampaio a venda do seu principal jogador. O valor da negociação não foi divulgada, mas especula-se que o time paulista teria pago R$ 500 mil. Mas só isso?

Por isso, a partida de hoje, às 17h, contra o Cuiabá-MT, pelo Campeonato Brasileiro Série C pode marcar a despedida de Pimentinha do Sampaio.

A ideia do Sampaio era anunciar a saída do jogador após a partida, mas o assunto vazou na imprensa e sem dúvida é o assunto mais comentado no momento.

Já na quarta-feira, da semana passada, Pimentinha dava demonstração que pode estar de saída do Sampaio ao divulgar frases no seu perfil na rede social.

pimentinha
Bom, mas vamos aguardar o fim da partida para saber realmente se Pimentinha foi negociado ou não com o São Caetano.

Por enquanto, o assunto é apenas especulação uma vez que o Sampaio não confirma nada.

10 comentários »

Não basta vencer, Fortaleza precisa secar os rivais

0comentário

O Fortaleza sabe que o único resultado que manterá o time com chances de se livrar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B é a vitória. Assim, o técnico Roberto Fernandes já definiu o time que começa o jogo diante do São Caetano, sábado, às 17 horas (de Brasília), no Castelão, pela 37ª rodada da competição.

O Tricolor está com a corda no pescoço, pois soma 37 pontos e ocupa a incomoda 18ª colocação. Assim, em caso de derrota ou empate o rebaixamento estará consolidado, independente de qualquer outro resultado. Sabendo disso, Fernandes trabalhou durante toda a semana o elenco no esquema 4-4-2, com a meta de surpreender o Azulão e permanecer vivo na disputa

Apesar de dois atacantes fixos na área (Luiz Carlos e Marcelo Nicácio), o time terá dois meias que chegam bastante ao campo de ataque (Elton e Rogerinho) e isso será uma das armas do treinador. O problema durante os treinamentos foi o goleiro Douglas, que sentiu dores musculares, mas ele deve estar à disposição para o embate.

A situação do Fortaleza é tão complicada que mesmo uma vitória não salva, pois precisa torcer para que América-RN e Brasiliense não vençam seus jogos. O time deve começar com: Douglas; Dedé, Gilmak, Edson e Eusébio; Leandro, Coutinho, Elton e Rogerinho; Luiz Carlos e Marcelo Nicácio.

Agência Futebol Interior

sem comentário »

Coisas do Brasil

0comentário

O futebol proporciona algumas situações que chegam a beirar a bizarrice. Até mesmo o antes “sério” Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) protagonizou um fato esdrúxulo, nesta quinta-feira. O Tribunal confirmou que julgará o técnico Antônio Carlos, do São Caetano, por chamar o árbitro Wilton Pereira Sampaio de “Eurico”.

O episódio aconteceu na derrota do Azulão para o Duque de Caxias, por 2 a 1, no último dia 20 de outubro, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Segundo a súmula, o treinador chamou o juiz de “Eurico” em uma possível alusão ao ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, e que hoje teria ligações com o Duque.

O relato de Wilton Pereira Sampaio diz que Antônio Carlos proferiu as seguintes palavras: “Você conseguiu o que queria? Está satisfeito com o que fez? Você conseguiu o que você queria? Parabéns, seu Eurico. Parabéns, seu Eurico. Não precisava fazer isso”.

O treinador será julgado na próxima segunda-feira com base no artigo 188 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – manifestar-se de forma desrespeitosa. A punição nesta caso pode variar de  30 a 180 dias de suspensão.

Caso o comandante do Azulão seja realmente suspenso, quem não vai gostar nada disso é o próprio Eurico Miranda. Afinal, isso só comprovaria que no meio do futebol o nome do cartola virou sinônimo de xingamento. Será que neste caso, caberia um processo de Eurico contra o STJD ou as outras partes envolvidas? Vai dar o que falar!  

Agência Futebol Interior

sem comentário »