Chororô de Flávio Dino

0comentário

Por Andrea Murad

Quando a governadora Roseana Sarney convidou o ex-secretário Ricardo Murad para a Secretaria de Saúde do Estado em 2009, as unidades públicas da Rede Estadual de Saúde eram antigas, deterioradas, em péssimo estado, baixíssimo atendimento e nenhuma complexidade. Faziam o feijão com arroz como diz o ditado. Os governos priorizavam as clínicas particulares, contratadas para prestar serviços básicos, insuficientes. Gastava-se os recursos da saúde em serviços privados ou se repassava a prefeitos sem preocupação com o atendimento à população.

Era preciso mudar e a mudança veio com o Programa Saúde é Vida, que deu aos maranhenses um atendimento integral e universal em unidades públicas equiparadas às melhores do país, permitindo acesso e assistência para milhões de maranhenses. Um programa com objetivos e metas definidos que previa a implantação de pequenos hospitais municipais, — onde as pessoas viviam sem atendimento, verdadeiros vazios assistenciais —, passando pelas UPAS, os hospitais gerais regionais, as maternidades, os macrorregionais e os de alta complexidade, inclusive, o de câncer. Uma atenção toda especial foi direcionada para ofertar leitos de terapia intensiva, as UTIs, ativando 236 novos leitos e requalificando os 96 existentes sem condições de uso.

Iniciou-se a rede de hemodiálise, de consultas e exames especializados, a reestruturação do Laboratório Central do Estado e do Hemomar. A ampliação da assistência odontológica com a oferta de serviços nas UPAS e um centro de referência no CEMESP e em parceria com os municípios. O programa tinha recurso assegurado para construção, reforma e equipamentos, e para o custeio, tudo provisionado, porque o Saúde é Vida foi absorvido pelo Viva Maranhão, o grande projeto de desenvolvimento do governo passado, com aprovação no PPA, na LDO e nas LOAS daqueles anos, coordenado pela Secretaria de Planejamento.

É triste o que vem ocorrendo desde a posse do governador Flávio Dino. Assiste-se ao desmonte e o abandono de um programa que tem previsão legal, de execução obrigatória seja qual for o governador eleito. Além de dezenas de obras paralisadas, lentas ou inauguradas fora do perfil, o governador ainda resolve gastar milhões e milhões de reais com aluguéis milionários, que consomem sem necessidade boa parte do orçamento da saúde a exemplo da Clínica Eldorado, usurpando dos cofres públicos R$ 90 mil por mês durante um ano sem nunca ter atendido um paciente. Na mesma linha irresponsável, gasta mais de R$ 903 mil para reformar o prédio dessa mesma clínica particular sem licitação. Enquanto isso, a obra de ampliação do Hospital Carlos Macieira se arrasta sem previsão de inauguração. É o único hospital de alta complexidade do Estado que iria incorporar mais 204 leitos aos 222 existentes. Era lá que deveria funcionar o atendimento de trauma e ortopedia de alta complexidade e não em clínica particular inapropriada.

Desde que foi pego na propina da Odebrecht, Flávio Dino, a cada novo escândalo, se apega no ataque aos governos anteriores. Um chato esse Flávio. Quem não lembra de sua empáfia ao apregoar que era diferente de todos os outros governadores? Lembram quando bateu no peito e gritou que iria recuperar os 400 anos de atraso do Maranhão? Quem te viu, quem te vê, o rei está nu e, o pior, sem um tostão como disse em Caxias, num chororô chato onde só comprovou o que já sabíamos, sua incompetência à frente do governo. A chatice dele nas redes sociais tem recebido a resposta dos maranhenses, especialmente daqueles que votaram confiando no discurso da mudança. O que mais se lê é “votei, mas não voto mais”.

O chororô vai aumentar. Aguentem!

sem comentário »

Andrea destaca programa Saúde é Vida

0comentário
Andrea Murad ressalta Programa Saúde é Vida em audiência sobre per capita da saúde

Andrea Murad ressalta Programa Saúde é Vida em audiência sobre per capita da saúde

A deputada Andrea Murad, titular da Comissão de Saúde na Assembleia Legislativa,  participou da audiência pública que discutiu a per capita da saúde no Maranhão e a luta pelo aumento do teto. Deputados, representantes do Ministério da Saúde, de Conselhos Estaduais e secretários municipais, estiveram presentes na reunião onde se destacou a união de forças para melhorar os repasses para o Maranhão. Em seu pronunciamento na audiência, a deputada Andrea ressaltou o programa Saúde É Vida que garantiu, consideravelmente, um aumento no repasse do Governo Federal.

“Considerando a compra de equipamentos, a abertura de novos leitos hospitalares, de centros de diagnósticos por imagem, UPA’s, hospitais regionais e macrorregionais, tudo isso proporcionado ao longo de 5 anos pelo Programa Saúde é Vida, elevou o repasse de R$ 98 Milhões (2009) para R$ 312 Milhões (2014). Mas entendo que ainda não é o suficiente e o Maranhão precisa receber valores compatíveis com a média de outros estados e até nacional. O programa trouxe o incremento de nossas unidades, o aumento na produção, uma ampliação jamais vista na rede estadual de saúde e precisa ter continuidade. Em paralelo vamos também fazer uma frente política para que o Ministério reveja nosso teto”, explicou Andrea Murad.

Para a parlamentar, o poder legislativo tem um papel preponderante e a força necessária de cobrar o reajuste junto ao Ministério da Saúde. Andrea Murad quer uma força tarefa para que deputados estaduais e federais busquem o aumento que alcance, no mínimo, a média praticada nacionalmente.

“A média nacional é R$ 204,61 por habitante e recebemos atualmente R$150,05, uma vergonha. O deputado federal André Fufuca, que compõe o mesmo partido do ministro da saúde, Ricardo Barros, já se comprometeu de marcar uma audiência, então vamos compor uma nova comitiva para cobrar uma reavaliação do valor per capita da saúde para o Maranhão. E em paralelo continuarei defendendo intensamente a continuidade do Programa Saúde é Vida, que foi o que alavancou os recursos para nosso estado e não podemos desmerecer isso, é fato, é a realidade, caso contrário estaríamos no patamar que encontramos em 2009”, adiantou Andrea Murad.

Foto: Divulgação/ Assessoria

sem comentário »

Agenda de Roseana

0comentário

 

Roseana

A governadora Roseana Sarney segue com agenda movimentada nesta terça-feira (9), em São Luís. Na programação, que começa às 9h40, estão inauguração, vistorias e visitas a obras.

O primeiro compromisso, às 9h40, será a vistoria às obras de substituição da Adutora do Sistema Italuis. Com investimento de R$ 106.889.593,60, depois de pronta, a nova estrutura vai estabilizar o abastecimento em São Luís, garantindo incremento de vazão da ordem de 0,3 metros cúbicos por segundo de água (atualmente, a vazão é de 1,8 metros cúbicos por segundo e passará para 2,1 metros cúbicos por segundo, o que solucionará o problema do desabastecimento na cidade).

Somando 19km de extensão, no Campo de Perizes, a nova adutora será composta por 1.500 tubos de aço patinável, cada um com 12 metros de comprimento e 1,40 metros de diâmetro, que ficarão suspensos visando facilitar a manutenção dos mesmos.

Em seguida, às 10h30, a governadora Roseana visitará a Dimensão Indústria de Aços Planos, fábrica que entrou em operação recentemente, com incentivo do Programa ProMaranhão, do Governo do Estado, e gera 1.000 empregos diretos e indiretos. Dotada de tecnologia de ponta e capacidade inicial para produzir até 240 mil toneladas por ano. Pertencente ao Grupo Dimensão, a empresa foi fundada para atender à crescente demanda das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Para tanto, a Dimensão Indústria de Aços Planos contou com investimentos iniciais de R$ 160 milhões.

Logo depois, a governadora se desloca para vistoriar as obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), executada pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão. A obra faz parte de conjunto que inclui também ETEs do Anil e São Francisco. Também estão sendo construídas redes coletoras de esgoto para despoluição dos rios Pimenta e Claro, que vão melhorar a balneabilidade nas praias do Calhau e Olho d’Água.  O investimento soma R$ 674 milhões.

Nesta terça-feira (9), duas grandes obras do Programa Saúde é Vida serão entregues à população maranhense pela governadora Roseana Sarney e pelo secretario estadual de Saúde, Ricardo Murad. Às 12h10, será entregue o Centro Especializado de Reabilitação, no Olho d’Água; e às 13h10, a nova Maternidade Estadual Benedito Leite, na Cohab.

sem comentário »

Saúde é Vida

0comentário

BenditoLeite

Mais importantes serviços de saúde serão entregues, na próxima semana, à população do Maranhão pela governadora Roseana Sarney e pelo secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad. São obras do Programa Saúde é Vida que, assim como as dezenas de unidades já inauguradas nos últimos quatro anos, vão facilitar o acesso dos usuários a serviços públicos com alto padrão de qualidade, resolutivos e humanizados.

“Estamos concluindo nosso trabalho à frente da Secretaria de Estado de Saúde entregando à população unidades modernas, totalmente equipadas com o que há de mais moderno, e com equipes altamente qualificadas para oferecer à população uma assistência digna, de qualidade e humanizada”, declara o secretário Ricardo Murad.

Serão inaugurados, nesta segunda-feira (8), o Centro Especializado de Reabilitação e Promoção da Saúde, no Olho d’Água, e as novas instalações da Maternidade Benedito Leite, na Cohab. Na terça-feira (9), serão entregues à população novos setores do Hospital Estadual de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira, e o serviço de oftalmologia do Centro de Especialidades Médicas do Diamante Dr. Luiz Alfredo Neto Guterres Soares Júnior.

A assistência obstétrica dará um salto de qualidade em São Luís com a inauguração das novas instalações da Maternidade Estadual Benedito Leite: são mais 60 leitos, uma unidade semi-intensiva e um moderno centro cirúrgico para ampliar o atendimento às gestantes.

OlhoDagua

Ainda em São Luis, será colocado em operação o Centro Especializado de Reabilitação, onde será oferecido atendimento em reabilitação física e intelectual, pós-operatório de joelho, práticas interativas (atividades físicas), fonoaudiologia, nutrição, psicologia, educação física e psicopedagogia.

Na terça-feira (9), o grande marco será a conclusão da completa reestruturação do Hospital Estadual de Alta Complexidade Dr. Carlos Macieira, obra que eleva a excelência dos serviços públicos de saúde do Maranhão. A unidade, que já conta com 172 leitos de internação, 47 leitos de UTI, uma unidade cardio-AVC com 18 leitos, um centro de hemodiálise com 30 máquinas, serviços de diagnóstico por imagem (tomografia, ultrassonografia, eletrocardiograma e raio-x) e um moderníssimo centro cirúrgico com nove salas, agora oferecerá ambulatório, serviço de ressonância magnética, endoscopia, setor administrativo e mais uma UTI com 13 leitos.

“São importantes serviços para atender a nossa população. E vamos deixar em andamento muitas outras grandes obras, dentro do maior programa de investimentos em saúde pública já visto na história do Maranhão”, salientou Ricardo Murad.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Inaugurado o hospital em Bacurituba

0comentário

roseanaembacurituba

O município de Bacurituba conta agora com uma unidade do Programa Saúde é Vida, entregue nesta quinta-feira (17), pela governadora Roseana Sarney e pelo secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad. Esse é o 34o hospital de pronto atendimento inaugurado pelo Governo do Estado.

Roseana Sarney disse que os pequenos municípios também precisam de uma unidade hospitalar para atendimento emergencial. “Esse hospital representa um grande benefício para a população que vai receber atendimento de qualidade”, declarou.

Segundo a governadora, o Hospital de Bacurituba recebeu investimentos de R$ 4,7 milhões, sendo R$ 3,5 milhões em obra civil e R$ 1,2 milhão em equipamentos. “Sinto orgulho em estar aqui trazendo esse grande benefício para o povo de Bacurituba, município que lutei pela sua criação. Hoje, vejo o quanto cresceu e se desenvolveu”, ressaltou.

Roseana também anunciou outros benefícios para o município, como 3 km de pavimentação de ruas, melhoria de acesso às estradas vicinais e abertura da estrada que liga Bacurituba a Cajapió.

Para o secretário Ricardo Murad, a partir de agora, o município de Bacurituba passa a integrar a Central de Regulação do Estado. “Não adianta funcionar de maneira isolada, o paciente que precisar de tratamento especializado será encaminhado para a unidade mais próxima”, revelou.

O secretário disse que o gasto com a saúde evoluiu desde o início do governo Roseana. “Tínhamos apenas 18 unidades estaduais e um gasto de R$ 120 milhões. Hoje, temos 52 unidades e um custo de R$ 1 bilhão, sem contar com os hospitais que construímos e entregamos aos municípios”.

Com uma população superior a cinco mil habitantes, o município de Bacurituba disponibilizava apenas atendimento básico de saúde da família, saúde bucal e vigilância epidemiológica. Segundo a secretária municipal de Saúde, Daniela Moraes, apesar de uma população reduzida a demanda existe. “Hoje temos condições de realizar consultas e exames, mas precisávamos de um atendimento emergencial. A chegada do hospital marca o renascimento da saúde de Bacurituba, que fica menos dependente dos municípios vizinhos”, destacou.

O hospital conta com Serviço de Pronto Atendimento (SPA) 24 horas, consultórios, enfermarias com 20 leitos de internação, centro de parto normal, farmácia, setor de exames laboratoriais e raio-x.

O prefeito de Bacurituba, José Cisto Ribeiro Silva, revelou que a iniciativa do Governo do Estado vai mudar a realidade da saúde no município. “Não teríamos condições de construir e equipar um hospital desse porte. É importante contar com o apoio financeiro do Estado para manter a unidade funcionando, garantindo que as pessoas recebam o atendimento de emergência aqui mesmo”.

Foto: Antonio Martins

sem comentário »

Roseana inaugura hospital em Serrano

1comentário

roseanasarney

A governadora Roseana Sarney iniciou sua agenda de trabalho desta quinta-feira (17), em Serrano do Maranhão, localizado na Baixada Maranhense, onde, acompanhada do secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, e da prefeita Donária Rodrigues, entregou o hospital municipal “Nerides Rodrigues” à população. Essa é mais uma unidade que integra as ações do Programa Saúde é Vida, desenvolvido pelo Governo do Estado.

“Estou muito feliz em entregar mais este hospital, que vai melhorar a vida da nossa gente. Este hospital é de todos, fizemos questão de contemplar os municípios que mais precisavam com essas unidades de saúde”, disse Roseana Sarney.

A governadora lembrou que, além da atenção especial dada à saúde com a entrega de 33 hospitais de 20 leitos (contando com este de Serrano do Maranhão), o governo estadual atua em diversas áreas em benefício da população. “Além da saúde, nós nos preocupamos em capacitar os nossos jovens, oferecendo cursos para que eles possam entrar no mercado de trabalho. Fico feliz em dizer que 600 mil pessoas saíram da linha da pobreza no nosso estado. Hoje, graças às parcerias, mais de 300 mil famílias são atendidas pelos programas Viva Água e Viva Luz”, ressaltou.

Roseana Sarney anunciou, também, convênio no valor de R$ 700 mil para melhorar o fornecimento de água à população de Serrano do Maranhão.

Presentes também à solenidade de entrega do hospital, os secretários Fernando Fialho (Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar), José Raimundo Frazão (Infraestrutura), Rodrigo Valente (Programas Especiais), Carla Georgina (Comunicação Social) e coronel José Ribamar Vieira (Gabinete Militar), além de prefeitos de cidades vizinhas e vereadores.

hospitalserrano
O Hospital Nerides Rodrigues conta com 20 leitos de internação, Serviço de Pronto Atendimento (SPA) 24 horas, consultórios, centro de parto normal, farmácia, setor de exames laboratoriais e raio-x. O investimento total na construção e compra de equipamentos para a unidade foi de R$ 5.313.058,66.

Além disso, o governo estadual garante repasse mensal de R$ 100 mil para que a prefeitura de Serrano mantenha a unidade em funcionamento, garantindo à população acesso a atendimentos básicos de saúde interligados à rede estadual de hospitais de pequena, média e alta complexidade.

“Esse hospital é fruto de trabalho do Governo do Estado e da prefeitura. A partir de hoje Serrano passa a ter uma unidade de saúde interligada a uma rede, preparada para oferecer aos maranhenses, atendimento de qualidade”, afirmou o secretário Ricardo Murad.

O secretário ressaltou que o Programa Saúde é Vida permitiu se fazer uma mudança profunda na saúde do Maranhão. “Temos, agora, o desafio de transformar a Santa Casa de Cururupu em um hospital de qualidade para atender toda a região”, assinalou. Ele anunciou, ainda, a compra de uma ambulância para o município.

A prefeita de Serrano, Donária Rodrigues, falou sobre a importância do hospital para a população. “Estamos muito agradecidos com esse presente. Nossa população dependia muito de outros municípios para ter acesso a um atendimento médico. Aproveito para pedir o apoio de toda a população para zelar por esse nosso bem, para que nós possamos manter o hospital novo e bonito como recebemos agora”, disse.

Para a técnica em enfermagem, Jeane Soares Pinto, além de saúde o hospital garante oportunidade de emprego. “Nossa cidade precisava muito desse hospital; é bom saber que, a partir de hoje, teremos um atendimento rápido. Além disso, é uma oportunidade de emprego para quem vive aqui”.

ricardomurad
Mais saúde

Ao todo, 33 hospitais de 20 leitos já foram inaugurados. No total, o Programa Saúde é Vida construiu 64 hospitais de pronto atendimento, garantindo estrutura física e de equipamentos adequada para a oferta de serviços de saúde à população no interior do Maranhão.

Além destes, o Governo do Estado construiu oito hospitais gerais regionais de urgência e emergência, seis deles já inaugurados e outros dois estão em fase de conclusão nos municípios de Turiaçu e Alto Alegre do Maranhão.

Outros hospitais macrorregionais estão em construção nos municípios de Balsas, Chapadinha, Caxias, Imperatriz, Santa Inês e Pinheiro, além das 10 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) em pleno funcionamento na Ilha de São Luís e nas cidades de Imperatriz, Coroatá, Timon, Codó e São João dos Patos.

De Serrano do Maranhão, a governadora Roseana Sarney e o secretário Ricardo Murad seguiram com destino ao município de Bacurituba, também localizado na Baixada Maranhense, para entrega de um hospital de 20 leitos do Programa Saúde é Vida.

Fotos: Handson Chagas

1 comentário »

Vale tudo

9comentários

ricardomurad

9 comentários »

Novo hospital

0comentário

hospitalA governadora Roseana Sarney e o secretário Ricardo Murad entregam, nesta terça-feira (15), às 10h, as novas instalações do Hospital de Alta Complexidade do Maranhão Dr. Carlos Macieira (HCM), em cumprimento a mais uma etapa do Programa Saúde é Vida.

Serão inaugurados um moderno centro cirúrgico, com nove salas de cirurgia; um centro de hemodiálise com 33 máquinas para atender pacientes internados e ambulatoriais; uma unidade crítica cardio-AVC com 18 leitos com acompanhamento 24 horas de neurologistas e cardiologistas para atender pacientes com infarto e acidente vascular cerebral (AVC);  uma UTI com 8 leitos individuais e que permite a presença permanente de acompanhante; serviços de apoio logístico (farmácia, almoxarifado, transporte) e de apoio diagnóstico e terapêutico (laboratório de análises clínicas e tomografia).

Com a inauguração desses setores, o HCM passará a realizar cirurgias gerais, vasculares, plásticas, bariátricas, proctológicas, neurocirurgias (cabeça e pescoço) e outras intervenções cirúrgicas de alta complexidade.

O centro cirúrgico tem arco cirúrgico para cirurgias cardiovasculares e conta com microscópico utilizado essencialmente em procedimentos de neuromicrocirurgias (de fabricação alemã), que permite maiores recursos ópticos e de iluminação no processo de realização de microcirurgias.

sem comentário »

Novos hospitais

0comentário

Mais 18 hospitais de 20 leitos construídos e equipados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Programa Saúde e Vida, estarão funcionando até o próximo dia 5 de julho para atender a população no interior do Maranhão. O compromisso foi firmado na manhã desta quarta-feira (11), entre o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad e prefeitos dos municípios beneficiados, durante encontro realizado no gabinete do gestor estadual. O governo fará o repasse mensal de R$ 100 mil para o custeio de cada uma dessas unidades.

Ricardo Murad disse que é necessário fazer esta força-tarefa para que as unidades possam funcionar de imediato. “A estrutura física dos hospitais está concluída e os equipamentos estão sendo enviados para essas unidades. Vamos agendar as inaugurações a partir da próxima semana, mas o atendimento à população será iniciado tão logo seja concluída a fase de equipamento. Os recursos serão repassados para que os hospitais funcionem com toda sua capacidade”, assegurou.

ricardomurad

Estão com todos os equipamentos e serão entregues primeiramente os hospitais de Nova Iorque, Serrano do Maranhão, Davinópolis, Tasso Fragoso e São Pedro dos Crentes. “Na proporção que os equipamentos e os últimos acabamentos da obra forem finalizados, vamos divulgar o calendário das inaugurações”, acrescentou Ricardo Murad.

Serão entregues também as unidades de Bacurituba, Bela Vista do Maranhão, Bequimão, Boa Vista do Gurupi, Conceição do Lago Açu, Fernando Falcão, Junco do Maranhão, Luis Domingues, Pirapemas, Santo Amaro do Maranhão, São João do Paraíso, Cajari e Presidente Sarney.

As unidades de saúde dispõem de 20 leitos para internações, Serviço de Pronto Atendimento (SPA), sala de parto, raio-x, consultórios de pediatria e clínica médica, e também oferecerão exames laboratoriais. O prefeito de Junco do Maranhão, Aldir Cunha já assinou o termo de recebimento do hospital e dos equipamentos. “A nossa unidade básica de saúde funciona 24 horas e o povo aguarda com ansiedade a inauguração do novo hospital para que possamos fazer a transferência dos serviços”, disse.

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, disse que a estrutura física está pronta, aguardando somente os equipamentos para iniciar o atendimento. “Será uma revolução na assistência à saúde. A população terá um espaço maior, mais dignidade no atendimento e melhoria na qualidade dos serviços prestados na saúde pública”, ressaltou ele. A secretária de Finanças de Tasso Fragoso, Reginalda Vieira, solicitou a imediata inauguração da obra. “A população está contando os minutos para que os serviços de saúde sejam transferidos para a nova unidade, que é mais ampla e com maior conforto para os pacientes”, enfatizou.

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »

Governo garante recursos a hospitais

8comentários

roseanasarney

A governadora Roseana Sarney, o secretário estadual de Saúde Ricardo Murad e prefeitos de 60 municípios maranhenses assinaram nesta quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, os termos de adesão ao Incentivo Estadual de Qualificação da Gestão Hospitalar para custeio das despesas decorrentes da manutenção e funcionamento dos hospitais de 20 leitos do Programa Saúde é Vida. O incentivo de R$ 100 mil será repassado mensalmente para que os gestores possam ampliar o acesso às ações e serviços de saúde na atenção hospitalar.

Roseana Sarney disse que logo no início do seu governo realizou uma pesquisa que mostrou que a maior demanda da população era um atendimento de saúde de qualidade. “Implantamos um projeto ousado e inovador de construção de 72 hospitais e estamos cumprindo. Já entregamos 37 hospitais de 20 leitos, totalmente construídos e equipados, e percebemos que houve uma grande melhoria no atendimento. Temos ainda 23 em fase final de construção e todos receberão o mesmo incentivo financeiro para que os maranhenses tenham, próximo à suas residências, atendimento de saúde digno e eficaz”, completou.

Nesta sexta-feira (28) a governadora inaugura o Hospital de Afonso Cunha. “O que percebemos é que a população busca os serviços e confia no atendimento prestado nas unidades, que funcionam com a parceria dos gestores municipais. Estamos muito satisfeitos com os resultados do Programa Saúde é Vida e até o final deste primeiro semestre estaremos entregando todos 60 hospitais, formando uma rede de saúde integrada e resolutiva”, justificou Roseana Sarney.

Ao assinar o termo de adesão, o gestor municipal assumiu o compromisso de cumprir o perfil mínimo assistencial obrigatório definido pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), oferecendo nos hospitais construídos pelo Programa Saúde é Vida os seguintes serviços: SPA 24 Horas, sala de estabilização, nebulização, leitos de observação clínica, centro de parto normal, internações hospitalares nas clínicas básicas, sala de procedimentos ambulatoriais, consultório médico, sala de classificação de risco, exames laboratoriais, raio-X e eletrocardiograma.

prefeitos
Repasse estadual

Ricardo Murad ressaltou que o estado fixou inicialmente um repasse de R$ 60 mil mensais para que os municípios custeassem as despesas com os médicos nessas unidades esperando que o Ministério da Saúde definisse, também, um incentivo de custeio para esses hospitais tão importantes para o atendimento de urgência e emergência às pessoas residentes nos pequenos municípios maranhenses.

“Com a omissão do Ministério da Saúde, que até o presente momento ainda estuda o incentivo reivindicado por todos os pequenos municípios brasileiros, especialmente os das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste, a governadora decidiu aumentar esse recurso para R$ 100 mil por mês para garantir um atendimento universal e de qualidade. Com essa medida, o Maranhão sai na frente, reconhecendo a importância dos hospitais de pequeno porte para facilitar o acesso da população aos serviços de saúde”, esclarece Ricardo Murad.

O secretário disse que agora os gestores municipais têm o compromisso de fazer o primeiro atendimento, com eficiência e profissionais qualificados. “Estamos colocando em operação o maior programa de saúde pública do país, planejado e executado por maranhenses, e que está servindo de modelo para outras entidades da federação. Nos nossos hospitais não existem depósitos de doentes. São estruturados para atender com qualidade, porque o doente não espera e precisa de cuidados dignos”, ressaltou Ricardo Murad.

Fotos: Nestor Bezerra

8 comentários »