Imperatriz anuncia retorno de Paulinho Kobayashi

1comentário

A diretoria do Imperatriz confirmou a contratação com o técnico Paulinho Kobayashi que substitui a Ruy Scarpino que pediu demissão após três tropeços seguidos.

Kobayashi esteve no Imperatriz no ano passado e foi demitido após comandar a equipe em apenas três partidas. Ele estava dirigindo no Floresta, do Ceará que disputa o Campeonato Brasileiro Série D e é o 2º colocado do grupo A4.

O novo treinador do Cavalo de Aço será apresentado nesta quarta-feira (29) e faz a sua reestreia contra o Santa Cruz, no sábado (1º), às 19h15, no Estádio Frei Epifândio D’ Abadia.

O Imperatriz é o 7º colocado do grupo A , da Série D com 5 pontos ganhos e está a um pontinho da zona de rebaixamento.

Foto: Diário do Nordeste

1 comentário »

Julinho expõe erros dos jogadores do Sampaio

3comentários

A entrevista do técnico Julinho Camargo, ontem, após o vexame e declassificação da Copa do Nordeste em 2020 foi algo preocupante.

Julinho procurou minimizar o fracasso e responsabilizou individualmente os jogadores pelos erros cometidos durante a partida.

Os dois gols foram situações inusitadas. O primeiro gol foi um escorregão do Lucas que ele mata a bola de cabeça e entrega ao adversário. O segundo gol foi uma situação aprecida.

Mas o treinador foi além…

“Não tivemos tranquilidade para ser efetivo. Cleitinho em algumas jogadas foi afoito demais e dava para trabalhar melhor com João Paulo. O Eloir também tocava a bola de primeira e eu dizendo que era pra ter mais calma. O Neto é bom de passe, mas o jogador entrou assustado – disse o treinador. Teve o escorregão do Lucas (Gabriel) em um dos gols. Era para ele tirar a bola e ele escorrega e entrega o gol para a equipe adversária. No segundo tempo, eu soltei mais o Everton para ir ao fundo e foi cinco vezes ao fundo, mas o cruzamento foi curto, não era na cabeça do centroavante. Sobre Ulisses, tinha combinado que ele teria de 20 a 30 minutos. Disse a ele que ele teria a chance de fazer o gol, pois ele é artilheiro, mas quando a bola caiu no pé dele, ele bateu cruzado e foi uma noite ruim”, disse Julinho.

Também chamou atenção a postura do treinador em relação à imprensa. Julinho evitou embates e se limitou a concordar com todas as perguntas dos repórteres. Até ao ser perguntado se colocaria o cargo à disposição, o treinador demonstrou frieza e aceitou com tranquilidade a pergunta.

Julinho não explicou a sua estratégia ao poupar jogadores na primeira partida em Aracaju e nem as frequentes mexidas na equipe.

A entrevista do treinador certamente vai provocar um desgaste grande na relação com os jogadores. Julinho jamais deveria ter explicitado a sua opinião sobre os atletas numa entrevista coletiva.

O resultado disso nós vamos ver nos próximos jogos.

Foto: Reprodução

3 comentários »

Sampaio Basquete contrata técnico argentino

0comentário

O Sampaio Basquete confirmou a contratação do técnico argentino Cristian Santander.

Atual técnico da Seleção Argentina, Cristian Santander é também campeão Sulamericano.

Santander vai dirigir o Sampaio na temporada 2019, quando a equipe maranhense buscará o segundo título nacional.

Além do técnico argentino, o Sampaio já acertou com a atleta argentina Leiva que estava no Presidente Venceslau e também é da Seleção da Argentina.

Segundo o presidente do Sampaio Basquete, Murilo Dias, todas as atletas e a comissão técnica iniciarão a preparação para a LBF 2019 no dia 2 de março.

O Sampaio Basquete tem o apoio do Governo do Maranhão e Cemar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Wallace Lemos é o novo técnico do Moto

0comentário

Conforme antecipado mais cedo pelo Blog do Zeca Soares, Wallace Lemos é o novo treinador do Moto. Ele acertou com o time rubro-negro depois que Ruy Scarpino que já havia fechado com o Moto decidiu ir para o Imperatriz.

Além de Wallace Lemos, o Moto anunciou as contratações do preparador físico Jonas Fernando de Godoy e do treinador de goleiros Valdir Bernardo de Oliveira.

Segundo Natanael Júnior, o novo treinador chega a São Luís no dia 19 de novembro, quando iniciará a preparação da equipe, mas a pré-temporada terá início no dia 1º de dezembro.

“Ele chega dia 19 em definitivo para iniciar os trabalhos. Mas até vamos dar sequência na montagem do time”, disse.

O novo treinador do Moto tem 50 anos e dirigiu o Ríver-PI (vice-campeão estadual em 2018) e Brasiliense-DF, onde foi campeão estadual em 2017, além de equipes do interior de São Paulo e Minas Gerais. O seu primeiro trabalho como treinador foi em 2004, no Tupi-MG.

O Moto estreia na temporada 2019, no dia 16 de janeiro, contra o Altos-PI, na abertura da Copa do Nordeste.

Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com

sem comentário »

Moto procura novo técnico para 2019

0comentário

O presidente do Moto Natanael Júnior espera definir esta semana o nome do novo treinador para a temporada 2019. O time tem a sua primeira partida marcada para o dia 16 de janeiro, contra o Altos-PI, na abertura da Copa do Nordeste, em São luís.

O técnico Ruy Scarpino que esteve há pouco mais de um mês em São Luís e acertou o seu retorno ao time rubro-negro decidiu ir para o Imperatriz.

Segundo Natanael, o Moto busca um treinador com perfil mais jovem, atualizado e que conheça a realidade do futebol na região.

Ele tem recebido ligações telefônicas de muitos empresários e treinadores, mas tem tratado do assunto com bastante cautela.

O dirigente rubro-negro estaria trabalhando com nomes como os de Lecheva, ex-Paysandu, Tuna Luso, São Raimundo-PA Mogi Mirim e Nacional-AM. Outro técnico que pode pintar no Moto é Wallace Lemos, ex-Brasiliense-DF e Ríver-PI.

A lista segue com Bira Lopes que já trabalho no Moto, Imperatriz, Princesa do Solimões-AM, Ferroviário-CE, ABC-RN e América-MG e Edson Porto, ex-Moto e Santos-AP.

Foto: Lucas Almeida

sem comentário »

Marcinho tem números positivos no Moto

4comentários


Muito questionado por torcedores e imprensa esportiva, o técnico Marcinho Guerreiro é um dos trunfos do Moto na briga pela conquista do título estadual e do retorno do clube às competições nacionais em 2018.

Gostem ou não, do ano passado para cá, foi sob o comando do técnico Marcinho Guerreiro que o Moto obteve os melhores resultados e sempre em momentos de extrema dificuldade.  Vejam os números:

Em 2017, Marcinho esteve à frente do Moto em 15 jogos entre jogos do Campeonato Maranhense e Série C do Campeonato Brasileiro. Foram sete vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

Em 2018, os sete jogos oficiais do ano foram pelo Campeonato Maranhense. Ele comandou o time em quatro vitórias e três empates, estando invicto no ano.

Ao todo, Marcinho comandou o Moto em 22 jogos, sendo 11 vitórias, sete empates e quatro derrotas.

Por tudo isso, já é hora de todos reconhecerem um pouco mais o trabalho de Marcinho Guerreiro.

Foto: Biné Morais/ O Estado

4 comentários »

Andrea critica indicação de Dino na Caema

1comentário

A deputada estadual Andrea Murad (PMDB) divulgou nota de repúdio após a indicação de um advogado filiado ao partido do governador Flávio Dino para uma área técnica na Caema.

Segundo ela, a indicação fere a resolução do Confea e representa nomeação tem clara conotação de loteamento político.

Veja a nota na íntegra:

“Em solidariedade aos engenheiros do estado e funcionários da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão, venho externar meu repúdio contra a indicação do advogado André dos Santos Paula, filiado ao PCdoB, para o cargo de diretor de Operações e Manutenção da Caema, cargo este limitado aos profissionais de engenharia.

Seguindo o mesmo entendimento da categoria, que ao nomear um advogado para um cargo tão técnico, infringindo totalmente as regras previstas na Resolução nº 430, de 13 de agosto de 1999 do Confea, considero ainda que a nomeação tem clara conotação de loteamento político, praxe no governo Flávio Dino (PCdoB).

Por fim, importante ressaltar que na Caema, na gestão de Ricardo Murad,  todos os dirigentes eram técnicos maranhenses da mais alta competência. Enquanto que na gestão de Flávio Dino, cujo meu repúdio é totalmente direcionado ao governador responsável pela nomeação, vemos um advogado de São Paulo colocado para exercer um cargo privativo de engenheiro do quadro de funcionários efetivos da Caema, o que considero mais um gesto de desprezo pelos profissionais maranhenses.

>Por isso irei impetrar uma ação judicial pertinente para reparar essa violência perpetrada contra os engenheiros do quadro da companhia e do povo maranhense, que não pode ter o seu patrimônio à mercê do aparelhamento político do partido de Flávio Dino”.

Foto: Nestor Bezerra

1 comentário »

Moto é lento na tomada de decisões

3comentários

Presidente Célio Sérgio ainda não definiu o nome do novo treinador para comandar o time

A demora na tomada de decisões pela diretoria do Moto pode ser fatal para a equipe neste momento difícil dentro do Campeonato Brasileiro Série C.

Sem perspectivas financeiras e diante de resultados muito ruins, o Moto trocou de técnico pela quarta vez nesta temporada e agora procura um novo comandante para tentar salvar o time do rebaixamento para a Série D.

Já estava mais do que na cara que o treinador Leston Júnior não continuaria após a derrota para o Cuiabá, mesmo assim, o Moto perdeu mais tempo e pelo que parece não está muito preocupado em substituí-lo.

O Moto tem um elenco escolhido por Leston Júnior e Waldemir Rosa, mas os dois deixaram suas funções e a diretoria tem dificuldade para encontrar um novo nome para trabalhar com o elenco que ficou e não tem sido fácil, mas também não pode agir como se o tempo não estivesse passando.

Se dentro de campo o time não vem bem, fora dele, no momento de tomada de decisões importantes, os dirigentes rubro-negros demonstram lentidão na hora de solucionar os seus problemas o que é muito prejudicial ao clube.

Seria importante que o novo técnico já assistisse ao jogo contra o Fortaleza, no sábado para que pudesse avaliar a equipe, mas aposto muito que isso aconteça. Até lá, o Moto vai continuar perdendo tempo precioso.

Foto: João Ricardo

3 comentários »

Técnico Ruy Scarpino deixa o Moto

12comentários

Após seis jogos na temporada, diretoria decide trocar de treinador e Ruy Scarpino deixa o Moto

Após seis jogos na temporada, com quatro derrotas, um empate e uma vitória, a diretoria do Moto anuncia a saída do treinador Ruy Scarpino. O anúncio oficial será feito durante entrevista coletiva nesta terça-feira (14).

O treinador esteve reunido ontem com o presidente Célio Sérgio e decidiu entregar o cargo para que outro treinador possa conseguir colocar o time no caminho das vitoriada.

A temporada 2017 começou bem diferente do ano passado, quando o Moto garantiu sob o comando de Ruy Scarpino a conquista do Campeonato Maranhense e o acesso à Série C.

Era uma questão de honra ao Moto trazer o treinador vitorioso na temporada passada para comandar o clube este ano, mas os resultados não foram o esperado e no futebol sobra sempre para o treinador.

O fato é que com um novo elenco, Ruy nào conseguiu dar uma cara ao time até mesmo porque a maioria dos jogadores embora conhecidos ainda estão bem abaixo daquilo que podem render.

O diretor de futebol Waldemir Rosa e o presidente Célio Sërgio trabalham na contratação do novo treinador.

Para o jogo desta quarta-feira contra o MAC, às 20h30, pelo Campeonato Maranhense o time será dirigido pelo auxiliar técnico Marcinho que inclusive comandará o treinamento da tarde de hoje no CT do Paranã.14

12 comentários »

Flávio Araújo está fora do Sampaio

10comentários

FlavioAraujoO ciclo do técnico Flávio Araújo no Sampaio pode ter chegado ao fim.

Contratado com a missão de tentar livrar o time do rebaixamento na Série B, o treinador e o clube chegaram a um acordo nesta segunda-feira e Flávio Araújo não continuará no time para os dois jogos que ainda restam.

O fim do contrato de Flávio com o Sampaio pode abrir a possibilidade do treinador acertar com o Moto Club que sempre manifestou interesse no treinador que comandou o Sampaio em importantes acessos chegando até a Série B.

Quem assume o time é o técnico Vinícius Saldanha que comanda as divisões de base do Sampaio. O Time ainda terá dois jogos contra o Atlético-GO (19) e Goiás (26).

Flávio Araújo chegou no segundo turno da Série B para o Sampaio e havia uma conversa com o presidente do Sampaio Sérgio Frota que ele permaneceria no clube, mesmo se não conseguisse livrar o time da degola.

Mas por questões financeiras, o Sampaio decidiu que só iriam permanecer para a próxima temporada aqueles que aceitassem o novo patamar estabelecido para a próxima temporada, tanto jogadores como comissão técnica.

Em sua terceira passagem pelo Sampaio, Flávio Araújo dirigiu a equipe em 18 jogos e teve aproveitamento de 27,78%. Sob o seu comando, o Sampaio conquistou três vitórias, seis empates e nove derrotas.

Além de Vinícius Saldanha e Arlindo Maracanã que foram técnico interinos, o Sampaio este ano teve quatro treinadores: Marcelo Chamusca, Petkovic, Wagner Lopes e Flávio Araújo.

Foto: Sampaio/ Divulgação

10 comentários »