Negociação com os clubes garante fim do Estadual

1comentário

A presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA), Márcia Andréa Pereira disse em entrevista ao Bom Dia Mirante, na TV Mirante que duas equipes já regularizaram a situação junto ao órgão e estão aptas para disputar a fase final do Campeonato Maranhense.

Segundo a presidenta, o Sampaio já estava adimplente no ato de divulgação da portaria na última segunda-feira (25) que suspendeu a participação das 8 equipes que disputam o Campeonato Maranhense.

O Moto também já quitou a dívida que era de apenas R$ 500.

O Imperatriz procurou o TJD e hoje negocia o parcelamento da dívida e o Maranhão que deve R$ 4 mil e 300 reais, também procurará o TJD para negociação. Os demais clubes não se manifestaram.

As dívidas dos clubes, segundo a presidenta Márcia Andréa Pereira eram referentes ao ano de 2017 e na verdade deveriam ter sido cobradas antes mesmo da competição começar até para evitar esse tipo de problema no momento indevido.

Nunca duvidei que os jogos nesta reta final do Campeonato Maranhense fossem suspensos por esse motivo. A divulgação da portaria pela FMF serviu apenas como cobrança aos clubes e infelizmente como disse em momento bastante oportuno.

Vamos às semifinais….

Foto: Reprodução/TV Mirante

1 comentário »

As notícias que atrapalham o futebol…

3comentários

Não pegou nada bem a notícia sobre a suspensão dos clubes e consequentemente do Campeonato Maranhense por conta de dívida por conta das oito equipes junto ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD).

A dívida existe e tem que se paga, mas daí na reta final do Campeonato Maranhense é complicado você promover a competição dessa forma. Ao repassar esse tipo de informação, a FMF parece querer agilizar a cobrança e pressiona os clubes como uma espécie de ameaça.

Na semana passada, o presidente da FMF Antonio Américo reclamou das notícias que considera ruins para a promoção do futebol maranhenses, mas esqueceu que a maioria delas tem origem na própria organização do futebol. Esse é um exemplo.

A cobrança foi motivada devido à entrada dos recursos da Lei de Incentivo ao Esporte da ordem de R$ 1 milhão 200 mil. Desse montante, os clubes receberão R$ 700 mil e outros R$ 500 serão utilizados para pagamento de custos da competição.

Para não perder a oportunidade, o TJD e a FMF acharam que estava na hora de combinar tudo e ameaçar parar a competição que entra na fase decisiva.

Os clubes, de maneira em geral informam que não devem nada ou que desconheciam a dívida…

Crítica às datas

Também não pegou nada bem as datas escolhidas pela FMF para a decisão do Campeonato Maranhense. Os jogos serão imprensados entre os dias 10 e 13 de abril (quarta e sábado).

Embora a data dos estaduais vá até 21 de abril, a FMF quer fugir da TV que mostrará nos dias 14 e 21 as finais do Rio de Janeiro e São Paulo.

Além disso, a FMF quer garantir duas semanas para preparação das equipes para o Campeonato Brasileiro Série C.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

3 comentários »

Decisão coerente mantém pontos do Moto

3comentários

Após a vitória por 5 a 3, ontem contra o Santa Quitéria que garantiu a classificação antecipada nas semifinais do Campeonato Maranhense, o Moto venceu mais batalha, desta vez no Tapetão.

Numa demonstração de coerência, a Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (TDJ-MA) decidiu, por unanimidade pelo arquivamento da denúncia feita pelo Sampaio pelo não pagamento de taxas pelo Moto na partida contra o São José. O Moto poderia perder de um a três pontos.

A defesa do Moto alegou que outras equipes, incluíndo o Sampaio cometeu o mesmo erro no ano passado e foi absolvido, mesmo assim denunciou o rubro-negro. O mesmo ocorreu com o Maranhão e outras equipes.

O parecer do relator João Coimbra foi pelo arquivamento do caso.

O auditor João Francisco disse que a denúncia do advogado do Sampaio é vazia. Ele lembrou que o São José foi absolvido duas vezes e que está há 11 anos no TJD e vários atrasos de taxas já foram arquivados.

O auditor Francisco Braga disse que não seria coerente da parte dele trazer outro entendimento, pois ele votou pelo arquivamento em outros processos do tipo.

O auditor Acrinelson Espíndola disse que o Moto tinha condições de pagar a taxa do INSS de R$ 1.032, mas seria incoerente punir o clube que atrasou, mas pagou. “É assim na Justiça Tributária”, disse. Ele votou pelo arquivamento.

O voto do presidente da Comissão Disciplinar, Edno Marques, diz que foi feita justiça, pois a comissão sempre julgou com coerência e justiça. Proclamação do resultado: por unanimidade o processo foi arquivado.

A decisão foi coerente, pois iriam punir o Moto se outras equipes, inclusive o Sampaio já cometeu o erro e foi absolvido.

Foto: João Ricardo

3 comentários »

STJD suspende decisão entre Cordino e Moto

25comentários

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) concedeu liminar ao Sampaio suspendendo o início da “nova decisão” do segundo turno do Campeonato Maranhense entre Cordino e Moto.

A primeira partida aconteceria logo mais às 15h45, no Estádio Leandrão em Barra do Corda.

Com a decisão, o Campeonato Maranhense ficará suspenso até que o pleno do STJD decida quem tem razão nessa briga entre Sampaio e Moto.

A possibilidade de suspensão da decisão já vinha sendo levantada aqui desde a quinta-feira.

Essa é s decisão mais acertada e já deveria ter sido tomada antes inclusive do início da partida entre Sampaio e Moto, ainda pela semifinal do segundo turno, mas que só foi tomada agora após grande desgaste.

Por enqusnto, por conta de duas liminares concedidas pelo STJD em favor do Sampaio tudo leva a crer que o Tricolor levará mais uma no pleno.

Vamos aguardar…

Foto: Welliandrei Campelo

25 comentários »

Américo recua e FMF desiste de recorrer

8comentários

Após ter anunciado que a Federação Maranhense de Futebol (FMF) iria entrar com um pedido de liminar para suspender a partida de volta do segundo turno do Campeonato Maranhense 2017, o presidente da entidade, Antônio Américo, recuou de sua decisão.

Em entrevista, nesta quinta-feira, no Bom Dia Mirante, o dirigente disse que não irá mais buscar dispositivos jurídicos para interferir no andamento do Estadual. Segundo ele, a partir de agora, a FMF irá apenas acatar as decisões dos tribunais.

“Nós daremos cumprimento integral ao que decidiu o Tribunal. O campeonato não será paralisado. Somente o faremos, se o Superior Tribunal, ou mesmo o próprio TJD-MA voltar em sua decisão e determinar a paralisação do segundo jogo. Se não houver essa determinação, nós em absoluto pararemos o campeonato”, disse Américo.

Mesmo com o recuo da presidência da FMF, o Campeonato Maranhense 2017 corre o risco de suspensão. O Sampaio Corrêa já anunciou que além de entrar com recurso quanto a decisão do TJD-MA ainda irá buscar junto ao STJD uma liminar para paralisar a competição. A direção jurídica do clube informou que aguarda apenas a notificação do acórdão por parte do TJD-MA.

Leia mais

8 comentários »

Sampaio levanta suspeição, TJD se defende

13comentários

Após anunciar que irá recorrer da decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão (TJD-MA), que deferiu uma mandado de garantia ao Moto Club, eliminando o Sampaio do segundo turno do Maranhense, o presidente tricolor, Sérgio Frota, disse que o julgamento não teve isenção e buscará por dispositivos jurídicos questionar a forma com que a determinação do TJD-MA foi tomada.

Em nota, Frota fala em uma suspeição do relator da matéria, Gutemberg Braga Junior, que, no entendimento do Sampaio, teria antecipado seu voto em um grupo de Whatsapp dos auditores. O presidente do clube acusa ainda o relator de tentar influenciar os demais auditores.

“Todos viram os termos utilizados pelo relator naquela postagem. Aquilo é claramente uma revelação de voto antecipado e uma tentativa cabal de sugestionar os demais auditores”, afirmou.

O relator do processo, Gutemberg Braga Junior, também foi procurado por nossa reportagem. Ele disse que “achou engraçado” a atitude do dirigente do Sampaio. Braga acrescenta ainda que o momento processual adequado já passou para fazer algum tipo de suspeição.

“Eu acho até engraçado, porque ele disse que estava tranquilo da minha insenção antes do julgamento. Agora, após a decisão, insurge com essa insatifação. É natural que haja assim. Mas não é a forma correta. Digo ainda que o momento processual já passou. Não fizeram nenhuma suspeição da minha pessoa. Eu ainda falei sobre o print. E na conversa citada não há nenhuma manisfestaçao de voto. Apresento apenas elementos de convicção em grupo de auditores”, afirmou.

Procurado, o presidente do TJD-MA, Roberto Feitosa, se pronunciou sobre o assunto. Feitosa chamou as declarações do presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, de “fofoca”.

“Eu chamo isso de fofoca. Já imaginou se toda decisão que a gente tivéssemos que levar em conta comentários como esse? O Tribunal tomou sua decisão e quem se sentir prejudicado de alguma maneira que tome suas providências”, explicou.

Fotos: Reprodução/ TV Mirante

Leia mais

13 comentários »

STJD garante primeira partida decisiva

8comentários

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) concedeu liminar que garante a realização da primeira partida decisiva pelo segundo turno do Campeonato Maranhense  entre Cordino e Sampaio.

A informação é do presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo Lobato Gonçalves.

A partida confirmada para hoje, às 15h45, no Estádio Leandrão, em Barra do Corda havia sido suspensa ontem, por meio de uma liminar concedida pelo presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) , Roberto Feitosa.

O julgamento do processo que suspendeu a partida será realizado na próxima terça-feira (2) pelo TJD, mas o Campeonato Maranhense prossegue com a partida de hoje e na próxima quarta-feira, às 20h15, no Estádio Castelão, no jogo de volta entre Sampaio e Cordino.

8 comentários »

Partida entre Cordino e Sampaio é suspensa

9comentários

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) suspendeu a primeira partida da decisão do segundo turno do Campeonato Maranhense entre Cordino e Sampaio que aconteceria neste sábado (29).

O TJD acatou o pedido do Moto para que a final do returno não acontecesse antes do julgamento marcado para a próxima terça-feira (2).

Inicialmente a realização da final do returno havia sido suspensa pela Federação Maranhense de Futebol (FMF) até que o Tribunal de Justiça Desportiva julgasse os recursos pendentes de Moto e Imperatriz, mas ontem, a FMF tomou a decisão de marcar a partida para este sábado.

O presidente da FMF, Antônio Américo Lobato disse que ainda não foi comunicado oficialmente da decisão.

No entanto, o diretor da Ceaf, Marcelo Filho já foi notificado da decisão do TJD. Mas vamos aguardar, afinal, todos os dias estamos sendo surpreendidos com novas decisões.

E em meio a tudo isso, o Sampaio viajou hoje para Barra do Corda. Vejam só quanto prejuízo e desgaste para o futebol. Lamentável!!!!

Foto: O Estado

9 comentários »

FMF aumenta lambança no futebol

44comentários

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

O relator Gutemberg Braga deferiu pedido do Moto Club em virtude da ausência de seus advogados para que os julgamento do processo que estava marcado para esta sexta-feira (28) fosse realizado apenas na próxima terça-feira (2).

Após a decisão, a FMF resolveu ignorar o Tribunal de Justiça Desportiva e mesmo tendo decidido pela suspensão do campeonato resolveu antecipar a decisão.

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) decidiu que não aguardará o julgamento e antecipou o jogo entre Cordino e Sampaio para o sábado (29), às 15h45, no Estádio Leandrão, em Barra do Corda. (clique aqui e veja o documento)

É lambança em cima de lambança, pois após mudar o regulamento da competição (reduzindo as semifinais) ferindo ao que estabelece o Estatuto do Torcedor, a FMF decide descumprir a decisão que suspendeu o Estadual e que foi tomada por ela mesmo.

Custava esperar até a próxima terça-feira?

Vai entender tanta bagunça e amadorismo..

Foto: O Estado

44 comentários »

Julgamento no TJD segue indefinido

12comentários

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

Após um fim de semana sem futebol depois de que a Federação maranhense de Futebol (FMF) suspendeu a decisão do 2º turno do Campeonato Maranhense, mais uma vez devemos ficar a semana inteira sem definição.

Pelo que conseguimos apurar, o julgamento dos três casos que levaram a FMF a suspender o Estadual, pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) não deverá ocorrer na próxima quinta-feira como todos estavam imaginando.

Tudo leva a crer que o Tribunal só deverá se reunir na próxima semana, possivelmente na terça-feira (2). Com isso, caso não ocorra alteração no Tribunal, Cordino e Sampaio só deverão iniciar a decisão do returno na quinta-feira (4) ou no domingo (7).

Mas dependendo do que pode acontecer neste julgamento, o que seria uma grande surpresa, o Campeonato Maranhense pode até não acabar antes do início do Brasileirão que começa no dia 13 de maio com o clássico entre Sampaio e Moto.

Não tenho bola de cristal, mas não acredito em mudança no Tribunal, por isso prefiro acreditar que os finalistas estão apenas ganhando um tempinho para descanso antes da decisão.

Foto: O Estado

12 comentários »