JV Lideral

0comentário

Bem, no JV Lideral é hora de deixar as comemorações de lado e cair na realidade. Chega de festa, afinal, o JV ganhou apenas o turno.

Após a derrota na estreia para o Viana com o time reservas, o campeão do 1º turno volta a campo hoje, para o duelo contra o Moto, às 20h30, no Frei Epifânio e desta vez com os titulares. A meta do JV Lideral é ganhar logo o 2º turno e garantir o título da Copa União.

O time para o jogo de hoje à noite será: Vicente, Roniére, Daniel Menezes, Fagundes e Jackson.; Vagno Pereira, Ismael, Mazinho e Kelson; Toninho e Valdanes.

sem comentário »

Sem mistério no JV

0comentário

O time do JV Lideral está na boca do torcedor, embora a escalação oficial  ainda não tenha sido divulgada pelo técnico Sandow Feques. Sem a dupla de zaga titular, Fagundes e Daniel Meneses que foram expulsos na última segunda-feira e Pelezinho que continua no departamento médico, o JV já está definido para a partida decisiva contra o Sampaio.

O time de Imperatriz venceu a primeir partida por 2 a 1 e pode até perder o jogo de volta por um gol de diferença que mesmo assim conquistará o título do 1º turno da Copa União.

O time do JV para a decisão será: Vicente; Roniére, Joel, Jackson e Jefferson; Ismael, Vagno Pereira, Kelson e Mazinho; Valdanes e Toninho.

sem comentário »

Provocação?

5comentários

goljv13410grande

Dançar faz muito bem. E pelo jeito, os adversários do Sampaio adoram comemorar os gols contra o Sampaio dançando. Desta vez, quem dançou foi o atacante Toninho, autor do primeiro gol do JV na vitória sobre o Tricolor por 2 a 1.

Em conversa com o Portal Imirante Esporte após a partida Toninho revelou o significado de sua “dancinha”, que foi feita também por Valdanes, seu companheiro de ataque e de coreografias.

– A comemoração não foi provocação ao Sampaio não. Foi para um amigo meu que é radialista lá de Imperatriz: o Ferraz, da Mirante. Na semana passada, eu havia prometido pra ele que se eu marcasse um gol iria comemorar dançando pagode, porque ele gosta. Foi apenas um pagode que eu dancei – explicou.

O Portal Imirante Esporte perguntou ainda para o atacante do JV Lideral se o “tubarão”, que é o mascote do Sampaio, ainda metia medo em alguém. E a resposta do goleador não poderia ter sido mais engraçada e provocativa.

– Estamos com a vantagem. Não vamos relaxar não. Eu creio que a gente vai se esforçar ainda mais lá em Imperatriz. Vamos procurar pescar o tubarão na quinta-feira – finalizou.

Por Paulo de Tarso Jr.

5 comentários »

Moto 2 x 4 JV Lideral

5comentários

Em meio a confusões extracampo, envolvendo o técnico Beato Lopes e a diretoria do Moto, o Papão entrou em campo neste domingo para enfrentar o JV Lideral pela Copa União. Sem Beato Lopes na lateral do campo, o Moto foi comandado por Neto Martins e parecia que o time rubro-negro não iria sentir tanto assim a ausência de Lopes.

O Papão bem que tentou desbancar o invicto JV Lideral, mas o time de Imperatriz mostrou reação e conseguiu vencer os donos da casa. Assim como havia acontecido em Bacabal, quando o Moto perdeu de virada para o BEC, o time rubro-negro novamente abriu 2 a 0 contra o JV somente no primeiro tempo, mas não conseguiu segurar o resultado favorável nos 45 minutos finais. E, como castigo, o Trator do Camaçari mostrou toda sua força de reação e venceu o Moto por 4 a 2.

Ao Trator do Camaçari, ficou o sentimento da reação e da superação. Após um primeiro tempo muito ruim, os comandados de Sandow Feques aproveitaram a expulsão de Márcio Oliveira no início do segundo tempo, para crescer no jogo e sair do Estádio Nhozinho Santos com três pontos.

Com o resultado espetacular fora de casa, o JV Lideral chegou à liderança da Copa União com 15 pontos e já se garante nas semifinais do primeiro turno. O Trator do Camaçari ainda não sabe o que é perder: em cinco jogos, cinco vitórias.

Já o Papão, estacionou nos 10 pontos e não é mais o terceiro na Copa União. E o pior para o Moto é que, após dois tropeços seguidos, a classificação rubro-negra para as semifinais fica bastante complicada.

Jheyms comanda o Papão

O Moto Club entrou em campo precisando vencer para chegar à liderança da Copa União. E com este espírito, o Papão iniciou a partida mesmo não contando com o técnico Beato Lopes no banco de reservas.

Logo aos 8 minutos de bola rolando, o atacante Jheyms mostrou que o Moto queria gols para esquecer da derrota de virada para o Bacabal na última quinta-feira. Tanto, que o atacante invadiu a grande área e foi derrubado por Fagundes, que recebeu cartão amarelo no lance.

O próprio Jheyms se encarregou em cobrar a penalidade. Com categoria, o atacante fez 1 a 0 para o Moto. Foi o quarto gol de Jheyms em quatro partidas pelo Papão.

O gol fez o Moto acreditar que poderia ampliar a vantagem. Delacy teve a primeira chance, mas desperdiçou. Enquanto isso, o JV não se acertava dentro de campo.

Melhor em campo, o Moto era mais ofensivo e não sofria tanto com os ataques do Trator do Camaçari. Mas a superioridade motense só foi comprovada aos 37 minutos. Arcinho entrou na grande área e, na saída do goleiro Vicente, fez o segundo gol: Moto 2 a 0.

Um minuto após o gol de Arcinho, por muito pouco o Moto não amplia o marcador. Jheyms mandou a bola no travessão para alívio do JV Lideral, que torcia pelo fim do primeiro tempo. Fim da etapa inicial: Moto 2 x 0 JV Lideral.

Na saída para o intervalo, Neto Martins mostrou toda sua satisfação com o futebol apresentado pelo Moto, que saiu de campo aplaudido pela torcida.

– Houve pouquíssimas falhas. A gente tem que corrigir alguns posicionamentos. Mas o time tá bem – disse.

Expulsão e gol-relâmpago

A atuação das duas equipes nos 45 minutos iniciais indicava que o Moto venceria com certa facilidade o JV Lideral. Mas a facilidade motense foi substituída pela esperança do JV. Isso porque, aos 2 minutos, Márcio Oliveira fez pênalti em Ronieri e ainda foi expulso.

Na cobrança, Toninho não desperdiçou a oportunidade para diminuir a vantagem do Moto. Com perfeição, o atacante fez o primeiro gol do JV: 2 a 1 para o Moto.

Com um a mais em campo, o time do JV, que estava apático no primeiro tempo, resolveu se aventurar ao ataque e começou a criar algumas chances para empatar.

Aos 11 minutos, Pelezinho roubou a bola e levantou para a grande área. Bem que a bola procurou Toninho, mas o atacante cabeceou para fora. Era o início do domínio do JV.

JV atropela em 21 minutos

Uma expulsão que mudou toda a história da partida. Assim pode ser classificada o jogo após a expulsão de Márcio Oliveira. O JV tratou logo de buscar o empate e a virada com um jogador a mais em campo.

Aos 14 minutos, o JV nem precisou se esforçar para empatar o jogo. Tudo porque, após levantamento de Moisés para a grande área, o zagueiro Everton cabeceou contra o próprio gol: 2 a 2.

O JV queria mais. E muito mais, diga-se de passagem. Aos 21 minutos, Valdanes aproveitou troca de passes envolvente do ataque do JV para, com muita categoria, virar a partida e mostrar ao Moto como se faz para liquidar uma partida. Moto 2 x 3 JV.

Uma reprise com requintes de crueldade

A vitória de virada do JV sobre o Moto parecia uma reprise para o Papão, que na última rodada foi derrotado da mesma forma pelo Bacabal, no Estádio Correão. No entanto, o JV parece não gostar de reprise e quis fazer mais um gol para piorar a vida do Moto.

Aos 36 minutos, Toninho aproveitou falha do setor defensivo motense para que a reprise da virada tivesse requintes de crueldade: Fim de jogo no Nhozinho Santos: Moto 2 x 4 JV Lideral.

Paulo de Tarso Jr.

5 comentários »

JV Lideral 4 x 2 Iape

6comentários

jvlideralO jogo valia a primeira colocação da Copa União e o JV Lideral não tomou conhecimento e desbancou o líder da competição. Com a vitória por 4 a 2, contra o Iape, no Estádio Manoel Panelada em Porto Franco, o JV Lideral mantém 100% de aproveitamento.

O JV Lideral lidera com 12 pontos ganhos. O Iape é o 2º colocado ao lado do Moto com 10 pontos, mas leva a melhor no número de gols marcados.

Os gols do JV Lideral foram marcados por Toninho (3) e Valdanes. Pedro Júnior e Vanvan descontaram para o Iape.

O próximo adversário do JV Lideral será o Moto, no domingo, às 16h30, no Estádio Nhozinho Santos. O Iape recebe o Santa Quitéria, às 20h30, no Nhozinho Santos.

6 comentários »

Maranhão 2 x 3 JV Lideral

2comentários

Uma história que se repete na Copa União. O Maranhão sai na frente, mas acaba derrotado no final, desta vez para o JV Lideral, por 3 a 2, no Estádio Nhozinho Santos em São Luís.

Com o resultado, o JV LIderal permanece na 2ª colocação com 9 pontos ganhos e mantém 100% de aproveitamento. O Maranhão é o 8º colocado com 2 pontos ganhos.

O MAC fez 1 a 0 com Edgar cobrando pênalti. Ainda no 1º tempo Valdanes empatou e em seguida Mazinho colocou o JV na frente. O terceiro gol do JV foi marcado por Toninho, aos 26 minutos do 2º tempo.

O próximo jogo do Maranhão será no domingo, contra o Nacional, no Estádio Lourão em Vitória do Mearim. O JV pega o Iape, às 17h, no Estádio manoel Panelada, em Porto Franco.

2 comentários »

Santa Quitéria 1 x 3 JV Lideral

0comentário

O JV Lideral venceu a segunda partida consecutiva na Copa União e segue com 100% de aproveitamento. A vítima foi o Santa Quitéria, em pleno Estádio Rodrigão. O JV fez 3 a 1 e assumiu a 2ª colocação com 6 pontos ganhos.

Os gols do time imperatrizense foram marcados por Valdanes (2) e Toninho.

O próximo adversário do JV Lideral será o Maranhão, na quinta-feira (4), às 20h30, no Estádio Nhozinho Santos. O Santa Quitéria vai receber em casa o Bacabal, às 15h45, no Estádio Rodrigão.

sem comentário »

JV Lideral

2comentários

O JV Lideral venceu o Araguaína-TO por 2 a 1, no último sábado, no último amistoso antes da estreia na Copa do Brasil contra a Ponte Preta-SP. O jogo foi realizado no Estádio Manoel Panelada, em Porto Franco, local da partida contra a Ponte na próxima quarta-feira (10). Os gols do JV foram marcados pela dupla Valdanes e Toninho.

2 comentários »

JV Lideral

0comentário

Aconteceu na noite desta sexta-feira, 18, na Churrascaria Boi na Brasa, a confraternização da Crônica Esportiva de Imperatriz. O evento foi organizado pela Sub-delegacia da ACLEM (Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Maranhão), na região tocantina e, que tem como sub-delegado, o jornalista Willian Marinho.

Na oportunidade o presidente Walter Lira, que já tinha sido eleito pela imprensa esportiva da capital do estado como o melhor dirigente da temporada de 2009, pela conquista inédita do campeonato maranhense recebeu também o titulo de dirigente esportivo da região Sul do Maranhão, pelo relevante apoio ao esporte de Imperatriz.

O atacante Toninho, também foi homenageado. O jogador recebeu o título de atleta do ano.

As placas com os nomes do presidente do clube e do atacante foram recebidas pelo diretor de Marketing Fábio Melo, que esteve representando o presidente que por motivo de ordem particular não pode está presente ao evento.

Para o presidente, Walter Lira, tudo isso, é fruto de um trabalho planejado e bem elaborado por uma equipe de profissionais que se dedicou ao máximo e de forma incondicional e, que o resultado não poderia ser outro.

Ainda segundo o presidente, esse reconhecimento por parte de toda a imprensa e dos parceiros que acreditaram no projeto JV, é mais uma prova de que tudo que foi feito valeu apena e de que esse mesmo trabalho, apenas com algumas mudanças tem que continuar no próximo ano.

Em 2010, o JV Lideral Futebol Clube irá disputar quatro competições importantes: no primeiro semestre, Copa União, e Copa do Brasil em fevereiro e no segundo semestre, Campeonato Brasileiro da série D e Campeonato Maranhense.

Willian Ferraz para o BLOG.

sem comentário »

JV Lideral

0comentário

jvlideral161209

Ainda como parte da primeira etapa da pré-temporada o JV Lideral realiza na tarde desta quarta-feira, 16, na cidade de São João do Paraíso, mais um amistoso, antes do recesso. O time que enfrentará a seleção paraisense sofrerá duas alterações com relação ao último amistoso quando na oportunidade empatou por 1 a 1, com Açailandia.

Na lateral direita, Bruno Limão entra em lugar de Roniery que foi punido por chegar atrasado à reapresentação, aliás, essa não é a primeira vez que o jogador não aparece no dia marcado e, no ataque o garoto Wallison substitui Toninho machucado.

Embora o ataque tricolor esteja formado por dois garotos, o técnico Sandow está colocando em campo a base que disputou a Taça Cidade de São Luis, ou seja, praticamente está repetindo a ultima escalação, com o objetivo de vencer o amistoso.

A ultima partida amistosa do JV, acontece nesta quinta-feira, 17, no CT Walter Lira, contra a equipe Sub-18, do Marília um dos representantes do Maranhão na Copa São Paulo de Juniores do próximo. De acordo coma diretoria após o amistoso todos os jogadores serão liberados para as festas de fim de ano, com reapresentação marcada para o dia 04/01/2010, quando será iniciada a segunda etapa da pré-temporada.

Provável time: Vicente; Bruno Limão, Joel, Jackson e Jeferson; Vagno Pereira, Ismael, Mazinho e Pelezinho; Wallison e Renato.

Willian Ferraz para o BLOG

sem comentário »