Edilázio diz que Flávio Dino traiu Waldir Maranhão

0comentário

 O deputado estadual Edilázio Júnior (PSD) se solidarizou na sessão desta segunda-feira (16)  ao deputado federal Waldir Maranhão – que rompeu politicamente com o governador Flávio Dino (PCdoB).

O rompimento se deu por causa da quebra de acordo por parte de Dino, que vetou a pré-candidatura de Waldir ao Senado da República.

“Ainda que tardiamente, mas quero daqui da tribuna me solidarizar ao deputado federal Waldir Maranhão, que assim como no caso de José Reinaldo Tavares, foi vítima da falta de palavra do governador. Todos aqui já sabemos: o que o governador fala nós não podemos escrever”, disse.

Edilázio lembrou que durante o processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff – ocasião em que Waldir Maranhão presidia a Câmara Federal e era responsável pela condução do ato -, Flávio Dino aproximou-se do deputado federal para beneficiar-se politicamente.

“Além de usar dinheiro público para viajar de jatinho para Brasília, como fez agora indo a Curitiba, foi Flávio Dino que levou em mãos todo o processo para que Waldir Maranhão suspendesse o processo de impeachment. Depois disso, Waldir acabou virando chacota nacional. O Maranhão tornou-se conhecido mais ainda por conta dessa patacoada que ele fez no Congresso a pedido de Flávio Dino”, completou.

Edilázio também alertou os aliados de Dino, quanto à possibilidade de frustração, diante o projeto político do chefe do Executivo.

“Eu venho externar aqui só para falar para os colegas que a palavra do governador não vale muita coisa. Aqueles que mudaram de partido por promessa do governador, aqueles que estão esperando benesses que fiquem de orelha em pé, pois o que ele fala não se escreve”, finalizou.

Foto:JR Lisboa/Agência AL

sem comentário »

Traição

0comentário

Os casos de traição estão se tornando constantes no futebol inglês. Desta vez a polêmica aconteceu entre Andy Carroll e Steven Taylor, companheiros de equipe no tradicional Newcastle-ING, atualmente na divisão de acesso à Premier League, elite do futebol da terra da rainha.

Carroll, atacante e artilheiro do time com 15 gols marcados, descobriu que o zagueirão Taylor trocava mensagens de celular com sua ex-namorada e partiu para as vias de fato contra o colega de time durante uma sessão de treinos no início desta semana.

No embate, Taylor levou a pior e teve o maxilar quebrado, tendo de ser levado para o hospital. O defensor vinha em fase final de recuperação em uma lesão do joelho, mas agora terá que passar por cirurgia para reconstruir o maxilar e deve ficar de fora do restante dos jogos da temporada. Já Carroll está descartado para o confronto.

Não é a primeira vez que o atacante do Newcastle se envolve em confusões. O jogador, que já defendeu as seleções de base da Inglaterra, terá que responder processo por agressão que ocorreu em uma casa noturna no mês passado.

Apesar de ter levado a melhor na briga, Carroll também teve que passar por cirurgia, já que quebrou alguns dedos durante a agressão. O atacante de 20 anos também já foi acusado de ter abusado sexualmente de uma garota em Newcastle, há quase dois anos atrás.

Já vi essa história antes…

No mês passado, outro caso do mesmo tipo agitou os tablóides ingleses e o noticiário internacional. Vanessa Perroncel, modelo de lingerie e ex-mulher de Wayne Bridge, lateral do Manchester City-ING, teria saído com John Terry, zagueiro do Chelsea-ING, enquanto os dois jogadores ainda atuavam pela mesma equipe.

Companheiros de Chelsea, os dois jogadores eram grandes amigos, até surgir a notícia de que Terry traía Bridge na surdina. Veículos de imprensa na Inglaterra chegaram a publicar que Terry teria pago à modelo para que ela fizesse aborto, após descobrir estar grávida do jogador. O assunto deu pano pra manga, e o zagueiro perdeu a braçadeira de capitão na seleção da Inglaterra, além de quase ter perdido a esposa.

Na última vez que se encontraram em campo, no confronto entre Chelsea e Manchester City, os jogadores não se cumprimentaram, devido à recusa de Bridge em apertar a mão do agora ex-amigo. O City venceu a partida por 4 a 2. 

Agência Futebol Interior

sem comentário »