Edilázio defende reconhecimento da Unesco

0comentário

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) participou, no último fim de semana, de uma reunião no município de Santo Amaro, ao lado do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), em que houve a assinatura de uma portaria do projeto Amigos do Parque, do Governo Federal, que trata do ingresso de veículos particulares dos moradores de Santo Amaro, Primeira Cruz e Barreirinhas no Parque Nacional Lençóis Maranhenses.

A portaria também trata de trabalhos voluntários junto ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Na ocasião, Edilázio defendeu a proposta do ministro Sarney Filho, que por meio da Secretaria de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente iniciou os estudos para que o Brasil pleiteie o reconhecimento do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses como Patrimônio Mundial Natural pela Unesco.

A candidatura será apresentada à Unesco em Paris. Na ocasião, Edilázio falou da importância do Parque dos Lençóis, de investimento em preservação ambiental e no incentivo à economia local. Ele também reafirmou compromisso com o município de Santo Amaro e região.

“Acredito que esse é um passo importante e decisivo para a transformação e o desenvolvimento de toda a região. Esse reconhecimento eleva e dá notoriedade mundial à região, assim como São Luís passou a ter na época que recebeu o título, no governo Roseana. E agora o ministro trabalha também nesse sentido junto à Unesco. Vale ressaltar que ele já tratou do tema quando esteve em Paris”, destacou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edivaldo celebra 20 anos do título da Unesco

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) destacou nas redes sociais, o aniversário de 20 anos do título de Patrimônio da Humanidade concedido pela Unesco a São Luís.

A data é comemorada nesta quarta-feira (6).

“Há 20 anos São Luís recebia da Unesco o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. E não há como não reconhecer o valor e a beleza de nossa cidade que é dona do maior conjunto arquitetônico de influência portuguesa das Américas”, disse.

“Temos orgulho de fazer parte dessa história e contribuir para que as futuras gerações também desfrutem de uma cidade histórica viva. Parabéns, São Luís!”, finalizou.

Na televisão e nas redes sociais, a Prefeitura de São Luís divulgou um vídeo no qual celebra os 20 anos dessa grande conquista.

Foto: Divulgação

sem comentário »

São Luís mantém título da Unesco

3comentários

Prefeitura nega informação de que São Luís tenha perdido o título de Patrimônio Histórico

A Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph) informou que é falsa a informação de que a cidade de São Luís teria perdido o título de Patrimônio Histórico da Humanidade concedido pela Unesco.

A Fundação esclarece que tais decisões seguem um protocolo característico e que nenhuma determinação neste sentido foi comunicada nem à Prefeitura de São Luís nem ao Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional (Iphan), órgão responsável pela proteção do patrimônio no Brasil.

A Fumph reforça que a capital maranhense mantém o título e que vem sendo desenvolvidas diversas iniciativas para garantir a preservação do patrimônio, inclusive com reunião realizada esta semana com a presidente do Iphan, Kátia, Bogéa, para tratar de obras de melhorias na área tombada.

Foto: Zeca Soares

3 comentários »

Prefeitura firma parceria pela paz nas escolas

6comentários

edivaldoholandajuniorQuase 100 mil estudantes da rede municipal de ensino serão beneficiados com a implantação do projeto “Paz, como se faz? Semeando cultura de Paz nas escolas”. O primeiro passo para a concretização da proposta foi dado nesta terça-feira (15) através de parceria formalizada entre a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Educação (Semed), com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O convênio foi celebrado por meio de videoconferência realizada com a representante da Unesco, Alessandra Terra, na manhã desta terça-feira (15). Através da parceria será possível combater questões relacionadas à vulnerabilidade social e à violência nas escolas. A medida se insere nas ações encorajadas pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, encarando a educação como instrumento de transformação e de inclusão social.

A parceria prevê a visita de dois representantes da equipe técnica da Semed ao escritório da Unesco em Brasília e a montagem de um cronograma de formação para gestores, coordenadores pedagógicos e a equipe técnica da secretaria. A primeira formação deve abranger cerca de 100 profissionais. A longo prazo, o objetivo é englobar todo o corpo docente, distribuído em mais de 250 instituições de ensino.

O programa complementará as ações do Projeto de Mobilização Social do Ministério da Educação, ao qual a Semed aderiu como medida de intervenção social educativa, envolvendo lideranças sociais e famílias. Com a implantação do novo programa, também será potencializado o alcance de iniciativas já em curso na rede municipal de ensino, como o Mais Educação, Atleta na Escola e Escola Aberta.

6 comentários »

Preservação do Patrimônio

0comentário

joaoabreuO secretário chefe da Casa Civil, João Abreu, representando a governadora Roseana Sarney, recebeu o diretor da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil, Lucien André Muñoz, na tarde desta segunda-feira (2), no Palácio dos Leões. Acompanharam o encontro, a secretária da Cultura, Olga Simão, e a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa.

João Abreu declarou que o objetivo da vinda da comitiva da Unesco ao Maranhão é fazer uma avaliação da situação do patrimônio histórico tombado em São Luís. Na ocasião, o secretário entregou um exemplar da publicação “Inventário do Patrimônio Azulejar do Maranhão” a Lucien André Muñoz.

“Essa visita é importante, pois discutimos sobre as dificuldades que enfrentamos e também apresentamos as providências que o governo está tomando para manter o patrimônio em excelente estado de conservação. Além disso, nós traçamos algumas estratégias e planos, entre eles a parceria com a União no PAC Cidades Históricase outras obras que são financiadas pelo Governo do Estado”, ressaltou.

O representante da Unesco detalhou o trabalho a ser realizado. “Viemos conhecer a situação da cidade, o Centro Histórico, o estado dos prédios e também tomar conhecimento do tipo de investimento que vai ser feito através do PAC, quais os edifícios que vão ser restaurados e para onde serão direcionados os esforços e, assim, fazer um parâmetro para depois voltar e fazer o acompanhamento”, contou Lucien André Muñoz.

Nesta terça (3), a comitiva da Unesco vai conhecer as potencialidades do Centro Histórico, os imóveis e áreas urbanas que sofrerão requalificação urbanística.

Foto: Antônio Martins

sem comentário »