Novidades no Moto

9comentários
Meia Toni Galego, ex-Juazeirense foi uma das novidades na apresentação do Moto na apresentação desta terça-feira

Meia Toni Galego, ex-Juazeirense foi uma das novidades na apresentação do Moto Club

O Moto iniciou a apresentação dos jogadores para a pré-temporada nesta terça-feira (3), no primeiro treinamento com bola no CT do Paranã.

Muitos torcedores foram ver de perto as novidades do Papão para a temporada. Dos nomes já anunciados, a novidade foi o zagueiro Guilherme que foi indicado pelo técnico Ruy Scarpino.

O Moto estreia no Campeonato Maranhense no dia 21, contra o Cordino, em Barra do Corda. No dia 26, o Moto estréia na Copa do Nordeste contra o Altos-PI, no Castelão.

Elenco do Moto:

Goleiros: Juan, Rafael Barrios e Matheus
Lateral direito: Toty e Diego Renan
Zagueiros: Ozéia, Fernando Fonseca, Wanderson e Guilherme e Nalberth
Lateral esquerdo: Chico Bala
Volantes: Esdra, Felipe Dias, Curuca, Diego Teles, Orleanse Uarlei
Meias: Eloir, Élton, Toni Galego, Paulo Vitor, Igor e Baggio
Atacantes: Eduardo, Valdanes, Júnior Juazeiro, André e Breno

Foto: Flora Dolores/ O Estado

9 comentários »

Moto anuncia atacante Valdanes

5comentários
Atacante maranhense Valdanes foi confirmado pelo Moto para a próxima temporada

Atacante maranhense Valdanes foi confirmado pelo Moto para a próxima temporada

O atacante Valdanes, de 30 anos é o novo reforço do Moto para a temporada 2017.

A contratação do atacante maranhense de Governador Luiz Rocha foi confirmada neste domingo pelo presidente Célio Sérgio.

Valdanes começou a carreira no Imperatriz. Foi campeão maranhense pelo JV Lideral. Já atuou no Duque de Caxias-RJ, Chapecoense-SC, Anapolina-GO, ASA-AL, Cuiabá, MT e seu último clube foi o Águia de Marabá-PA.

Com a experiência que tem por ter dispitado as Séries C, D e B, Valdanes será um jogador bastante importante ao Moto na temporada.

Além de Valdanes, o Moto já contratou os atacantes Eduardo (Atlético-AC) e Júnior Juazeiro (Mogi Mirim-SP).

Foto: Facebook

5 comentários »

Valdanes na Chapecoense

1comentário

O atacante Valdanes um dos artilheiros do JV Lideral na temporada de 2009, com 11 gols, e peça importante na conquista inédita de campeão maranhense, pelo tricolor e artilheiro da Copa União com 13 gols em 2010 e, atualmente jogando pelo Imperatriz está se transferindo para o futebol catarinense.

De acordo com o seu procurador Fabio Melo, o time que o atacante vai defender é a Chapecoense de Santa Catarina que disputa o Campeonato Brasileiro Série C.

No ano passado, Valdanes disputou a competição pelo Duque de Caxias-RJ, mas não conseguiu se firmar no time da Baixada Fluminense.

Boa sorte garoto, porque futebol você tem muito!!!

1 comentário »

Enfim, Valdanes vai estrear no Imperatriz

0comentário

valdanesO inicio do campeonato para o Imperatriz não está sendo como foi planejado pelo treinador. Para Hugo Sales, o time poderia estar numa posição bem melhor na tabela de classificação, isso, se levando em consideração os jogos contra o Nacional e Iape.

Na análise de Hugo Sales, na partida contra o time de Santa Inês, o Cavalo de aço criou inúmeras oportunidades, mas, não foram aproveitadas e, acabou empatando quando poderia ter vencido.

Já no último jogo diante do Canário da Ilha aconteceu o mesmo, só que com uma diferença, a equipe saiu na frente do placar com chances de ampliar, mas, a ansiedade atrapalhou, e no finalzinho da partida foi castigado pelos erros cometidos e perdeu mais dois pontos importantes.

Antes do coletivo apronto desta tarde que durou 45 minutos, o técnico reuniu seus jogadores no centro do campo e pediu mais tranqüilidade e atenção.

“Em campeonato de pontos corridos todo ponto é importante e não podemos nos dar o luxo de desperdiçar tantas oportunidades. Temos jogadores de qualidade no nosso plantel, a perder pontos assim, com certeza fará falta futuramente” observou Sales.

Com relação à formação da equipe que sairá jogando contra o Bacabal, apenas duas mudanças: no meio campo novamente Téo é sacado e ficará como opção. Rubens retorna para a sua posição.

A grande novidade no Cavalo de Aço é a estreia de Valdanes ao lado de Lindoval no ataque cavalino. Enfim, a diretoria consiguiu regularizar o atleta que era do JV Lideral.

Já o zagueiro Paulão, a regularização do jogador está mais complicada é que o time no qual estava jogando parece não querer liberar o atleta.

Time: Dida; Gustavo, Nilson Paraíba, Douglas e Almir; Elias Pitbul, Cristiano, Rubens e Leandro Mineiro, Valdanes e Lindoval.
Local – Frei Epifanio
Horário – 20:30h
Dia – 15/09/2021

Por Willame Ferraz

sem comentário »

JV Lideral

0comentário

Bem, no JV Lideral é hora de deixar as comemorações de lado e cair na realidade. Chega de festa, afinal, o JV ganhou apenas o turno.

Após a derrota na estreia para o Viana com o time reservas, o campeão do 1º turno volta a campo hoje, para o duelo contra o Moto, às 20h30, no Frei Epifânio e desta vez com os titulares. A meta do JV Lideral é ganhar logo o 2º turno e garantir o título da Copa União.

O time para o jogo de hoje à noite será: Vicente, Roniére, Daniel Menezes, Fagundes e Jackson.; Vagno Pereira, Ismael, Mazinho e Kelson; Toninho e Valdanes.

sem comentário »

Sem mistério no JV

0comentário

O time do JV Lideral está na boca do torcedor, embora a escalação oficial  ainda não tenha sido divulgada pelo técnico Sandow Feques. Sem a dupla de zaga titular, Fagundes e Daniel Meneses que foram expulsos na última segunda-feira e Pelezinho que continua no departamento médico, o JV já está definido para a partida decisiva contra o Sampaio.

O time de Imperatriz venceu a primeir partida por 2 a 1 e pode até perder o jogo de volta por um gol de diferença que mesmo assim conquistará o título do 1º turno da Copa União.

O time do JV para a decisão será: Vicente; Roniére, Joel, Jackson e Jefferson; Ismael, Vagno Pereira, Kelson e Mazinho; Valdanes e Toninho.

sem comentário »

Provocação?

5comentários

goljv13410grande

Dançar faz muito bem. E pelo jeito, os adversários do Sampaio adoram comemorar os gols contra o Sampaio dançando. Desta vez, quem dançou foi o atacante Toninho, autor do primeiro gol do JV na vitória sobre o Tricolor por 2 a 1.

Em conversa com o Portal Imirante Esporte após a partida Toninho revelou o significado de sua “dancinha”, que foi feita também por Valdanes, seu companheiro de ataque e de coreografias.

– A comemoração não foi provocação ao Sampaio não. Foi para um amigo meu que é radialista lá de Imperatriz: o Ferraz, da Mirante. Na semana passada, eu havia prometido pra ele que se eu marcasse um gol iria comemorar dançando pagode, porque ele gosta. Foi apenas um pagode que eu dancei – explicou.

O Portal Imirante Esporte perguntou ainda para o atacante do JV Lideral se o “tubarão”, que é o mascote do Sampaio, ainda metia medo em alguém. E a resposta do goleador não poderia ter sido mais engraçada e provocativa.

– Estamos com a vantagem. Não vamos relaxar não. Eu creio que a gente vai se esforçar ainda mais lá em Imperatriz. Vamos procurar pescar o tubarão na quinta-feira – finalizou.

Por Paulo de Tarso Jr.

5 comentários »

Moto 2 x 4 JV Lideral

5comentários

Em meio a confusões extracampo, envolvendo o técnico Beato Lopes e a diretoria do Moto, o Papão entrou em campo neste domingo para enfrentar o JV Lideral pela Copa União. Sem Beato Lopes na lateral do campo, o Moto foi comandado por Neto Martins e parecia que o time rubro-negro não iria sentir tanto assim a ausência de Lopes.

O Papão bem que tentou desbancar o invicto JV Lideral, mas o time de Imperatriz mostrou reação e conseguiu vencer os donos da casa. Assim como havia acontecido em Bacabal, quando o Moto perdeu de virada para o BEC, o time rubro-negro novamente abriu 2 a 0 contra o JV somente no primeiro tempo, mas não conseguiu segurar o resultado favorável nos 45 minutos finais. E, como castigo, o Trator do Camaçari mostrou toda sua força de reação e venceu o Moto por 4 a 2.

Ao Trator do Camaçari, ficou o sentimento da reação e da superação. Após um primeiro tempo muito ruim, os comandados de Sandow Feques aproveitaram a expulsão de Márcio Oliveira no início do segundo tempo, para crescer no jogo e sair do Estádio Nhozinho Santos com três pontos.

Com o resultado espetacular fora de casa, o JV Lideral chegou à liderança da Copa União com 15 pontos e já se garante nas semifinais do primeiro turno. O Trator do Camaçari ainda não sabe o que é perder: em cinco jogos, cinco vitórias.

Já o Papão, estacionou nos 10 pontos e não é mais o terceiro na Copa União. E o pior para o Moto é que, após dois tropeços seguidos, a classificação rubro-negra para as semifinais fica bastante complicada.

Jheyms comanda o Papão

O Moto Club entrou em campo precisando vencer para chegar à liderança da Copa União. E com este espírito, o Papão iniciou a partida mesmo não contando com o técnico Beato Lopes no banco de reservas.

Logo aos 8 minutos de bola rolando, o atacante Jheyms mostrou que o Moto queria gols para esquecer da derrota de virada para o Bacabal na última quinta-feira. Tanto, que o atacante invadiu a grande área e foi derrubado por Fagundes, que recebeu cartão amarelo no lance.

O próprio Jheyms se encarregou em cobrar a penalidade. Com categoria, o atacante fez 1 a 0 para o Moto. Foi o quarto gol de Jheyms em quatro partidas pelo Papão.

O gol fez o Moto acreditar que poderia ampliar a vantagem. Delacy teve a primeira chance, mas desperdiçou. Enquanto isso, o JV não se acertava dentro de campo.

Melhor em campo, o Moto era mais ofensivo e não sofria tanto com os ataques do Trator do Camaçari. Mas a superioridade motense só foi comprovada aos 37 minutos. Arcinho entrou na grande área e, na saída do goleiro Vicente, fez o segundo gol: Moto 2 a 0.

Um minuto após o gol de Arcinho, por muito pouco o Moto não amplia o marcador. Jheyms mandou a bola no travessão para alívio do JV Lideral, que torcia pelo fim do primeiro tempo. Fim da etapa inicial: Moto 2 x 0 JV Lideral.

Na saída para o intervalo, Neto Martins mostrou toda sua satisfação com o futebol apresentado pelo Moto, que saiu de campo aplaudido pela torcida.

– Houve pouquíssimas falhas. A gente tem que corrigir alguns posicionamentos. Mas o time tá bem – disse.

Expulsão e gol-relâmpago

A atuação das duas equipes nos 45 minutos iniciais indicava que o Moto venceria com certa facilidade o JV Lideral. Mas a facilidade motense foi substituída pela esperança do JV. Isso porque, aos 2 minutos, Márcio Oliveira fez pênalti em Ronieri e ainda foi expulso.

Na cobrança, Toninho não desperdiçou a oportunidade para diminuir a vantagem do Moto. Com perfeição, o atacante fez o primeiro gol do JV: 2 a 1 para o Moto.

Com um a mais em campo, o time do JV, que estava apático no primeiro tempo, resolveu se aventurar ao ataque e começou a criar algumas chances para empatar.

Aos 11 minutos, Pelezinho roubou a bola e levantou para a grande área. Bem que a bola procurou Toninho, mas o atacante cabeceou para fora. Era o início do domínio do JV.

JV atropela em 21 minutos

Uma expulsão que mudou toda a história da partida. Assim pode ser classificada o jogo após a expulsão de Márcio Oliveira. O JV tratou logo de buscar o empate e a virada com um jogador a mais em campo.

Aos 14 minutos, o JV nem precisou se esforçar para empatar o jogo. Tudo porque, após levantamento de Moisés para a grande área, o zagueiro Everton cabeceou contra o próprio gol: 2 a 2.

O JV queria mais. E muito mais, diga-se de passagem. Aos 21 minutos, Valdanes aproveitou troca de passes envolvente do ataque do JV para, com muita categoria, virar a partida e mostrar ao Moto como se faz para liquidar uma partida. Moto 2 x 3 JV.

Uma reprise com requintes de crueldade

A vitória de virada do JV sobre o Moto parecia uma reprise para o Papão, que na última rodada foi derrotado da mesma forma pelo Bacabal, no Estádio Correão. No entanto, o JV parece não gostar de reprise e quis fazer mais um gol para piorar a vida do Moto.

Aos 36 minutos, Toninho aproveitou falha do setor defensivo motense para que a reprise da virada tivesse requintes de crueldade: Fim de jogo no Nhozinho Santos: Moto 2 x 4 JV Lideral.

Paulo de Tarso Jr.

5 comentários »

JV Lideral 4 x 2 Iape

6comentários

jvlideralO jogo valia a primeira colocação da Copa União e o JV Lideral não tomou conhecimento e desbancou o líder da competição. Com a vitória por 4 a 2, contra o Iape, no Estádio Manoel Panelada em Porto Franco, o JV Lideral mantém 100% de aproveitamento.

O JV Lideral lidera com 12 pontos ganhos. O Iape é o 2º colocado ao lado do Moto com 10 pontos, mas leva a melhor no número de gols marcados.

Os gols do JV Lideral foram marcados por Toninho (3) e Valdanes. Pedro Júnior e Vanvan descontaram para o Iape.

O próximo adversário do JV Lideral será o Moto, no domingo, às 16h30, no Estádio Nhozinho Santos. O Iape recebe o Santa Quitéria, às 20h30, no Nhozinho Santos.

6 comentários »

Maranhão 2 x 3 JV Lideral

2comentários

Uma história que se repete na Copa União. O Maranhão sai na frente, mas acaba derrotado no final, desta vez para o JV Lideral, por 3 a 2, no Estádio Nhozinho Santos em São Luís.

Com o resultado, o JV LIderal permanece na 2ª colocação com 9 pontos ganhos e mantém 100% de aproveitamento. O Maranhão é o 8º colocado com 2 pontos ganhos.

O MAC fez 1 a 0 com Edgar cobrando pênalti. Ainda no 1º tempo Valdanes empatou e em seguida Mazinho colocou o JV na frente. O terceiro gol do JV foi marcado por Toninho, aos 26 minutos do 2º tempo.

O próximo jogo do Maranhão será no domingo, contra o Nacional, no Estádio Lourão em Vitória do Mearim. O JV pega o Iape, às 17h, no Estádio manoel Panelada, em Porto Franco.

2 comentários »