55% da população brasileira nunca ouviu falar na Declaração Universal dos Direitos Humanos…

0comentário

Fonte: http://jus.com.br/revista/texto/22925

Publicado em 10/2012

|

Em um país acostumado com governos majoritariamente totalitários ou populistas durante a maior parte da sua história, a Democracia ainda é um regime muito recente e seus valores são pouco difundidos para a sociedade brasileira.

Durante a Pesquisa Nacional, por amostragem domiciliar, sobre atitudes, normas culturais e valores em relação à violação dos direitos humanos e violência – 2010, realizada em onze capitais brasileiras, 55% dos habitantes afirmaram nunca terem ouvido falar na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Os maiores percentuais de desconhecimento dizem respeito a jovens – compreendidos aqueles que têm até 19 anos (66,5%) e os que têm de 20 a 29 anos (59,8%) – e aos maiores de 60 anos (56,4%), o que causa estranheza, já que os primeiros estão em fase de estudos e os últimos viveram em épocas próximas à adoção do documento (1948).

Frise-se que a pesquisa não procurou averiguar quantos habitantes sabem o conteúdo ou o significado da Declaração, mas apenas se as pessoas já tinham alguma vez ouvido falar sobre ela (seja na mídia, na escola, em conversa com amigos, profissionais etc.).

Em um país acostumado com governos majoritariamente totalitários ou populistas durante a maior parte da sua história, a Democracia ainda é um regime muito recente (tem pouco mais de 30 anos) e seus valores são pouco difundidos para a sociedade brasileira que, de acordo outros percentuais dessa mesma pesquisa, se mostrou bastante autoritária.

Veja-se para 31,7% dos entrevistados, o Judiciário se preocupa demais com o direito dos presos; para 27,6% a pena mais adequada para o traficante de drogas deveria ser a prisão perpétua e para 39,5% a pena de morte seria a mais adequada para o estuprador.

E, ainda, 18,3% acreditam que o juiz deveria aceitar provas provenientes da tortura do acusado, havendo também um crescimento expressivo, em relação ao ano de 1999, no percentual de habitantes que aceitam renunciar a seus direitos e garantias em prol da efetividade das investigações policiais.

Observa-se, portanto, uma alienação da população em relação aos direitos humanos e de qual seria o perigo de relativizá-los, apesar de o Estado Democrático ter sido conquistado à custa do sangue de muitos brasileiros. Tal alienação é fruto de uma educação precária, da difusão de informações tendenciosas e da falta de politização, fatores muito convenientes para aqueles que se mantêm, ou se revezam, no poder econômico e político do país.

Autores

  • Diretor geral dos cursos de Especialização TeleVirtuais da LFG. Doutor em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade Complutense de Madri (2001). Mestre em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo USP (1989). Professor de Direito Penal e Processo Penal em vários cursos de Pós-Graduação no Brasil e no exterior, dentre eles da Facultad de Derecho de la Universidad Austral, Buenos Aires, Argentina. Professor Honorário da Faculdade de Direito da Universidad Católica de Santa Maria, Arequipa, Peru. Promotor de Justiça em São Paulo (1980-1983). Juiz de Direito em São Paulo (1983-1998). Advogado (1999-2001). Individual expert observer do X Congresso da ONU, em Viena (2000). Membro e Consultor da Delegação brasileira no 10º Período de Sessões da Comissão de Prevenção do Crime e Justiça Penal da ONU, em Viena (2001).

    http://www.blogdolfg.com.br

  • Advogada e Pesquisadora do Instituto de Pesquisa e Cultura Luiz Flávio Gomes

Informações sobre o texto

Como citar este texto (NBR 6023:2002 ABNT):

GOMES, Luiz Flávio; BUNDUKY, Mariana Cury. 55% da população brasileira nunca ouviu falar na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Jus Navigandi, Teresina, ano 17, n. 3409, 31 out. 2012 . Disponível em: <http://jus.com.br/revista/texto/22925>. Acesso em: 1 nov. 2012.

sem comentário »

Como em 2008, Brasil estreia contra o Japão – na Copa do Mundo de FutSal…

0comentário

Fonte – http://www.futsaldobrasil.com.br/2009/selecao/vernoticia.php?id=13164

Divulgação A Seleção Brasileira venceu o Japão por 12 a 1 em 2008

A Seleção Brasileira estreia nesta quinta-feira (1/11), na Copa do Mundo de Futsal Fifa 2012, justamente contra o Japão, mesmo adversário da estreia de 2008. Para o torcedor mais supersticioso, o caminho canarinho pela Tailândia não poderia ter começado melhor. O jogo será realizado na cidade de Nakhon Ratchasima, às 12 horas, horário de Brasília, com transmissão do canal Sportv e da Bandeirantes.
Apesar da coincidência, Marcos Sorato, treinador da Seleção Brasileira, admite que  a equipe japonesa evoluiu bastante seu futsal em quatro anos. “O Japão foi completamente diferente da equipe que nos lembramos de ter enfrentado em 2008″, reconheceu. “Os japoneses evoluíram muito, taticamente e fisicamente”, afirmou o comandante brasileiro.
Confronto de veteranos A partida também vai marcar o confronto de dois ídolos do futsal. Falcão, o melhor jogador do mundo, contra  Kazuyoshi Miura, mais conhecido “Rei Kazu”. O veterano japonês que tem 45 anos, vai se tornar o jogador mais velho a disputar uma Copa do Mundo Fifa, superando seu compatriota Satoru Noda, que jogou em 1989 com 44 anos.
Bons ventos Novamente o Japão em uma estreia da Copa do Mundo. Há 4 anos atrás, os nipónicos foram adversários da Seleção Brasileira na estreia da Copa que foi realizada no Brasil. Resultado – Brasil Campeão!

sem comentário »

Estudantes de Direito – da Universidade CEUMA – participam de Congresso Nacional…

0comentário

Fonte: http://www.extranet.ceuma.br/sitenovo/noticias/2012/10/31/pagina6260.shtml

Estudantes de Direito participam de Congresso Nacional

Estudantes do curso de Direito da Universidade Ceuma participaram do XVI Congresso Brasileiro de Direito Processual, maior evento de Processo do país. O evento foi realizado em Natal – RN, nos dias 25, 26 e 27 de Outubro de 2012, no Centro de Convenções. Durante o congresso, ainda aconteceu o Fórum Nacional sobre o Novo Código de Processo Civil.

O tema desta edição foi “Competência material da Justiça do Trabalho e da Justiça Comum, tutela de urgência, tutela específica, sistema recursal e execução”. Renomados conferencistas do direito processual nacional estiveram presentes nos eventos, tais como: Fredie Didier, Antonio Carlos Marcato, Luis Guilherme Marinoni, Misael Montenegro, Renato Saraiva, Carlos Henrique Bezerra Leite e Daniel Assumpção, entre outros.

 

O Ceuma apresentou a maior delegação do Brasil, com 47 alunos de períodos diferentes, dos campi Renascença, Cohama e Anil. Segundo o aluno do 6º período, Fernando Teixeira, o êxito da caravana somou muito para o evento e para os acadêmicos. “Um congresso de grande valia para o aprendizado e atualização sobre as normas processuais. Estamos confirmando o compromisso de construir a cada dia uma trajetória de sucesso e com grandes histórias ao curso de Direito da Universidade Ceuma, que ali foi muito bem representando”, disse.

sem comentário »

Rádio deve pagar R$ 25 mil a vítima de pegadinha [do @mucaoaovivo ]…

0comentário

Fonte: http://joseluizalmeida.com/2012/10/30/pegadinha-do-mucao/

O juiz Peterson Fernandes Braga, da comarca de São Paulo do Potengi, no Rio Grande do Norte (71 km de Natal), condenou a Rádio Estação Sat – Estúdios Reunidos Ltda a pagar R$ 25 mil a um homem que foi vítima da “Pegadinha do Mução”. O valor é referente a danos morais e será acrescido de juros e correção monetária.

O autor da ação de indenização afirmou que trabalhava como taxista no cruzamento entre a Rua Otávio Lamartine e Avenida Bento Urbano, nas imediações do “Bar dos Motas”, em São Paulo do Potengi. Relatou que, em maio de 2002, no seu local de trabalho, recebeu vários telefonemas do “Programa do Mução”, veiculado por aquela rádio, e que afetaram seu cotidiano, por entender que foi ridicularizado e exposto negativamente a toda a população do município.

Ele alegou que o fato repercutiu em sua família e trouxe consequências negativas, inclusive para o seu trabalho, razão pela qual pediu pela recomposição dos danos materiais e morais sofridos.

Em sua defesa, a rádio defendeu não ser parte legítima para figurar como ré na ação e, e que a responsabilidade deveria caber à RVE Produções Artísticas Ltda.

Para o juiz, não há dúvida de que a Rádio Estação Sat causou dano ao autor com a sua conduta, uma vez que não foram adotadas as medidas pertinentes e necessárias para evitar o dano, consistente na divulgação de “pegadinha” em emissora de rádio de sua propriedade, na qual restou ridicularizada a pessoa do autor. “Provado e inconteste o nexo causal face ao resultado danoso, a partir da averiguação da conduta, resta ingressar na justa reparação do dano”, considerou. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RN.

Processo 0000257-83.2003.8.20.0132

sem comentário »

TV Justiça pode ser assistida ao vivo por celular e tablet…

1comentário

E quando farão um acesso para iOS?

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=222634

Já está disponível no site da TV Justiça (www.tvjustica.jus.br) serviço que permite o acompanhamento, ao vivo, da programação da emissora para dispositivos móveis em todo o mundo. Para isso, é necessário que o usuário tenha um telefone celular tipo smarthphone ou tablet, com o sistema operacional Android e o aplicativo Adobe Flash Player.

O recurso passou a funcionar há aproximadamente duas semanas – durante o julgamento da Ação Penal (AP) 470, pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) – e permite que um maior número de pessoas acompanhe a transmissão dos programas da TV Justiça. Nesse período, já foram registrados 8.930 acessos simultâneos. Até então, o maior número registrado era de 350 pessoas assistindo à emissora via internet, ao mesmo tempo.

O serviço pode ser acessado pelo link “Assista ao vivo”, localizado na página inicial do site da TV Justiça.

1 comentário »

Saiba o que é o “auxílio-reclusão” antes de repassar e-mails tendenciosos a respeito desse legítimo benefício previdenciário…

0comentário

Fonte: http://www.mpas.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

O auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto. Não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto. Para a concessão do benefício, é necessário o cumprimento dos seguintes requisitos:
– o segurado que tiver sido preso não poderá estar recebendo salário da empresa na qual trabalhava, nem estar em gozo de auxílio-doença, aposentadoria ou abono de permanência em serviço; – a reclusão deverá ter ocorrido no prazo de manutenção da qualidade de segurado; – o último salário-de-contribuição do segurado (vigente na data do recolhimento à prisão ou na data do afastamento do trabalho ou cessação das contribuições), tomado em seu valor mensal, deverá ser igual ou inferior aos seguintes valores, independentemente da quantidade de contratos e de atividades exercidas, considerando-se o mês a que se refere:

PERÍODO SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO TOMADO EM SEU VALOR MENSAL
A partir de 1º/1/2012 R$ 915,05 – Portaria nº 02, de 6/1/2012
A partir de 15/7/2011 R$ 862,60 – Portaria nº 407, de 14/7/2011
A partir de 1º/1/2011 R$ 862,11 – Portaria nº 568, de 31/12/2010
A partir de 1º/1/2010 R$ 810,18 – Portaria nº 333, de 29/6/2010
A partir de 1º/1/2010 R$ 798,30 – Portaria nº 350, de 30/12/2009
De 1º/2/2009 a 31/12/2009 R$ 752,12 – Portaria nº 48, de 12/2/2009
De 1º/3/2008 a 31/1/2009 R$ 710,08 – Portaria nº 77, de 11/3/2008
De 1º/4/2007 a 29/2/2008 R$ 676,27 – Portaria nº 142, de 11/4/2007
De 1º/4/2006 a 31/3/2007 R$ 654,61 – Portaria nº 119, de 18/4/2006
De 1º/5/2005 a 31/3/2006 R$ 623,44 – Portaria nº 822, de 11/5/2005
De 1º/5/2004 a 30/4/2005 R$ 586,19 – Portaria nº 479, de 7/5/2004
De 1º/6/2003 a 31/4/2004 R$ 560,81 – Portaria nº 727, de 30/5/2003

Equipara-se à condição de recolhido à prisão a situação do segurado com idade entre 16 e  18 anos que tenha sido internado em estabelecimento educacional ou congênere, sob custódia do Juizado de Infância e da Juventude.

Após a concessão do benefício, os dependentes devem apresentar à Previdência Social, de três em três meses, atestado de que o trabalhador continua preso, emitido por autoridade competente, sob pena de suspensão do benefício. Esse documento será o atestado de recolhimento do segurado à prisão .
O auxílio reclusão deixará de ser pago, dentre outros motivos: – com a morte do segurado e, nesse caso, o auxílio-reclusão será convertido em pensão por morte; – em caso de fuga, liberdade condicional, transferência para prisão albergue ou cumprimento da pena em regime aberto; – se o segurado passar a receber aposentadoria ou auxílio-doença (os dependentes e o segurado poderão optar pelo benefício mais vantajoso, mediante declaração escrita de ambas as partes); – ao dependente que perder a qualidade (ex: filho ou irmão que se emancipar ou completar 21 anos de idade, salvo se inválido; cessação da invalidez, no caso de dependente inválido, etc); – com o fim da invalidez ou morte do dependente.
Caso o segurado recluso exerça atividade remunerada como contribuinte individual ou facultativo, tal fato não impedirá o recebimento de auxílio-reclusão por seus dependentes.

sem comentário »

Cresce número de processos julgados pelo TJMA…

0comentário

Fonte: http://www.tjma.jus.br/tj/visualiza/sessao/19/publicacao/400455

Guerreiro Júnior diz que o Tribunal está julgando acima do esperado
Guerreiro Júnior diz que o Tribunal está julgando acima do esperado

Cresce número de processos julgados pelo TJMA

O número de processos julgados pelo Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) em setembro de 2012 cresceu 49,56% em relação ao mesmo mês no ano passado. A produtividade dos magistrados – relação do total de processos julgados pelo total de processos distribuídos – foi de 81,09%, um aumento de 3,54%.

Os dados são da Divisão de Estatística e Publicações do TJMA, obtidos com base nos números da demanda processual e dos julgamentos dos órgãos da Justiça de 2º grau – Pleno e câmaras cíveis e criminais.

Em setembro deste ano chegaram ao Tribunal 44,44% ações a mais que no referido mês no ano passado. Foram distribuídos 1.898 novos casos, com o julgamento de 1.539 processos. Em 2011, houve a distribuição de 1.029 novos casos e julgados 1.314 no referido mês.

“O Tribunal está julgando acima do esperado. A produtividade positiva reflete o comprometimento dos desembargadores e os inúmeros investimentos do Judiciário para modernizar a justiça e torná-la mais ágil e eficaz”, afirma o presidente do TJMA, desembargador Guerreiro Júnior.

O total de decisões monocráticas tomadas por desembargadores atingiu 133,36% – mais que o dobro de setembro de 2011. A produtividade dos magistrados – relação do total de processos julgados pelo total de processos distribuídos – foi de 81,09% superando em 3,54% a de setembro do ano passado.

De acordo com informações do sistema Themis, mais de 600 mil ações tramitam no Judiciário estadual. Em 2011, foram distribuídos 188 mil processos. Na Justiça de 2º grau foram distribuídos 14.284 processos. O número corresponde a 1.200 processos anuais, em média, por desembargador.

sem comentário »

Acordos nos Procons poderão ter validade judicial…

0comentário

Fonte: http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/21878-acordos-nos-procons-poderao-ter-validade-judicial

Acordos nos Procons poderão ter validade judicial

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Ministério da Justiça firmam nesta terça-feira (30/10) um acordo, com o objetivo de possibilitar que as conciliações feitas entre consumidores e empresas nos Procons tenham validade judicial. Dessa forma, caso o prestador de serviço não cumpra o acordo firmado nos Procons, poderá ser executado diretamente pelo Poder Judiciário, sem a necessidade de o cliente ter que entrar com um processo na Justiça.

A assinatura do acordo acontece às 16h30 no gabinete do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, ministro Ayres Britto, localizado no STF. Participam da assinatura o ministro Ayres Britto, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o secretário de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, Flavio Crocce Caetano, e a secretária Nacional do Consumidor, Juliana Pereira da Silva.

A proteção dos direitos do consumidor é uma das prioridades da gestão do ministro Ayres Britto na presidência do CNJ.  Segundo o juiz auxiliar da presidência do CNJ, Fernando Mattos, a ideia é que a parceria contribua para fortalecer o sistema de proteção dos direitos do consumidor no país.

Atualmente, se um acordo firmado no Procon não é cumprido, o consumidor pode ficar com uma sensação de impunidade, pois tem que dispender mais esforços e recorrer ao Judiciário para ver seu direito garantido. Com a nova medida, que será perseguida a partir do acordo, o cliente não precisará dar entrada em novo processo na Justiça, pois o acordo firmado nos Procons terá validade de decisão judicial.

A iniciativa foi proposta pelo Fórum da Saúde, instituído no Judiciário para desenvolver ações capazes de prevenir e solucionar de forma ágil demandas judiciais relacionadas ao setor. Quando for implementada, no entanto, a medida valerá para qualquer tipo de demanda levada pelos consumidores aos Procons e não apenas as relacionadas à saúde.

sem comentário »

Sala de Aula: Skype faz parceria com a NASA para tira dúvidas de estudantes…

0comentário

Fonte: http://canaldoensino.com.br/blog/sala-de-aula-skype-faz-parceria-com-a-nasa-para-tira-duvidas-de-estudantes

Há 43 anos a tecnologia permitiu que o homem deixasse sua marca na Lua. Até hoje, só outros doze sortudos conseguiram caminhar por lá. E o que não faltam são pessoas curiosas e encantadas sobre o que se passa nessas viagens. Agora imagine poder tirar as dúvidas sobre a construção dos foguetes e o funcionamento das estrelas com alguém que realmente tenha vivenciado isso tudo? O Skype na Sala de Aula (Skype in the classroom, em inglês), programa criado no ano passado para agregar professores e alunos do mundo inteiro, fechou, neste mês, mais uma parceria. Agora, o Centro de Aprendizagem Digital da Nasa permitirá que alunos e professores do mundo inteiro façam contato com seus engenheiros e especialistas.

Uma das primeiras aulas que será transmitida com o novo parceiro é a Mission Patch Design (Desenho do Roteiro da Missão, em livre tradução), que já conta com 65 pessoas cadastradas, entre as quais 15 serão escolhidas. Durante a aula, os estudantes vão aprender a projetar um pacote de missão espacial, entender a preparação para a decolagem de um foguete e vão descobrir como é trabalhar e viver no espaço. Apesar da preferência para as escolas dos Estados Unidos, também podem participar escolas internacionais, desde que estejam envolvidas em um projeto com alguma dessas instituições norte-americanas.

foguete espacial nasa a0b12 Sala de Aula: Skype faz parceria com a NASA para tira dúvidas de estudantes

Mas essa é apenas uma das várias opções de cursos que já circulam dentro do Skype na Sala de Aula. Há quem esteja oferecendo aula de culinária e música, cobrando por isso. E também há quem procure trocar conteúdos e aulas, como professores que queiram colocar sua turma de alunos em contato com outras turmas, de cidades, culturas e países diferentes para enriquecer o aprendizado.

A plataforma funciona basicamente como uma rede social de crowdlearning.O usuário deve logar no site education.skype.com com as informações de sua conta Skype e depois inserir seus dados profissionais, como o que leciona, onde vive e quais idiomas domina. Realizada essa primeira etapa, o usuário pode buscar professores e especialistas com os mesmos interesses ou se cadastrar em um desses eventos, como o Mission Patch Design, por exemplo. O programa também permite que os cadastrados criem suas próprias aulas. Basta ir até a opção de Criar uma Lição Skype e dar um título, inserir uma foto, determinar os idiomas envolvidos e para qual faixa etária ela será destinada. A partir de então, o evento criado estará disponível para que outros usuários possam encontrá-lo e solicite a participação na aula.

É por conta dessa facilidade que, desde março de 2011 – quando o Skype na Sala de Aula foi lançado -, mais de 38 mil professores já estão cadastrados. Foi na rede social, por exemplo, que o norte-americano Lance Allen, professor de guitarra, conseguiu encontrar seus alunos na Escócia, Austrália, China e Inglaterra. Dos mais de 70 alunos que chegaram até ele por meio da plataforma, “só um deles preferiu uma lição ao vivo e foi procurar um professor local”, diz.

Já brasileira Priscila Cheroto é dona da escola de idiomas Easy Peasy que, além do método presencial de aulas, oferece cursos de inglês e português via Skype desde 2008. Hoje a plataforma a ajuda a encontrar mais facilmente seus alunos. Segundo ela, as aulas on-line devem ser direcionadas para alunos disciplinados e com um pouco de domínio do idioma. “Meus alunos optaram por esse método por  vários motivos, como ganho de tempo em seu dia a dia, custo x benefício”, diz a professora. Como todo aprendizado, esse método de ensino tem lados positivos e negativos. “O melhor da plataforma”, para ela, “está na possibilidade de manter uma aula virtual com um aluno que precisou morar em outro lugar do mundo por conta do trabalho; o pior é quando falha a conexão da internet”.

sem comentário »

O que comer e beber às vésperas do Enem [ou de qualquer concurso]…

0comentário

Fonte: http://canaldoensino.com.br/blog/o-que-comer-e-beber-as-vesperas-do-enem

Como garantir que a sua alimentação não prejudique você na hora de realizar as provas do Enem 2012, que acontecem nos dias 3 e 4 de novembro. Para resolver isso, a Universia Brasil conversou com especialistas para entender os pontos fundamentais de alimentação capaz de ajudar na revisão dos estudos e, mais que isso, nos dias das provas.

De acordo com a nutricionista Liliam Teixeira, o principal objetivo com uma boa alimentação é aumentar a concentração do estudante. Artifícios como balinhas e chocolates podem até ser uma opção na hora do exame, porém, como o carboidrato é de alta absorção, acaba sendo consumido rapidamente. “O ideal é investir em uma alimentação balanceada para que a energia dure”, comentou.

Confira abaixo todas as dicas de alimentação antes das provas do Enem 2012:

1. Café da manhã Essa refeição é fundamental. Frutas e cereais integrais fornecem energia de absorção lenta, que não deixará você com sono momentos depois. “Também é bom apostar em iogurte com frutas, castanhas ou mesmo um omelete com tomate, queijo e suco”, comentou a nutricionista.

2. Regularidade durante o dia A nutricionista afirma que passar mais de 3 horas sem comer é um “veneno” para o corpo. “É preciso manter as concentrações de glicose plasmática constantes. Nosso cérebro funciona a base deste nutriente. Frutas, iogurte e torrada integral são boas opções para aguentar até a hora do almoço”, sugeriu. Mas atenção: é bom não abusar nas quantidades. Quantidades muito grandes ou alimentos de difícil digestão podem deixar o estudante sonolento.

3. Água Não se esqueça da água. A água é fundamental para que todas as reações químicas ocorram da maneira correta. “Além disso, também reduz a fadiga e ajuda o cérebro a trabalhar. Leve uma garrafinha com você para a prova”, aconselhou a nutricionista.

4. Cafeína limitada Embora a cafeína seja estimulante, a nutricionista ressalta que o excesso dela pode surtir o efeito contrário deixando o candidato ansioso. “Cafeína em excesso pode deixar o estudante agitado, irrequieto e nervoso. Também vai atrapalhar o sono dele”, ressaltou.

E no dia da prova do Enem? O que comer? A regra é simples: esqueça as novidades, não invente moda. Esse não será o momento para você comer em locais diferentes do habitual ou até comprar a última novidade da indústria alimentícia. Atenha-se ao que já está acostumado e ao que funciona para você. Não vá correr o risco de passar mal bem no dia da prova.

Além de uma alimentação balanceada, a nutricionista também recomenda a prática de atividades físicas às vésperas do Enem. Embora pareça um gasto de tempo desnecessário, praticar exercícios de forma moderada ajuda na hora de reduzir o estresse. “Você dorme melhor e leva mais sangue e nutrientes a todos os lugares, inclusive o cérebro.”

sem comentário »