ABERTURA DOS PRIMEIROS JOGOS ESCOLARES DE GONÇALVES DIAS

0comentário

 Foto de Pedro Jorge De Oliveira Mello.

Foto de Pedro Jorge De Oliveira Mello.
Foto de Pedro Jorge De Oliveira Mello.
Foto de Pedro Jorge De Oliveira Mello.
Foto de Pedro Jorge De Oliveira Mello.
+2
sem comentário »

ENSINO DA DISCIPLINA EDUCAÇÃO FÍSICA CURRICULAR: Homologado Parecer Cne/cp Nº 2/2015

0comentário

Homologado Parecer Cne/cp Nº 2/2015

 

Homologado pelo ministro da Educação, e publicado no dia 25/6/2015, o Parecer CNE/CP No. 2/2015 sobre as Diretrizes  Curriculares Nacionais para a formação inicial e continuada em nível superior de  profissionais do magistério para a educação básica. Ou seja, para os cursos de licenciatura no país. O Parecer indica normas, desde a carga horária mínima até a valorização do magistério.

Texto publicado no Diário Oficial:

Nos termos do art. 2º da Lei nº 9.131, de 24 de novembro de 1995, o Ministro de Estado da Educação HOMOLOGA o Parecer CNE/CP nº 2/2015, do Conselho Pleno do Conselho Nacional de Educação, que aprova as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial e Continuada dos Profissionais do Magistério da Educação Básica, na forma apresentada pelo Projeto de Resolução anexo, do qual é parte integrante, conforme consta do Processo nº 23001.000018/2006-09.

EXTRATO DO TEXTO:

CAPÍTULO I

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º Ficam Superior instituídas, por meio da presente Resolução, as Diretrizes  Curriculares Nacionais para a formação inicial e continuada em nível superior de  profissionais do magistério para a educação básica, definindo princípios, fundamentos,  dinâmica formativa e procedimentos a serem observados nas políticas, na gestão e nos  programas e cursos de formação, bem como no planejamento, nos processos de avaliação e  de regulação das Instituições de Educação (IES) que ofertam tais formações.

 

Art. 12. Os cursos de formação inicial, respeitadas a diversidade nacional e a autonomia pedagógica das instituições, constituir-se-ão dos seguintes núcleos:

I – núcleo de estudos e fundamentos da educação e das diversas realidades educacionais, articulando:

d) o conhecimento multidimensional sobre o ser humano e práticas educativas, incluindo conhecimento de processos de desenvolvimento de crianças,  adolescentes, jovens e adultos, nas dimensões física, cognitiva, afetiva, estética, cultural,  lúdica, artística, ética e biossocial;


Visite: Educação Física e Esporte – Centro Esportivo Virtual
http://cev.org.br/comunidade/ef-esporte/

sem comentário »

CEV Novidades

0comentário

 

Lusofonia: Euzebio no Panteão Nacional

Posted:

  

Ba-vi: da Assistência à Torcida: a Metamorfose nas Páginas Esportivas

Posted:

  

Educação, Tv Digital e Mídia Esportiva: Um Sinal de Qualidade?

Posted:

  

Estágio Supervisionado em Educação Física: Tempo de Aprender ou Simples Cumprimento da Lei?

Posted:

  

Epidemiologia da Relação Dose-resposta Ao Exercício Físico, 2003 e 2008: Prevalência e Fatores Associados

Posted:

  

O Clima Motivacional nas Práticas Pedagógicas do Esporte Educacional

Posted:

  

CBCE – Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte: Curso do Cbce na Sbpc

Posted:

  

Educação Física e Esporte: Curso do Cbce na Sbpc

Posted:

  

Psicologia do Esporte: Curso do Cbce na Sbpc

Posted:

  

Futebol: Curso: Aspectos Metodológicos da Formação de Base

Posted:

  

Educação Física no Mato Grosso: Defesa de Tcc: Curso de Licenciatura em Educação Física – Unemat/cáceres

Posted:

  

Educação Física no Mato Grosso: O Desabafo de Joana Maranhão

Posted:

  

Psicología, Deporte Y Actividad Física. Investigaciones Aplicadas.

Posted:

  

Ambiente Escolar e Prática de Atividade Física em Crianças Pertencentes à Coorte de Nascimentos de Pelotas de 2004

Posted:

sem comentário »

Gol de Mão, Mpf Recupera 13 Milhões Desviados do Ministério do Esporte

0comentário

Gol de Mão, Mpf Recupera 13 Milhões Desviados do Ministério do Esporte

Cevnautas, e pensar que tem escolas e times infantis precisando só de quadras e bolas! Laércio

MPF/SP obtém bloqueio de bens de acusados por desvio de R$ 13 milhões do Ministério dos Esportes

29/6/2015

Réus respondem a ação de improbidade administrativa e a dois processos penais; esquema foi descoberto em 2012 na Operação Gol de Mão

A Justiça Federal decretou a indisponibilidade dos bens imóveis registrados em nome de 20 réus, entre pessoas físicas e jurídicas, envolvidos em desvios de recursos provenientes de convênios com o Ministério dos Esportes. A decisão é resultado de uma ação civil de improbidade administrativa ajuizada pelo MPF em Campinas no ano passado. Por meio de uma ONG, os acusados simularam várias licitações entre 2006 e 2011, com uso de empresas de fachada, para se apropriar de verbas do Programa Segundo Tempo, destinado ao incentivo de jovens à prática de esportes. Os prejuízos aos cofres públicos passam de R$ 13 milhões.

Os fatos foram descobertos ao longo da Operação Gol de Mão, em 2012, resultado de atuação conjunta do Ministério Público Federal, da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União. A principal articuladora das fraudes era a ex-vereadora de Jaguariúna Karina Valéria Rodrigues. Em 2003, ela montou, junto com outros integrantes do esquema, a ONG Bola Pra Frente, depois denominada Pra Frente Brasil. Embora não figurasse oficialmente no quadro administrativo da organização, Karina era a verdadeira gestora das atividades. Entre 2006 e 2010, a entidade celebrou nove convênios com o Ministério dos Esportes, em valor total de R$ 25,9 milhões, para a execução de projetos do Programa Segundo Tempo.

Esquema – As quantias repassadas seriam usadas para gastos como a remuneração de monitores das atividades esportivas, o lanche dos beneficiários, equipamentos e uniformes. Porém, boa parte do dinheiro recebido era desviado por meio de licitações direcionadas. Para viabilizar as irregularidades, o grupo liderado pela ex-vereadora realizou a abertura de pelo menos seis empresas cuja única finalidade era participar de pregões que a ONG promovia. Três dessas companhias foram vencedoras em pelo menos 15 certames para a contratação de materiais esportivos e kits de alimentação.

Após os resultados, a Marcelo Villalva EPP, a Esporte e Ação Comércio de Artigos Esportivos e a RNC Comércio de Produtos Alimentícios e Artigos Esportivos deixavam de entregar os objetos como apresentados nos editais de convocação ou cumpriam as obrigações em patamares mínimos, o que permitia a apropriação dos recursos. A prestação de contas indicava valores superfaturados e a realização de serviços ao número máximo de jovens previsto em cada convênio. Na prática, no entanto, a quantidade de participantes era pequena, o suficiente apenas para dar aparência de que os programas estavam regularmente em andamento.

Além do uso de empresas de fachada, o grupo utilizava outros expedientes para o desvio das verbas. Entre eles, o pagamento de remuneração de monitores fantasmas, cujos nomes eram dos próprios réus ou de pessoas próximas, e a apropriação de recursos depositados nas contas dos convênios mediante transações bancárias sem vinculação com a finalidade dos repasses. Os acusados também cometiam as fraudes a partir da celebração de parcerias com municípios que constavam da lista de beneficiários dos programas. Apesar de os gastos para a execução dos projetos nessas cidades já estarem cobertos pelos acordos com o Ministério dos Esportes, a ONG cobrava das Prefeituras pelos serviços prestados e, assim, recebia os valores em dobro.

O MPF pede que, ao final da ação, os réus sejam condenados ao ressarcimento dos danos causados ao erário e ao pagamento de multas civis. Quer também que a Justiça determine a suspensão dos direitos políticos dos envolvidos por até dez anos e que eles sejam proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios fiscais e creditícios pelo mesmo período.

Crimes – Paralelamente ao processo civil, integrantes do grupo respondem também a duas ações penais referentes aos desvios. Numa delas, Karina e outras seis pessoas foram denunciadas por formação de quadrilha, apropriação de recursos públicos sob sua guarda (peculato) e fraude em licitação. Uma audiência de instrução e julgamento está agendada para o próximo mês. Devido à prática de vários ilícitos, cada réu pode receber pena definida de maneira cumulativa. Assim, a ex-vereadora, por exemplo, pode ser condenada a até 639 anos de prisão, considerados os 66 delitos atribuídos a ela.

Na outra ação penal, Karina e outros cinco denunciados respondem por lavagem de dinheiro. Eles procuraram ocultar a origem dos recursos desviados e usados na compra de um imóvel em Jaguariúna, em 2008, e na aquisição de um veículo, cuja propriedade foi dissimulada entre 2010 e 2013.

Os números dos processos penais são 0009346-51.2012.4.03.6105 e 0003833-34.2014.4.03.6105. A ação de improbidade administrativa tem o número 0008060-67.2014.403.6105. Para acompanhar a tramitação das ações, acesse http://www.jfsp.jus.br/foruns-federais/.

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no Estado de S. Paulo
11-3269-5068/ 5368/ 5170
prsp-ascom@mpf.mp.br
twitter.com/mpf_sp

FONTE: http://noticias.pgr.mpf.mp.br/noticias/noticias-do-site/copy_of_geral/29-06-15-2013-mpf-em-campinas-obtem-bloqueio-de-bens-de-acusados-por-desvio-de-r-13-milhoes-do-ministerio-dos-esportes

sem comentário »

TÊNIS DE MESA – PARABÉNS, CAXIAS, PELOS NOVOS CAMPEÕES

0comentário

PARABENS CAXIAS.

Foto de Tênis de Mesa / Caxias - MA.
Foto de Tênis de Mesa / Caxias - MA.
Foto de Tênis de Mesa / Caxias - MA.

No primeiro dia de disputas da COPA BRASIL CENTRO NORTE NORDESTE II – MACEIÓ – AL, os atletas de Caxias Bruno Rebouças e Paulo Rodrigues já garantiram 02 medalhas de bronze.

sem comentário »

PAN – TORONTO!!!

0comentário
Foto de Time Brasil.

Compartilhe essa emoção. O ‪#‎TimeBrasil‬ precisa da sua torcida para chegar com tudo em ‪#‎Toronto2015‬.

sem comentário »

DE VOLTA PARA CASA – atualizando as novidades que apareceram nesta semana de ausencia:

0comentário

A Todos os meus 8 (agpra´já tem um numero expressivo de seguidores deste Blog…) estou de volta à São Luis, após uma semana em Foz do Iguaçu, em viagem de estudo – fui estudar a natureza…

Magnifico o passeio – presente de aniversário ao meu neto Davi Gil, permitiu que fossemos juntos, para carregar as malas e pagar as contas …

A quantidade de Atletas olimpucos, e de seleões estaduais, equipes indo disputar campeonatos, é ipressionante… desde Foz do Iguaçu viajando com equipe de Canoagem, Remo, Ginástica Artistica…

No Aeroporto0 do Rio, onde passamos mais de 5 horas, equipe brasileira de Judô jantando  na mesa do lado, outra de canoagem, indo a Brasilia, de Tiro, de Ginástica, de Atletismo, de Volei… impressionato o numero de Atletas – muitos Olimpicos – circulano, ontem, pelo Rio de Janeiro….

 

 

Atividade Física no Programa Saúde na Família: Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia Para o Sus – 2015

Posted:

  

Correr

Posted:

  

11ª Conferência Nacional de Saúde

Posted:

  

Educação Física em São Paulo: 10º Workshop de Educação e Pesquisa do Estado de São Paulo

Posted:

  

Educação Física e Esporte: Praticar Atividade Física na Primeira Fase da Vida Pode Estimular o Hábito Mais Adiante.

Posted:

  

Formação Pedagógica no âmbito da Pós-graduação Stricto Sensu em Educação Física

Posted:

  

Controle Postural em Idosos Submetidos a Treinamento Resistido Versus Exercícios Multissensoriais: Um Estudo Aleatorizado e Simples-cego

Posted:

  

Lusofonia: Obesidade e Atividade Física das Crianças em Portugal

Posted:

  

O Clube Como Vontade e Representação: o Jornalismo Esportivo e a Formação das Torcidas Organizadas de Futebol do Rio de Janeiro (1967-1988)

Posted:

  

O Medo do Goleiro na Hora do Penalti

Posted:

  

Futebol Futeboleres : Uma Representação do Esporte na Literatura Brasileira nas Décadas de 1910 e 1920

Posted:

  

Resolução 218 de 6 de Março de 1997

Posted:

  

Educação Física e Esporte: A Deus Leduc Fauth

Posted:

  

Legislação Desportiva – CEVLeis: Convite – Lançamento da Obra Manual de Direito Desportivo

Posted:

  

Manual de Direito Desportivo

Posted:

  

Legislação Desportiva – CEVLeis: O Espaço do Colecionador Cevleis

Posted:

  

O Novo Espaço Público no Ciberespaço: Processos de Identificação e Interação nas Fanpages de Candidatos a Deputado Federal em 2014

Posted:

  

Critica a Formação na Educação Física: em Defesa de Novas Diretrizes Curriculares

Posted:

  

Formação de Professores de Educação Física Para a Cidade e o Campo

Posted:

  

Formação de Professores de Educação Física: Diretrizes Para a Formação Unificada.

Posted:

  

Critica a Formação na Educação Física: em Defesa de Novas Diretrizes Curriculares

Posted:

  

O Sistema Confef/cref e a Reestruturação Curricular dos Cursos Superiores de Educação Física: a Formação do Profissional (neo)liberal

Posted:

  

A Licenciatura Ampliada nos Cursos de Formação de Educação Física: Limites e Avanços

Posted:

  

Futebol, Linguagem, Artes, Cultura e Lazer, Organizado

Posted:

  

Decreto Nº 91.452, de 19 de Julho de 1985

Posted:

  

A Utilização da Literatura Infantil na Educação Física: Diferentes Possibilidades Educacionais

Posted:

  

Legislação Desportiva – CEVLeis: Comissão Mista Aprova Relatório da Mp do Futebol

Posted:

  

Legislação Desportiva – CEVLeis: El Dedo Nel Agujero Copa America Chile 2015

Posted:

  

Esportes Náuticos: Leduc

Posted:

  

Atividade Física no Programa Saúde na Família: Resolução N.º 218, de 06 de Março de 1997

Posted:

  

Educação Física e Esporte: Diesporte

Posted:

  

Mídia e Esportes: Acesso Total Ao Conteúdo Completo da Taylor e Francis Online Para Todo o Brasil Durante o Mês de Julho.

Posted:

  

Editores de Publicações Científicas: Acesso Total Ao Conteúdo Completo da Taylor e Francis Online Para Todo o Brasil Durante o Mês de Julho.

Posted:

  

CBCE – Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte: Acesso Total Ao Conteúdo Completo da Taylor e Francis Online Para Todo o Brasil Durante o Mês de Julho.

Posted:

  

Futebol: Copa de Futebol de Botão da Visibilidade Ao Mundial de Futebol Feminino

Posted:

  

Educação Física Escolar: Copa de Futebol de Botão da Visibilidade Ao Mundial de Futebol Feminino

Posted:

  

Educação Física no Maranhão: Ainda Sobre a Presidenta, os Povos Indigenas e a Mandioca: Eu Saúdo a Pororoca!!!!!

Posted:

  

Desportos Aquáticos: Concurso Uscs

Posted:

  

Atividade Motora Adaptada: Concurso Uscs

Posted:

Editores de Publicações Científicas: Motrivivência – Prorrogação da Chamada de Seção Temática / 2015

Posted:

  

Estudo Bibliométrico e Epistemológico da Produção Científica em Educação Física na Região Centro-oeste do Brasil

Posted:

  

A Ambientalização Curricular da Educação Física nos Contextos da Pesquisa Acadêmica e do Ensino Superior

Posted:

  

Educação Física e Esporte: Homologado Parecer Cne/cp Nº 2/2015

Posted:

  

Máximo Déficit Acumulado de Oxigênio em Corridas Livre e Resistida em Pista

Posted:

  

Educação Física e Esporte: Gol de Mão, Mpf Recupera 13 Milhões Desviados do Ministério do Esporte

Posted:

  

Influência do Genótipos/haplótipos das Posições Polimórficas – 786t>c, 894g>t e íntron 4b/a do Gene Nos3 Sobre o Sistema Cardiovascular e a Atividade das Enzimas Antioxidantes em Adultos Submetidos Ao Treinamento Físico Aeróbio

Posted:

  

Exercício Físico, Ingestão de Frutose e Marcadores da Síndrome Metabólica em Modelo Experimental

Posted:

  

Efeito do Treinamento Aeróbio nos Níveis Plasmáticos do Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro, Variáveis Metabólicas e Funções Cognitivas em Idosos com a Doença de Alzheimer

Posted:

  

Efeito do Resfriamento da Cabeça Pré-exercício no Desempenho Físico em Ambiente Quente

Posted:

 

Gestão Desportiva: Os Negócios do Futebol na Academia Europeia de Administração, Uefa

Posted:

  

Contextualização do Ensino e Dialogicidade na Educação Física Escolar: Fazeres Docentes em Ação no Ensino Médio

Posted:

  

Matriz Acef9: Matriz de Referência Para Avaliação Cognitiva em Larga Escala dos Conteúdos da Educação Física no Ensino Fundamental (9º Ano)

Posted:

  

Docência Universitária: os Saberes Docentes na Trajetória Profissional do Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade Regional do Cariri

Posted:

  

Políticas Públicas: Ministério do Esporte Esvazia Cargos Técnicos Para Contemplar Amigos de Fé

Posted:

  

Fisiologia do Exercício: Dor Tardia Após Exercícios

Posted:

  

Musculação: Dor Tardia Após Exercícios

Posted:

  

CBCE – Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte: Boletim de Notícias, 01/07/2015, Ano 3, N.14.

Posted:

  

Encontro Paulista de Sociologia do Esporte

Posted:

  

A Prática Pedagógica da Educação Física em Escolas Públicas de Goiânia

Posted:

  

A Educação Física e Sua Constituição Histórica: Desvelando Ocultamentos

Posted:

  

Gestão Desportiva: Clipping da Internet – Ceged – Nº 070

Posted:

  

Universidade: Espaço Privilegiado Para a Formação de Professores de Educação Física

Posted:

 
sem comentário »

NA ESTRADA… volto logo!

0comentário

Estou de partida… Foz do Iguaçu… passo uma semana por lá, visitando . Rwetorno dia 03/07…

Se conseguir, faço as postagens de lá…

 

Leopoldo

sem comentário »

Diesporte

0comentário

Diesporte

Cevnautas,

Tomo a liberdade de postar também aqui – desculpem a duplicação os dois ou três amigos que leram lá – a nota do blog comemorando o DIESPORTE – Diagnóstico Nacional de Esporte 2015. Como no CEV tem os trabalhos que deram subsídios aos pesquisadores, cito alguns. Como participante da equipe de trabalho consegui emplacar o nome fantasia Diesporte. Foi fácil. Argumentei na reunião que diagnesp, o apelido original, parecia nome de laboratório de análises clínicas ;-). Fiquei insuportavelmente envaidecido como padrinho de batismo.

Aos trabalhos principais:

Diagnóstico de Educação Física / Desportos no Brasil (Lamartine Pereira da Costa)

http://cev.org.br/biblioteca/diagnostico-educacao-fisica-desportos-brasil/

Atlas do Esporte no Brasil (Lamartine Pereira da Costa)

http://cev.org.br/biblioteca/atlas-esporte-brasil/

Diagnóstico Esportivo no Brasil: Desenvolvendo Métodos e Técnicas. (Aiton Oliveira – doutorado)

http://cev.org.br/biblioteca/diagnostico-esportivo-brasil-desenvolvendo-metodos-tecnicas/

Infraestrutura Esportiva: Desenvolvimento de Metodologias (Celi Taffarel, Ailton Oliveira)

http://cev.org.br/biblioteca/infraestrutura-esportiva-desenvolvimento-metodologias/

Como os autorers são cevnautas dá pra interagir com eles no contatro do quem é quem.  Com a palavra diagnóstico no mecanismo de busca do CEV dá pra acessar as demais publicações sobre o tema que estão entre os 46 mil documentos da biblioteca do CEV)

A nota do Blog:

DIESPORTE

O Diagnóstico Nacional do Esporte 2015 – DIESPORTE – ganhou um portal.

O trabalho de fôlego coordenado pela Profa. Celi Taffarel da UFBA e o Prof Ailton Oliveira da UFS. O trabalho envolveu pesquisadores do país inteiro, além do consultor internacional, ex-coordenador do Projeto COMPASS, Antonio Mussino, da Universidade Sapienza de Roma, Itália.

O diagnóstico mais recente que o Brasil tinha era o de 1970, Diagnóstico de Educação Física / Desportos no Brasil, além do Atlas do Esporte no Brasil, de 2005, ambos coordenados pelo Prof. Lamartine Pereira da Costa, que também acompanhou o DIESPORTE.

Tenho a honra de ter participado do Projeto. Explico que ajudei a circulação de informação e publicação da bibliografia auxiliar do trabalho na biblioteca do CEV, além de tocar, com o Tony Meireles , uma plataforma de comunicação.

Fiz os contatos e salamaleques para a vinda do Prof Antonio Mussino, do COMPASS.

A minha vaidade insuportável manda escrever que o apelido do Diagnóstico, DIESPORTE, foi proposta do locutor que vos fala.

O endereço do Portal:   http://www.esporte.gov.br/diesporte/

Visitar,  debater e divulgar.

Laércio

http://blog.cev.org.br/laercio/2015/diesporte/

 

sem comentário »

DIESPORTE – Como, onde e porque (não) se pratica esporte no Brasil

0comentário

do Blog do José Cruz

por Aldemir Teles

Professor da Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco

O DIESPORTE, Diagnóstico Nacional do Esporte, divulgado na última segunda-feira, reproduz alguns dados já conhecidos. Outros, embora inéditos, não surpreendem, a não ser pelos valores percentuais encontrados.

Entre outros equívocos cometidos no Diagnóstico, um dos mais evidentes e que chamou atenção de especialistas, foi não categorizar adequadamente esporte e atividade física. Assim, “academia”, que não é nem esporte nem atividade física, entrou nas duas categorias como dos mais “praticados”.

Esportes como o futsal é menos praticado do que “academia”, mas não tem vez na lista entre as atividades físicas mais praticadas, como o voleibol, por exemplo. A pesquisa falha, ainda, por não ter apresentado detalhadamente a metodologia, além dos dados sobre infraestrutura e financiamento, como prometido.

Sedentarismo

O número de sedentários apresentado no documento não representa novidade, por isso não deveria causar surpresa ao ministro George Hilton. Segundo a pesquisa VIGITEL 2014, (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) do Ministério da Saúde, são 48,7% de sedentários. O Diesporte aponta para 45,9% de sedentários.

Embora confusos e, por isso, pouco esclarecedores, alguns dados do diagnóstico, e outros estudos, sugerem que a origem dos problemas apresentados, como sedentarismo, obesidade etc. estão na escola. Devem-se ao fracasso das propostas pedagógicas para a disciplina de educação física e a forma como o conteúdo esporte passou a ser conceituado e tratado pedagogicamente, após o final da década de 1980.

Causalidade circular

Isso ocorreu com o surgimento da corrente marxista, nesse período, formada por professores de várias universidades do país. O movimento propunha uma “teoria crítico-superadora” para a educação física e para o esporte. “A criança que pratica esporte respeita as regras do jogo… capitalista” foi um dos motes. O movimento influenciou e ainda influencia, fortemente, milhares de acadêmicos de educação física Brasil afora. Os agora ex-acadêmicos são os atuais professores que, de alguma forma, reproduzem as tais teorias.

Os números apontam para os argumentos defendidos aqui. Vejamos alguns deles:

1 – Na Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE 2012), 63,1% dos alunos adolescentes avaliados foram considerados insuficientemente ativos (menos de 300 minutos de atividade física acumulada nos sete dias anteriores à avaliação).

2 – O Diesporte aponta que 69,3% tiveram iniciação no esporte entre os 6 e 14 anos. O dado demonstra que ao menos 30% de jovens nessa faixa, em idade escolar, não tiveram acesso à prática esportiva.

3 – O início da prática esportiva ocorreu na Escola/Universidade para 48% dos pesquisados. Isso significa que mais da metade dos sujeitos não tiveram oportunidade de aprender esportes na escola; e que outros só tiveram acesso ao esporte ao chegar à universidade. Como se explica isso no país que pretende ser potência olímpica?

4 – A pesquisa informa que 45% das pessoas abandonam a prática de atividade física e esporte entre 16 e 24 anos. Mas eles mal começaram…

Estou cada vez mais convicto de que a tarefa de mudar os hábitos dos brasileiros em relação à prática regular da atividade física e do esporte não é do Ministério do Esporte e sim do Ministério da Educação.

É na escola, onde se universaliza a cultura e o conhecimento, que o aluno pode aprender sobre a importância da prática da atividade física e do esporte, o conhecimento de como, quando e porque praticar, além do prazer pelo movimento.

Mais do que se tornar uma potência esportiva, é preciso desenvolver no país a cultura em torno do esporte. E esse é um papel, especialmente, da escola.  A figura ilustra as consequências, para qualquer sistema esportivo, da falta de investimento no esporte escolar. O professor Gustavo Pires chama de teoria da “Causalidade circular”.

sem comentário »