JANEIRO BRANCO: A SUA MENTE PRECISA DE ATENÇÃO!

0comentário

Campanha serve de alerta para o cuidado com a saúde mental

Janeiro é o mês marcado pela expectativa de novidades para o novo ciclo que se inicia. É comum que durante e após a passagem de ano, muitas pessoas repensem suas ações e construam metas para os próximos doze meses. Porém, há um fator essencial para a vida que muitos não incluem em seus planos: o cuidado com a saúde mental e emocional.

“Em termos simbólicos e culturais, neste período todos nós estamos propensos a refletir sobre nossas vidas. Por isso, a campanha também é caracterizada pela cor branca, sendo uma espécie de convite ou uma folha em branco para que todos sejam inspirados a escolher os nossos novos caminhos e claro, cuidar da mente”, afirma a psicóloga do Hapvida Saúde, Celiane Lopes.

Destaque também por ser tema da redação do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), a pauta é uma das mais levantadas e discutidas durante a pandemia, uma vez que suas consequências contribuem significativamente para o desenvolvimento de transtornos psicológicos como ansiedade e depressão.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que a doença afeta 4,4% da população mundial. Sendo o Brasil, com 5,8% da população atingida, o segundo país com maior número de pessoas com depressão nas Américas, atrás somente dos Estados Unidos, com 5,9% de depressivos. 

A população brasileira também é a que possui maior índice de pessoas com ansiedade no mundo, com quase 19 milhões de brasileiros apresentando a doença, o que equivale a 9,3% da sociedade. Além disso, o suicídio já é considerado a terceira principal causa externa de mortes no país, com 12,5 mil casos em 2017, ficando atrás dos acidentes e agressões, segundo o Ministério da Saúde (MS).

Para a psicóloga, dados como estes tendem a crescer, devido aos danos causados pela pandemia do novo Coronavírus. “Hoje é possível perceber que o isolamento social, o desafio do home officie e a perda de familiares e amigos são fatores que mais estão ligados ao desencadeamento de crises de ansiedade e picos de estresse”, detalha.

Como cuidar da saúde mental e emocional?

Diante das diversas dificuldades causadas pelo adoecimento da mente, a saída pode parecer distante, mas com estratégias simples ou auxílio profissional, é possível começar a ter uma mente mais saudável. Confira algumas dicas:

  1. Pratique exercícios físicos regularmente e tenha hábitos saudáveis

A dopamina, mais conhecida como hormônio da felicidade, é uma substância liberada durante as atividades físicas. Portanto, este é um dos hábitos mais indicados para cuidar do corpo e da mente. Além disso, a prática de exercícios físicos servem também como refúgio, já que sempre exige foco e respiração adequados. 

“Manter sempre uma boa noite de sono e outros cuidados básicos, como na alimentação, também contribuem para a prevenção de diversos transtornos psicológicos”, afirma Celiane Lopes.

  1. Pratique o autocuidado

Olhar para si com carinho e gentileza, respeitar o seu corpo e seus limites também são atos em prol da sua saúde e que, sem dúvidas, são essenciais para aumentar o seu bem estar físico e emocional. 

  1. Consulte um psicólogo 

Em momentos de angústia, buscar ajuda é sempre o melhor caminho. Por isso, as redes de apoio tornaram-se cada vez mais importantes, sejam elas compostas por familiares, amigos ou psicólogos.

“O acompanhamento psicológico é fundamental para auxiliar as pessoas a compreenderem a si mesmos. Pois é através de orientações e estímulos que podemos encontrar a causa dos nossos desconfortos e buscar estratégias que ajudem a organizar nossas vidas e administrar nossas emoções”, explica.

  1. Adquira novas habilidades 

Que tal tentar um novo hobby ou até mesmo voltar a praticar aquilo que você mais gostava? 

Tocar instrumentos, fazer artesanato, ler, escrever, assistir um bom filme ou série e praticar esportes, podem ser atividades que proporcionam prazer e exercitam bem o cérebro. Mas vale lembrar que manter o equilíbrio entre as responsabilidades e as atividades de lazer permanece sendo fundamental.

  1. Preserve um tempo para a família e amigos

Na correria do dia a dia, muitas pessoas acabam se distanciando de familiares e amigos, perdendo assim momentos únicos de afeto e felicidade durante a pressão do trabalho ou estudos. Portanto, converse, sorria, abrace e relaxe.

sem comentário »

Bairro Alemanha: Batista Matos pede praça no lugar do “Prédio Balança, mas não cai”

0comentário
Na reunião, o vereador Batista Matos alertou para risco e solicitou melhoria para o bairro Alemanha

O vereador Batista Matos e equipe estiveram com engenheiro da MRV e com o secretario municipal de Urbanismo (Semhur) tratando sobre o prédio que fica na Rua Luís de Carvalho, em frente à escola Abelhinha e no fundo do terreno (antiga rádio São Luís), no bairro Alemanha, onde a MRV está construindo um complexo habitacional.

O risco de a estrutura desabar preocupa os moradores da Alemanha. A MRV quer derrubar o prédio, mas precisa de autorização da Semhur. “Pedi celeridade à Semhur quanto a essa autorização, para que a MRV possa demolir esse prédio. O secretário Bruno Costa encaminhou nossa solicitação ao setor responsável. A demolição será feita logo, logo”, explicou.

PRAÇA NO LOCAL

Em diálogo com a equipe da MRV, Batista Matos pediu que após a demolição a empresa construa uma praça com academia e brinquedos para os moradores da região.

“Os moradores dessa região precisam de uma área de lazer. Fiz essa solicitação ao engenheiro responsável pela obra, que nos disse ser possivel e que encaminharia essa solicitação a sua diretoria”, estamos trabalhando pelos moradores”.

COMISSÃO

O vereador também está dialogando com moradores da região para criar uma comissão de acompanhamento da obra. “A comissão terá a participação de moradores e nem ria da empresa, tendo como objetivo o dialogo permanente entre empresa e moradores e também fiscalização sobre os impactos da obra na comunidade”, concluiu.

sem comentário »

Dupla Fernando e Franco abrilhanta a noite no Quartetto Bar

0comentário

São Luís – A melhor dupla sertaneja do Maranhão aporta, nesta quarta-feira, no Quartetto Bar, um dos endereços onde a turma jovem está batendo ponto, na Avenida dos Holandeses.

Fernando e Franco é a atração principal da noite, mas a programação inclui, ainda, o cantor Caio Mello.

Na sexta-feira, os cantores estarão no Resenha Buteco, na Avenida São Luís Rei de França.

sem comentário »

PJe permite ao cidadão ter acesso rápido e fácil a processos da Justiça Eleitoral

0comentário

Para o cidadão que deseja ou precisa consultar o andamento de algum processo em tramitação na Justiça Eleitoral, o caminho é mais simples do que parece. Basta acessar o Processo Judicial Eletrônico (PJe).

O PJe é um sistema que permite a tramitação de processos exclusivamente por via eletrônica, tornando a prestação jurisdicional mais ágil, eficiente, econômica e sustentável. Sua implantação trouxe mais transparência e segurança à consulta aos processos judiciais, possibilitando ainda um acesso mais amplo e democrático aos cidadãos em geral.

Pela Consulta Pública Unificada do PJe, o cidadão pode realizar pesquisa a dados básicos do processo, como número, nome das partes, movimentação processual, sentenças, votos e acórdãos. Também é possível fazer o levantamento em todas as instâncias da Justiça Eleitoral, não apenas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suprindo a necessidade antes existente de percorrer cada um dos sites dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

sem comentário »

OS ÚLTIMOS DIAS DE TRUMP

0comentário

A imprensa mundial, desde semana passada, só comenta um assunto: o gesto insano do presidente dos Estados Unidos, Donaldo Trump, que, como o seu imitador brasileiro, o estabanado Jair Bolsonaro, mobilizou fanáticos seguidores para macular a democracia americana, uma das mais sólidas e importantes do universo.

Trata-se da invasão do Capitólio, sede do Senado e Câmara dos Deputados, por vândalos e bandidos, com vistas a pressionar os representantes do povo americano, a reverter o resultado das recentes eleições, que deram a vitória de modo insofismável, ao candidato do Partido Democrata, Joe Biden.  Aquela satânica operação, orquestrada e patrocinada pela figura demoníaca de Trump, que governou de maneira danosa e nada exemplar os Estados Unidos, país que se ufana de praticar uma forma de governo, estribada no respeito às leis e à Constituição.

Os jornais brasileiros, sobretudo os que circulam no Rio de Janeiro e São Paulo, têm dedicado edições especiais ao triste caso americano, por meio de seus correspondentes nos Estados Unidos e de repórteres e articulistas que glorificam a imprensa nacional.

Na condição de assinante de O Globo e da Folha de São Paulo, leio diariamente via internet os jornais carioca e paulista, nos quais acompanho com vivo interesse o que os seus colunistas e articulistas escrevem com competência e inteligência, a respeito do que acontece no país americano.

Na edição do último domingo, por exemplo, o jornal carioca O Globo, publicou um texto da lavra do jornalista Elio Gaspari, que eu não posso deixar de reproduzir nesta coluna, sob pena de cometer um desatino político, até porque o artigo pode prenunciar o que pode acontecer no Brasil em 2022, se esse desmiolado presidente que nos governa for candidato à reeleição e, no caso de  perdê-la, certamente não terá nenhuma cerimônia de querer fazer o mesmo em nosso país, ele, que tem a mania e o prazer de imitar o Trump em tudo e no que tem de pior.

O TEXTO DE ELIO GASPARI

“Em julho de 2016, o bilionário Michael Bloomberg, disse durante a convenção do Partido Democrata: “Eu reconheço um vigarista quando o vejo”. Referia-se a Donald Trump. Passaram-se quatro anos, e a questão da vigarice do doutor foi para mesa da procuradora-geral do estado de Nova York.

Em Washington, a questão tornou-se outra: a eventual a aplicação do dispositivo constitucional que permite empossar o vice caso o titular esteja incapacitado. Quando essa emenda foi aprovada, pensava-se num cenário no qual o presidente está sob intensos cuidados médicos.

No espetáculo da série “Os últimos dias de Trump”, a invocação do dispositivo nada tem a ver com uma anestesia geral, por exemplo. Trata-se de incapacidade por maluquice.

Trump é visto com um narcisista psicótico por muita gente que não gosta dele. Em julho passado, sua sobrinha Mary(psicóloga) publicou um livro com o subtítulo “O homem mais perigoso do mundo”. Parecia futrica familiar.

Desde novembro, Trump sustenta que venceu a eleição “de lavada”. Na terça-feira, os candidatos republicanos perderam a eleição na Geórgia. No dia seguinte, seus guardiões fizeram o que fizeram. Os senadores e deputados americanos foram obrigados a deixar o prédio. Numa decisão histórica, voltaram ao plenário horas depois e confirmaram o resultado eleitoral.

A senadora republicana, que perdeu a cadeira tirou sua assinatura do pedido de recontagem dos votos da eleição presidencial na Geórgia. Duas integrantes do primeiro escalão de seu governo foram-se embora, e seu fiel ex-procurador-geral acusa-o de ter traído o cargo.

O mundo está diante de um espetáculo constrangedor: o presidente dos Estados Unidos pirou. Isso só acontecia em filmes ruins. Desde o dia em que tomou posse, garantindo que ela foi assistida por uma multidão jamais vista, estava no tabuleiro a carta de que se tratava de um homem mentiroso.

Quatro anos depois, com o seu negativismo eleitoral e a mobilização de seus seguidores para a invasão do Capitólio, Trump encarna o personagem do teatrólogo Plínio Marcos em “Dois perdidos numa noite suja”: Sou o Paco Maluco, o perigoso”.

A série “Os últimos dias de Trump” não terminou. Se ele queria jogar golfe na Escócia no dia da posse de Joe Biden, deve buscar outro pouso. A primeira-ministra Nicola Sturgeon disse que lá o doutor não entra, pois o país está em lockdown.

Faltam poucos dias para o fim da série e Trump ainda surpreenderá a plateia. A Associação Americana de Psiquiatra continua funcionando, com sede a poucos minutos da Casa Branca. Isso porque malucos existem”.      

NARA LEÃO E GULLAR

Está no ponto de lançamento, o livro biográfico de Nara Leão, da autoria do jornalista Tom Cardoso.

A obra relata o namoro da cantora com o poeta Ferreira Gullar, ao qual ela propôs que se separasse da esposa e dos filhos.

Gullar não topou a proposta, mas continuaram bons amigos.

OS VICE-PREFEITOS

Este ano, um grande número de prefeitos de capitais, praticou um ato raro na vida municipalista do país.

Trata-se da nomeação de vice-prefeitos para cargos importantes na estrutura administrativa dos municípios.

Motivo: as nomeações fazem parte de uma estratégia política dos prefeitos das capitais, que, no caso de serem convocados para disputar eleições majoritárias em 2022, vão deixar em seus lugares, figuras de sua confiança.

Em São Luís, o prefeito Eduardo Braid seguiu à risca essa estratégia. Para a secretaria de Educação nomeou a vice Esmênia.

 A REAÇÃO DE FLÁVIO

O governador Flávio Dino foi o primeiro a protestar contra a aprovação da lei que tramita na Câmara de Deputados, propondo modificações nas escolhas dos comandantes-gerais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Se a lei for aprovada, os comandantes dessas corporações terão mandato de dois anos e serão escolhidos por meio de lista tríplice.

O pior de tudo: os militares indiciados em inquéritos policiais ou que são réus em processos judiciais ou administrativos, poderão ser promovidos.

Flávio acha que essa lei não pode ser aprovada, pois é matéria subordinada aos Poderes Executivo e Legislativo estaduais.   

O ABRIGO VELHO

Todas as vezes que eu transito pelo Largo do Carmo e não vejo mais aquele monstrengo que o desfigurava do ponto de vista urbanístico, não posso deixar de bater palmas ao ex-prefeito Edvaldo Hollanda e ao superintendente do IPHAN, Maurício Itapary.

Eles tiveram a indômita coragem, mesmo enfrentando vozes reacionárias, de botar abaixo um prédio que teve utilidade social no passado, mas, na atualidade, que comprometia a beleza do centro urbano.      

FESTAS POPULARES

As autoridades cariocas querem que os desfiles das escolas do Rio de Janeiro sejam transferidos de fevereiro para os dias 11 e 12 de julho.

Em São Luís não será fácil transferir o carnaval para tais datas.

Como o povo maranhense se esbalda nas festas juninas, não tem fôlego e dinheiro para brincar em dois eventos quase simultâneos.

MAIS VIVO DO QUE NUNCA

O meu caro amigo Aparício Bandeira, com a divulgação infundada de haver viajado para a cidade dos pés juntos, sofreu bastante para provar que está vivo, sadio e inteiro.

Quem faleceu foi o seu sobrinho Aparício Bandeira Neto, que casou com Cíntia, filha do ex-governador Luiz Rocha.

sem comentário »
Twitter Facebook RSS