Prefeita Luciene Costa prestigia visita de Bolsonaro ao Maranhão e obtém garantia de mais obras e segurança para Bom Lugar

0comentário
Comitiva de Bom Lugar na agenda presidencial, liderada pela prefeita Luciene Costa e por Rogério Costa Pitbull

A prefeita de Bom Lugar, Luciene Costa (PSDB), prestigiou, nessa quinta-feira (29), a visita do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao Maranhão. Acompanhada do líder político Rogério Costa Pitbull, a gestora obteve do chefe da nação e do senador Roberto Rocha (PSDB), seu aliado, a garantia de mais obras de infraestrutura e investimentos em segurança pública no município.

Solenidade em Bacabeira reuniu público numeroso para prestigiar o presidente Jair Bolsonaro

Luciene Costa fez questão de acompanhar, do início ao fim, a agenda presidencial na BR-135, em Bacabeira, na qual Jair Bolsonaro vistoriou as obras de recapeamento asfáltico da rodovia federal e anunciou mais investimentos da União no Maranhão.

Apoaidores e até crianças fizeram questão de marcar presença no evento com a presença de Bolsonaro

Recepcionada por Roberto Rocha, a prefeita de Bom Lugar obteve do senador, com o aval do presidente, a garantia de mais obras do Governo Federal em Bom Lugar. Também foram assegurados investimentos em segurança pública na cidade, ações destinadas a proporcionar à população um ambiente ordeiro e de paz.

O marqueteiro Manlio Jordan com a ex-deputado estadual Andréa Murado, que declarou apoio à reeleição da prefeita Luciene Costa

Apoiador de Bolsonaro, o líder Rogério Costa Pitbull exaltou a visita do presidente ao Maranhão, destacando estar diante do melhor presidente que já governou o Brasil. “Bolsonaro é homem sério, sem currupção e atende o povo. Ele é diferente, é o presidente pé embaixo. Bolsonaro e Roberto Rocha, chama no 45”, declarou Rogério, fazendo alusão ao partido do senador e da prefeita Luciene Costa.

Assista ao vídeo:

sem comentário »

Em Dom Pedro, Othelino reitera apoio a Galego Mota para reconstruir a cidade

0comentário
Othelino disse que Galego Mota é um homem simples, da cidade, que decidiu se candidatar ao mandato de prefeito depois de perceber o quanto o município estava sendo mal cuidado

São Luís – O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), reafirmou, nesta quinta-feira (29), o seu apoio a Galego Mota (Solidariedade), candidato a prefeito de Dom Pedro, e ao seu companheiro de chapa, Lucyan Rezende (PP), candidato a vice, durante ato de campanha na cidade, onde o parlamentar participou também de uma caminhada pelas ruas do município, reunindo uma multidão de apoiadores da chapa que pretende transformar a atual realidade de Dom Pedro.

No ato político, Othelino disse que Galego Mota é um homem simples, da cidade, que decidiu se candidatar ao mandato de prefeito depois de perceber o quanto o município estava sendo mal cuidado. Afirmou, ainda, que Galego e Lucyan já têm o apoio principal, que é o da população, mas contam, também, com um grupo politico que está empenhado em ajudá-los a reconstruir o município.

“Eu sei que a população vai saber fazer a opção correta e eleger alguém da cidade para governar o município. O Galego e o Lucyan têm muito a contribuir para o futuro de Dom Pedro e, por isso, contam com o meu apoio e o do governador Flávio Dino para a destinação de recursos e a realização de projetos visando à transformação da realidade da cidade. Mas, o maior apoio o Galego já tem, que é o da população, que hoje mostra a sua força”, declarou o chefe do Legislativo Estadual.

Parcerias

Galego Mota afirmou que a presença de Othelino no ato engrandece a sua campanha e o motiva a firmar ainda mais parcerias para trabalhar em prol de Dom Pedro. “Eu tenho ao meu lado este grande homem e a força do povo, que está nos apoiando. Tenho certeza que Dom Pedro me dará essa oportunidade e, juntos, faremos um grande trabalho”, assinalou.

“Agradecemos a presença do deputado Othelino Neto, que, assim como povo de Dom Pedro, acredita em Galego Mota. Estamos empenhados em colocar Dom Pedro no rumo certo. Contamos com a sua lealdade e serenidade para que, juntos com Galego Mota, possamos trabalhar por nossa gente”, completou Lucyan Rezende, candidato a vice-prefeito.

sem comentário »

DO PISO À AMBIENTAÇÃO: MÚLTIPLOS USOS E VANTAGENS DO PORCELANATO

0comentário

Revestimento apresenta diversas vantagens e formas de uso

Ele reúne características como funcionalidade, beleza, resistência e economia. Estamos falando do porcelanato, o revestimento que surgiu como uma alternativa mais resistente aos tradicionais pisos de cerâmicas; pois o mesmo passa por um processo de queima em altíssima temperatura; o que faz com que o material se torne muito mais resistente do que as cerâmicas tradicionais. E com a fabricação do porcelanato de grandes dimensões,  esse material também conquistou outros espaços; e hoje é cada vez mais comum observarmos projetos arquitetônicos que usam o porcelanato também em painéis, revestindo paredes ou como opção de material usado em mesas e bancadas.

As vantagens desse material são muitas, como apontam os arquitetos Marina Bogéa e Marcos Nunes, sócios do escritório de arquitetura Por Metro Quadrado em São Luís:

“O porcelanato oferece uma grande variedade de cores, texturas e acabamentos. Há diversos modelos no mercado, que vão desde os tipos lisos aos marmorizados e amadeirados. Outra vantagem é que ele reproduz matérias nobres como o mármore a preços mais acessíveis. É de fácil instalação por conta do tamanhão padrão das peças. E são muito mais resistentes aos riscos, além da alta resistência ao calor e às manchas, pois tem baixíssima absorção de água, não absorvendo facilmente os líquidos derramados sobre ele”, explicam os arquitetos.

Como piso, o porcelanato é simples de instalar e limpar, e muito utilizado tanto em ambientes internos quanto externos. Mas, entre tantas opções existentes, é preciso atenção e orientação profissional para escolher o porcelanato ideal para cada tipo de ambiente. É preciso observar algumas características, como explicam os arquitetos Marina e Marcos:

“Para cada ambiente e uso, há um tipo ideal de porcelanato; e o primeiro passo é definir se a área é interna ou externa, se é uma superfície seca ou molhada. Isso faz toda diferença para a escolha do revestimento. Em áreas externas e abertas, é melhor que os pisos sejam mais rústicos e antiderrapantes, pelo constante contato com água. Já em áreas internas e cômodos como sala, hall, quarto e cozinha, os porcelanatos podem ser usados sem restrições. Vale salientar que a cor e a textura do porcelanato também devem ser adequadas para cada ambiente”, dizem os arquitetos.

Quanto ao tipo de acabamento, há opções de porcelanato polido ou esmaltado. O tipo polido, também conhecido como porcelanato técnico, possui uma textura mais lisa e brilhante, porém é  mais escorregadio e não deve ser aplicado em áreas externas ou molhadas. De brilho intenso, oferece um efeito mais sofisticado ao ambiente e é de fácil limpeza.

Já o tipo esmaltado é mais resistente, risca e mancha menos e é a indicação para uso em áreas externas e de alta circulação de pessoas assim como para áreas molhadas como banheiros. Mesmo sendo esmaltado, esse piso normalmente é vendido em diferentes texturas, podendo ser lisa, áspera, fosca ou brilhante.

E tem ainda o porcelanato de madeira, que oferece um resultado sofisticado e aconchegante. Ele imita a madeira de diversos tons, e oferece maior durabilidade, além de não agredir o meio ambiente. Harmoniza muito bem com materiais como concreto e aço e outros elementos considerados “frios”. Para quem está pensando em construir ou reformar, todas as lojas do Grupo Potiguar em São Luís e Imperatriz estão com o Festival do Porcelanato, uma chance de ouro para encontrar um vasto mix de opções e com os melhores preços. A promoção é válida até o próximo dia 10 de novembro ou enquanto durarem os estoques nas lojas.

“Como é grande  o movimento de reformas nessa época do ano, criamos essa campanha para facilitar ainda mais e oferecer aos clientes condições especiais naquele que é um dos materiais mais procurados, o porcelanato”, explica o Gerente de Marketing do Grupo Potiguar Adriano Pestana.

E vale lembrar ainda que, além do uso de uma argamassa de qualidade; é preciso estar atento para o índice PEI na hora de escolher o melhor tipo de porcelanato:

“O PEI (resistência ao desgaste de superfície esmaltada) é um índice que determina a resistência do material; podendo variar entre 1 e 5. Portanto, quanto maior for o PEI, mais resistente é o tipo de revestimento em questão”, explicam os arquitetos Marina e Marcos.

E com a fabricação do porcelanato em grandes proporções, os revestimentos atuam como um elemento construtivo visualmente integrado à arquitetura, podendo esconder ou valorizar detalhes arquitetônicos de um projeto – tais como portas e bancadas, ou ainda permitindo a criação de painéis e molduras diferenciadas. E pela sua praticidade e beleza, ganharam logo a preferência dos arquitetos em projetos autorias dos mais diversos tipos.

Marina e Marcos assinaram um projeto de consultório para um nutricionista e usaram amplamente o porcelanato, do piso ao banheiro, passando por uma linda bancada de trabalho, que imita uma peça de mármore:

“Criamos uma mesa preta usando um porcelanato de grande formato (1,20m x 2,40m) e ficou perfeito, uma peça inteira sem emendas e rejuntes. Esse material é muito resistente, de fácil limpeza, não risca facilmente e é menos suscetível à formação de manchas; o que promete além da beleza bastante durabilidade. Para o banheiro desse consultório apostamos na composição de um mix de revestimentos, para um efeito final bem moderno, misturando 3 tipos de revestimentos com texturas diversas – porcelanato amadeirado, outro marmorizado e uma parede em 3D. O efeito final ficou moderno e bem personalizado”, resumiram eles.

sem comentário »

Vice-líder do governo Bolsonaro, Deputado Aluísio Mendes comemora chegada de energia elétrica a povoados dos Lençóis

0comentário
Após pedido de Aluísio, ministro Ricardo Sales exigiu velocidade na liberação das licenças para energia em povoados
Foto:Divulgação
sem comentário »

As 80 magias de Pelé

0comentário

1.A magia do futebol

O futebol é um esporte extraordinário. Somente no futebol  um aleijado como Garrincha poderia ter sido um gênio, competindo com grandalhões saudáveis e perfeitos. Somente no futebol um sujeito baixo  e atarracado, com  cara de porteiro  de boate  de quinta categoria, feito Maradona,  seria um extra-classe; somente no futebol um time do interior  sem dinheiro e sem torcida,  como o Santos FC poderia, em pouco menos de dez anos, se transformar no melhor time do planeta.

Pois foi esse esporte fascinante que conferiu a Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, que esta semana completou 80 anos de vida,  o título de melhor atleta do século, mesmo disputando com atletas legendários de outros esportes mais solicitados em países muito ricos como os USA. E foi ele, Pelé, o mágico capaz de transformar nas décadas de 50/60  um time de interior,  o Santos FC, num time de futebol que, ainda hoje, parece carregar o dom de uma sina memorável. Haja vista o surgimento de jogadores como Robinho e Neymar.

As novas gerações que não viram o apogeu do Santos FC  não têm idéia da tolice que falam quando tentam equiparar os feitos internacionais do São Paulo FC aos do Santos, da era Pelé. Isso seria desculpável para torcedores, mas não para analistas de futebol profissionais. O São Paulo ganhou, sim, títulos de torneios mundiais, mas nunca foi sequer considerado o melhor time do mundo. Há uma diferença básica. O Santos  ganhou títulos porque era o melhor e não foi o melhor apenas porque ganhou títulos. O  Santos era tão melhor que prescindia de títulos, tanto assim que os desprezou, negando-se a disputar o torneio Libertadores da América, cujo inchaço de times promovidos para disputar a competição,   incluindo os vices,  tinha por único objetivo poder ver Pelé e Cia se exibindo de graça.   

2.Pelé, o mágico. 

Pelé era o craque, Edson o homem. A ponto de o próprio Edson se referir a Pelé como outro personagem. As pessoas confundem as coisas. Tive oportunidade de ser inserido nas redes sociais em  debates nos quais muitos se manifestavam contra as homenagens prestadas ao craque por causa de seu comportamento (lamentável, diga-se de passagem)  no episódio de seu distanciamento da própria filha. Lembro, porém, que as homenagens que lhe estão sendo prestadas, se referem ao esportista excepcional, não ao homem.

 3. Em certeira crônica sobre o futebol, neste domingo,  o confrade e amigo Elsior Coutinho lembrou de várias expressões usadas por comentaristas e torcedores numa interessante listagem de termos bélicos adaptados ao jargão futebolístico.  

Isso me fez lembrar o que havia lido na revista Superinteressante quando cientistas evolutivos explicavam o formidável fascínio que este exerce na mente, especialmente  masculina, pelo  fato desse  esporte se desenvolver como uma estratégia de combate, que motivou o ser humano nas suas lutas pela sobrevivência. O instinto gregário, a luta, o ataque e a defesa, o estrategista, e o gol como objetivo a ser alcançado, fazem parte do ardor com que lutamos  nos mais remotos tempos.   

A tudo isso o futebol acrescenta o fascínio da imprevisibilidade. Somente no futebol um pequeno Davi pode vencer o gigante Golias. Somente no futebol um menino pobre que engraxava sapatos para sobreviver poderia se  tornar um  Rei de todo o Planeta ,   como Pelé se tornou.

José Ewerton Neto é autor de O entrevistador de lendas, novela de ficção sobre lendas maranhenses, agora em segunda edição
sem comentário »
Twitter Facebook RSS