Stylo Fardamentos terá estande na Expo Indústria Maranhão

0comentário
Stylo Fardamentos estará entre os expositores na Expoindústria Maranhão

São Luís – De 26 a 29 de maio, no Multicenter Negócios e Eventos (Cohafuma), acontece a quarta edição da Expo Indústria Maranhão, feira com o objetivo de fomentar a geração de novos negócios, promover networking e fortalecer marcas e serviços. O evento contará, mais uma vez, com a participação da Stylo Fardamentos entre os expositores.

A novidade é que, além da fábrica de fardamentos profissionais, a Stylo levará sua mais recente expansão: a Stylo Fardamentos e EPI Express. Com fardamentos disponíveis à pronta-entrega, a nova loja chegou trazendo inovação e
agilidade.

A loja surgiu da necessidade de atender a demanda urgente de fardamentos sem quantidade mínima de pedidos. Tudo entregue personalizado em, no máximo, 72 horas.

Uma programação exclusiva a quem deseja conhecer e experimentar a praticidade do fardamento profissional personalizado está sendo preparada para esta edição da feira.

A Stylo Fardamentos é uma marca que surgiu em 2009 no segmento de fardamentos profissionais. Em 2012, iniciou suas atividades como fábrica e está completando dez anos de confecção própria.

Pensada para levar facilidade, rapidez e qualidade a micro, pequenos e grandes negócios, a empresa oferece uma variedade de fardamentos profissionais e equipamentos de proteção individual à pronta entrega.

sem comentário »

Projeto social da Potiguar contempla mulheres de baixa renda

0comentário
O projeto viabiliza a produção de materiais diversos confeccionados pelas alunas, com lonas plásticas descartadas pela empresa, e doadas às participantes

São Luís – A chamada Agenda ESG (sigla em inglês para Meio Ambiente, Social e Governança Corporativa) está cada vez mais sendo incorporada aos negócios das empresas, uma vez que, sem sustentabilidade, simplesmente não há negócio.

No Maranhão, o Grupo Potiguar já é adepto de práticas nessas três esferas há muitos anos, pois apoia ONGs, patrocina a cultura e valoriza ações voltadas para a proteção do meio ambiente.

E um de seus mais relevantes projetos sociais é de autoria do próprio Grupo Potiguar: a “Oficina de Sustentabilidade Potiguar” , que reúne Costura Criativa e Upcycling de lonas plásticas. Ele é realizado há mais de quatro anos, desde 2017, em parceria com a artesã e facilitadora Maria Divina.

Trata-se de mini cursos de costura ofertados para mulheres de baixa renda, moradoras de áreas de vulnerabilidade social da capital. Além de oferecer o treinamento gratuito de corte e costura, como uma habilidade geradora de renda extra.

O projeto viabiliza a produção de materiais diversos confeccionados pelas alunas, com lonas plásticas descartadas pela empresa, e doadas às participantes. Assim são confeccionados mochilas, estojos, bolsas e aventais, entre outros itens, que podem ser comercializados após o treinamento pelas participantes.

Eis um belo exemplo de upcycling, conceito que prega a evolução, a criação de algo e melhor à partir de materiais já existentes. Nesse projeto, todas as lonas são materiais de propaganda das lojas Potiguar, e que antes eram apenas descartados.

Desde 2017 essas lonas ganham um nobre destino nas oficinas: servir de matéria-prima para a aprendizagem de mulheres que sonham em ter trabalho e renda; e acima de tudo, mais dignidade e uma vida melhor e mais produtiva.

sem comentário »

Crônica de José Fernandes: “Sem Noção”

0comentário
Inteligentemente assimilados, os erros podem transformar-se em bons ensinamentos

ESTES BREVES relatos envolvem elementos semelhantes aos que contém o texto anterior, também um tanto incômodos – recordam atos irrefletidos, de descontrole juvenil.

A primeira situação, que exporei brevemente, deu-se quando, em uma festinha, dancei, seguidamente, com uma garota e, como eu era apressado e prático, começamos a namorar. Na verdade, estava com alguns pileques na cabeça, passando por uma fase dispersiva, ou, para ser franco, uma fase de total insensibilidade. Resultado: quando a vi, dias depois, de longe, preconceituoso que era, achei-a gorda para o meu gosto. Fiz-me de esquecido do entusiasmo da noite dançante e, para provável decepção por parte dela, passei a tratá-la à distância, como se nenhum aconchego, antes, houvesse ocorrido entre nós.

Outra ocasião, procurando lazeres, em um domingo suburbano, passei por uma casa em que, numa sala ampla, se realizava uma festinha dançante, entre pessoas que me pareciam íntimas. Postava-se debruçada na janela uma jovem bonita; aproximei-me e com ela entretive uma longa e promissora conversa. Não demorou – coisa de gente muito jovem -, parecíamos pessoas de longo convívio. Quando nosso rápido namoro estava praticamente engatilhado, ela me convidou a entrar para dançarmos. Entrei e, ao entrelaçá-la para a dança, me inteirei de seu imenso tamanho, em comparação com o meu metro e meio de estatura. Eu era complexado, na época, a tal ponto que brigava com quem me chamasse de baixinho. Saí furtivamente daquele recinto, “à francesa”, para evitar maior constrangimento.

Entrementes, vivi outra embaraçosa situação, nesses tempos de conquista rápida. Num dia de folga, andei na rua de um certo bairro de nossa cidade e, por nova coincidência, deparei-me com uma jovem simpática, debruçada na alta janela de sua casa.

Não me contive. Para não perder a chance, inventei um pretexto e passei a conversar com a moça. Levei nossos assuntos para o âmbito da intimidade e antes de meia hora já nos envolvêramos sentimentalmente – ela continuando a emoldurar a janela e eu, embaixo, numa distância mínima de três metros.

Estávamos bastante entrosados nas nossas pretensões quando eu lhe pedi que descesse para darmos um passeio ali por perto.

Imediatamente ela desceu. Com a maior naturalidade, veio à rua e, ao aproximar-se de mim, constatei que a moça tinha uma deformidade na perna, claudicava ostensivamente, levando-me a, por ela, sentir pesar, eis que, na época, tudo me causava pudor. Desta vez, fui sutil. Não quis que a garota bonita percebesse o meu vexame, o meu sem jeito diante de seu defeito físico. Tratei-a com amabilidade. Percorremos algumas quadras conversando, e, cordial, deixei-a em casa, gentilmente, prometendo um retorno que, com certeza, sabia que não iria acontecer.

Aos poucos, eu já estava melhorando de procedimento, aprendendo a ser compassivo, mais tolerante.

Os tempos mudam – hoje tudo isso me seria natural. Fui-me educando, paulatinamente, controlando minhas emoções. O tempo, mesmo à nossa revelia, torna-se, pouco a pouco, um excelente instrutor.

sem comentário »

Aprovado projeto que permite entrada gratuita de ex-jogadores de futebol em estádios

0comentário
Deputado Roberto Costa fala da tribuna da Assembleia Legislativa

São Luís – A Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) aprovou, em segundo turno, na sessão plenária desta quinta-feira (19), o Projeto de Lei 100/2022, de autoria do deputado Roberto Costa (MDB), que permite o ingresso de ex-jogadores de futebol profissional nos estádios maranhenses. A matéria vai à sanção governamental.

De acordo com o PL, fica garantido o direito à gratuidade ao ex-jogador de futebol profissional que tenha disputado o campeonato maranhense da primeira divisão por qualquer clube dessa categoria, filiado à Federação Maranhense de Futebol, por tempo igual ou superior a três anos, ininterruptos ou não.

O autor estabelece, também, que o ex-jogador, para ter direito ao benefício, deverá ser obrigatoriamente filiado ao Sindicato de Atletas Profissionais de Futebol do Estado do Maranhão (Sapfema), permitindo que ele tenha acesso e direito a assento nos estádios em dias de jogos estaduais, nacionais e internacionais, no setor das cadeiras.

A matéria determina ainda que, nos estádios de propriedade dos clubes, 50 será o limite máximo de ingressos a serem ofertados, somente em dias de jogos de futebol, cabendo à Federação Maranhense de Futebol (FMF) controlar esse quantitativo. Ao sindicato da categoria caberá expedir a carteira de gratuidade com o selo do ano em exercício, que terá validade de 12 meses, com possibilidade de renovação.

sem comentário »

Casarão em clima de despedida da temporada com Shinoda, CDC, Samba de Reis e Daquele Jeito

0comentário
Bruno Shinoda se apresenta no Casarão Colonial neste domingo, 22

São Luís – O domingo (22) no Casarão Colonial, na Rua Afonso Pena, no Centro Histórico de São Luís, será em clima de despedida da temporada, para um retorno em breve com muitas surpresas.

Antes disso, o espaço prossegue com sua programação diversificada e inclusões de atrações alusivas ao período junino.

O Casarão receberá, neste domingo, os grupos CDC, Samba de Reis e Daquele Jeito, além do cantor Bruno Shinoda e o DJ Arsênio Filho. Os grupos residentes sempre dão um show à parte, uma vez que trabalham com repertórios sempre atualizados.

O destaque também será Bruno Shinoda, o “Imperador das Bilheterias”, epíteto a ele associado por sempre conseguir atrair muita gente às suas apresentações musicais.

De acordo com o cronograma do espaço, haverá, ainda, programação nos dias 29 de maio e 5 e 12 de junho.

Os ingressos podem ser adquiridos pelo site do Sympla ou via pix: (98) 98513 – 3449 (Ana Sousa).

sem comentário »

Amo Vinho apresenta Tom Cléber na AABB no próximo dia 27 de maio

0comentário
Tom Cléber se apresentará na AABB, no próximo dia 27 de maio

São Luís – Um dos cantores maranhenses de maior prestígio nacional, Tom Cléber fará show no dia 27 maio, na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), na Ponta do Farol. Na abertura, o público curtirá, também, uma apresentação do cantor Pandha. A programação começa às 20h.

Tom Cleber cantará sucessos do passado, músicas românticas que marcaram gerações e canções atuais. O show Tom & Vinho contará com a participação especial do compositor Elias Muniz.

Elias Muniz, diga-se de passagem, já produziu grandes sucessos nacionais, entre eles, “Viola está chorando” (João Mineiro e Marciano), “Tarde Demais” (Raça Negra), “Ela é Demais”, consagrada pelo público nas vozes marcantes da Dupla Rick e Renner, e “Dormi na Praça” (Bruno e Marrone). Além disso, ele lançará a música “Gratidão”, a ser cantada por Tom Cléber.

Amo Vinho

O projeto é uma promoção da Amo Vinho – Bistrô e Gastronomia, marca genuinamente maranhense que fará o lançamento, durante a noite romântica, de sua mais nova linha de vinhos: Almar e Alma Gratidão. A empresa dispõe de marcas próprias e de mais de 600 rótulos de vinhos em seu aconchegante espaço, no Parque Shalon

O salão da AABB será ambientado com mesas dispostas de forma a propiciar a degustação de vinhos da Amo Vinho, outras bebidas e petiscos variados.

Ingressos

Estão sendo vendidos na bilheteria da AABB, na Amo Vinho, e as reservas podem ser feitas pelo Instagram @amovinhoslz ou (98) 98295-0010.

sem comentário »

Crônica de José Fernandes: “Rendas e Babados”

0comentário

PRETENDO QUE estas indiscrições, aqui reveladas, sejam instrumentos de arrependimento e de desculpas, ou melhor, um pedido de perdão àquelas a quem ofendi, direta ou indiretamente, mesmo que as jovens pretensamente ofendidas não tenham levado a sério as prováveis ofensas.

Nem sei se as que julguei haver ofendido se ofenderam ou não; na dúvida, peço perdão assim mesmo. Conto o fato publicamente como penitência tardia, com a finalidade de fazer a “mea culpa”, embora reconheça que tudo se passou em razão apenas da minha inexperiência, ou falta de jeito ao lidar com situações que poderiam ser evitadas caso eu tivesse o descortino necessário para evitá-las.

Depois desse longo preâmbulo, “falarei”, primeiro, de um ato de vergonhosa indelicadeza que cometi com uma bonita mocinha, nos primeiros anos não tão floridos de minha juventude, mesmo que muitos entendam que, aos 18 anos, um deslize de pequena monta, como o que cometi, deve ser perdoado.

Naqueles idos, fui de São Luís à cidade de Rosário como dirigente de um timezinho de futebol amador, composto por jovens de minha faixa etária, e lá me apresentaram e comecei a namorar uma moreninha afável. Conversamos bastante, à tardinha, e depois fomos juntos a uma competição de vôlei em uma quadra esportiva local.

De mãos dadas e aconchegados, trocamos pequenas carícias. Sentimo-nos satisfatoriamente envolvidos num prematuro clima de bem-querer, em que antevíamos uma longa experiência amorosa, embora aquele nosso chamego tenha sido interrompido por um fato insólito, em razão da namorada, naquele momento de calça comprida, ter-se constrangido com as reprimendas públicas que o vigário local aplicou, pelo serviço de alto-falante da paróquia, contra as mulheres “que se vestiam como homens”. A garota sentiu-se ofendida, entendendo que o clérigo referia-se indiretamente a ela; pediu que a levasse de volta à sua casa, antes mesmo das dez da noite. Trocamos endereços e beijinhos, comprometendo-nos a novos encontros, e nos despedimos, carinhosamente.

Passamos a nos corresponder por cartas, via correio, expondo nossos normais sentimentos de namorados à distância.

Em uma de suas epístolas amorosas, a mocinha comunicou-me que, a qualquer momento, iria visitar-me em São Luís, quando iríamos ao cinema, inexistente na sua cidade. Tal como prometido, numa tarde de sábado veio ela ter comigo, apresentando-se ricamente trajada de branco, com uma blusa artisticamente bordada, com longos folhos de renda sobre o busto.

Sabia que a mocinha estava decentemente trajada, porém, naquele momento do nosso encontro, até hoje não sei o porquê, aquela vestimenta se me parecera imponente demais, exagerada e inoportuna para aquela simples ida ao cinema vesperal.

Senti instintiva aversão contra aquela sua luxuosa vestimenta de rendas e babados (ainda hoje, inexplicavelmente, implico com folhos e babados) e, disfarçadamente, fui levando-a aos poucos até a Praça da Alegria próxima. Sentamos, por indução minha, num dos bancos da pracinha e ali ficamos, eu totalmente embaraçado, sem estímulo, com ela entabulando conversa boba, sem sentido, consumindo o tempo que seria destinado ao cinema.

Nesse clima de desconforto de minha arte, tornamo-nos um casal sem graça. O sol começou a declinar na praça silenciosa, que seria propícia ao romantismo, mas que não me levava a nenhum impulso romântico e sim a um acanhado embaraço.

Vejam como são intrincadas e insondáveis as reações recônditas do nosso ser. A jovenzinha, até então minha bonita namorada, estava ali, imponentemente bem vestida, porém sua vestimenta me causava incontrolável mal-estar, a ponto de me tornar indiferente, infantil, deselegante, ofensivo.

E, naquela praça, ali mesmo nos despedimos, apenas com um aperto de mão, sem ter havido nenhum propósito de reencontro – isso num tempo em que eu me sentia propenso a tórridas aventuras sentimentais. Ainda hoje, não entendi aquele meu estranho procedimento.

O despreparo das pessoas leva-as a assumir lamentáveis posturas”.

——————————————————————————-

José Fernandes é membro da Academia Ludovicense de Letras e autor de vários livros.


sem comentário »

Titãs se apresentará em São Luís no início de julho

0comentário
Banda Titãs vai se apresentar em São Luís no dia 2 de julho

São Luís – Um dos melhores grupos de rock nacional, Titãs se apresentará em São Luís dia 2 de julho, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, O grupo está completando 40 anos de história e vem com o projeto “Trio Acústico”.  

Tony Belloto, Branco Mello e Sérgio Britto, acompanhados pelos músicos Beto Lee, Mário Fabre e Caio Góes Neves, prometem um show intimista e afetivo.

A apresentação incluirá canções do clássico Titãs Acústico MTV e outras músicas de sucesso da banda, como “Porque Eu Sei Que é Amor”, “Enquanto Houver Sol” e “Epitáfio”.

Os ingressos podem ser adquiridos pelo site da Bilheteria Digital (Site, app ou Shopping da Ilha e Rio Anil Shopping), ou na Loja Miusique Store (Golden Shopping e Champs), 4Mãos Store (São Luís Shopping).

Serviços

O quê

Titãs – “Trio Acústico” em São Luís

Quando

2 de julho

Onde

Centro de Convenções de São Luís

Abertura dos portões: 20h

Valores: Cadeira ouro custa R$ 320 e a meia R$ 160. Ingresso social do setor ouro custa R$ 150 + 1kg de alimento não perecível, sendo entregue na entrada do evento. Cadeira prata custa R$ 250 e a meia R$ 125. Ingresso social R$ 125 + 1kg de alimento não perecível.

Mais informações: Instagram @4maos

Realização: 4Mãos Entretenimento

sem comentário »

Novo Biruta Bar abre as portas nesta sexta-feira na Avenida Litorânea

0comentário

São Luís – O novo Biruta Bar, que ficou conhecido por ser um ponto de encontro da ala jovem na Avenida Litorânea, abrirá as portas no próximo dia 20, com programação alto astral a partir das 20h.

Para a inauguração, a nova casa receberá Parceiro Paz, Stanley & Cristian e Kika Bitencourt.

Trata-se de um bar diferenciado, climatizado e com capacidade para 350 pessoas. O espaço possui sistema acústico, excelente estrutura de palco, som, iluminação e equipe treinada.  

Serviço

O que

Reinauguração do Biruta Bar   

Quando

Dia 20 de maio 

Onde

Avenida Litorânea 

Couvert: R$ 20,00 

Mais informações: (98) 9 8338 – 1040  

sem comentário »

Seminário realizado na Faene discute inovação e práticas na aprendizagem

0comentário
Seminário realizado na Faene abordou várias temáticas relacionadas à inovação e práticas na aprendizagem

São Luís – A Faculdade de Negócios Faene realizou o I Seminário de Inovação e Práticas na Aprendizagem, no último fim de semana, para discutir temas como “Cenário da Educação no Ambiente Pós-Pandemia”, “Tecnologias Digitais na Educação” e “Gamificação e Práticas Docentes”. Além disso, houve rodas de conversa sobre experiências docentes.

O evento foi comandado pelos professores Ricardo Carreira, Anderson Myranda e Elaine Sousa. “Conseguimos integrar todas as ferramentas, utilizamos na sua essência o conceito do ensino híbrido, com intenso uso de tecnologia e muita integração. Certamente, teremos outros eventos como esse, sempre contribuindo e evoluindo para o processo de ensino e aprendizagem”, disse o professor Ricardo Carreira, diretor de Negócios da instituição.

Evento aconteceu no último sábado, no auditório da Faene

Além da programação, houve apresentação de dois cases por equipes formandas em Metodologias Ativas e Inovação na Aprendizagem e Docência.

Diretor de Negócios da Faene com alunos formandos que apresentaram cases durante o evento

Nova especialização

Segundo Ricardo Carreira, no dia 31 de maio haverá o lançamento da especialização em Tecnologia da Informação, Governança de Dados e Inovação Digital. O curso será apresentado pelo coordenador, Rafael Melo e o evento, presencial com transmissão ao vivo, contará com a presença de professores.

sem comentário »
https://www.blogsoestado.com/evandrojunior/wp-admin/
Twitter Facebook RSS