As cores de 2014

0comentário

A dica de hoje é uma reprodução de uma reportagem da Casa e Jardim com as tendências de cores para 2014. Se você está pensando em mudar a cor das paredes ou comprar algum objeto de decoração vale apostar nas tendências deste ano. Beijos e até!!!

Amarelo

cj707_cores_pg68-2

Amarelo Canjica é a cor sugerida pela Tintas Iquine. O tom inspira otimismo e calor. Quando utilizado em grande proporção no ambiente – um cômodo inteiro, por exemplo – reflete maior quantidade de luz e, por isso, faz a área parecer maior. Se um espaço todo amarelo for demais para você, reserve essa cor para detalhes, tecidos, objetos: serão ensejos de sol na casa.

Cinza

cj707_cores_pg69-2
Durante décadas, os beges foram os neutros oficiais. Há algum tempo, porém, os cinzas têm lhes roubado o posto. Exemplo disso é a cor do ano escolhida pela Sherwin-Williams: Exclusive Plum, um grafite fresco que, dependendo da incidência de luz, tem leve aspecto arroxeado. “O cinza tornou-se o ‘pretinho básico’ da decoração. Ele é ainda mais neutro que o bege, em termos de facilidade de combinação”, afirma o arquiteto Gustavo Calazans. A sensação de acolhimento proporcionada pela cor e a simpatia do brasileiro por materiais que remetem ao concreto – talvez herança da arquitetura brutalista – ajudam a explicar o triunfo do tom.

Verde azulado

cj707_cores_pg70-2

Um hibridismo entre a harmonia do verde e a tranquilidade do azul é a missão da cor Lagoa Particular, escolha da Tintas Coral para o ano que vem. Vai bem com madeira, fibras e tecidos naturais ou também com cinzas e metais. Entendido como “complexo” e, ao mesmo tempo, “flexível”, o tom quer circular pela casa: sala, varanda, quarto. A dica da arquiteta e especialista em percepção visual Lilian Ried Miller Barros, do Universo da Cor, é analisar o contexto. “Para utilizar uma cor na decoração, não basta você achá-la bonita. Os materiais e os outros tons com os quais ela conviverá mudam totalmente a sensação”, diz.

Tangerina

cj707_cores_pg71-2

Promessa da Eucatex, a cor Tangerina remete ao efeito luminoso e intenso de pôr do sol, típico da região central do país. Suavizada na presença de brancos e amarelos, por outro lado, atinge seu máximo potencial diante de opostos – experimente-a com azul.

Azul

cj707_cores_pg72-2_1

Já fomos marinhos, turquesas, índigos. Para a Suvinil, o azul da vez é o batizado de Curaçau Blue: expansivo, iluminado, sem timidez. Sua mensagem é ser brazuca – imagina na Copa. “É uma cor que sorri”, diz Leo Romano, que sugere a combinação com brancos como forma de explorar o potencial expansivo. Para o arquiteto, estamos mais abertos quanto ao uso de cores e, pela primeira vez, elas têm sido pontos de partida na decoração.

Sem comentário para "As cores de 2014"


deixe seu comentário