Falta xerox

7comentários

Justica

Hoje quero falar de um coisa tão simples, mas que atinge as pessoas numa hora de grande sofrimento e desespero.

Neste domingo pela manhã, acompanhava um amigo que foi ao Fórum Desembargador Sarney Costa fazer um registro de óbito de uma pessoa da família.

Para a nossa surpresa ao chegar ao setor formos informados sobre a necessidade de apresentar uma xerox do documento de identidade da pessoa que havia falecido e de quem estava fazendo o registro.

Imaginem vocês, num domingo pela manhã alguém encontrar nesta cidade um local onde se pudesse tirar xerox. Eu estava de carro, mas outras pessoas que estavam lá e chegaram primeiro relataram que tiveram pegar ônibus ou mototáxi que o levassem até um local que tirasse xerox. Mas que local num domingo você tiraria uma xerox em São Luís?

Bom, o serviço de registro de óbito no Fórum é gratuito, mas deveria disponibilizar uma xerox para facilitar as coisas num momento tão difícil para as famílias. Nós, simples cidadãos já pagamos tantos impostos que são destinados para custear inclusive as despesas do Jucidiário.

Mas, ainda que não houvesse condições de oferecer gratuitamente o serviço de xerox que o Fórum cobrasse uma taxa para tirar a xerox.

A senhora que estava à minha frente teve que implorar uma funcionária de uma loja de departamentos no Shopping Jaracaty para que tirasse a xerox.

Fui até uma loja da São Patrício e uma funcionária tirou a xerox gratuitamente e aqui faço mais uma vez o meu agradecimento pela compreensão, pois o sepultamento ocorreria depois de 10h da manhã e ainda não havia conseguido um local para fazer a xerox.

Fica a sugestão ao direção do Fórum. Repensem esse serviço e facilitem a vida das pessoas num momento tão difícil. Não acredito que a Justiça seja tão cega até nesses momentos.

Foto: Zeca Soares

7 comentários »

Tiroteio no Fórum

0comentário

tiroteionoforum

Um policial e um detento ficaram baleados durante troca de tiros na manhã de hoje, Fórum Desembargador Sarney Costa, em São Luís.

O detento que participaria de audiência teria tomado a arma de dois agente penitenciários durante luta corportal e em seguida atingindo o policial militar, Enedias Chagas Neto, do Departamento de Narcóticos (Denarc), e atingido com dois tiros. Ele foi levado para um hospital e não corre risco de morte.

Um outro policial que fazia a segurança teria reagido e atingido o detento que também foi levado para um hospital.

Foto: Divulgação

sem comentário »