Maranhense começa com seis equipes classificadas

2comentários

Definida a fórmula de disputa do Campeonato Maranhense 2019. A segunda reunião do conselho arbitral aconteceu nesta segunda-feira (28). E conseguiram aprovar uma fórmula na qual quase todo mundo já entra classificado na primeira fase.

Os clubes aprovaram uma fórmula de disputa com as oito equipes jogando entre si apenas em sistema de ida e que seis equipes se classificam para a segunda fase. As duas últimas serão rebaixadas para a 2ª divisão. As únicas equipes que não se classificam. E vai ser assim até 2021.

Os dois primeiros colocados na primeira fase avançam direto para a semifinal. As outras quatro equipes disputarão uma repescagem (3º x 6º) e (4º x 5º) em jogo único para definir os outros dois semifinalistas.

As semifinais serão disputadas em jogos de ida e volta. Com vantagem dos dois primeiros colocados na fase de classificação. Os vencedores fazem a final, também em duas partidas.

Mais uma vez não haverá equilíbrio no número de jogos das equipes dentro e fora de casa. E o São José ganhou sinal verde para mandar seus jogos no Castelão e Nhozinho Santos.

Pelo sorteio, foi definido que Sampaio e Maranhão farão três jogos no interior. Moto e São José fazem apenas dois. As equipes do interior farão três jogos fora e quatro em casa.

Vale destacar que essa fórmula aprovada foi proposta pelo Juventude e teve os votos a favor de Imperatriz, Santa, Quitéria, Cordino e FMF. Foram contrários e defenderam os jogos de ida e volta na primeira fase entre todas as equipes Moto, Sampaio, São José e Pinheiro, mas foram votos vencidos.

Foto: Reprodução/TV FMF

2 comentários »

Márcio Diogo é escolhido o craque do Maranhense

0comentário

A Associação de Cronistas e Locutores Esportivos do Maranhão (Aclem) divulgou a seleção do Campeonato Maranhense. A lista tem sete jogadores do Moto, três do Imperatriz e um do Sampaio.

O Moto teve ainda o craque do ano que foi o atacante Márcio Diogo e o treinador do ano Wallace Lemos. O meia Neto, do Pinheiro foi a revelação do ano.

O melhor árbitro da temporada foi Mayron Frederico dos Reis Novais que ficou fora da escala nos dois jogos válidos pela decisào do Campeonato Maranhense.

Veja a lista completa:

Goleiro – Rodolfo (Moto)
Lateral direito – Diego Renan (Moto)
Zagueiros – Lucas Dias (Moto) e Renan Dutra (Imperatriz)
Lateral esquerdo – Renan Luís (Imperatriz)
Volantes – Naílson (Moto), Lucas Hulk (Moto) e Sousa Tibiri (Imperatriz)
Meia – Juninho Arcanjo (Moto)
Atacantes – Márcio Diogo (Moto) e Samurai (Sampaio)
Craque do Ano – Márcio Diogo (Moto)
Melhor Técnico – Wallace Lemos (Moto)
Revelação – Neto (Pinheiro)
Melhor Árbitro – Mayron Frederico dos Reis Novais
Assistentes – Raélson Almeida e Elson Araújo Silva

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicaçào

sem comentário »

Moto perdeu o rumo após o Maranhense?

8comentários

A derrota para o Imperatriz no último minuto e a perda do título de campeão maranhense ainda provoca estragos nos bastidores do Moto.

Primeiro o clube havia decidido demitir o treinador Wallace Lemos, mas recuou da decisão no domingo passado.

Em seguida, o Moto decidiu dispensar o seu maestro e um dos principais jogadores do elenco, o meia Juninho Arcanjo, o lateral-esquerdo Mateus e o atacante Danilo Galvão. Depois até chegou a repensar a decisão sobre Juninho Arcanjo, mas já era tarde. Lucas Dias já havia acertado com o CSA.

Anunciou as contratações de Henrique que fez temporada ruim no Remo, Vinícius Paqueta que já conhecemos e o meia Neto que deu um “balão” nos dirigentes rubro-negros e foi parar no Sampaio. O atacante Bruno Henrique vai precisar mostrar que pode fazer os gols que o Moto precisa.

Agora anuncia as dispensas de Diego Vitor, Igor, Cauê e Léo Paraíba. Vocês lembram que até o mês passado, o Moto se orgulhava de dar chance a vários jogadores locais que agora são dispensados como é o caso de Diego Vitor que chegou a ser sondado pelo ABC.

Quando se imaginava que o Moto manteria a base do elenco, eis que tudo mudou por conta de uma derrota para o Imperatriz que não estava nos planos rubro-negro.

Que o Moto ponha a cabeça no lugar e já que decidiu reformular o elenco traga jogadores capazer de levar o time ao acesso à Série C, pois no momento a imagem que passa é que o Moto não sabe mais o que está fazendo e isso é muito ruim neste momento…

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

8 comentários »

Jogo aberto

22comentários

Arbitragem

A arbitragem foi sem dúvida o ponto fraco no Campeonato Maranhense. Alvo de polêmicas durante toda a competição não poderia ser diferente na decisão entre Moto e Imperatriz. O “erro grave” do bandeirinha José Célio Amaral Rodrigues, do árbitro José Henrique de Azevedo e do adicional Rafael Marques que não marcaram o impedimento de Júnior Chicão no terceiro gol do Imperatriz, o que custou caro ao Moto. O trabalho de renovação da Comissão de Arbitragem da FMF é necessário, mas isso deve acontecer sem prejuízo às equipes e muito menos em jogos decisivos.

Nhozinho Santos

Torcedores e até dirigentes de clubes que vão disputar o Campeonato Brasileiro vivem a expectativa de mandar seus jogos no Estádio Nhozinho Santos que segue em obras. O gramado já está pronto, mas faltam outros detalhes importantes que precisam ser recuperados. Por exemplo, a parte estrutural precisa ser revista até para não acontecer o que houve com o Castelinho, por isso acredito que o estádio não fique pronto nesta temporada.

Alivio

Uma boa notícia para Sampaio e Imperatriz que vão participar do Campeonato Brasileiro Série C. Um canal de TV estaria negociando a compra dos direitos de transmissão da competição da CBF. Se confirmado, cada equipe receberá uma ajuda financeira, além dos custos com viagem e hospedagem. Os valores ainda não foram divulgados. Os clubes falam em torno de R$ 1 milhão para cada um dos 20 participantes, o que seria bom demais…

Imperatriz

O campeão maranhense se reforça para o Campoenato Brasileiro Série D. Depois do atacante Val Barreto e do lateral esquerdo Aélson, mais quatro jogadores deve ser anunciados nas próximas horas. O volante Valderrama pode ser confirmado. Felipe Dias, ex-Moto e atualmente no Bangu está na mira do Cavalo. Eloir que teve o nome especulado em Imperatriz deve mesmo seguir no Sampaio. A estreia do Imperatriz na Série C será contra o Globo-RN, no dia 27, às 19h, no Frei Epifânio.

Sampaio

O Tricolor também se reforça para o Campeonato Brasileiro Série C. Após confirmar a permanência de Julinho Camargo, a diretoria anunciou as saídas dos volantes Patrick Mota e Tom Abreu. O Sampaio confirmou hoje (15), o meia Neto (Pinheiro) que foi anunciado ontem pelo Moto, o atacante Mateus (Juventude) e Éverton, lateral direito que estava no Cascavel-PR. O Sampaio estreia contra o Confiança, no dia 28, às 16h, em Aracaju.

Moto

Após a perda do título do Campoenato Maranhense, o Moto anunciou a chegada dos atacantes Henrique (Remo-PA) e Vinícius Paquetá (Pinheiro), além do meia Neto (Pinheiro) que hoje foi anunciado pelo Sampaio. O atacante Bruno Henrique já vem treinando no rubro-negro. Por outro lado, Juninho Arcanjo, Mateus, Danilo Galvão e Dalmo estão fora dos planos para a Série D. O Moto estreia no dia 5 de maio, contra o Atlético, em Boa Vista.

Maranhão

O MAC confirmou a permanência do técnico Sandow Feques para a Série D. Os primeiros reforços anunciados são o o lateral Vivico, revelação do Pinheiro no Maranhense, o volante Robson Simplício (Ferroviário-CE) e o goleiro Matheus, ex-Moto e MAC. Oito já foram dispensados: André Matheus, Lerson, Bruno Bacabal, Carlinhos, Thiaguinho, Felipe Costa, Luís Felipe e Bruno Chocolate. A estreia atleticana na Série D será no dia 5 de maio, contra o Altos-PI, às 16h, no Estádio Castelão.

Oportunidade

O técnico Marcinho Guerreiro vai comandar o Ríver no Campeonato Brasileiro Série D. Ele substitui a Flávio Araújo que foi campeão piauiense e após a conquista se transferiu para o Treze-PB. Marcinho estava no MAC até se transferir para o Treze-PB quando foi demitido e ficou sem clube. Além de Marcinho, a comissão técnica do Ríver terá outro maranhense, o preparador físico Gabriel Júnior. Quem já está lá é o diretor de futebol Daniel Meneses, ex-Moto Club.

22 comentários »

Imperatriz é campeão com gol no último minuto

10comentários

O Imperatriz é campeão maranhense em 2019. O time da Região Tocantina venceu o Moto por 3 a 2, de virada no Estádio Castelão, neste sábado (13) com um gol nos acréscimos aos 47 minutos quanto a torcida do Moto já se preparava para comemorar o título.

As duas equipes haviam empatado a primeira partida em Imperatriz por 0 a 0, o resultado dava a vantagem do empate ao Moto, mas o Cavalo de Aço foi valente e corajoso, e com um segundo tempo quase que perfeito e conseguiu a vitória quebrando a invencibilidade do rival e ainda comemorando o título.

Mais uma vez a história dos confrontos entre Moto e Imperatriz em finais se repete e o time que tinha a vantagem mais uma vez acabou perdendo o título.

O Moto abriu o placar no primeiro tempo com Léo Paraíba. O Imperatriz empatou no início do segundo tempo com Tibiri. De pênalti, Matheus colocou o Moto na frente mais uma vez. O Imperatriz empatou dois minutos depois com Lucas Campos. A partida já estava nos acréscimos quando Adauto marcou o terceiro para alegria do torcedor do Cavalo e desespero dos rubro-negros.

Esse foi o terceiro título de campeão maranhense conquistado pelo Imperatriz. Antes, o Cavalo já havia feito a festa em 2005, diante do próprio Moto e em 2015, quando bateu o Sampaio na decisão.

Além do título, o Imperatriz garantiu a classificação para a Copa do Nordeste em 2020 e que deverá render ao clube algo em torno de mais de R$ 1,2 milhões.

O Cavalo será um dos representantes do futebol maranhense na Copa do Brasil em 2020. O outro será o Moto vice-campeão.

Campanha do Imperatriz

11 jogos – 5 vitórias – 5 empates – 1 derrota – 15 gols pró – 8 gols contra – saldo 7 gols

Jogos

Imperatriz 2 x 1 Santa Quitéria
Moto 1 x 0 Imperatriz
Sampaio 1 x 1 Imperatriz
Imperatriz 2 x 2 Pinheiro
Imperatriz 1 x 0 Maranhão
Cordino 1 x 3 Imperatriz
Imperatriz 2 x 0 São José
Sampaio 0 x 0 Imperatriz
Imperatriz 1 x 1 Sampaio
Imperatriz 0 x 0 Moto
Moto 2 x 3 Imperatriz

Foto: João Ricardo/Globoesporte.com

10 comentários »

Moto ou Imperatriz: quem vai ser campeão?

1comentário

Chegou o dia de conhecer o campeão maranhense de 2019. Moto e Imperatriz voltam a campo neste sábado (13), às 17h, no Estádio Castelão. No primeiro jogo houve empate por 1 a 1.

O resultado deixou o Moto a um novo empate do título. Ao Imperatriz somente a vitória interessa.

Pelo que vimos no primeiro jogo, o Moto não quer nem saber de vantagem. Saiu para o jogo em Imperatriz e por pouco não retornou com uma vitória.

Agora, nesta segunda partida, mesmo diante da sua torcida, o Moto deve manter a sua forma de jogar e não pode se apegar a uma vantagem que só deverá valer após o apito final do árbitro.

Que ninguém pense que o Imperatriz está batido. Já vimos aqui em São Luís, o Cavalo de Aço realizar grandes jogos e sair vitorioso. Quem não lembra do mata-mata da Série D no ano passado?

O Imperatriz tem um bom time e todas as condições de voltar com o título prá casa. Se o Moto entrar em campo achando que já ganhou pode se dar muito mal.

Não posso deixar de admitir que pela campanha e pelo primeiro resultado, o Moto está perto de conquistar o seu objetivo, mas noventa minutos é muito tempo para o Imperatriz buscar o resultado que necessita.

Como tenho dito, o torcedor do Moto pode ser o diferencial rubro-negro, mas precisará lotar o Castelão. O Imperatriz não vai temer o jogo em São Luís até porque tem uma equipe experiente e acostumada a jogar no Castelão.

É isso que esperamos dessa grande decisão que vale a bolada de R$ 1,2 milhões com a conquista da vaga direta na Copa do Nordeste. Esse é mais um componente interessante deste jogão.

Que vença o melhor…

Foto: Divulgação

1 comentário »

Técnico do Moto espera 10 mil torcedores no Castelão

3comentários

O técnico do Moto, Wallace Lemos foi muito feliz após o empate com o Imperatriz por 0 a 0, ao cobrar a presença do torcedor rubro-negro no Estádio Castelão.

Mesmo com a excelente campanha do Moto na temporada, a torcida não tem apoiado a equipe como deveria, mas pode fazer a diferença na decisão do próximo sábado (13), às 17h.

Além de ajudar a incentivar o time diante de um adversário que costuma aprontar no Castelão, uma boa arrecadação ajudará o Moto numa boa e merecida premiação aos jogadores e comissão técnica em caso de conquista do título.

Wallace Lemos espera que pelo menos 10 mil motenses estejam no Castelão.

“Espero que o torcedor encha o Castelão para que a gente possa sentir o calor da torcida e conquistar esse título. Nós temos a vantagem que nós conquistamos dentro de campo, mas a nossa postura nunca mudou desde a primeira partida e novamente vamos propor o jogo e buscar a vitória. A gente sabe o quanto a presença do torcedor é importante e a gente espera 10 mil pessoas no Castelão”, disse Wallace.

Portanto, a torcida do Moto que ainda não mostrou a sua força na temporada tem mais uma oportunidade para dizer se está ou não ao lado do time.

Com o empate de ontem, o Moto precisa apenas de um novo empate para conquistar o bicampeonato e o seu 28º título, além de garantir vaga direto na Copa do Nordeste em 2020.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

3 comentários »

Imperatriz e Moto no Frei e decisão segue aberta

1comentário

Os primeiros noventa minutos da decisão do Campeonato Maranhense entre Imperatriz e Moto terminam empatados por 0 a 0, no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz.

O resultado deixou o Moto a um empate da conquista do bicampeonato. O Imperatriz vai precisar vencer no Estádio Castelão para conquistar o título.

O Moto dominou o primeiro tempo e teve duas chances de abrir o placar. O Imperatriz respondeu com Lucas Campos para uma grande defesa do goleiro Rodolfo. Ainda no primeiro tempo, o Moto chegou num chute de fora da área de Léo Paraíba que Jean defendeu.

No segundo tempo, o Moto continuou melhor na partida. O Imperatriz tentava chegar com a bola levantada na área, mas a defesa do Moto estava bem postada. A melhor chance foi criada pelo moto aos 35 minutos quando Gleisinho ganhou de Renan Dutra, mas demorou chutar e perdeu a oportunidade de abrir o placar.

O empate frustou a torcida do Imperatriz que lotou o Frei Epifânio e contava com a vitória para trazer a vantagem para São Luís.

A partida de volta entre Moto e Imperatriz será no sábado (13), 1as 17h, no Estádio Castelão.

Foto: Antonio Pinheiro Silva

1 comentário »

Imperatriz e Moto abrem decisão do Maranhense

3comentários

Imperatriz e Moto iniciam nesta quarta-feira (10), às 20h15, a decisão do Campeonato Maranhense 2019. As duas equipes chegaram à final, após eliminarem, nas semifinais, respectivamente Sampaio (0 a 0 e 1 a 1) e Maranhão (2 x 1 e 2 a 0).

As duas equipes já decidiram o Campeonato Maranhense. Em 2005, o Imperatriz levou a melhor e venceu os dois jogos (4 a 2 e 3 a 2) fazendo a festa no Nhozinho Santos. No ano passado, o Moto deu o troco e após vencer por 3 a 0 no Castelão, conquistou o título mesmo perdendo no Frei Epifânio por 2 a 1.

Moto e Imperatriz se enfrentaram na fase de classificação e o Moto venceu por 1 a 0. Foi a única derrota do Imperatriz na competição. O Moto segue invicto após nove partidas no Campeonato Maranhense.

Por ter melhor campanha em toda a competição, o Moto tem a vantagem e joga a decisão por dois resultados iguais, alem de ter o mando de campo na partida de volta, no sábado (13), às 17h, no Estádio Castelão.

Além do título, o campeão levará vaga direta para a Copa do Nordeste em 2020. As duas equipes já estão garantidas na Copa do Brasil 2020 e, no caso do Moto Club já assegurou classificação para o Campeonato Brasileiro Série D na próxima temporada.

O Imperatriz do técnico Ruy Scarpino deve jogar com: Jean; Gabriel Paulino, Tomais, Renan Dutra e Renan Luis; Sousa Tibiri, Xaves e Marcos Paullo; Lucas Campos, Júnior Chicão e Adauto.

O Moto de Wallace Lemos terá: Rodolfo; Diego Renan, Lucas Dias, Alisson e Matheus Mendes; Lucas Hulk, Naílson e Juninho Arcanjo; Evandro Russo, Léo Paraíba e Márcio Diogo.

Foto: Lucas almeida/L17 Comunicação

3 comentários »

Lucas Dias saíndo e Henrique chegando ao Moto

3comentários

Com a boa campanha do Moto na temporada, o time poderá ter algunas perdas após a decisão do Campeonato Maranhense contra o Imperatriz.

Em entrevista à Rádio Mirante AM, o presidente Natanael Júnior confirmou negociação com o CSA que já teria um pré-contrato com o jogador e deixa o Moto após o Estadual.

O dirigente negou, no entanto uma possível negociação envolvendo o meia Juninho Arcanjo. “Não existe nada além do que especulações na imprensa envolvendo o Juninho Arcanjo”, descartou.

Natanael Júnior não confirmou novas contratações do Moto para o Campeonato Brasileiro Série D, mas existem especulações de um possível acerto com Henrique, ex-Remo, Oeste e Sampaio e Vinícius Paquetá, ex-Pinheiro.

Até aqui, o único jogador confirmado pelo Moto é o atacante Bruno Henrique que inclusive já está treinando no clube. 

Foto: Samara Miranda/Remo

3 comentários »