FMF define Campeonato Maranhense de 2019

3comentários

O Campeonato Maranhense de 2019 terá a mesma fórmula de disputa deste ano.

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) realizou hoje à tarde a reunião do conselho técnico e decidiu que a tabela deste ano que foi alvo de polêmica será repetida apenas com a inversão do mando de campo.

Dessa forma, o Moto que se julgou prejudicado fará mais jogos em casa.

A primeira fase terá apenas jogos de ida. As quatro primeiras equipes se classificam para as semifinais e os vencedores fazem as finais. As semis e a final serão em dois jogos.

O campeão e vice vão para a Copa do Brasil em 2020. A melhor equipe na classificação geral, excluíndo Sampaio e Imperatriz garante vaga na Série D em 2020. A outra vaga na Série D será do campeão da Copa FMF.

A primeira rodada terá jogos nos dias 19 e 20 de janeiro.

1ª rodada
19/01 – Imperatriz x Santa Quitéria
20/01 – Pinheiro x Moto
20/01 – Cordino x Maranhão
20/01 – Sampaio x São José

2ª rodada
23/01 – Moto x Imperatriz
23/01 – Cordino x Sampaio
24/01 – Maranhão x Pinheiro
24/01 – Santa Quitéria x São José

3ª rodada
30/01 – Sampaio x Imperatriz
30/01 – São José x Maranhão
31/01 – Santa Quitéria x Moto
31/01 – Pinheiro x Cordino

Foto: João Ricardo

3 comentários »

Denúncia do Paysandu pode ajudar o Sampaio

1comentário

O Paysandu protocolou, nesta quinta-feira, uma notícia de infração na Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). No documento, o clube paraense alega que o São Bento teria contratado de maneira irregular o atacante Gabriel Vasconcelos, que está emprestado à equipe de Sorocaba desde julho pelo Corinthians. A Procuradoria do STJD confirmou, ao GloboEsporte.com, ter recebido a denúncia.

O cerne da argumentação do Papão é a de que o São Bento extrapolou o número de contratações permitidas de jogadores que já estavam atuando na própria Série B, o que vai de encontro com o Art. 8º do REC (Regulamento Específico da Competição) da Segundona: “Uma vez iniciado o Campeonato, cada clube poderá receber até 5 (cinco) atletas transferidos de outros clubes da Série B (…)”.

A denúncia protocolada pelo Paysandu afirma que o atacante Gabriel Vasconcelos foi este excedente, ou seja, a sexta contratação proveniente de outro clube da Série B. Antes, já havia anunciado Douglas Mendes (Paysandu), Abuda (Figueirense), Samuel Santos (Figueirense), Tony (Ponte Preta) e Joãozinho (Vila Nova).

Na visão do Alviceleste, mesmo pertencendo ao Corinthians, Gabriel começou a competição cedido à Ponte Preta, clube pelo qual fez apenas uma partida – contra o Sampaio Corrêa, pela 7ª rodada. Ele acabou devolvido ao Timão após a 17ª rodada, não foi relacionado a nenhum jogo da equipe na Série A e foi emprestado ao São Bento, o que caracterizaria uma “transferência ponte”, como argumenta o advogado e vice-presidente de Operações do Papão, Alexandre Pires.

“O artigo 8 do regulamento da Série B fala que um clube só pode contratar cinco atletas advindos da Série B, não importando o número de jogos que ele fez. O São Bento contratou seis atletas. O sexto atleta, o Gabriel Vasconcelos, veio da Ponte Preta e foi contratado pelo Corinthians, mas passou menos de 24 horas lá e em seguida foi contratado pelo São Bento. Isso, pelo artigo 34 do regulamento de transferência, é a chamada ‘transferência ponte’ e é irregular. Diante disso, o Paysandu entende que o atleta está irregular e atuou em seis partidas após a sua inscrição. O Paysandu pediu que ele fosse enquadrado no artigo 294 por atuar de forma irregular numa partida. O clube pode perder três pontos por partida disputada pelo atleta. Queremos que a regra seja cumprida”, explicou Pires.

A Procuradoria do STJD deve, agora, fazer uma consulta à CBF para entender a situação de Gabriel Vasconcelos. Caso aceite a denúncia, o São Bento pode ser punido com a perda de pontos na tabela na Série B. Ele atuou em cinco partidas.

O São Bento é atualmente o 14º colocado, com 40 pontos. O primeiro clube dentro da zona de rebaixamento é o Sampaio Corrêa, que tem 32. Caso receba a pena máxima sugerida pelo Paysandu – perda de 15 pontos –, cairia para a lanterna da competição.

Leia mais

1 comentário »

Chapadinha e Pinheiro decidem a segundinha

0comentário

Definidos os finalistas da segunda divisão do Campeonato Maranhense. O campeão da segunda divisão disputará a elite do futebol maranhense em 2019.

O Chapadinha se classificou após vencer o badalado e favorito Juventude, de Rodrigo Ramos, Válber, Júnior Chicão, Valderrama e companhia por 1 a 0.

O outro finalista é o Pinheiro que empatou com o Timon, por 0 a 0, mas venceu nos pênaltis por 5 a 4.

As finais serão disputadas nos próximos dois sábados. A primeira partida será em Pinheiro e volta em Anapurus, onde o Chapadinha vem mandando os seus jogos.

Na primeira fase, o Pinheiro venceu o Chapadinha, fora de casa por 3 a 2.

Foto: Lucas Almeida

sem comentário »

Imperatriz e Moto decidem título no Caldeirão

1comentário

O campeão maranhense de 2018 será conhecido hoje. Imperatriz e Moto voltam a se enfrentar neste domingo (8), às 18h30, no Estádio Frei Epifânio D’Abadia, em Imperatiz.

No primeiro jogo, o Moto venceu por 3 a 0, no Castelão, em São Luis e pode até perder por dois gols de diferença que mesmo assim será campeão. O time rubro-negro está invicto na competição.

O Imperatriz tem que vencer por pelo menos três gols de diferença para levar o título. A expectativa é de 10 mil torcedores no Caldeirão.

O campeão maranhense garantirá vaga na Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro Série D em 2019. As duas equipes já estão Copa do Brasil do ano que vem.

Em relação à primeira partida, as equipes terão apenas uma mudança. No Imperatriz, o goleiro Jean retorna ao time, enquanto no Moto, o zagueiro Betão volta após cumprir suspensão.

O Imperatriz está escalado com Jean; Gabriel Paulino, André Penalva, Anderson e Renan; Mateus Ferreira, Daniel Barros, Tibiri e Adauto; Júnior Chicão e Kanu. Técnico: Vinícius Saldanha.

O Moto entra em campo com Rodrigo Ramos; Diego Renan, Betão, Wanderson e Chico Bala; Rafael Santos, Bruno Menezes, Everlan e Jaílson; Ricardo Maranhão e Val Barreto.

Foto: Lucas Almeida

1 comentário »

Moto e Imperatriz iniciam decisão do Maranhense

6comentários

Moto e Imperatriz iniciam hoje (5), a decisão do Campeonato Maranhense 2018. A partida será realizada às 21h45, no Estádio Castelão, mesmo após muita polêmica e reclamação de torcedores.

A pedido da direção do Moto, a SMTT decidiu disponibilizar 27 linhas de ônibus extras para o torcedor após o término da partida. Vão funcionar os setores 1, exclusivo para a torcida do Moto a R$ 20 e o setor coberto a R$ 40, que será aberto para as duas torcidas.

As duas equipes tem a melhor campanha na competição, com 17 pontos, mas o Imperatriz conquistou uma vitoria a mais, por isso tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais e ainda faz a segunda partida no Frei Epifânio.

As duas equipes se enfrentaram na abertura da competição e o placar ficou em 2 a 2, no Estádio Frei Epifânio. Moto e Imperatriz decidiram o título maranhense em 2005 e o Imperatriz conquistou o título.

Você vai acompanhar tudo sobre a decisão pela Rádio Mirante AM.

Foto: Antônio Pinheiro Filho

6 comentários »

Melhor campanha coloca Imperatriz como favorito

13comentários

Moto e Imperatriz iniciam nesta quinta-feira (5), a decisão do Campeonato Maranhense 2018.

A primeira partida será disputada às 21h45, no Estádio Castelão, em São Luís e o Imperatriz tem a vantagem de jogar a partida de volta no Frei Epifânio e só precisa de dois empates para levar o título.

No papel, as equipes se equivalem, em campo as duas tem a mesma pontuação na competição, mas o Imperatriz leva a vantagem no número de vitórias. São duas equipes “modestas”, mas chegaram até a final porque foram as melhores.

Daí a condição de favorito à conquista. Jogando em casa, diante da sua torcida, o Cavalo fará de tudo para levantar a taça. Mas decisão é decisão, por isso todo cuidado é pouco.

Ao Moto, resta a missão de fazer o dever de casa. Vai precisar vence e bem em São Luís, pois se deixar para decidir no Caldeirão, as coisas poderão ser bem mais complicadas.

Numa temporada marcada por problemas, o Moto se superou até aqui, mas terá que fazer um pouco mais se quiser alcançar o seu objetivo.

Não é que o Imperatriz já levou a parada, mas a vantagem é muito boa ao ponto de animar muito o seu torcedor e provocar muita expectativa.

Só não pode é o Cavalo abidicar de jogar a decisão para administrar uma vantagem que só vai valer mesmo ao final dos 180 minutos.

É esse o clima da decisão…

Foto: Antonio Pinheiro Silva

13 comentários »

Equilíbrio marca final do Campeonato Maranhense

5comentários

A final do Campeonato Maranhense é marcada pelo equilíbrio entre as equipes e isto se confirma nos números das equipes até esta fase. O Moto tem 18 gols em nove jogos, enquanto o Imperatriz tem 16 gols com os mesmos nove jogos. Ataques positivos que vão se enfrentar nesta final do Campeonato Maranhense 2018. Quando o assunto é defesa, o Moto sofreu 11 gols até chegar a esta decisão. O Imperatriz sofreu oito.

Na semifinal, as defesas funcionaram bem, sendo que a do Imperatriz bem melhor. Nos primeiros jogos, nenhum gol foi marcado. Nas decisões, o Moto sofreu um gol do MAC (1 a 1) e o Imperatriz seguiu sem ter sua defesa abalada, em vez disso marcou quatro gols no adversário.

Outro aspecto de destaque entre os finalistas que merece destaque é a invencibilidade do Moto. O time não perdeu nenhum jogo neste campeonato. Venceu quatro e empatou cinco. O Imperatriz tem duas derrotas, mas supera o Moto no número de vitórias: cinco. O time empatou uma vez. Ambos chegam a esta decisão com 17 pontos.

Sobre a artilharia, o principal do campeonato continua sendo Uilliam, do Sampaio, com sete gols, seguido por Ulisses, do Cordino, com seis gols. Na sequência, aparece Val Barreto, do Moto, com quatro gols. Com três gols estão Adauto e André Penalva, do Imperatriz, e Tchê Tchê, do São José.

Só um jogo foi realizado entre as duas equipes na primeira fase. A partida foi no dia 20 de janeiro, às 19h30, no Frei Epifânio d’Abadia. A partida marcou as estreias dos times e terminou 2 a 2. Os gols do Moto foram de Jefferson Araújo – que já saiu do Moto e seguiu para o futebol do Irã – e André Penalva para o Imperatriz. Outro exemplo do equilíbrio entre os times, mas se considerarmos que o jogo foi na casa do Cavalo de Aço, o Moto levou vantagem por ter conquistado o empate.

Como divulgado pela FMF, os jogos das finais serão dias 5 e 8 de abril. Na quinta-feira, a partida será às 21h45, no Castelão. No domingo, o jogo será no Frei Epifânio d’Abadia, às 18h30. Os clubes e até as torcidas tentam meios de fazer a federação mudar datas e horários definidos, mas por enquanto a tabela segue sem alteração.

Globoesporte.com

5 comentários »

Cavalo quer ampliar vantagem no primeiro jogo

4comentários

O Imperatriz enfrenta o Moto Club na decisão do Campeonato Maranhense 2018 e vai ajustando sua equipe sob o comando do técnico Vinícius Saldanha. O treinador tem buscado minimizar os erros da equipe para este duelo que tem uma tendência muito grande de equilíbrio.

Para Saldanha, dos 180 minutos que serão jogados, os primeiros 90 serão fundamentais. O treinador fala em conseguir em São Luís uma vantagem para a partida decisiva na cidade de Imperatriz.

“Esse primeiro jogo talvez seja o mais importante da decisão. Precisamos fazer um bom resultado e trazer uma vantagem para Imperatriz. Mas vamos viver dia a dia e preparar a equipe em todos os aspectos”, disse.

Vinícius Saldanha fala sobre o que tem buscado nos últimos treinos da equipe. O treinador quer princípios definidos com posse de bola e sem ela no jogo diante do Moto.

“Estamos trabalhando algumas atividades específicas e esperamos que os atletas o que estão realizando do no treino dentro do jogo. Estamos trabalhando bastante alguns princípios com a bola e sem ela para correspondermos na hora do onze contra onze”, afirmou.

Imperatriz e Moto Club fazem jogo de ida no dia 5 de abril, às 21h45, no Castelão e a volta no dia 8, às 18h, no Frei Epifânio D’Abadia. Por melhor campanha o Cavalo de Aço joga a segunda partida em casa e tem a vantagem de empatar no placar agregado.

Leia mais

4 comentários »

Moto e Imperatriz vão decidir o Maranhense

2comentários

Moto e Imperatriz vão decidir o Campeonato Maranhense 2018.

O Imperatriz se classificou neste sábado (24), após golear o São José por 4 a 0, no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, com gols de Maicon, Tainam, Adauto e Júnior Chicão. todos no primeiro tempo.

Com o resultado, além de garantir classificação na final, o Imperatriz terá a vantagem de dois resultados iguais e ainda jogará a segunda partida em casa.

Moto e Imperatriz chegam à final com 17 pontos ganhos, mas o Imperatriz leva a vantagem no número de vitórias cinco contra quatro. O Moto está invicto na competição.

As datas das finais foram definidas pela FMF e vão acontecer somente no mês de abril. Dia 4, quinta-feira, às 21h45, no Castelão em São Luís e dia 8, domingo, às 18h, no Frei Epifânio, em Imperatriz.

Moto e Imperatriz já estão na Copa do Brasil em 2019, mas o título garantirá o campeão na Copa do Nordeste e no Campeonato Brasileiro Série D.

Foto: Rafael Albuquerque

2 comentários »

FMF marca a decisão somente para o mês de abril

12comentários

Se ainda faltava algum motivo para a Federação Maranhense de Futebol (FMF) esculhambar de vez o Campeonato Maranhense, agora não falta mais nada.

A portaria assinada pelo diretor técnico, Hans Nina de uma vez que marca para daqui a 15 dias as finais do Estadual é uma prova da falta de capacidade da própria entidade de organizar as competições que organiza.

E mostra que haviam datas suficientes para fazer um campeonato em que as equipes tivessem os mesmos números de jogos em casa e fora.

Hans marcou para os dias 4 de abril (quinta-feira), às 21h45 e 8 de abril (domingo), às 18h, os dois jogos entre o Moto e o classificado no confronto entre Imperatriz e São José. Mesmo com tantas datas ainda marca uma partida para o meio de semana e à noite e outra no domingo à noite.

Sequer a FMF consultou os clubes. Apenas baixou a portaria e determinou que seja cumprida alegando a necessidade de cumprir os contratos com as TVs aberta e fechada.

Vai novamente realizar uma partida às 21h45 para atender à TV Difusora que mostrou a partida para o interior, deixando claro que se a televisão quisesse poderia marcar a partida para mais cedo e adequar a sua grade com uma programação direcionada apenas para São Luís.

Com a portaria, a FMF para o Campeonato em sua decisão e quebra o ritmo de jogos das equipes.

Uma pena que a Federação nunca aprenda sequer a fazer uma tabela…

Foto: Lucas Almeida

12 comentários »