UNDB é campeã no vôlei feminino do JUMs

0comentário

Uma disputa animada garantiu a vitória da Universidade Dom Bosco, em casa, sob a Universidade Federal do Maranhão na final dos Jogos Universitários Maranhenses Coletivas 2019, na modalidade vôlei feminino, na última sexta-feira (17).

No primeiro set, a UNDB venceu a UFMA de 25 a 17, quando foi no segundo, a Federal do Maranhão reagiu e ganhou o segundo set, fechando o placar 25 a 21. O Dom Bosco, com sede de vitória, foi em busca da virada, fechando o terceiro set 25 a 18.

A UFMA empatou o jogo ao vencer o quarto set com 25 a 23. A UNDB fechou o quinta e último set com o placar de 15 a 12, o que garantiu subir ao pódio e receber o troféu de campeã, sob o comando dos técnicos Antonino e Magela.

Além das medalhas de primeiro lugar para a UNDB e de segundo para a UFMA, a Federação Acadêmica Maranhense de Esporte (FAME) também entregou medalha às atletas que foram destaque na competição.

Como melhor levantadora, a medalha foi para Yasmin da UFMA; melhores ponteiras para Catherine e Mireia da UNDB; melhor oposto, Eloísa da UFMA; centrais, Alice da UFMA e Thalya da UNDB; e como melhor líbero, Nathália da UFMA.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Maranhão conquista título brasileiro no voleibol

0comentário

A seleção do Maranhão conquistou neste domingo (31) o título do Campeonato Brasileiro de Seleções Sub-17 Masculino da Primeira Divisão.

Os maranhenses venceram pela sétima rodada e terminou o torneio invicto no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

O Maranhão entrou em quadra neste domingo e manteve a campanha perfeita ao vencer Amazonas por 3 sets a 0 (25/23, 25/13, 25/12).

A equipe comandada pelo técnico Getúlio Melo, chegou aos 20 pontos, com apenas três sets perdidos na competição em 24 disputados. A competição é disputada em pontos corridos, em turno único, com o campeão definido com a seleção que somar mais pontos nas sete rodadas.

A seleção Maranhense de Voleibol tem o apoio do Secretária de Esporte Lazer do Estado do Maranhão (Sedel).

Classificação final
1º – Maranhão
2º – Mato Grosso do Sul
3º – Mato Grosso
4º – Amazonas
5º – Rio Grande do Norte
6º – Piauí
7º – Ceará
8º – Alagoas

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão defende professores em debate de piso salarial

0comentário

“Tão logo soube desta homenagem, determinei que esse seria o compromisso mais importante do dia para mim”, disse Gastão Vieira (Pros-MA) em discurso no Plenário.

O parlamentar relembrou a atuação junto a deputados e senadores na construção de um consenso para a aprovação de matérias importantes na Comissão de Educação, da qual foi presidente por dois anos.

“Eu chego nesta Casa para cumprir o que considero o mandato mais difícil de todos os que cumpri. O Brasil mandou um recado claro para os representantes. É preciso ouvir, respeitar e fomentar o contraditório. Aprovamos, assim, diversos projetos de lei e até mudanças na Constituição, por unanimidade. Todos se uniam e votavam para se buscar enfrentar os desafios na educação do país. Isso porque houve a construção de maioria respeitosa e é isso que gostaria de ver”, disse.

O “Dia Nacional do Piso Salarial dos Professores” foi instituído no calendário brasileiro pela Lei 12.668/12.

sem comentário »

São Luís será sede de Circuito de Vôlei de Praia

0comentário

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), em parceria com a Federação Maranhense de Voleibol (FMV) e Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), trará, no mês de janeiro, o Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia, competição considerada uma das maiores do mundo, e que reúne diversos atletas de renome olímpico e mundial.

Com jogos entre os dias 23 e 27 de janeiro, o Circuito se prepara para a 25ª edição, e ocorrerá na Lagoa da Jansen, em uma Arena Central, montada próxima à Arena Domingos Leal. “Esse é o maior evento de vôlei de praia que ocorre no mundo, e que conta com medalhistas mundiais e campeões olímpicos. A parceria entre Sedel, FMV e CBV proporciona, dessa forma, a realização de um evento de grandes proporções no Estado”, afirmou o gestor do setor de Desporto e Rendimento da Sedel, Mauro Câmara.

A competição, de renome mundial, contará com transmissão da rede SporTV no sábado e domingo de jogos.  “Trazer um projeto esportivo de alto nível no Maranhão é de suma importância, já que traz ao Estado a possibilidade de promover ações de intercâmbio cultural por meio da realização de eventos esportivos estratégicos”, destacou o secretário de Esporte e Lazer, Hewerton Pereira.

Nos Jogos Olímpicos, o voleibol, incluindo quadra e areia, é a modalidade que mais proporcionou medalhas ao Brasil, com 13 medalhas no total. A presença de atletas olímpicos contribui para a grandiosidade do evento: Campeões olímpicos, contaremos com a presença de Alison, Bruno Schmidt e Ricardo, e do campeão mundial e prata olímpico, Márcio Araújo.

Já no feminino, as medalhistas de prata, Ágatha e Bárbara, e bronze, Juliana, também participarão do evento.

Foto: Divulgação

sem comentário »

E agora em diante?

4comentários

AmericanaAcabou mesmo a temporada na Liga de Basquete Feminino (LBF) para o Maranhão Basquete. Após perder a primeira partida do playoff por 70 a 51, no ginásio Castelinho para Americana, o time maranhense voltou a ser derrotado, agora por 96 a 73. Essa foi a décima derrota do Maranhão Basquete para Americana em dez jogos disputados.

Como escrevi ontem, as jogadoras do Maranhão Basquete que na sua grande maioria são de São Paulo já viajaram com toda bagagem e até fizeram festinha de despedida.

Além de ter se despedido da competição este ano, o Maranhão Basquete pode ter feito a sua última partida. É que para a próxima temporada tudo vai depender da manutenção do projeto pela Lei de Incentivo ao Esporte e pelo que já apuramos o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim não vê o projeto com bons olhos não.

Além do Maranhão Basquete, o Maranhão Vôlei também tem o futuro incerto pelas mesmas razões.

Muitos criticam esse projeto do basquete e do vôlei, mas uma coisa ninguém pode negar eles são de grande importância para a divulgação do Maranhão. Vale destacar também que em todos esses anos, técnicos e atletas de renome que passaram por aqui sempre elogiaram o Maranhão pela ousadia de manter duas equipes disputando essas grandes competições e batendo recorde de público nos jogos.

Vale o governo refletir um pouco mais sobre o assunto…

Foto: LBF

4 comentários »

Palestra de Giba

0comentário

giba

Multicampeão com a seleção brasileira, Giba participará de uma palestra com os atletas e técnicos que estarão presentes no Troféu Mirante., hoje (28), às 10h, no Shopping da Ilha ao lado de Jorginho, campeão Mundial de Beach Soccer. Além disso, os dois atletas também estarão presentes na festa de premiação, que será realizada nesta quinta-feira, no Teatro Arthur Azevedo.

Com a troca de experiências, Giba ainda destaca a importância desse convívio com novos atletas, independentemente da modalidade. O campeão olímpico ainda recorda o início de sua carreira, quando superou a dispensa de um clube antes de começar a trajetória de sucesso no vôlei brasileiro e mundial.

– A superação é você sempre buscar os seus objetivos. Em 1993, antes de ser campeão infanto com a seleção brasileira, eu fui cortado na peneira do Banespa. Se eu tivesse desistido, não tinha me tornado quem eu sou. A dificuldade depende de como você encara as situações. Essa troca de experiências é você saber passar para as pessoas o que elas precisam escutar e de alguém que esteve ali dentro. Essas oportunidades me lembram quando eu estava começando minha carreira e participava de algum prêmio, com a presença de atletas renomados como Oscar, Bernard e Montanaro, que eram espelhos pra gente. Toda a trajetória da minha vida, não foi só com vitórias, mas com superações, isso causa um impacto para os atletas e para as pessoas. Fico feliz de ser convidado para o Troféu Mirante e incentivar a prática dos esportes. Espero que sirva de inspiração para um deles aparecer em um Olimpíada.

Giba também analisa a situação do Maranhão Vôlei, que está em sua segunda participação na Superliga Feminina. Neste curto tempo, o time maranhense acumula a lanterna da competição na primeira temporada e na edição 2014-15 tem apenas duas vitórias. Apesar dos números, o ex-jogador aponta a necessidade de uma manutenção do projeto a longo prazo.

– Os parceiros do time precisam entender que isso é um projeto a longo prazo. É uma semente plantada, para que a cada ano seja renovado o ciclo do time do Maranhão, até fazendo uma categoria de base. Agora, com dois ou três anos, o projeto morrer porque não ganhou, é um pecado. A gente tem que tratar a base com cuidado, porque na frente, se tiver um projeto longo, são essas meninas que vão representar esse time. Tem que ter um pouco de paciência e pelo que vi delas, garra não falta.

Leia mais

sem comentário »

Maranhão Vôlei

0comentário

Maranhaovolei

Nada melhor do que conquistar a primeira vitória dentro de casa nesta edição da Superliga. Pensando nisso, o Maranhão Vôlei/Cemar recebe nesta terça-feira, às 20h, no Ginásio Castelinho, o Rexona/Rio de Janeiro, atual campeão e que é comandado pelo técnico medalha de ouro nas Olimpíadas,  Bernardinho. O jogo é válido pela terceira rodada da competição e o segundo no ginásio Castelinho.

O jogo reúne duas equipes em situações opostas na competição. Enquanto o MV busca sua primeira vitória após duas derrotas para o Molico/Osasco (SP) e para o Sesi (SP), o Rexona/Rio de Janeiro quer manter a invencibilidade. As cariocas venceram os dois jogos que fizeram até o momento.

A expectativa das donas da casa é poder contar mais uma vez com a torcida, que lotou o Castelinho diante do Molico/Osasco na estreia. Foram mais de quatro mil presentes e o público esperado para o jogo contra a equipe do técnico Bernardinho é de mais uma vez o Estádio tomado pela torcida maranhense.

Maranhaovolei1
O técnico Chicão não tem nenhuma baixa e deve mandar a quadra o que tem de melhor no elenco. Vale reforçar que, nestas três primeiras rodadas, a equipe maranhense enfrenta as três melhores colocadas da temporada passada: Molico, Sesi e Rio de Janeiro. Vale lembrar que, nesta temporada, a equipe maranhense foi totalmente reformulada. No elenco atual com 13 atletas, somente três jogadoras da temporada passada foram mantidas.

A levantadora Ana Maria, estreante no MV nesta temporada, viu de perto o que a torcida maranhense é capaz de fazer e quer voltar a sentir esse ‘calor’ dentro da quadra.

“A torcida aqui é demais. No primeiro jogo eles vieram e torceram durante todo o jogo. Já tinha ouvido falar e joguei contra. Mas jogar a favor é bem melhor, com certeza. Dá uma motivação extra dentro da quadra. Espero que mais uma vez eles estejam aqui para nos ajudar. Sabemos que será um jogo difícil, pois se trata do atual campeão. Mas vamos entrar para vencer como em todos os jogos”, destacou.

Os ingressos estão sendo vendidos no próprio local de jogo pelos valores promocionais de R$ 10,00 (arquibancada) e R$ 30,00 (cadeira).

Fotos: Tavares Jr.

sem comentário »

Superliga de Vôlei

0comentário

Volei

A estreia do Maranhão Vôlei na Superliga 2014/2015, mesmo diante da poderosa equipe do Molico/Nestlé poderia ter sido bem melhor não fossem os sucessivos momentos de apagão das maranhenses.

Mesmo com o placar de 3 sets a 0, em vários momentos da partida, o Maranhão Vôlei mostrou que poderia vender mais caro a derrota. Até conseguia encostar no placar, mas repetia erros no passe, na defesa, no saque e no ataque facilitando as coisas para o adversário que voltava a abrir grande vantagem no marcador até fechar os sets.

O Molico/Nestlé jogou o suficiente para fazer 25 a 23 no primeiro set, 25 a 21 no segundo e fechar o jogo em 25 a 18.

Mas uma coisa precisa ser dita: o Maranhão Vôlei corrigindo esses erros que apresentou hoje tem condições de fazer uma boa campanha.

Se o time maranhense não foi tão bem assim o destaque vai para o público estimado em mais de 3 mil torcedores que compareceram ao ginásio Castelinho.

O próximo adversário do Maranhão Vôlei é o Rio de Janeiro, do técnico Bernardinho, na próxima terça-feira, às 20h15, no ginásio Castelinho.

sem comentário »

Maranhão Vôlei

0comentário

MaranhaoVolei

O Maranhão Vôlei inicia hoje (11), a sua segunda temporada na Superliga de Vôlei e já terá pela frente a fortíssima equipe do Molico/Nestle. Na temporada passada, as paulistas venceram os dois confrontos. As duas equipes se enfrentam no Ginásio Castelinho, às 20h15 (horário local).

Nesta temporada, as duas equipes foram as compras e reforçaram seus times. As paulistas mantiveram a base da equipe que foi a melhor da fase de classificação no ano passado e contratou mais duas jogadores a nível de Seleção Brasileira: A ponteira Mari e a levantadora Dani Lins. Já as maranhenses praticamente trocaram o time inteiro. Do elenco de treze jogadoras, somente a capitã e ponteira Nikolle, a meio Adri e a levantadora Thaynã continuam no grupo. Para esta temporada, as dez contratadas são jogadoras experientes e já com passagens pela Superliga.

“Esta temporada nossa equipe está mais qualificada. Nosso time tem qualidade. Vamos entrar em casa para vencer, mas sabemos que será um jogo difícil. Estes primeiros jogos serviraõ principalmente para dar entrosamento e ritmo de jogo para nossa equipe. Mas diante do nosso torcedor que vai lotar o Ginásio, nossa equipe vai dar tudo o que tem na partida”, destacou o técnico Chicão.

Nesta temporada, 13 equipes disputam o título da competição. O Maranhão Vôlei continua sendo a única representante da região Norte/Nordeste. O formato de disputa será igual a da temporada passada. As oito melhores passam para os playoffs que onde será iniciada a fase de mata-mata até a decisão.

Os ingressos estão sendo vendidos no próprio local do jogo pelos valores promocionais de R$ 10,00 (arquibancada) e R$ 30,00 (cadeira).

sem comentário »

Maranhão Vôlei

1comentário

maranhaovolei
O Maranhão Vôlei venceu o Minas Tênis Clube por 3 sets a 2 (22/20, 22/24, 12/21, 21/16 e 21/19), no ginásio Castelinho, em São Luís, mas não tem qualquer chance de classificação para os playoffs da Superliga Feminina de Vôlei.

Foi a 5ª vitória do time maranhense que agora ocupa a 13ª colocação com 12 pontos ganhos.

Na próxima terça-feira (25), o Maranhão Vôlei recebe o Campinas, às 20h, no Castelinho. O time do interior paulista é o 2º colocado na Superliga e é comandado pelo tricampeão olímpico José Roberto Guimarães.

1 comentário »