Walber Pontes integra equipe de Natalino na UFMA

0comentário

O novo reitor da UFMA, Natalino Salgado indicou o professor, advogado e administrador Walber Lins Pontes para a Pró-reitoria de Planejamento, Gestão e Transparência da Universidade.

Walber Pontes é professor com formação e experiência em Administração Pública e assumirá pró-reitoria que foi reformulada

Graduação em Direito pela Universidade de Fortaleza (2001), graduação em Administração de Empresas pela Universidade Estadual do Ceará (2002), graduação em Administração Pública pela Universidade Estadual do Ceará (2003), Walber Pontes é especialista em Auditoria pela universidade Federal do Ceará(2004), mestrado em Administração pela Universidade de Fortaleza (2005), doutorado em Ciências da Educação pela Universidad Tecnologica Intercontinental (2011) e Doutorado em Informática na Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2016).

Atualmente Walber Pontes é professor adjunto da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Pública, atuando principalmente: regulação, estratégias e tecnologias organizacionais, com foco em empresas familiares, soluções organizacionais e métodos de mensuração, avaliação e recomendação de bens e serviços, bem como desenvolvimento regional e Educação a Distância, desenvolvimento de software de recomendação de objetos de aprendizagem considerando estados de ânimo dos alunos.

Walber Pontes é filho da professora e ex-diretora da Rádio Universidade FM, Zenir Pontes que comandou a emissora no seu período de maior sucesso e repercussão na radiofonia maranhense.

Além de Walber Pontes, Natalino indicou Isabel Ibarra Cabrera para a Pró-reitoria de Ensino, Fernando Carvalho Silva, Pró-reitor da Agência de Inovação, Empreendedorismo, Pesquisa, Pós-Graduação e Internacionalização; Josefa Bentivi Andrade, Pró-reitora de Extensão e Cultura; Leonardo Silva Soares, Pró-reitor de Assistência Estudantil e Joyce Santos Lage, Superintendente do Hospital Universitário.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Hildo diz que Bolsonaro nomeou um ‘ladrão’ na UFMA

0comentário

O deputado federal Hildo Rocha (MDB-MA), criticou, na Câmara dos Deputados, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pela nomeação do professor e doutor Natalino salgado para reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Segundo Hildo Rocha, a nomeação foi “equivocada”. Para o parlamentar, Bolsonaro nomeou um dos maiores ladrões que já passaram pela UFMA. Clique aqui e veja o vídeo.

“Registrar a nossa lamentação pela decisão equivocada do presidente Jair Bolsonaro. Ele nomeou para reitor da UFMA, um dos maiores ladrões que já passaram pela aquela universidade, Natalino Salgado. Deixou um cemitério de obras, responde a vários processos na Controladoria Geral da União. E o Jair Bolsonaro, o nosso presidente foi instruído de forma errada para nomear um dos maiores ladrões que já passaram pela Universidade Federal do Maranhão que deixou um rombo enorme, além do que fez com que a universidade caminhasse para trás, portanto a nossa lamentação“, destacou Hildo Rocha.

Natalino Salgado já foi reitor da UFMA entre os anos de 2007 a 2015. Ele obteve quase 60% por cento dos votos da comunidade universitária eleição e teve a sua nomeação confirmada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O vice-reitor será o também professor e doutor Allan Kardec Barros.

Fica o espaço no blog para o posicionamento do reitor Natalino Salgado.

Foto: Reprodução

sem comentário »

Bolsonaro nomeia Natalino Salgado reitor da UFMA

1comentário

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), nomeou o professor doutor Natalino Salgado para reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Natalino Salgado foi o primeiro colocado na eleição na UFMA com 60% dos votos e teve o seu nome confirmado por Bolsonaro.

Essa será a terceira vez que Natalino Salgado assume a reitoria da UFMA. Ele já havia comandado a univerisdade ente os anos de 207 a 2015.

O vice-reitor será o professor e doutor Alan Kardec Barros.

A posse de Natalino Salgado será no dia 11 de novembro.

Nas redes sociais, a senadora maranhense Eliziane Gama destacou que o presidente Jair Bolsonaro respeitou a vontade da comunidade universitária.

“A comunidade acadêmica da UFMA teve sua vontade manifesta na consulta pública feita este ano respeitada. O professor Natalino Salgado saiu vitorioso das urnas e com a nomeação do novo reitor o presidente Jair Bolsonaro garante o respeito ao que foi decidido em votação”, afirmou.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Juscelino assegura liberação de recursos para a UFMA

1comentário

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) vai receber R$ 5 milhões do Ministério da Educação (MEC) para custear a manutenção de serviços da instituição e pagamento de contas de energia dos campus e de fornecedores. O repasse foi possível devido à atuação do coordenador da bancada maranhense no Congresso, deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), que esteve reunido, na tarde desta quinta-feira (11), com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e com a reitora da UFMA, Nair Portela, pleiteando esse aporte financeiro para manter a instituição de ensino funcionando normalmente.

Ao tomar conhecimento da situação da universidade, Juscelino Filho entrou em contato com o ministro e agendou a audiência. O deputado expôs as dificuldades que estão sendo enfrentadas pela UFMA e solicitou auxílio do MEC para resolver a situação.

“Fomos procurados pela reitora e demandados sobre a situação atual da universidade. Imediatamente, acionei o ministro da Educação e expliquei toda a situação para ele. Prontamente, o ministro nos atendeu autorizando a liberação de R$ 5 milhões para a universidade. Esses recursos servirão para colocar em dia as contas de energia e alguns fornecedores e efetuar os pagamentos de serviços terceirizados para que a instituição seja mantida com funcionamento normal”, afirmou o deputado federal.

Juscelino Filho disse, ainda, que seu gabinete continuará de portas abertas para continuar lutando por investimentos para a educação do Maranhão. “Estamos atuando por meio do nosso mandato para ajudar o Maranhão e as instituições federais. A UFMA é uma instituição muito importante no Estado para a formação da nossa juventude e continuaremos não medindo esforços por mais investimentos”, concluiu.

Recursos para a educação

Esta não é a primeira vez que o deputado federal Juscelino Filho assegura recursos para custeio da educação. Em 2018, o parlamentar apresentou emenda para auxiliar os municípios brasileiros no funcionamento e na manutenção da rede de ensino pública.

Após aprovada pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019, o MEC baixou portaria, no mês de março deste ano, para incluir entre os elementos financiáveis com recursos do orçamento impositivo, as emendas para custeio da educação já a partir de 2020.

A destinação de recursos para o custeio da educação vai seguir os moldes das emendas, também de custeio, indicadas para a área da saúde nos últimos anos. O Fundo Nacional de Saúde, por exemplo, já fazia com as chamadas emendas de custeio para PAB (Atenção Básica) e MAC (Média e Alta Complexidade).

Foto: Divulgação

1 comentário »

Governo e UFMA firmam parceria no Bolsa Atleta

1comentário

Com o foco na aplicação do Programa Bolsa Atleta, desenvolvido pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), o secretário Rogério Cafeteira anunciou a parceria com o Núcleo de Esporte da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A ideia é garantir aos atletas maranhenses, que serão contemplados no Bolsa Atleta, os exames e toda a tecnologia utilizada no Mestrado em Educação Física da instituição. Os exames permitem que seja feito um planejamento de treinamento, respeitando as características de cada atleta.

Na última terça-feira (25), o secretário Rogério Cafeteira esteve na Universidade Federal do Maranhão e celebrou a parceria. “Essa é a tecnologia, utilizada no Mestrado em Educação Física, que vai ser ofertada aos atletas que serão selecionados pelo Bolsa Atleta, por meio de cooperação técnica entre Sedel e UFMA. Os nossos atletas terão o que há de mais moderno no mundo: mapeamento genético, termografia, ergoespirometria”, comemorou.

O coordenador do Programa de Pós-graduação em Educação Física-Mestrado/Acadêmico da UFMA e fisiologista Christiano Veneroso fala da importância da utilização dos equipamentos para avaliar o desempenho físico de cada atleta. “Os exames avaliam por detalhes alguns aspectos físicos, como a temperatura dos músculos, as proteínas sanguíneas, a força e a explosão muscular de cada atleta, já que na maioria dos esportes essas peculiaridades garantem um diferencial nos resultados”, explicou. 

O projeto visa garantir o melhoramento e desenvolvimento do rendimento esportivo, no qual os atletas serão avaliados em trabalhos de frequência cardíaca, teste CK (creatina quinase) e termografia pós-jogos, tudo por via de modernos aparelhos adquiridos pela UFMA e por meio de seus laboratórios de alta complexidade do Departamento de Educação Física. A exemplo de alguns dos aparelhos de medição dos níveis de desenvoltura dos atletas, o docente apresentou o tapete de contato, que avalia a altura do salto, importante para atletas do atletismo ou do vôlei. 

Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta será lançado no segundo semestre de 2019 pela Sedel. O programa ocorrerá com o repasse de um auxílio mensal, no valor de R$ 500,00, que tem como objetivo custear consultas médicas e aquisição de remédios; compra de passagens, pagamento de hospedagens e alimentação; aquisição de materiais e inscrição em eventos esportivos.

O programa Bolsa Atleta visa incentivar o esporte estudantil maranhense, prevendo o auxílio de R$ 500 mensais pelo período de um ano. “O projeto tem como meta incentivar o esporte maranhense. 

“A ideia é realizar cada vez mais a promoção e o desenvolvimento social, esportivo e inclusivo destes atletas em competições, tirando-os das ruas e de ambientes de vulnerabilidade”, ressalta o secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira.

Foto: Divulgação

1 comentário »

UNDB é campeã no vôlei feminino do JUMs

0comentário

Uma disputa animada garantiu a vitória da Universidade Dom Bosco, em casa, sob a Universidade Federal do Maranhão na final dos Jogos Universitários Maranhenses Coletivas 2019, na modalidade vôlei feminino, na última sexta-feira (17).

No primeiro set, a UNDB venceu a UFMA de 25 a 17, quando foi no segundo, a Federal do Maranhão reagiu e ganhou o segundo set, fechando o placar 25 a 21. O Dom Bosco, com sede de vitória, foi em busca da virada, fechando o terceiro set 25 a 18.

A UFMA empatou o jogo ao vencer o quarto set com 25 a 23. A UNDB fechou o quinta e último set com o placar de 15 a 12, o que garantiu subir ao pódio e receber o troféu de campeã, sob o comando dos técnicos Antonino e Magela.

Além das medalhas de primeiro lugar para a UNDB e de segundo para a UFMA, a Federação Acadêmica Maranhense de Esporte (FAME) também entregou medalha às atletas que foram destaque na competição.

Como melhor levantadora, a medalha foi para Yasmin da UFMA; melhores ponteiras para Catherine e Mireia da UNDB; melhor oposto, Eloísa da UFMA; centrais, Alice da UFMA e Thalya da UNDB; e como melhor líbero, Nathália da UFMA.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Allan Kardec é pré-candidato a vice-reitor na UFMA

1comentário

Professores da Universidade Federal do Maranhão divulgaram manifesto em apoio à pré-candidatura do professor Allan Kardec Duailibe Barros Filho, atual pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UFMA, a vice-reitor.

(Clique e leia o manifesto na íntegra).

Segundo o manifesto, a pré-candidatura de Allan Kardek surge da necessidade de lutas por uma universidade forte, autônoma, democrática e socialmente comprometida.

“É imprescindível descentralizar, desburocratizar e profissionalizar a gestão; defender os interesses de docentes, alunos, técnicos e terceirizados, pensando em toda a comunidade acadêmica; diversificar a oferta de serviços à sociedade, e fortalecer as atividades de ensino, pesquisa e extensão, em consonância com as aspirações dos maranhenses”, diz o manifesto.

Quem é o professor Allan Kardec?

Allan Kardec tem uma história de valiosas contribuições para a UFMA e o Brasil. Quadro de visão estratégica e desenvolvimentista, é professor e grande pesquisador. Graduou-se na UFMA. Sua formação pós-graduada realizou-se no Japão, com passagens por RIKEN (Nagoya), Brain Science Institute (Tokyo) e Advanced Telecomunications Research (Kyoto). Originalmente especializou-se em neurociência, mas tem publicações em áreas como química, física e engenharia. Hoje trabalha na área interdisciplinar de “aprendizado de máquinas”.

Allan Kardec já orientou e coorientou vinte e sete mestres e quinze doutores. Foi um dos fundadores da Rede Nordeste de Biotecnologia, um dos programas de doutorado em rede mais ousados da história da ciência no Brasil. Possui mais de duzentas publicações (média de onze por ano), inclusive em periódicos como Nature e IEEE, e em revistas com caráter interdisciplinar como Plos One.

Allan Kardec foi diretor da Agência Nacional do Petroleo (ANP). Em sua gestão, foi feito o contrato de partilha de produção do pré-sal e assegurado 0,5% para a pesquisa.

Na gestão atual, Allan Kardec trabalhou junto à bancada federal do Maranhão para a liberação de emenda impositiva no total de 22 milhões de reais para a área de engenharias e computação, visando à implantação do curso de Engenharia Aeroespacial.

Em menos de dois anos à frente da PPPGI, Allan Kardec já deu grandes contribuições ao desenvolvimento de nossa universidade. Sua gestão nesse órgão tem as marcas da descentralização e da desburocratização. Allan Kardec também mostrou grande capacidade na captação de recursos. Graças a essa política foram aprovados, no total, dez mestrados e quatro doutorados. Quando Allan Kardec assumiu a PPPGI, existiam apenas duas pós-graduações nos campi do continente. Em sua gestão foram aprovadas mais seis, entre elas um doutorado em Imperatriz.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Eliziane apoia Pós-Graduação em História da UFMA

0comentário

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) recebeu a coordenação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Maranhão e manifestou apoio ao programa que trabalha a formação de mestres e doutores em história no Estado do Maranhão.

O coordenador do programa, professor Alírio Cardoso e os professores Lyndon de Araújo e Wagner Cabral apresentaram o projeto para a construção do prédio próprio do curso e destacaram a importância das instalações.

“A universidade tem um papel fundamental para o crescimento social, desenvolvimento da pesquisa e formação de novos pesquisadores. Eu me comprometi com os professores Alírio, Lyndon e Wagner a lutar para destinação de emenda para execução do projeto que engrandece o curso e contribuirá com a formação de muitos maranhenses”, afirmou Eliziane Gama.

O professor Alírio Cardoso informou que o Programa de Pós-Graduação em História tem uma ótima avaliação da CAPES e quer alcançar a nota 5 na avaliação de excelência da pós-graduação no Brasil. Ele disse ainda que atualmente os cursos tem grande demanda por vagas e ainda não dispõe de espaço físico. Para ele, o programa tem grande importância para a universidade e é fundamental para várias áreas de pesquisa, além de grande impacto social.

“Nossa pós-graduação em História tem dois cursos, o mestrado e o doutorado. É o único curso no Brasil com uma área específica que é História Conectadas e História Global, o que muito nos orgulha, além de um quadro docente muito qualificado. Nossa pontuação hoje é 4 e temos plenas condições de seguir para a nota 5 de excelência. O nosso problema é não ter um prédio próprio, por isso ficamos muito felizes com essa conversa com a senadora Eliziane e o indicativo de contribuição na luta para a construção do nosso prédio próprio’, destacou o coordenador.

Foto: Divulgação

sem comentário »

MP recebe representação contra estudante da UFMA

0comentário

 

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) recebeu, na manhã desta terça-feira (30), na Procuradoria Geral de Justiça, representantes de grupos de defesa dos Direitos Humanos, que protocolaram representação criminal contra o estudante de Química Industrial, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Marcos Silveira, 28. Ele fez postagens no Facebook, com mensagens de intolerância e de ódio contra homossexuais, mulheres e pessoas com ideologia de esquerda.

Segundo o advogado Thiago Viana, da Comissão da Diversidade Sexual da OAB/MA, que assina a representação ao lado da também advogada Renata dos Reis Cordeiro,integrante do Coletivo de Assessoria Jurídica Popular e Feminista, o documento aponta três ilegalidades cometidas pelo estudante: incitação ao crime; injúria coletiva contra a comunidade LGBT e contra mulheres; e apologia à tortura e perseguição a pessoas com posicionamento ideológico.

O grupo, formado por advogados, professores e ativistas, foi recebido pelo diretor da Secretaria de Assuntos Institucionais, promotor de justiça Marco Antonio Santos Amorim, que ressaltou o papel da instituição ministerial na defesa dos Direitos Humanos e afirmou que a representação, a ser recebida pela Ouvidoria do MPMA, terá o encaminhamento, de acordo com as atribuições do Ministério Público do Maranhão.

“O Ministério Público é uma instituição vocacionada à defesa dos direitos fundamentais, da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. Todo ato de intolerância merece repúdio, e o Ministério Público estará sempre vigilante para resguardar os direitos das minorias”, afirmou o promotor de justiça.

sem comentário »

Repercute post de estudante sobre ‘caça a viadinhos’

0comentário

Publicações do estudante da Universidade Federal do Maranhão, Marcos Silveira, têm repercutido nas redes sociais por citar ‘caça aos viadinhos’, ‘atirar na cabeça’, além de exaltar Carlos Brilhante Ustra, o brasileiro declarado pela Justiça torturador durante o período da ditadura militar.

Nesta segunda-feira (29) o estudante apagou as mensagens, pediu desculpas e disse estar profundamente arrependido.

Marcos é de São Luís e aluno do curso de Química Industrial da UFMA. Em uma das postagens, Marcos diz que está ‘liberada a caça legal aos viadinhos’ e que ‘não vale atirar na cabeça’. Em outra, diz que ‘é hora de entregar os esquerditas ao Departamento de Ordem Política e Social (DOPS) e cita o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra.

O Coordenador do curso de Química Industrial, professor Arão Pereira da Costa Filho, emitiu uma nota de repúdio em nome de alunos do curso e também pede ações contra Marcos por parte da UFMA. A nota diz ainda que declarações de cunho racista, homofóbico e machista têm sido presenciado por alunos da UFMA e causando constrangimento, repulsa e medo.

Leia a mais no G1

sem comentário »