Zito é campeão Panamericano Kids de Jiu-Jitsu

0comentário

O atleta mirim Ricardo Filho, o “Zito”, de 9 anos, foi o grande campeão do Panamericano Kids de Jiu-Jitsu (IBJJF), que ocorreu neste domingo (18), em Long Beach – Califórnia. O maranhense contou com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), para participar o evento internacional.

Nas redes sociais a mãe do atleta, Munnyck Gomes, agradeceu o apoio da Sedel. “Obrigada de coração ao governador Flávio Dino, através da pessoa do Secretário Hewerton Pereira, juntamente com sua equipe, por todo o apoio que nos deram. Tudo isso é essencial para que o esporte evolua e o nosso estado esteja sempre no ranking entre os melhores. Minha família será grata para sempre”, disse.

 Apesar da pouca idade, Zito, que pratica a atividade desde os 06 anos obteve êxito em diversos campeonatos, entre estaduais, interestaduais, norte/nordeste, sul americano, e agora em cenário mundial. “O apoio do Governo do Estado é essencial para todos os atletas, porque é uma carreira bem difícil e que depende também de recursos, de apoios, e fica inviável a participação sem esse apoio do Governo. É muito importante que a Secretaria esteja de olho nesses atletas que realmente pretendem competir em alto rendimento”, enfatizou Munnyck.

O secretário de Esporte e Lazer, Hewerton Pereira, falou sobre o incentivo ao esporte de alto rendimento. “O Zito vem trazendo várias conquistas para o Estado. Dessa forma, o Maranhão torna-se destaque mundial pelo bom desempenho da categoria, nas mais diferentes idades”, comentou o gestor.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Ora São Luís reúne cristãos na Maria Aragão

0comentário

Nesta quarta-feira (14), a partir das 15h, acontece na Praça Maria Aragão o Ora São Luís e o Retiros Culturais. Voltado para o público cristão, a programação do encontro conta com a participação de artistas locais, nacionais e internacionais. O evento é promovido pela Prefeitura de São Luís e Governo do Estado e reunirá cristãos de todo o estado para uma grande noite de louvor na capital.

O encontro reunirá jovens que participaram da Semana Maranhense de Retiros Culturais. Para o Ora São Luís e o Retiros Culturais, que também marcam o encerramento das atividades dos retiros, são esperadas milhares de pessoas. Na programação estão as bandas Christafari e Som e Louvor; e os cantores Maurício Paes e Cassiane.

Entre outras canções esperadas pelo público estão ‘Com muito louvor’ e ‘Amigo Espírito Santo’, da cantora Cassiane; ‘Família debaixo da graça’, ‘Louvor e Honra’ e ‘Tua graça me basta’, do cantor Maurício Paes; e ‘Deus estava lá’, ‘De janeiro a janeiro’ e ‘Adora’, da banda Som e Louvor.

Como convidada internacional, a banda Christafari, banda de reggae cristão originária dos Estados Unidos que participa pela segunda vez em São Luís. Por meio de músicas como ‘Hosanna’, ‘Oceans’, ‘Here i am to workship’ e ‘Christafari’, o grupo traz para São Luís mensagens de fé, amor e esperança.

A programação do Ora São Luís e do Retiros Culturais contará, ainda, com a participação de Forró de Crente, Fogo e Glória, Carlos Alfredo, Normando França, Jhonny, Lídia Carollini, Joel Mistokles e Francivaldo Borges. Todas as atrações prometem momentos de animação, louvor e adoração.

sem comentário »

Tatuapé reclama falta de apoio do Maranhão

0comentário

Com passagens pela Unidos de Vila Maria e Acadêmicos do Tucuruvi, entre outras, Wagner Santos, carnavalesco da bicampeã do Carnaval de São Paulo Acadêmicos do Tatuapé, está completando 21 anos na arte de desenvolver o enredo de escolas. Pela primeira vez, porém ele comemora um título.

“Estou duplamente feliz porque sou campeão pela primeira vez e maranhense! Conheço bem o enredo. É meu Estado! Muita gente não gosta de temas chamados CEP porque talvez não emocionem, mas aqui deu certo”, celebrou o carnavalesco durante a festa na quadra da escola.

Wagner ainda destacou que a escola não contou com o apoio do governo do Maranhão. “Entretanto tivemos a garra, dedicação e criatividade de todos os envolvidos. Estão todos de parabéns”, completou.

Este é o seu primeiro ano na agremiação da zona leste. “É difícil chegar numa.escola que acaba de ser campeã. Há sempre uma cobrança, mas a comunidade me conquistou e vice-versa porque o resultado foi para lá de positivo”.

O presidente da Acadêmicos do Tatuapé, Eduardo dos Santos, também reclamou da falta de apoio oficial. “O governo nem quis nos receber. Nós tentamos desde agosto e nada. Tivemos apoio sim de alguns empresa e da prefeitura de São José do Ribamar”, contou.

Eles também não puderam contar coma presença de Alcione. “Ela seria nossa convidada sim, porque é um ícone do Maranhão. Não deu já que foi enredo da Mocidade, uma escola muito querida. Nós copiamos muito a Mocidade porque é uma escola exemplar. É nosso modelo de agremiação. Então, não havia motivo para desavenças”, afirmou o presidente.

Alcione, no entanto, não esqueceu da escola. Em um vídeo, a cantora parabenizou a Acadêmicos do Tatuapé por mais um título. “Quero mandar também os parabéns ao Tatuapé que também falou da minha terra. Em São Paulo, deu Maranhão”, destacou a Marrom, que foi homenageada pela Mocidade, a escola vice-campeã.

Ricardo Matsukawa/UOL

Uol

sem comentário »

Diversidade marca Carnaval em São Luís

0comentário

A folia momesca será aberta oficialmente nesta sexta-feira (9), às 19h, na Praça Nauro Machado, com uma grande festa em que será entregue simbolicamente a chave da cidade à Corte Momesca.

O Carnaval de Todos 2018, realizado pela Prefeitura de São Luís e o Governo do Maranhão, se estende até a Quarta-Feira de Cinzas (13), nos circuitos oficiais. Os foliões poderão brincar e aproveitar toda a diversidade cultural da capital na Passarela do Samba, Circuito Beira-Mar, Circuito Madre Deus, APA Itapiracó, Praça da Lagoa e Espigão Costeiro.

O secretário municipal de Cultura, Marlon Botão destacou a grandiosidade da festa. “O Carnaval de Todos e resultado de parceria exitosa da Prefeitura de São Luís e Governo do Estado. Os circuitos oficiais acolhem a diversidade e tradição de nossa cidade, levando essa cultura também aos bairros da capital. É uma festa preparada para toda família, com muita alegria e segurança, da melhor forma que se deve brincar o Carnaval”, enfatizou o gestor.

“Por determinação do Governador Flávio Dino, iniciamos o planejamento para o Carnaval deste ano ainda em setembro do ano passado, para garantir uma festa bonita, que valoriza a tradição do Maranhão e muito segura. Tivemos quatro finais de semana de um pré-Carnaval muito bem sucedido e estamos certos de que mais uma vez vamos alcançar este sucesso em todos os circuitos de rua, passarela e bailes no período oficial do Carnaval”, pontuou o secretário de Estado da Cultura e Turismo, Diego Galdino.

Foto: Lauro Vasconcelos

Clique aqui e veja a programação

sem comentário »

Sampaio pronto para assumir favoritismo

0comentário

Campeão da Liga de Basquete Feminino (LBF) – temporada 2015/16, o time do Sampaio Basquete é um dos favoritos ao título da atual edição do torneio nacional. Com o patrocínio da Cemar e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, a equipe tricolor sabe que precisará trabalhar muito para repetir a principal conquista do basquete feminino brasileiro. Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (1º), na sede da Cemar, atletas e comissão técnica do Sampaio Basquete comentaram sobre as expectativas e o planejamento para as próximas três rodadas da LBF, onde o Tricolor atuará fora de casa. O evento contou com a participação do presidente da Cemar, Augusto Dantas, e do diretor-executivo de Comunicação e Marketing da empresa, Luís Carlos Cardoso.

O técnico do Sampaio Basquete, o francês Virgil Lopez, mostrou bastante confiança com a evolução de seu time, principalmente porque a equipe tricolor terá tempo para intensificar os treinos, já que o próximo compromisso boliviano é somente no dia 15 deste mês.

“Vamos trabalhar muito nestes quinze dias que antecedem essa sequência de jogos. Nosso foco é no trabalho para conseguirmos bons resultados. A gente tem que se incluir como favorito ao título. O campeonato é longo e essas três semanas serão importantes para o crescimento do time”, destacou Virgil.

Diretora técnica do Sampaio Basquete, a ex-jogadora Iziane Castro confirmou que o atual elenco foi montado visando disputar diretamente o título da LBF CAIXA. Para Iziane, as boas atuações no início da temporada podem ser vistos como indícios de que o time tem condições de jogar de igual para igual com qualquer adversário. A diretora ainda confirmou a contratação da pivô chilena Ziomara Morrison.

“Nossa expectativa é de ser campeão. Mas ser campeão envolve trabalho árduo. Mas vamos trabalhar para isso. Vejo que essa equipe tem condições de ser campeã. A jogadora que está chegando é de alto nível e vai ajudar muito o time”, afirmou.

Agradecimentos

A diretoria do Sampaio Basquete aproveito a coletiva para agradecer o patrocínio da Cemar que sempre acreditou no time tricolor desde a primeira participação da equipe maranhense na LBF. O presidente do clube, Murilo Dias, destacou o legado que o Sampaio Basquete deixa ao esporte do Maranhão graças à participação da Cemar.

“Nossas jogadoras são inspiradoras para crianças. Por isso, temos a obrigação de manter essa imagem, levando o esporte como uma ferramenta de inclusão social. Obrigado a Cemar por tudo o que vem fazendo pelo Sampaio e para o basquete do nosso Estado”, disse Murilo Dias.

O presidente da Cemar, Augusto Dantas, também teceu elogios ao legado deixado pelo Sampaio Basquete. “Nós que agradecemos pelo trabalho do Sampaio que realizando nos últimos anos. A Cemar vai estar sempre aqui para apoiar o basquete. O esporte muda a vida das pessoas. A gente que tem de agradecer por participar desse importante projeto”, afirmou.

LBF

A primeira fase da LBF 2018 terá 18 rodadas em dois turnos para definir os classificados às quartas de final. Na primeira etapa dos playoffs, os jogos serão decididos em até três confrontos, assim como nas semifinais. A grande decisão, por sua vez, terá série “melhor de cinco”.

A equipe do Sampaio Basquete tem o patrocínio da Cemar e do Governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Fotos: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Braide diz que candidatura depende do povo

0comentário

O deputado estadual e pré-candidato ao Governo do Maranhão, Eduardo Braide (PMN) foi o entrevistado desta sexta-feira (19), na Rádio Mirante AM, no programa Ponto Final, apresentado pelo radialista Jorge Aragão.

Ele adiantou que uma eventual candidatura ao governo do Maranhão depende de vontade do povo. E afirmou que tem ficado impressionado com a reação da população em todos os cantos do Maranhão em relação ao seu nome.

“Já fui procurado por algumas lideranças políticas e alguns dirigentes partidários, mas ainda estamos conversando. Tudo depende do anseio e vontade da população maranhense”, disse.

Braide afirmou que teve conversas com o deputado estadual, Alexandre Almeida e com o deputado federal. José Reinaldo Tavares sobre a formação de uma chapa majoritária. E lamentou o tratamento que o governador Flávio Dino tem dispensado ao ex-governador.

“Acho que é uma tremenda injustiça o que tem acontecido com ele, entendo que ele deveria ser o primeiro candidato a ser escolhido na chapa do governador, não só pela ligação que tem com o próprio governador, como por tudo que já fez pelo Maranhão. Tenho certeza que onde quer que o ex-governador José Reinaldo Tavares estiver, tem chances reais de se eleger senador pelo Maranhão”, afirmou.

Eduardo Braide falou sobre a falta de união da classe política e disse que o Maranhão precisa de um governador que defenda a união dos políticos.

“Um governador precisa ter em mente que tem a missão de fazer com que a classe política se una a favor do povo maranhense. O Maranhão precisa de um governador que trabalhe pela união dos maranhenses, principalmente da classe política”, finalizou.

Foto: Rafaelle Fróes

sem comentário »

Andrea denuncia ‘alerta geral’ na Saúde

2comentários

A deputada estadual Andrea Murad (MDB) publicou nas redes sociais um diálogo em um grupo de whatsapp que foi disparado depois que a parlamentar comunicou à Secretaria de Saúde que fará visita às UPas e demais unidades de Saúde do governo do Maranhão.

o anúncio da visita provocou um verdadeiro alvoroço e logo foi disparado o que chamam de “alerta geral” com aviso de proibição para que a parlamentar entre nos leitos.

O comunicado revela a grave situação da Saúde no Maranhão que os diretores e funcionários das unidades são alertados a esconder numa total demonstraçào de falta de transparência.

“Que papelão desse secretário de saúde! Carlos Lula devia procurar trabalhar para que eu não receba reclamações de funcionários e pacientes de manhã, de tarde e de noite sobre a péssima situação das unidades ao invés de querer me impedir de fiscalizar como consta no print publicado.  Fiscalizar, visitar e cobrar providências sobre os problemas que estão se perpetuando no governo Flávio Dino é o meu trabalho e vou fazê-lo”, destaca Andrea.

“Nas mensagens que trocaram, eles mesmos reconhecem a situação que as Upas e Hospitais do estado se encontram. Vergonhoso! Não adianta esconder de mim se a população, que é o mais importante, está vendo a maldade e o crime que estão cometendo. Fiquem logo avisados que não visitarei somente as Upas, mas várias unidades de saúde do estado de onde recebo denúncias diariamente. Portanto continuarei fiscalizando e denunciando, sempre que o povo me exigir que faça”, reforçou.

Foto: Reprodução/Whatapp

2 comentários »

Pacientes com hemodiálise sofrem no MA

4comentários

Pacientes que precisam de hemodiálise no Maranhão tem sofrido com uma rotina desgastante pela falta de clínicas no interior do Estado. Há pacientes de municípios distantes que fazem longas viagens para garantir a sobrevivência com o tratamento de hemodiálise em São Luís, sendo clínicas em cidades próximas já deveriam ser entregues.

A Cláudia Rodrigues reclamou que a sua mãe, dona Ana, teve que sair de Serrano do Maranhão e morar na capital pra fazer hemodiálise porque não há lugar mais perto para o tratamento. Serrano do Maranhão é localizado a 486 quilômetros de São Luís.

“É cansativo. Minha mãe só vive chorando, querendo ir embora pra casa e a gente fica sem ter o que fazer, né? A gente teve que alugar uma casa. Meu pai tá se desdobrando lá no interior pra trabalhar”, desabafou Cláudia.

Em Santa Quitéria, localizado a 430 quilômetros da capital, vive a família do José Luís, de quinze anos de idade. A dona de casa Maria Silva afirmou que a família está morando de favor na casa de parentes para obter o tratamento dele.

“Fico muito cansada. Porque eu vivo na casa alheia”, reclamou.

Já a dona Salvani relatou que a mudança para São Luís ocorreu porque não havia condições de viajar entre Governador Luís Rocha e São Luís semanalmente. A distância entre as cidades é de 404 quilômetros. Leonardo da Cruz, marido da Salvani, afirmou que se mudou com a mulher e os quatro filhos mesmo sem condições de pagar aluguel, água e luz; e que a Prefeitura da cidade dele deixou de ajudar a família.

“A gente ficou numa casa de apoio e o prefeito atrasou a casa de apoio. Então o dono da casa de apoio botou a gente pra fora”, disse Leonardo.

Enquanto pacientes sofrem com as longas viagens, desde 2015 clínicas de hemodiálise em sete cidades do Maranhão seguem sem inauguração. O Governo do Maranhão reservou quase 7 milhões de reais para as obras e os contratos foram assinados em 2014, mas nenhuma clínica foi entregue até hoje.

Em Pinheiro e São José de Ribamar as obras estão lentas. Já em Chapadinha as obras ainda nem começaram. A obra deveria ter sido iniciada em 2014. O valor total da obra na cidade é de R$ 2.410.000,00 e o prazo de entrega era de 180 dias. Mas até o momento só há placas no local.

No ano passado, o Governo do Maranhão divulgou nota prometendo iniciar a construção das clínicas de Chapadinha, Coroatá, Santa Inês e Imperatriz no mesmo ano. A Secretaria de Saúde também prometeu inaugurar pelo menos três novos centros de hemodiálise.

Na época, Jane Araújo, chefe da Assessoria Jurídica da Secretaria de Saúde do Maranhão alegou que as obras paralisaram por causa de adequações nos projetos.

“Os projetos tiveram que ser revistos. A obra paralisou para adequar as normas do Ministério da Saúde, adequar as normas da Vigilância Sanitária… e nós estamos inaugurando três dessas clínicas na grande São Luís. Até o final do ano vamos ofertar 111 novas vagas”, afirmou Jane em Junho de 2017.

As obras seguem paradas e há paciente que morreu durante o período. A dona Eloísa passou seis anos viajando de Chapadinha até São Luís para fazer hemodiálise. Ela saía de casa com o marido perto das quatro da madrugada pra viajar até a capital e voltava cansada por volta das dez da noite.

Em dezembro, Eloísa passou mal em São Luís, não conseguiu vaga em hospitais e ficou em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que, por uma semana, não tinha máquina de hemodiálise. Como ela não podia ficar tanto tempo sem o tratamento, acabou morrendo.

O lavrador e marido de Eloísa, Arlindo Silva, contou que ela não morreria se a clínica prometida tivesse sido inaugurada em Chapadinha.

“Umas cinco máquinas resolveria. Sem precisar viajar tanto”, afirmou o lavrador.

Os que ainda resistem a essa rotina convivem com o perigo de viajar com transporte em péssimo estado. Um micro-ônibus de Chapadinha está com o para-brisa quebrado e, segundo os pacientes, vive no prego.

O Governo do Estado deu um novo prazo para resolver o problema e informou que as clínicas serão inauguradas a partir de setembro de 2018, mas não deu uma data definitiva. Sobre a van em mau estado, a Prefeitura de Chapadinha informou que faz manutenção constante no veículo, mas que há desgaste em um veículo que roda 3 mil quilômetros por semana.

Leia mais e veja o vídeo

4 comentários »

Chuvas pioram estradas no Sul do Maranhão

0comentário

Após as chuvas dos últimos dias, as condições das estradas usadas para escoamento da produção agrícola no sul do Maranhão pioraram.

Localizada entre Balsas, no Maranhão, e Ribeiro Gonçalves, no Piauí, o trecho da BR-324 possui 117 quilômetros e um movimento intenso de caminhões. A estrada nunca foi asfaltada é um desafio para os motoristas, principalmente no período chuvoso.

Nesse ponto os veículos estão terminando de transportar a safra colhida no primeiro semestre na região conhecida como “Ilha de Balsas”. De acordo com o caminhoneiro João Mateus, o percurso é longo e as condições da pista tornam a viagem perigosa.

“São três horas de viagem de lá pra cá. 60 Km. É para acabar, viu? Ai é rodar ligeiro, quebra com o carro… Aí o trem fica feio”, reclamou o caminhoneiro.

No trecho entre Balsas e Alto Parnaíba, na MA-006, passam quase metade da safra agrícola da região. A colheita da soja nas áreas que foram plantadas mais cedo deve começar no fim do mês de janeiro, causando aumento no movimento de caminhões nas estradas da região.

Nos últimos dias as chuvas pioraram as condições da rodovia e a falta de manutenção pode comprometer o escoamento da safra porque a quantidade de buracos aumentou. Segundo o caminhoneiro Moisés Marques, o transporte da próxima safra está ameaçado.

“Agora a coisa piorou e vai piorar mais porque não arrumam e cada vez que chove os buracos vão só aumentando. Há 60 dias atrás ainda estava razoável. Começou a chover e está cada vez piorando mais”, declarou.

Há dois anos o Governo do Estado do Maranhão fez uma recuperação emergencial, mas o serviço não resistiu por muito tempo. Em relação a MA-006, a Secretaria Estadual de Infraestrutura disse que aguarda a liberação de recursos para reconstruir todo o trecho e que está discutindo com entidades ligadas ao agronegócio alternativas para garantir o escoamento da próxima safra.

Já em relação a BR-324, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que a rodovia consta no plano nacional de viação apenas como “planejada”. Também informou que, quando a BR for construída, vai se sobrepor a MA-378, uma rodovia coincidente no mesmo traçado, que atualmente é de responsabilidade do Governo do Estado.

Fotos: Reprodução/TV Mirante

Leia mais

sem comentário »

Adeus, Campos!!!

0comentário

Fomos surpreendidos hoje (27) com a morte do fotojornalista Francisco Campos.

A história de Francisco Campos se confunde com a história da fotografia do Maranhão, pois trata-se de um dos mais completos profissionais de todos os tempos.

Durante muitos anos, Campos trabalhou em O Imparcial e atualmente trabalhava para o Governo do Maranhão. Muitos de seus trabalhos já foram publicados por este blog ao longo dos anos.

Em respeito e admiração pelo profissional Francisco Campos e como última homenagem aqui, publico uma de suas últimas fotos postadas em seu perfil no Facebook.

Que Deus conforte a família neste momento de dor e que dê a Campos o descanso eterno.

Adeus, Campos!!!

Foto: Francisco Campos

sem comentário »