Moto inicia pré-venda do novo uniforme

0comentário

O Moto Club iniciou nesta quarta-feira, a pré-venda do novo uniforme produzido pela Kanxa.

Os novos uniformes serão utilizados na próxima temporada e estão sendo disponibilizados ao preço de R$ 130 para os sócios e R$ 150 para não sócios.

O torcedor que quiser adquirir o novo uniforme deverá comparecer à nova loja do torcedor na avenida Beira-mar. Ele terá 15 dias para receber o material adquirido na própria loja do torcedor.

O material de treino e passeio já estão à venda na loja do clube.

Foto: Divulgação/ Moto Club

sem comentário »

Copa do Nordeste terá nova fórmula em 2019

7comentários

A Liga do Nordeste fez o lançamento nesta terça-feira (18) da Copa do Nordeste 2019 com novidade na fórmula de disputa.

No lugar dos quatro grupos com quatro equipes serão dois grupos, cada um com oito equipes, com grande possibilidade dos representantes maranhenses se enfrentarem logo na primeira fase.

Quatro equipes de cada grupo passam para a segunda fase que será disputada no sistema mata-mata até a final.

O Maranhão terá dois representantes na competição: o Moto (campeão estadual) e o Sampaio (campeão da competição). O Sampaio receberá a cota de R$ 1.421 milhão, enquanto o Moto terá apenas R$ 510 mil.

Os jogos terão a transmissão do SBT,  às terças 21h40 e aos sábados 16h30.

Foto: Divulgação

7 comentários »

Moto lança novo uniforme para 2019

6comentários

Os novos uniformes do Moto estarão à venda a partir desta semana, na nova loja do clube.

São dois novos uniformes de jogos (R$ 140) do fornecedor Kanxa, um em vermelho e preto e o outro branco, ambos com detalhes nas listras horizontais.

Os uniformes de treinamento (R$ 80) e passeio (R$ 100) já estão à venda.

O lançamento do novo uniforme aconteceu na semana passada quando das comemorações pelos 81 anos de glórias do clube, bem como a inauguração da nova loja que fica em frente à praça Manuel Beckman, na avenida Beira-Mar, no Centro de São Luís.

Os novos uniformes serão usados pelo Moto na temporada 2019, quando a equipe disputará a Campeonato Maranhense, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro Série D.

Foto: João Ricardo/Globoesporte

6 comentários »

Kanxa é o novo fornecedor do Moto

12comentários

O clube ainda não anunciou oficialmente, mas a Kanxa é a nova fornecedora do material esportivo do Moto.

O site da Kanxa divulgou dois dos três novos uniformes do Moto que serão utilizado na temporada 2019.

Segundo o presidente Natanael Júnior o modelo é uma prévia e deverá sofrer alteração na posição do escudo que deverá ficar do lado esquerdo. Além disso, o uniforme tradicional rubro-negro com listra horizontais será mantido como uniforme oficial.

O clube deve promover uma festa para apresentação do novo uniforme e lançamento da loja do Torcedor rubro-negro, no Centro, no dia 14 de setembro, aniversário do clube.

O início do treinamento dentro da pré-temporada está previsto para começar no dia 1º de dezembro.

Sob o comando do técnico Ruy Scarpino que já acertou o seu retorno, o Moto disputará em 2019 quatro competições: Campeonato Maranhense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro Série D.

Foto: Site da Kanxa

12 comentários »

Felipe Dias pode retornar ao Moto

2comentários

Depois de um ano muito difícil fora de campo, o Moto começa a mostrar que poderá ter um ano melhor na próxima temporada ao começar a se organizar desde já.

Com o início da temporada prevista para começar em dezembro, o Moto já acertou com Ruy Scarpino e a comissão técnica com quatro meses de antecedência.

Embora ainda não tenha anunciado oficialmente o nome de nenhum jogador contratado, o Moto deve renovar com a base que conquistou o Estadual e fez excelente campanha na Série D.

Mas, nos bastidores nomes como os de Felipe Dias (volante), Rodrigo Ramos (goleiro), Jeferson e Danilo Bala (atacantes) já estariam apalavrados.

O possível retorno do pitbul Felipe Dias agradou em cheio ao torcedor rubro-negro. No Rio, Felipe Dias confirmou as conversas e adiantou que tem todo o interesse de retornar ao Papão.

O goleiro Rodrigo Ramos negocia o seu retorno com a diretoria e já disse que o Moto é a sua prioridade.

Sem dúvida esse é um bom começo…

2 comentários »

Ruy Scarpino acerta retorno ao Moto

5comentários

O técnico Ruy Scarpino acertou no fim de semana o seu retorno ao Moto.

Ele vai comandar a equipe nas competições que o Moto disputará em 2019: Campeonato Maranhense, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro Série D.

Ruy comandou o Moto em 2016 quando o time garantiu o título de campeão estadual e conquistou o acesso à Série C.

Em 2017, Ruy retornou ao Moto, mas acabou deixando o clube ainda no início da temporada.

Ruy definirá com a diretoria do Moto o planejamento e a formação da equipe para a próxima temporada. Ele espera ter a base da equipe que atuou nesta temporada e indicar algumas contratações pontuais.

O início da preparação do Moto para a temporada 2019 será no início do mês de dezembro deste ano.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

5 comentários »

Val Barreto detona erro do treinador do Moto

9comentários

O atacante Val Barreto terminou a Série D do Campeonato Brasileiro com dois gols marcados pelo Moto e ao fim da partida contra o Imperatriz, na noite desse domingo (24), no Castelão, ele saiu de campo criticando a escalação adotada pelo treinador Luís Miguel.

Sem citar nomes, o jogador disse que as mudanças feitas na semana do jogo decisivo contribuíram bastante para a desclassificação da equipe na Série D. O Moto perdeu os dois jogos para o Imperatriz, por 2 a 1, em Imperatriz, e 4 a 2, em São Luís.

“Sentimento de muita tristeza, pois nosso time estava ‘encaixadinho’, certinho. Aí um coletivo da semana ele quer mudar todo o esquema do nosso time, tirando volante pra botar. Futebol não é amizade. Futebol é coisa séria. Nosso trabalho foi por água abaixo. Escolha, amizade é dentro de campo, com um correndo pelo outro. Não essas palhaçadas aí. A culpa pelo resultado é nossa, é de todo mundo, mas acho que as escolhas tem que ser baseadas no trabalho dentro de campo”, declarou Val Barreto.

A mudança tratada pelo atacante foi a entrada de Sandro Bacabal como primeiro volante. O titular era Rafael Santos e Vitor Salvador também vinha ganhando espaço ao longo da competição, contudo para a partida decisiva, o treinador optou por escalar Sandro Bacabal, que chegou ao Moto por sua indicação. A mudança não deu certo e ainda no primeiro tempo, Sandro foi substituído por Rayro, que não tem a mesma característica de marcação. Assim, desde os 37 minutos do primeiro tempo, o Moto passou a jogar sem volante de ofício, diminuindo bastante a marcação e o Imperatriz aproveitou e dominou a faixa central do campo, já que o outro jogador que o Moto tinha nesta área era Doda, também pouco marcador. Doda, inclusive foi expulso, por reclamação aos 13 minutos do segundo tempo.

Ao fim do jogo, o treinador Luís Miguel pediu desculpas à torcida e disse que o trabalho desenvolvido foi sério.

“Peço desculpas à torcida, pois fizemos tudo que estava a nosso alcance. Trabalhamos sério, demos o melhor pelo Moto e infelizmente nem eu nem os jogadores estiveram num dia bom”, disse o treinador.

O Moto concluiu sua temporada e volta a jogar agora só em 2019, quando disputará quatro competições, o Campeonato Maranhense, as copas do Nordeste e do Brasil e novamente a Série D do Campeonato Brasileiro.

Leia mais

9 comentários »

Moto e Imperatriz decidem mata-mata na Série D

3comentários

Moto e Imperatriz voltam a campo neste domingo (24), pelo Campeonato Brasileiro Série D para decidir quem segue na competição e vai brigar pelo acesso à Série C em 2019.

O Imperatriz venceu o primeiro jogo no Frei Epifânio D’Abadia por 2 a 1 e tem a vantagem do empate para garantir a classificação.

O Moto precisa vencer a partida por dois gols de diferença para seguir na competição. Se vencer por um gol de diferença, a decisão da vaga será nas cobranças de pênaltis.

As duas equipes fizeram a final do Campeonato Maranhense e o Moto levou o título ao vencer por 3 a 0 em São Luís e perder por 2 a 1, em Imperatriz.

Nesta Série D, o Moto tem 100% de aproveitamento em casa, pois venceu os 4 jogos que realizou diante da sua torcida. Fora de casa, o Imperatriz tem dois empates e duas derrotas.

Tudo sobre Moto e Imperatriz você acompanha pela Rádio Mirante AM.

3 comentários »

Torcedores estão devendo nesta temporada

2comentários

Apesar da boa campanha, o torcedor maranhense está devendo a Sampaio e Moto nesta temporada.

Os nossos dois principais clubes não tem recebido o apoio que deveria de seus torcedores nos jogos realizados no Castelão. Não vão ao estádio, mas vivem nas redes sociais a criticar e a cobrar a formação de grandes times. Mas como se não tem o apoio do seu próprio torcedor? Ou será que as torcidas de Moto e Sampaio encolheram?

Na última quarta-feira, pouco mais de 4 mil 800 torcedores (público total) compareceram ao Castelão para a partida importante entre Sampaio e ABC, pela semifinal da Copa do Nordeste.

Há duas semanas, pouco mais de 5 mil e 100 torcedores (público total) foram acompanhar Moto e Fluminense de Feira de Santana, no mata-mata da Série D.

Não faço nenhuma comparação entre os dois públicos, mas reforço que é pouco para o tamanho das duas torcidas, pelo momento das equipes, principalmente o Moto que depende demais do seu torcedor. O Sampaio tem patrocínios, mas também precisa da ajuda do seu torcedor.

Mas não sei o que tem acontecido que os torcedores não estão comparecendo.

Neste fim de semana, mais uma vez o torcedor tem a chance de apoiar suas equipes.

O Sampaio joga no sábado (23), às 19h, contra o Atlético-GO pela Série B. O Moto entra em campo, no domingo (24), às 17h, contra o Imperatriz decidindo vaga no mata-mata de acesso à Sèrie C em 2019.

Vamos ver se pelo menos nestes jogos, o torcedor vai de fato mostrar a sua força e que realmente está ao lado do seu time de coração.

Foto: Diego Chaves/ O Estado

2 comentários »

Os erros que o Moto não pode repetir

8comentários

A derrota do Moto para o Imperatriz por 2 a 1, na primeira partida pelo mata-mata da Série D deve ser creditada na conta do técnico Luís Miguel que errou feio na escalação.

Miguel esqueceu uma máxima verdadeira no futebol que diz: “em time que está ganhando não se mexe”. Se houve ffalhas individuais no time, diria que elas começaram com a falha do próprio treinador na escalação.

O treinador rubro-negro, após acertar a esclação da equipe para os jogos contra o Fluminense de Feira de Santana e que acabou vencendo os dois confrontos, errou feio ao escalar o Moto com três zagueiros.

O time tomou um sufoco grande, jogou mal e só não levou mais gols por milagre.

O treinador deveria ter repetido a formação com três volantes que permitia maior saída de Everlan, Márcio Diogo e Ricardo Maranhão para o jogo, mas acabou optando por três zagueiros e se deu mal.

Agora, o Moto tem que vencer por dois gols de diferença para seguir na competição. Ou pelo menos vencer por um gol de diferença e levar a decisão para os pênaltis.

Vale lembrar que em casa, o Moto tem 100% de aproveitamento e agora, mais do que nunca precisa vencer.

E não precisa o técnico Luís Miguel inventar nada. Basta tirar um zagueiro e começar o jogo com um atacante (Val Barreto) a mais e dois volantes (Rafael e Vítor Salvador) no próximo domingo e buscar a classificação que lhe permitirá chegar ao mata-mata de acesso à Série C em 2019.

Se errar novamente na escalação pode ficar no meio do caminho.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

8 comentários »