Definidas as quartas no Maranhense de Beach Soccer

0comentário

Três partidas encerraram, na noite desta quinta-feira (14), a fase de grupos da etapa final do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. A Arena Domingos Leal, na Lagoa da Jansen, foi palco dos confrontos, que definiram os últimos classificados para as quartas de final do Maranhense.

Líderes do Grupo A, São Luís e Barreirinhas abriram a rodada com um jogo emocionante. Mostrando habilidade, Barreirinhas abriu 3 a 0 em poucos minutos, com gols de Raí, José Augusto e Adriano. Logo depois que Roberth diminuiu o placar para São Luís, a seleção de Barreirinhas marcou o quarto gol, com Luís Felipe, e deu a impressão de que conquistaria a vitória. São Luís, entretanto, mostrou poder de reação e arrancou o empate por 4 a 4, com gols de Ailton, Daniel e Rafael. Embalado pelo empate heroico, São Luís venceu Barreirinhas por 5 a 4 na disputa de pênaltis e confirmou a liderança da chave.

A segunda partida da rodada foi disputada entre Humberto de Campos e Paço do Lumiar, pelo Grupo C. Invicto no Maranhense, o time de Humberto de Campos venceu por 3 a 2, com gols de Wanderson, Manuelson e Gleison, enquanto Julio Cesar e Wellisson descontaram para Paço do Lumiar. Humberto de Campos garantiu o primeiro lugar do grupo da vitória, e Paço do Lumiar, mesmo com a derrota, está confirmado nas quartas de final.

O encerramento da primeira fase ficou por conta de Raposa e Santo Amaro, que mediram forças pelo Grupo B. Classificadas após vitórias sobre Peri-Mirim, as duas seleções fizeram um jogo equilibrado, mas a Raposa aproveitou bem suas oportunidades e venceu por 3 a 1. Os gols da vitória raposense foram marcados por Alex, Elves e Paullynek, e Hudson descontou para Santo Amaro.

Quartas de final

As partidas das quartas de final do Maranhense de Beach Soccer serão realizadas nesta sexta-feira (15), a partir das 18h30, na Arena Domingos Leal. Humberto de Campos e Santa Helena abrem a fase decisiva, que terá continuidade com as seguintes partidas: João Lisboa x Barreirinhas, Raposa x Paço do Lumiar e São Luís x Santo Amaro.

Todos os jogos da etapa final estão sendo transmitidos ao vivo pelo site da FMBS (www.futeboldeareiama.com.br). No site e nas redes sociais oficiais da federação (@beachsoccerma) estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Helena Duailibe diz que atuará em defesa da mulher

1comentário

Em pronunciamento na sessão plenária desta segunda-feira (11), a deputada Helena Duailibe (Solidariedade) agradeceu pela eleição ao cargo de procuradora da Mulher na Assembleia Legislativa do Maranhão e afirmou que, com apoio do presidente Othelino Neto (PCdoB), estenderá o trabalho a todas as câmaras municipais do Estado.

“Eu tenho a certeza de que, com apoio do presidente Othelino Neto, conseguiremos trabalhar muito nos municípios e levar esse trabalho a todas as câmaras municipais do Maranhão. Esta Procuradoria é de todos nós. Por isso, conto com a colaboração de todos vocês para que possamos fazer um bom trabalho em defesa da mulher maranhense”, disse Helena Duailibe, ressaltando que é uma grande responsabilidade suceder a ex-deputada Valéria Macêdo.

Conquistas

Helena Duailibe também destacou a luta da mulher para conquistar espaço nas estruturas sociais, assumindo postos de trabalho e estruturas hierárquicas menos submissas. “Se comparados a milênios de inferiorização, submissão e desqualificação, os avanços conquistados arduamente nas últimas décadas são pequenos, mas fundamentais para a consolidação do processo histórico e cultural da mulher ao lado do homem”.

A deputada afirmou também que, apesar dos avanços, ainda hoje a mulher se depara com a contradição de, por um lado, ser mãe e esposa e, por outro, a possibilidade de escolher seu futuro e se fazer sujeito de sua história. “Porém, é no interior dos lares que vem à tona o lado mais obscuro e cruel desta contradição, muitas das vezes com a conivência da própria vítima: a violência doméstica do marido ou companheiro”.

Na visão de Helena Dualibe, a superação da violência contra a mulher é uma questão complexa e merece muito estudo, conscientização da população e diálogo entre famílias, para que um dia, possa vir a ser efetivamente erradicada. Disse também que a luta das mulheres pela conquista de direitos de igualdade ainda não atingiu um patamar aceitável pela população feminina, pois a mulher continua sendo discriminada e os índices de violência praticados contra elas são alarmantes.

“A criação das delegacias femininas foi um grande avanço na conquista de grupos feministas que lutaram e exigiram de seus governos maior comprometimento com a causa feminina. Os maus tratos por parte dos seus companheiros não poderiam continuar no âmbito privado”, acentuou Helena Duailibe.

Foto: JR Celedônio / Agência Assembleia

1 comentário »

São Luís recebe final do Maranhense de Beach Soccer

0comentário

A partir desta terça-feira (12), a cidade de São Luís se tornará a capital do beach soccer. A Arena Domingos Leal, localizada na Lagoa da Jansen, receberá a etapa final do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

A fase final ocorre após a realização de sete etapas regionais, que serviram como seletiva para esta etapa decisiva com a participação das melhores seleções do Estado. Ao todo, a fase final do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais contará com 10 equipes.

As definições dos grupos e da tabela dos jogos ocorrerão durante congresso técnico, que será realizado na terça-feira com a participação dos representantes da seleções. A expectativa da organização é que a arena receba um grande público durante toda a semana. As rodadas classificatórias terão início às 18h30.

“Estamos felizes com a chegada da fase final após meses de disputas por todas as regiões do Maranhão. Só temos a agradecer ao governo do Estado e à Cerveja Glacial por acreditar no beach soccer maranhense. Essa etapa decisiva será bastante disputada e o público que comparecer à arena vai acompanhar grandes jogos. Queremos ter casa cheia todos os dias. Fica aqui o convite para prestigiar o campeonato. A entrada é gratuita”, afirmou Eurico Pacífico, presidente da Federação Maranhense de Beach Soccer.No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Pinheiro é campeão da 2ª etapa do Beach Soccer

0comentário

A segunda etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, chegou ao fim com direito a uma decisão emocionante entre as seleções de Pinheiro e Santa Helena na noite deste sábado (10). Quem compareceu à arena montada no Parque do Povão, na cidade de Pinheiro, presenciou um jogo cheio de alternativas, lindas jogadas e muitos gols. No fim, melhor para a equipe da casa que venceu por 5 a 4 para sagra-se campeã da seletiva.

Ao entrarem em quadra neste sábado, Pinheiro e Santa Helena traziam consigo campanhas perfeitas com 100% de aproveitamento. Mas para conquistar o título, era preciso vencer nos detalhes. E foi com esse espírito que as duas equipes começaram a partida.

Sem levar em consideração a pressão vinda das arquibancadas, a equipe de Santa Helena dominou o primeiro período. O domínio transformou-se em gols nos 12 minutos iniciais e o selecionado santa-helenense abriu 2 a 0.

O panorama da partida persistiu no início do segundo tempo. Santa Helena aproveitou para fazer 4 a 2. Em desvantagem no placar, mas com a torcida a seu favor, Pinheiro cresceu no fim do período com grande atuação de Thiaguinho e conseguiu reduzir o prejuízo: 4 a 3.

O gol fez a equipe pinheirense acreditar ser possível conseguir o empate. Nos 12 minutos finais, Pinheiro mostrou toda a sua força e comandou as ações ofensivas. Inspirado e autor de três gols, Thiaguinho comandou sua equipe rumo à virada: 5 a 4 e título assegurado para Pinheiro.

Com os três tentos da final, Thiaguinho terminou a segunda etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer como artilheiro do torneio, com 8 gols anotados. O triunfo rendeu à Seleção de Pinheiro a vaga para a fase final do Estadual. O vice-campeonato também classificou Santa Helena para a fase final.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Pinheiro sedia etapa do Maranhense de Beach Soccer

0comentário

A partir desta terça-feira (6), a cidade de Pinheiro será palco da segunda etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais 2018, competição promovida pela Federação de Beach Soccer com o patrocínio do governo do Estado e da cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. As disputas ocorrerão na arena montada no Parque do Povão até o sábado (10).

Ao todo, nove seleções irão participar desta segunda seletiva. Em disputa estão duas vagas para a fase final do Campeonato Maranhense, previsto para ocorrer em janeiro de 2019, em São Luís. Após a realização de apenas uma etapa, apenas duas seleções estão classificadas para a fase final: São Luís e Paço do Lumiar.

Para esta segunda seletiva, a FMBS confirmou a participação das seguintes seleções: Pinheiro, Peri-Mirim, São Bento, Turilândia, Viana, Santa Helena, Palmeirândia, Bequimão e Central do Maranhão. Os grupos e a tabela serão definidos antes de a bola começar a rolar durante o congresso técnico.

As seleções participantes serão distribuídas em três chaves com três times em cada um. Na primeira fase, se enfrentam dentro de seus respectivos grupos e apenas o campeão da chave avança às semifinais, além da melhor seleção segunda colocada no geral. As quatro equipes semifinalistas disputam as vagas para a grande decisão na sexta-feira (9).

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Próximas etapas regionais:
Baixada Maranhense (Pinheiro) – de 6 a 10 de novembro
Cocais (Caxias) – de 20 a 24 de novembro
Sul (Imperatriz) – de 27 de novembro a 1º de dezembro
Lençóis/Munim (Barreirinhas) – de 5 a 9 de dezembro
Baixo Parnaíba (Tutoia) – de 18 a 22 de dezembro
Etapa Final (São Luís) – de 2 a 6 de janeiro de 2019

Foto: Divulgação

sem comentário »

O choro de quem foi vítima do crime de racismo

0comentário

Blumenau-SC, sábado, 27 de outubro de 2018. Um dia triste para Gilvana Mendes Nogueira e para o esporte como um todo. Em uma partida pelas oitavas de final da Liga Nacional de Handebol Feminino a atleta maranhense foi vítima de racismo durante e depois do jogo por um torcedor que estava nas arquibancadas do Complexo Sesi, na capital catarinense.

O GloboEsporte.com procurou a maranhense de 20 anos nascida em São Luís e que hoje reside em São Bernado, em São Paulo, onde defende o Unip/São Bernardo. Ele contou como tudo aconteceu e chegou a dizer quais foram os gritos que homem ecoou nas arquibancadas.

“O jogo estava muito difícil desde o começo. Estava muito pegado e tinha esse torcedor que toda hora ia no nosso banco ficar falando coisas horríveis. Teve uma hora que virei para ele perguntei quem ele pensava que era. Foi quando ele um monte de coisa. Disse que meu lugar não era ali. Disse que tinha que voltar para senzala. Chamou de vaca preta e outras coisas lá”, contou.

Gilvana disse que chegou a chorar por conta dos xingamentos. Durante o segundo tempo – quando começou o ato de racismo – e também depois da partida.

“Eu fiquei muito triste. Eu chorei durante e depois do jogo. Foi muito ruim. Mas falo para as pessoas que um dia sofrerem isso que não liguem. Bola para frente”, disse.

Por fim, Gilvana disse o que deseja para o agressor que soltou palavras que a fez chorar. A atleta para maranhense resumiu o seu recado em apenas uma frase.

“Desejo apenas que ele seja uma pessoa melhor”, finalizou.

A atleta protocolou o boletim de ocorrência do caso na última quinta-feira (1) .Segundo ela as informações iniciais dão conta que o homem que seria o suspeito do crime seria namorado de uma das meninas da equipe do Blumenau-SC. O duelo terminou com vitória do time catarinense por 23 a 22.

Em nota, a CBHb comunicou está investigando o caso.“A Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) vem por meio desta afirmar que já está apurando os fatos a respeito das ofensas racistas por parte de torcedores contra jogadoras do time visitante, no jogo entre as equipes de Blumenau x Unip/São Bernardo. A partida que ocorreu no último dia 27 de outubro em Santa Catarina foi pelas oitavas de final da Liga Nacional de Handebol Feminina. A CBHb reitera que repudia todo e qualquer ato de racismo e que levará ao conhecimento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para as devidas providências cabíveis dentro do que rege as leis esportivas”.

Repúdio

A direção do Barbosa de Godóis que revelou a jogadora no Maranhão repudiou o ato racista.

“O Barbosa de Godóis Handebol (BGH) vem a público repudiar qualquer atitude de intolerância contra qualquer ser humano. Nosso trabalho vai além das quadras, estamos sempre refletindo com nossos alunos/atletas princípios e valores, por isso exigimos punição aos envolvidos nesse episódio, pois tanto a Liga Nacional de Handebol do Brasil tomou as providências assim como a própria Gilvana já registrou Boletim de Ocorrência do fato. Não podemos assistir passivamente a este tipo de atitude, o que só nos deixa indignados”.

Leia no Globoesporte.com

sem comentário »

FMBS antecipa etapa do beach soccer na Baixada

0comentário

A Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) confirmou a antecipação da segunda etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais 2018, competição que possui patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. O torneio, cuja cidade-sede será Pinheiro, será agora realizado entre os dias 6 e 10 de novembro. Anteriormente, o evento ocorreria de 13 a 17 de deste mês.

Ao todo, nove seleções irão participar desta segunda seletiva. Em disputa estão duas vagas para a fase final do Campeonato Maranhense, previsto para ocorrer em janeiro de 2019, em São Luís. Após a realização de apenas uma etapa, apenas duas seleções estão classificadas para a fase final: São Luís e Paço do Lumiar.

O selecionado da capital sagrou-se, no último fim de semana, campeão da etapa da Grande Ilha ao derrotar Paço do Lumiar por 3 a 2 nos pênaltis após empate por 8 a 8 no tempo normal. O torneio foi realizado na Arena Santa Luzia, na Pindoba, em Paço do Lumiar.

Para esta segunda seletiva, a FMBS confirmou a participação das seguintes seleções: Pinheiro, Peri-Mirim, São Bento, Turilândia, Viana, Santa Helena, Palmeirândia, Bequimão e Central do Maranhão. Os grupos e a tabela completa do torneio serão definidos somente na próxima segunda-feira (5), durante a realização do Congresso Técnico.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Próximas etapas regionais (cidade-sede)

Baixada Maranhense (Pinheiro) – de 6 a 10 de novembro
Cocais (Caxias) – de 20 a 24 de novembro
Sul (Imperatriz) – de 27 de novembro a 1º de dezembro
Lençóis/Munim (Barreirinhas) – de 5 a 9 de dezembro
Baixo Parnaíba (Tutoia) – de 18 a 22 de dezembro
Etapa Final (São Luís) – de 2 a 6 de janeiro de 2019

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

São Luís vence etapa no Maranhense de Beach Soccer

0comentário

Foi sofrido, foi dramático, foi na raça. Em um jogo emocionante do início ao fim, a Seleção de São Luís sagrou-se campeã da primeira etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais 2018, competição que está sendo realizada pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) na cidade de Paço do Lumiar com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Para ficar com o título, o selecionado da capital maranhense precisou dos pênaltis para vencer os donos da casa por 3 a 2 após empate por 8 a 8 no tempo normal e prorrogação. Os dois finalistas asseguraram vaga para a fase final do Campeonato Maranhense.

A final da etapa da Grande Ilha do Estadual de Beach Soccer pôs frente a frente as equipes de melhor campanha: tanto São Luís quanto Paço do Lumiar estavam invictos. O selecionado ludovicense precisou de apenas 3 minutos para abrir 2 a 0 com gols de Roberth e Ildebrando. Empurrados pela torcida que lotou a Arena Santa Luzia, na Pindoba, a equipe de Paço chegou ao empate ainda período inicial: André e Ricardo foram às redes.

A igualdade fez os luminenses acreditarem numa virada. André e Marcelo colocaram os donos da casa em vantagem, mas Ricardo e José Ailton empataram novamente: 4 a 4. No entanto, restando apenas um minuto para o fim do período, novamente André marcou e recolocou Paço do Lumiar à frente: 5 a 4.

Jogo eletrizante

A atmosfera criada na arena contagiou os jogadores dentro de campo. As duas equipes mostraram bastante disposição para obter o resultado positivo. Os minutos finais do período foram eletrizantes. Aos 9min43, Fredson empatou: 5 a 5. Aos 10min53, foi a vez de Maelton chutar de longe e contar com a colaboração do goleiro Kleison para deixar Paço do Lumiar em vantagem: 6 a 5.

Tudo indicava que aquele gol seria o do título de Paço do Lumiar. Porém, logo na saída de bola, Fredson acertou um chutaço espetacular no ângulo: 6 a 6 e a disputa foi para a prorrogação.

No tempo extra, novamente Fredson foi às redes com 1min25. Na saída de bola, André deixou tudo igual e, aos 2min25, foi a vez de Antoniel anotar o oitavo gol de Paço: 8 a 7. Mas o que era improvável, aconteceu. Aos 2min29, Rafael voltou a igualar o marcador e levou a decisão do título para os pênaltis.

Nas penalidades, apesar do apoio da torcida, Paço do Lumiar não conseguiu vencer. Das três cobranças, Lucivaldo perdeu a segunda defendida por Kleison. Precisando apenas marcar para ser campeão, Fredson não desperdiçou a oportunidade e, com um chute indefensável, fez 3 a 2 e fez São Luís soltar o grito de campeão.

Próximas etapas

Após o término da etapa de Paço do Lumiar do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais 2018, a competição seguirá agora para a cidade de Pinheiro, onde será realizada a etapa da Baixada Maranhense. Pelo cronograma da FMBS, o torneio deverá ser realizado entre os dias 13 e 17 de novembro.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

São Luís e Paço decidem etapa no beach soccer

0comentário

A final da primeira etapa do Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais 2018, competição que está sendo realizada pela Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) na cidade de Paço do Lumiar com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, já está definida. Neste sábado (27), às 16h30, as equipes de São Luís e de Paço do Lumiar duelam pelo título do torneio. A partida será realizada na Arena Santa Luzia, na Pindoba.

O duelo promete ser bastante equilibrado. Tanto São Luís quanto Paço do Lumiar chegam à final desta seletiva com campanhas perfeitas. Ambas as equipes venceram todos os seus jogos até aqui e estão classificadas para a fase final do Estadual.

Nas semifinais, por exemplo, o selecionado da capital foi cirúrgico contra São José de Ribamar e anotou um gol em cada tempo. No primeiro período, Roberth Martin fez 1 a 0. No tempo seguinte, foi a vez de Rafael Lima ampliar o placar. No período decisivo, Fredson Silva deu números finais a favor de São Luís: 3 a 0.

O adversário dos ludovicenses na grande decisão será Paço do Lumiar, que em duelo do 19 gols, desbancaram Morros por 11 a 8 e seguem firmes rumo ao título. Diante de sua torcida, que novamente lotou as arquibancadas da Arena Santa Luzia, os luminenses começaram a partida a todo vapor. Com uma atuação impressionante de André Santos – autor de quatro gols somente no primeiro tempo – Paço terminou os 12 minutos iniciais com larga vantagem: 5 a 1.

No segundo tempo, os donos da casa chegaram a abrir 7 a 1, mas Morros reagiu e conseguiu encostou no placar no fim da parcial: 9 a 5. Os morroenses continuaram pressionando no último tempo, no entanto, não conseguiram igualar o placar. No fim, vitória de Paço do Lumiar por 11 a 8.

No site da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), está disponível a tabela de jogos e todas as informações da competição estadual.

O Campeonato Maranhense de Beach Soccer de Seleções Municipais é uma realização da Federação Maranhense de Beach Soccer (FMBS) e conta com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Pablo se diz surpreso com convocação de Tite

0comentário

Nascido em São Luís, revelado pelo Ferroviário-CE, campeão brasileiro com o Corinthians em 2017 e convocado para a Seleção Brasileira. Este é um breve histórico do zagueiro Pablo, atualmente no Bordeaux, que foi uma das novidades da última convocação do técnico Tite para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina, nos dias 12 e 16 de outubro.

A convocação foi tão inesperada que até o zagueiro admite a surpresa. Em meio aos sentimentos, Pablo já pensa em como fazer para que essa seja a porta apenas de entrada para a Seleção Brasileira.

“Foi bem surpreendente mesmo. Surpreendente pelo meu trabalho, por tudo que tenho feito, desde o Coritinhians e aqui no Bordeaux. A gente acredita, sempre almejando coisas boas, mas foi surpreedente porque não esperava. Ninguém falava nada sobre isso. Na época do Corinthians chegaram a falar um pouco sobre isso, mas agora nem se falava. Foi muito surpreendente. Uma surpresa muito boa e de uma forma que faz eu saber que estou no caminho certo. Vou continuar trabalhando para manter uma regularidade e permanecer na Seleção Brasileira, que é o mais importante”, afirmou.

Além da primeira oportunidade na Seleção, a convocação de Pablo é especial para o defensor pelo fato de marcar a volta de um maranhense após sete anos às listas de convocáveis. A última vez que isso ocorreu foi com o atacante Elkeson, que defendia o Botafogo em 2011 e foi convocado para o Superclássico das Américas.

Vale lembrar que na época, a Seleção Brasileira convocado para o desafio contra a Argentina contava apenas com jogadores atuando no país. Considerando convocações sem restrições, o meia Jackson foi o último maranhense presente na Seleção, quando foi chamado em 1998 para três amistosos.

“Me sinto muito honrado por ser um mararanhense convocado depois de muitos anos anos. Fico feliz por levar o nome do nosso Estado e de São Luís para o mundo. Espero que deixe marcado na história e para isso vou trabalhar e me dedicar muito – disse o defensor”, disse.

(mais…)

sem comentário »