Maranhão na UTI

3comentários

Coluna do Adriano

Poucos anos atrás a saúde de nosso estado era um exemplo para todo o Brasil. Na época, pela primeira vez na história do Maranhão e do Brasil, a sociedade preferia o atendimento público ao serviço privado. O povo preferia as UPAS em detrimento dos hospitais particulares. Entretanto, estes foram tempos que ficaram para trás. Hoje, a realidade é muito diferente.

Na semana passada, o fechamento repentino de um hospital em Matões do Norte escancarou não apenas a desordem na saúde pública, mas também o completo despreparo das autoridades. O Governo do Estado fechou a unidade de saúde e demitiu os profissionais sem nenhum tipo de aviso prévio. A população também não foi informada. Alguns dias depois foi anunciada uma “reforma” emergencial que mais parece desculpa.

Recentemente, um caso chamou a atenção da imprensa e revelou a dimensão da crise na Saúde: No dia 22 de janeiro, o senhor João Espíndola faleceu em São Luís. A imagem da filha dele, desesperada, empurrando a maca hospitalar pelas ruas do centro de São Luís, tomou as redes sociais maranhenses em um turbilhão de tristeza e revolta.

Espindola, infelizmente, representa a volta de uma das chagas de nosso estado que estava banida fazia anos: as procissões de ambulâncias do interior trazendo pessoas para a capital. Não para serem tratadas, mas para morrerem nas filas de hospitais superlotados que não possuem a capacidade de atender a todos os pacientes do estado.

Se em um passado recente os municípios do interior conviviam com inaugurações de hospitais, contratações de médicos e enfermeiros, verbas o suficiente para cuidar dos seus pacientes em suas cidades, hoje o que se constata são grandes e pomposas solenidades, divulgadas maciçamente pela mídia governista, para entrega de ambulâncias, ou seja, muita propaganda e poucas ações de uma política de saúde séria e eficiente.

Outro fato agravante da crise na Saúde: No dia 5 de fevereiro as maternidades da capital entraram em colapso. Dias após sofrer com o fechamento do hospital de Matões, o povo maranhense sentiu o descaso em relação às maternidades. Esse dia será lembrado na saúde como o dia em que maternidades RECUSARAM o atendimento a mães, crianças nascidas e ainda por nascer.

Tudo isto está acontecendo por causa da inoperância do governo, que permitiu o fechamento da maternidade Maria do Amparo. O mesmo governo que abandonou o Materno Infantil e o deixou impossibilitado de prestar atendimentos naquele dia. Caso semelhante ao da Maternidade Benedito Leite, que havia passado por uma greve de profissionais de limpeza e estava de portas fechadas.

O dia 5 de fevereiro foi de caos na maternidade Marly Sarney. Congestionada e com pessoas sendo atendidas em macas nos corredores, pessoas expostas e desamparadas sendo atendidas em cadeiras de plástico!

Enquanto idosos agonizam dentro de ambulâncias, bebezinhos se amontoam nos corredores das maternidades e o povo sofre decepcionado com a queda de atendimento nas UPAS, o governador tem como principal ocupação as provocações ao presidente Jair Bolsonaro em suas redes sociais.

Também é lamentável a situação de nossos médicos e profissionais da saúde. Que agora convivem com o medo de perda do diploma. Porque nós bem sabemos que quando acontecer uma tragédia, e se persistir o descaso ela irá, o governo irá culpar os profissionais da saúde em vez de reconhecer sua falha como gestor da Saúde, deixando um legado de hospitais regionais fechados, maternidades agonizando e UPAs sem medicamentos, enfim, a saúde do Maranhão está na UTI.

Adriano Sarney
Deputado Estadual, Economista com pós-graduação pela Université Paris (Sorbone, França) e em Gestão pela Universidade Harvard.

Foto: Reprodução

3 comentários »

Imperatriz vence o Maranhão e entra no G4

0comentário

O Imperatriz venceu o Maranhão por 1 a 0, neste sábado (16), por 1 a 0, no Estádio Frei Epifânio D’Abadia, em partida pela quinta rodada do Campeonato Maranhense.

Se o Cavalo não fez uma grande partida na temporada, o resultado serviu como alívio, pois a equipe comandada por Ruy Scarpino não vencia há cinco jogos.

O gol da Imperatriz foi marcado numa cobrança de pênalti, aos 19 minutos do segundo tempo. Neto foi derrubado na área por Anderson Alagoano após lançamento de Tibiri. Júnior Chicão cobrou sem chance para o goleiro Rodrigo Ramos.

O resultado coloca o Imperatriz de volta ao G4 e na segunda colocação com 8 pontos, atrás apenas do Moto que lidera com 12 pontos. A derrota deixou o MAC em situação complicada, pois terá que vencer os dois clássicos que restam contra Sampaio e Moto para ir à semifinal.

O Imperatriz volta a jogar contra o Cordino, na quinta-feira (28), no estádio leandrào, em Barra do Corda. O MAC enfrenta o Sampaio no próximo sábado (23), às 16h, no Estádio Castelão.

Foto: Antonio Pinheiro Silva

sem comentário »

Imperatriz e Maranhão duelam por vaga no G4

0comentário

Imperatriz e Maranhão fazem jogo de vida ou morte, neste sábado (16), às 17h30, no estádio Frei Epifânio D’Abadia.

As duas equipes brigam diretamente por vaga no G4. O Imperatriz é o quinto colocado com 5 pontos, enquanto o MAC tem 6 pontos e ocupa a 4ª colocação.

O Imperatriz tenta a reabilitação após o tropeço em casa contra o Pinheiro por 2 a 2. O técnico Ruy Scarpino mantém a equipe que enfrentou o Náutico no meio de semana. A única alteração é a entrada de Adauto no lugar de Kaká.

O Cavalo de Aço terá: Jean; Gabriel, Anderson, Renan Dutra e Renan Luis; Tibiri, Daniel Barros, João Neto e Adauto; Lucas e Junior Chicão.

Após a goleada por 4 a 0 sobre o Santa Quitéria, no MAC, o técnico Sandow Feques terá o retorno do zagueiro Bruno Bacabal e o volante Rodrigo Santos ganha a vaga de Cleber Pereira.

O time atleticano está escalado com Rodrigo Ramos; Denílson, Bruno Bacabal, Anderson Alagoano e André Radija; Willian, Rodrigo e Deylon; Jefferson Abreu, Marciano e Bruno Chocolate.

Foto: Antonio Pinheiro Filho

sem comentário »

Times do MA manifestam solidariedade ao Flamengo

0comentário

Moto, Sampaio e Maranhão se manifestaram nesta sexta-feira (8) sobre a tragédia que matou 10 atletas das divisões de base do Flamengo e deixou mais três feridos após incêndio no “Ninho do Urubu” – Centro de Treinamentos do Flamengo, em Vargem Grande, na zona Oeste do Rio de Janeiro.

“O Moto Club de São Luís vem por meio desta demonstrar sua solidariedade e dar forças aos familiares e trabalhadores que foram vitimados no incêndio do C.T do Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro.
Assim desejamos #ForçaFlamengo nesse momento de dor”, destacou o Moto.

“O Sampaio Corrêa sente na pele essa tragédia ocorrida no CT Ninho do Urubu e se solidariza com o Clube de Regatas Flamengo, clamando a Deus pelas famílias que sofrem por suas perdas tão irreparáveis.
Força e fé, neste momento tão difícil, @Flamengo “, diz o Twitter do Sampaio.

“O @MAC_maranhao manifesta seus sentimentos e solidariedade ao @Flamengo, às famílias, amigos das vítimas e torcedores pelo triste acidente no Ninho do Urubu. #ForçaFlamengo #Luto”, destacou o MAC.

sem comentário »

Juscelino quer fortalecer o DEM no Maranhão

0comentário

Presidente estadual do Democratas no Maranhão, o deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) se reuniu com todos os cinco parlamentares que compõem a bancada do DEM na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema). O encontro foi um passo importante da legenda visando traçar objetivos para 2019 e, consequentemente, para as eleições municipais de 2020.

A reunião ocorreu no gabinete da deputada Andreia Rezende, 1ª secretária da Casa Legislativa, e também contou com a presença dos deputados estaduais Daniella Tema (4ª secretária), Neto Evangelista, Antonio Pereira e Paulo Neto. Para o presidente estadual do DEM, o encontro foi considerado bastante positivo.

“Vim aqui reunir com nossa bancada na Assembleia Legislativa para começar a traçar os próximos passos do Democratas no Estado. Tenho certeza de que teremos candidatos em mais de dezenas de municípios em todo o Maranhão. Vamos reorganizar essa questão para o pleito municipal de 2020”, pontuou Juscelino Filho.

O deputado federal afirmou, ainda, que o fortalecimento do DEM a nível nacional se refletirá também no Maranhão. Para Juscelino Filho, o partido vai entrar com muita força nas disputas municipais de 2020, em especial na eleição da Prefeitura de São Luís.

“A capital é um dos focos do partido. Temos bons nomes nos quadros do DEM dispostos a entrar na disputa da nossa capital. Em abril, vamos ter a Convenção Nacional em Brasília no qual acredito que o presidente do DEM, ACM Neto, vai ser reconduzido ao cargo. E, após essa Convenção Nacional, pretendemos fazer a Convenção Estadual do nosso partido. Iremos continuar esse trabalho à frente do partido para buscar fortalecer o DEM ainda mais aqui no Maranhão”, disse o democrata.

DEM na Assembleia

Nessa atual legislatura, o Democratas possui a terceira maior bancada da Assembleia Legislativa com cinco deputados eleitos: Andreia Rezende, Daniella Tema, Neto Evangelista, Antonio Pereira e Paulo Neto. Para o deputado federal Juscelino Filho, o DEM começou com o pé direito na Alema ao possuir duas deputadas como integrantes da Mesa Diretora da Casa.

“Quero também cumprimentar todos os parlamentares dessa Casa que estão aqui essa semana iniciando uma nova legislatura e desejar boa sorte a eles e à nova mesa diretora da Casa. O Democratas, aqui na Assembleia, começou com o pé direito com duas representantes mulheres na Mesa da Assembleia: a 1ª secretária, deputada Andreia Rezende, e a 4ª secretária, deputada Daniella Tema”, concluiu.

sem comentário »

Sandow Feques é o novo técnico do Maranhão

0comentário

O Maranhão apresenta nesta terça-feira (5), o seu novo treinador. O nome da vez no Parque Valério Monteiro é o de Sandow Feques que substitui a Marcinho Guerreiro que pediu demissão e já está no Treze-PB.

Sandow Feques já treinou equipes como Sampaio, Moto, JV Lideral, São José e o Imperatriz que foi a sua última equipe em 2017. Servidor público estadual, Feques é funcionário na Sedel.

Além de Sandow, o MAC deve confirmar os ex-jogadores Paulo César como auxiliar técnico e Izone Carvalho que será o diretor de futebol.

Além do novo comando técnico, o MAC confirmou a contratação do goleiro Rodrigo Ramos.

No ano passado, Rodrigo Ramos foi campeão maranhense pelo Moto e disputou a Série C. No fim de 2018, disputou a Copa FMF pelo MAC e sagrou-se campeão.

No início deste ano, Rodrigo Ramos foi para o Atlético de Alagoinhas, no interior da Bahia, mas não se adaptou e após três jogos pediu para retornar ao Maranhão.

O MAC é o sexto colocado no Campeonato Maranhense com apenas 3 pontos ganhos e vem de duas derrotas consecutivas. O próximo jogo do MAC será no domingo (10), às 17h, no Estádio Castelão contra o Santa Quitéria que é o vice-lanterna e luta contra o rebaixamento.

Foto: João Rodrigues

sem comentário »

Maranhão perde e Marcinho pede demissão

0comentário

O Maranhão voltou a jogar mal e foi derrotado pelo São José, por 3 a 2, no Estádio Serejão, em Rosário, pelo Campeonato Maranhense.

Com a derrota, a segunda consecutiva do MAC, o treinador Marcinho Guerreiro jogou a toalha e pediu demissão. Os dirigentes atleticanos esperam que o técnico repense a sua decisão de “cabeça fria”.

Marcinho repetiu o mesmo erro do Sampaio quando entregou o cargo no vestiário durante a Série B.

Os gols da vitória do São José foram marcados por Rone (2) e Kléo, enquanto Matheus Rubens e Marciano.

Com o resultado, o Maranhão caiu para a sexta colocação com 3 pontos ganhos. O São José é o quinto com 4 pontos.

O MAC volta a jogar pelo Campeonato Maranhense no próximo domingo (10), 17h, contra o Santa Quitéria. O São José enfrenta o Cordino, também no domingo (10), às 15h30, no Serejão, em Rosário.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

sem comentário »

Flávio Dino envia bombeiros a Brumadinho

0comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou a ajuda do Maranhão no auxílio do resgate das vítimas da tragédia provocada pelo rompimento barragem I da Mina Córrego do Feijão da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Nas redes sociais, Flávio Dino confirmou o envio de equipe do Corpo de Bombeiros do Maranhão.

“Autorizei deslocamento de equipe do Corpo de Bombeiros do Maranhão para auxiliar nas buscas de vítimas em Brumadinho, Minas Gerais. Somos todos irmãos e temos que ser solidários sempre”, disse.

“Solidariedade às vítimas e suas famílias em Brumadinho. Solidariedade à população de Minas Gerais. Solidariedade aos que lutam em favor do Direito Ambiental como uma contenção à onipotência e à ganância dos que se acham donos dos recursos naturais”, acrescentou.

A equipe do Corpo de Bombeiros do Maranhão que vai ajudar no resgate das vítimas em Brumadinho é formada por sete profissionais que são especialistas em busca e salvamento.

sem comentário »

MAC perde para o Pinheiro no Castelão

0comentário

Após a vitória na estreia por 4 a 2, sobre o Cordino, em Barra do Corda, o MAC decepcionou em casa e deixou escapar a liderança e os 100% de aproveitamento no Campeonato Maranhense ao ser derrotado pelo Pinheiro, por 1 a 0, no Estádio Castelão.

O gol da vitória do Pinheiro foi marcado no primeiro tempo pelo meia Juninho Pindaré.

O Pinheiro ainda teve o volante Jadào expulso, mas o MAcnào soube aproveitar a vantagem.

Com o resultado, o MAC é o segundo colocado com 3 pontos, a mesma pontuaçào de Moto, Pinheiro e Imperatriz.

O Maranhào volta a jogar na quarta-feira (30), às 15h30, contra o São José, em local ainda indefinido.

O Pinheiro recebe o Moto, no domingo (26), às 16h, no Estádio Costa Rodrigues, em Pinheiro.

Foto: Igor Leonardo

sem comentário »

César Pires pede informações sobre leis de incentivo

0comentário

O deputado César Pires (PV) protocolou dois ofícios na Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ) solicitando informações ao secretário Marcellus Ribeiro Alves sobre a concessão de benefícios fiscais a empresas instaladas no Maranhão. Ele quer utilizar dados oficiais para embasar a audiência pública em que debaterá o tema, após a reabertura dos trabalhos legislativos.

Os documentos encaminhados ao secretário Marcellus Ribeiro tratam da Lei 10.576/2017, que instituiu o Programa de Incentivo ao Desenvolvimento dos Centros de Distribuição no Estado do Maranhão, e do Decreto 31.287/2015, que altera dispositivos do Regulamento do ICMS. Nos últimos dias, foram divulgadas informações desencontradas sobre a utilização desses incentivos por empresas em operação no Maranhão.

“Nosso objetivo é esclarecer dúvidas e promover um debate público sobre essas leis de incentivos fiscais com base em dados oficiais da Sefaz. A intenção é possibilitar que todas as partes envolvidas, incluindo a classe empresarial e trabalhadores, possam se manifestar acerca de um assunto tão sério, e buscar soluções para que a economia e a geração de empregos no Maranhão não sejam prejudicadas”, justificou César Pires.

No Ofício 007/2019, César Pires solicita, dentre outras informações, a relação de todas as empresas ativas beneficiadas pela Lei nº 10.576/2017; os relatórios de avaliação de cumprimento dos Protocolos de Intenções para a conversão em investimentos diretos no estado, na mesma soma de valores decorrente dos benefícios recebidos, disposto no artigo 8º da Lei nº 10.576/2017; a avaliação ou estudo dos impactos no comércio atacadista do Maranhão, para evitar distorções ou monopólio de grupos e/ou empresa em virtude da exigência elevada de capital mínimo de R$ 100.000.000,00 e geração de 500 empregos diretos ou mais.

Já no Ofício 008/2019, são requisitados pelo deputado a relação de todas as empresas ativas beneficiadas pelo Decreto 31.287/2015, até a presente data, e o estudo dos impactos orçamentários decorrente da renúncia fiscal no comércio atacadista, consoante o art. 14 da Lei Complementar n° 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal).

“Vamos aguardar que essas informações nos sejam repassadas o mais breve possível pelo secretário Marcellus Ribeiro”, finalizou César Pires.

Foto: Divulgação

sem comentário »