DEM prepara filiação de Felipe Camarão

0comentário

O partido Democratas (DEM) prepara um grande evento possivelmente no fim deste mês, em Brasília para o lançamento do presidente da Câmara federal, Rodrigo Maia, como candidato à Presidência da República.

Na oportunidade, ocorrerá o ato de filiação de novos nomes ao partido, dentre eles o secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão – avaliado como um dos principais gestores do governo Flávio Dino.

Felipe Camarão é um dos nomes especulados para vice na chapa encabeçada pelo governador Flávio Dino.

O anúncio da filiação de Camarão ao DEM foi feito pelo deputado federal e presidente do partido no Maranhão, Juscelino Filho.

“Recebi na sede do DEM o amigo e secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, na oportunidade tratamos sobre ações da Seduc em vários município maranhenses e também sobre a data de sua filiação ao DEM que iremos fazer na última semana desse mês de fevereiro”, destacou Juscelino.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Educação realiza 722 obras em três anos

0comentário

Com a entrega das reformas do Centro de Ensino Anjo da Guarda e do Farol do Saber Antônio Machado Neves da Costa, nesta quinta-feira (21), o Governo do Estado chega a marca de 722 obras na educação entre construções, reformas, revitalizações e reconstruções de prédios escolares e faróis do saber, executas em três anos de gestão do governador Flávio Dino. O anúncio foi feito pelo Secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, durante inauguração dos dois equipamentos, que juntos somaram investimentos de R$ 427 mil.

“O governador Flávio Dino chega a essa marca do Escola Digna, que já é o maior programa de investimentos em educação da história do Maranhão e está caminhando para ser o maior do país”, assinalou o secretário.

Durante a entrega da escola, o presidente do Grêmio Estudantil, Daniel Silva, agradeceu pela obra e destacou: “Nossa escola está hoje do jeito que a gente sempre quis”, disse.

O vice-prefeito de São Luís Júlio Pinheiro, que reside no Anjo da Guarda, acompanhou a entrega da escola. “O governador Flávio Dino está transformando o Maranhão. Sou morador do Anjo da Guarda há 40 anos e sei da importância que é a reforma desses equipamentos que trarão educação de qualidade para todos”, apontou.

O CE Anjo da Guarda foi contemplado com a reforma dos banheiros, melhorias nas instalações elétricas e hidráulicas, no piso, revestimentos, pintura, limpeza geral, entre outros serviços que irão beneficiar a comunidade escolar e, sobretudo, o processo do ensino e da aprendizagem de cerca de 450 alunos.

Já o Farol do Saber foi revitalizado com diversas melhorias, entre as quais: recuperação do telhado, paredes, piso, pintura, portas, forro, instalações elétricas e hidráulicas, reforma dos banheiros, entre outros.

Foto: Lauro Vasconcelos

sem comentário »

Cotação alta de Felipe Camarão

2comentários

O secretário de Educação, Felipe Camarão, passou a ser o nome mais cotado no governo para compor a chapa do governador Flávio Dino (PCdoB).

Camarão é um dos técnicos mais respeitados da gestão comunista, mas não tem filiação partidária.

Setores do PT, no entanto, já sondaram o secretário para uma filiação, o que colocaria o partido no centro da chapa majoritária comunista.

Estado Maior

2 comentários »

Investimentos e respeito ao povo negro

1comentário

Por Felipe Camarão

O Maranhão possui a terceira maior população negra entre os estados brasileiros. Contudo, por décadas, essas comunidades foram esquecidas, sem quaisquer investimentos e políticas públicas, sobretudo, em educação.

A Fundação Cultural Palmares (FCP), instituição vinculada ao Governo Federal, certificou, recentemente, 57 comunidades rurais quilombolas em 19 municípios maranhenses, com isso, já são contabilizadas 500 certidões e 682 comunidades quilombolas no estado. A etapa de certificação das comunidades remanescentes de quilombos é a primeira do processo de titulação que pode culminar com a posse definitiva do território, conforme orientações da FCP, amparada na Portaria nº 104, de 16 de maio de 2016.

As certificações são fundamentais para que as comunidades tenham acesso às políticas públicas e a educação é, sem dúvida, a mola propulsora para o desenvolvimento, diminuição das desigualdades e a preservação da identidade do povo negro nessas comunidades.

De acordo com o Censo Escolar 2016, há no Maranhão 56.603 matrículas quilombolas, com 3.910 professores em 716 escolas de educação básica.

A gestão do governador Flávio Dino vem empreendendo esforços no sentido de discutir, propor e executar políticas públicas voltadas para a população negra, e promover a igualdade racial.

Entre as inúmeras ações concretas do Governo do Maranhão, destaco a formação continuada para professores de Educação Escolar Quilombola, realizada pela primeira vez no estado, cuja etapa final será realizada na próxima semana (6 a 10 deste mês). Além disso, está prevista uma formação para os docentes da rede sobre a educação para as relações étnico-raciais.

O relato da gestora de política de igualdade racial do município de Itapecuru, uma das regiões com maior concentração de comunidades quilombolas do estado, Eliane Cardoso Santos, traduz bem o significado desse encontro formativo: “É um momento histórico no estado do Maranhão, pela luta que sempre tivemos por uma educação quilombola de qualidade. Hoje estamos vendo um resgate da nossa cultura por meio dessa formação, que chegará aos alunos do Ensino Médio nessas comunidades”, enfatizou.

Os conteúdos básicos dessas formações são inerentes às populações quilombolas, ou seja, conhecimentos acerca dos saberes tradicionais, dos acervos orais, das características históricas, étnicas e culturais das comunidades quilombolas em que as escolas estão inseridas e/ou das comunidades das quais os estudantes são oriundos, conforme orientações das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Quilombola na Educação Básica.

Outra iniciativa que fortalece essa política é a Cooperação Técnico-Científica, firmada entre a Secretaria de Estado da Educação e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio da Licenciatura em Estudos Africanos e Afro-brasileiros, para realização do trabalho de campo por pesquisadores maranhenses em Cabo Verde em 2018, sobre a formação e a cultura do povo africano.

Após a pesquisa no país africano, será ministrada uma formação continuada presencial e/ou a distância para professores e gestores da educação básica da rede estadual de ensino, contribuindo, dessa forma, para elaboração e execução de projetos e ações educativas sobre a História e Cultura Africana e Afro-Brasileira nas escolas estaduais,  conforme a Lei 10.639/03, bem como para a promoção da igualdade racial no Maranhão.

Os investimentos em formação continuada na educação quilombola já somam R$ 589.514, 29, além das reformas e construção de escolas em comunidades quilombolas pelo programa Escola Digna.

Essas ações, bem como a substituição das escolas de taipa em localidades longínquas e a capacitação dos professores e técnicos com os saberes específicos dessas populações, demonstram o compromisso do governador Flávio Dino com uma educação digna e de qualidade, respeitando a pluralidade étnico-racial, os direitos legais e a valorização da identidade do povo maranhense.

*Felipe Camarão é professor, secretário de Estado da Educação, membro da Academia Ludovicense de Letras e sócio do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão

1 comentário »

Camarão participa de audiência no MP

0comentário

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, participou, nesta quinta-feira (31), da audiência pública “Por uma educação pública efetiva”, promovida pelo Ministério Público do Maranhão com o objetivo de ouvir a opinião de setores da sociedade com em relação à educação pública em São Luís, discutir ações e encontrar soluções para os problemas encontrados.  Participaram da audiência educadores, estudantes, pais e representantes de entidades sociais e sindicais.

Felipe Camarão destacou a importância da discussão do tema, por acreditar que a educação é uma construção coletiva e que merece a união de esforços.

 “Considero muito importante essa iniciativa do Ministério Público do Maranhão, por meio da promotoria especializada em educação, em organizar um debate tão valioso como este, por meio do qual podemos ouvir os anseios de pais e alunos e as demandas dos educadores que no dia a dia vivenciam o chão da escola”, afirmou. “Não temos como falar em educação pública de qualidade e efetiva, sem ouvir os diversos atores envolvidos. Essa é uma construção coletiva e que requer transparência. E a audiência pública é mais um espaço que temos para demonstrar para a sociedade aquilo que estamos executando na gestão pública”, declarou o secretário.

O promotor de Justiça de Defesa da Educação, Paulo Silvestre Avelar Silva, ressaltou que a audiência atingiu parte dos objetivos propostos e informou que a próxima etapa é encaminhar as soluções propostas.

“Eu achei muito positiva, em razão do grande número de participação popular, de docentes, pais e setor público. Acho que as explicações da Seduc e Semed deverão ser avaliadas para extrairmos o que de melhor a gente pode trabalhar para melhorar a educação. Não fazemos educação de portas fechadas; o processo é dinâmico à proporção que são envolvidos os segmentos da sociedade, todos os órgãos de controle social; assim, naturalmente, vamos começar a ter um horizonte bem melhor”, pontuou o promotor que destacou os avanços na educação pública estadual nos últimos anos.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Felipe Camarão reúne gestores escolares

0comentário

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) promoverá, de 17 a 26 de julho, Encontros Regionais de Gestores Escolares para avaliação das ações pedagógicas realizadas no primeiro semestre de 2017, para orientação para as próximas ações escolares do segundo semestre e socialização dos resultados do ‘1º simuladão MAIS IDEB’, realizado em junho deste ano.

O Encontro faz parte das ações do Plano Mais IDEB, cuja meta é elevar os índices educacionais do Maranhão e acontecerá nos municípios sede de cada Unidade Regional de Educação (URE’s). A iniciativa envolverá todos os gestores gerais e adjuntos das escolas da rede pública estadual do Maranhão. O tema principal a ser abordado é a qualidade do ensino das escolas estaduais, com vistas ao constante crescimento dos indicadores escolares.

Além dos gestores, estão convidados a participarem do encontro representação de estudantes, com os Grêmios Estudantis, e da comunidade escolar, por meio dos Colegiados que atuam nas unidades de ensino. O objetivo é que todos unidos possam afinar as estratégias educacionais de impacto na qualidade da aprendizagem dos discentes.

“Na oportunidade será feita a análise dos dados do ‘Simuladão Mais Ideb’ com os gestores escolares para que, com os resultados pedagógicos em mãos, eles possam organizar os planejamentos de ensino com vistas à intensificação curricular segundo as dificuldades de aprendizagens identificadas na avaliação em Língua Portuguesa e Matemática. Melhorar a qualidade da educação do Maranhão é uma responsabilidade de todos nós. Essa melhoria só acontecerá se houver empenho de todos”, pontuou o Secretário Felipe Camarão.

Outras ações para a melhoria da educação já estão planejadas para o segundo semestre letivo, que começa na primeira semana de agosto. Na volta às aulas, será a vez dos alunos conhecerem os seus resultados do ‘1º Simulado Mais Ideb’, com a correção que será feita em sala de aula, pelos professores de Língua Portuguesa e Matemática, tirando as dúvidas e mostrando os caminhos para resolução das questões.

Uma outra ação prevista, por meio do Plano Mais Ideb, será a 2ª Formação Continuada deste ano, para professores de Língua Portuguesa e Matemática, prevista para ser realizada de 11 a 17 de agosto.

Foto: Lauro Vasconcelos

sem comentário »

Felipe Camarão é homenageado na Assembleia

1comentário

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão realizou na manhã desta quinta-feira (13), no Plenário “Deputado Nagib Haickel”, sessão solene para homenagear o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, com a entrega da Medalha Manoel Beckman, iniciativa do deputado Marco Aurélio (PCdoB).

A homenagem, que foi bastante prestigiada, foi presidida pelo presidente Humberto Coutinho (PDT), que agradeceu a presença dos deputados, secretários estaduais, familiares, gestores escolares e amigos de Felipe Camarão que lotaram o plenário.

“Isso prova como você é querido e merecedor dessa homenagem. Você – que é uma das pessoas que faz a diferença no governo Flávio Dino – tem colocado aquela secretaria nos eixos”, enfatizou Humberto Coutinho.

Presentes os deputados Sérgio Frota (PSDB), Francisca Primo (PCdoB), César Pires (PEN), Ricardo Rios (SD), Valéria Macêdo (DPT), Bira do Pindaré (PSB),  Zé Inácio (PT), Sérgio Vieira ( (PEN),  Roberto Costa (PMDB), Vinícius Louro (PR), Levi Pontes (PCdoB) e Marco Aurélio.

Também estiveram presentes os secretários de Comunicação e Articulação Política, Marcio Jerry; de Segurança Pública, Jefferson Portela; de Cultura, Diego Galdino; de governo, Antônio Nunes e Clayton Noleto, de Infraestrutura. Além do defensor público-geral do Estado, Werther de Moraes, gestores escolares, amigos e familiares.

Ao agradecer a homenagem, Felipe Camarão disse que se sentia honrado com a presença de Humberto Coutinho que presidiu a sessão. Em seguida, saudou os presentes e agradeceu a homenagem. “Agradeço a homenagem que V.Exa me faz. Eu que sou carioca e que que também já fio consagrado por esta Casa, com o título de Cidadão Maranhense”, acentuou Felipe Camarão, afirmando que desde 2001 está no serviço público.

“Com esta medalha, além de ficar muito feliz, me sinto na responsabilidade de fazer cada vez mais pelo Maranhão. Vou procurar honrar essa medalha quando fazermos as andanças pelo interior do Maranhão, levando benefícios para o povo maranhense”, disse o homenageado, fazendo referências aos seus familiares, amigos e todos os presentes.

Também fez referências ao trabalho que vem desenvolvendo na Secretaria de Educação, com o apoio do governador Flávio Dino. “O que está sendo feito é uma transformação de vidas. O governador deixará esse legado; nenhum outro governo fez o que Flávio Dino tem feito pela educação do Maranhão. A Escola Digna, é um exemplo. Se hoje eu estou aqui, eu devo ao governador pela oportunidade que me deu, além da oportunidade a seus amigos e a várias pessoas  para contribuir com o desenvolvimento do Estado.

Foto: Kristiano Simas/Agência AL

1 comentário »

Decisão acertada de Felipe Camarão

1comentário

Seduc rescinde contrato de gestores escolares por não prestarem contas de recursos

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) rescindiu o contrato de gestão de 20 gestores escolares, por ausência de prestação de contas de recursos da Caixa Escolar. Os gestores demitidos são de 20 escolas pertencentes às Unidades Regionais de Educação (URE’s) de Chapadinha, Itapecuru, Rosário, Viana e São Luís. Do total de contratos rescindidos, 13 são de gestores eleitos por meio do processo democrático e sete gestores indicados pela Secretaria, com base em critérios técnicos estabelecidos pelo edital de eleição de gestores.

“Todos estes gestores foram demitidos por não terem prestado contas de recursos do caixa escolar, o que penaliza toda a escola, que fica impossibilitada de receber recursos, como Fundo Estadual de Educação (FEE) e do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), essenciais para o seu bom desempenho administrativo e até pedagógico da escola”, explicou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

É através do Caixa Escolar que são repassados diretamente à escola recursos como: Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e o Fundo Estadual de Educação, que podem ser destinados à aquisição de material, manutenção, pequenas construções e conservação de instalações e equipamentos necessários ao processo de ensino e aprendizagem, entre outras necessidades básicas. Em contrapartida, os gestores escolares devem prestar conta detalhada de como os recursos foram gastos. Porém, muitos deixam de cumprir a lei, ficando com o Caixa Escolar inadimplente.

O gestor geral ou adjunto da escola assume a responsabilidade de presidente da Caixa Escolar e é o responsável pela boa aplicação dos recursos públicos repassados à escola e pela periódica prestação de contas. A função é exercida por profissionais efetivos da rede, com função gratificada, os quais assinam um contrato de gestão e, periodicamente, tem os seus desempenhos nos aspectos pedagógicos, administrativo e financeiro avaliados.

Ao longo de 2016, a Seduc realizou diversas capacitações regionalizadas com gestores escolares e também outros profissionais interessados sobre procedimentos de prestação de contas. A demissão dos gestores foi a última medida adotada pela Secretaria, após todos os gestores terem sido capacitados e notificados sobre a necessidade da prestação de contas.

“Há um problema histórico de inadimplência das caixas escolares que, na maioria dos casos, os gestores não tinham conhecimento adequado de como proceder com a prestação de conta. Atualmente, temos um setor específico voltado para orientar os gestores e esse número de inadimplência vem diminuindo, contudo, nossa meta é que todas as caixas estejam adimplentes. Antes de proceder com a exoneração, todos os gestores foram notificados para regularizar a situação”, esclareceu o secretário Felipe Camarão.

(mais…)

1 comentário »

Felipe Camarão descarta saída da Educação

1comentário

O secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, respondeu com ironia a notícia veiculada nas redes sociais que estaria deixando a Educação e se transferindo para a Secretaria de Saúde.

Em contato com o Blog do Jorge Aragão, Camarão negou que exista essa possibilidade e que seguirá seu trabalho na Educação tentando melhorar os índices do Maranhão. Ao desmentir sua saída, Camarão demonstrou senso de humor e que o trabalho segue firme e a todo vapor.

“Sai da Seduc apenas para entregar mais alguns ônibus aos municípios maranhenses em companhia do governador Flávio Dino, mas já voltei”, respondeu sorrindo.

Camarão se referiu a entrega de mais transporte escolar aos municípios do Maranhão. Na quarta-feira (6), mais sete cidades foram contempladas, totalizando até agora 71 ônibus e duas lanchas já entregues na gestão de Felipe Camarão à frente da Seduc.

Sendo assim, factoide desfeito e Felipe Camarão segue seu trabalho na Secretaria de Educação.

Foto: Divulgaçào

1 comentário »

Surpresas da pesquisa Escutec

1comentário

Secretário de Educação, Felipe Camarão

Alguns dados novos surgiram do levantamento Escutec, o primeiro sobre a corrida eleitoral de 2018 publicado por O Estado, e que gerou forte repercussão nos meios políticos maranhenses.

Já era de se esperar a liderança da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), até como contraponto ao governador Flávio Dino (PCdoB). Também já se aguardava a presença do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) com potencial considerável na disputa por votos para o governo.

Surpresa mesmo foi a presença de nomes que sequer anunciaram o desejo de disputar cargos eleitorais, como Felipe Camarão e Gutemberg Araújo (PSDB).

Felipe Camarão, ora secretário de Educação do governo Flávio Dino, apareceu com 0,1% das citações entre os preferidos do eleitor para o governo, ao lado de nomes como o senador João Alberto (PMDB), que já foi governador.

Para se ter ideia da importância da lembrança de Camarão, nomes como o prefeito de Ribamar, Luis Fernando Silva (PSDB), que passou quase quatro anos em campanha pelo governo, sequer foram lembrados pelo eleitor.

Outra lembrança surpreendente, esta para a disputa de senador, foi a do vereador Gutemberg Araújo (PSDB), que figurou com os mesmos 0,1% dados a João Alberto, que já ocupa o mandato.

A Escutec mostrou, portanto, que o eleitor maranhense ainda tem os nomes gravados para o poder no estado. Mas revela o surgimento de novos personagens no cenário.

Coluna O Estado Maior/ O Estado

1 comentário »