Prefeitura garante 100% da frota no Enem

3comentários

A Prefeitura de São Luís mantém o planejamento de apoio para garantia do transporte público em plena operação e totalidade, com fins a atender candidatos que participam do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A prova será neste domingo (11), em vários pontos da capital. O número de veículos e de agentes de trânsito será intensificado pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT). As equipes iniciam os trabalhos a partir das 8h. Ação segue orientação do prefeito Edivaldo.

“Vamos prosseguir com a organização e o modo de operação aplicado no primeiro domingo de provas e que surtiu efeito positivo. Os agentes garantiram o fluxo de veículos nas grandes faixas de tráfego e não houve registros de pontos de congestionamentos que pudessem dificultar o andamento das provas”, pontuou o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros.

Barros reforça que a totalidade da frota será mantida, conforme Portaria da Prefeitura, autorizada pelo prefeito Edivaldo, a exemplo do ocorrido na primeira etapa. “Nosso objetivo é favorecer os candidatos para que possam usufruir o transporte público e se deslocar ao seu local de provas sem prejuízos”, enfatiza.

A SMTT vai disponibilizar para domingo um total de 90 agentes de trânsito, um aumento de 33% no contingente, em relação aos dias normais. A estrutura para o monitoramento conta ainda com agentes em 15 motos – para garantir mais agilidade em pontos de difícil acesso, no caso de colisões, bloqueios ou algum acidente – além de 20 viaturas, três guinchos-prancha (para remoção de veículos de pequeno porte) e um guincho grande para reboque de ônibus.

Foto: Maurício Alexandre

3 comentários »

Prefeitura garante frota integral para o Enem

1comentário

Como apoio à realização do processo seletivo do Exame Nacional de Ensino Médico (Enem), a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), vai reforçar o disciplinamento e ordenamento do trânsito em vários pontos estratégicos e de maior fluxo durante o acesso de estudantes aos locais de prova.

Além da ação no trânsito, a Prefeitura de São Luís também autorizou, por meio de portaria, a circulação integral da frota de ônibus urbano da capital. A ação, que segue orientação do prefeito Edivaldo, será realizada durante os dois domingos de prova, dia 4 e 11 de novembro.

Para a efetivação das ações de trânsito a SMTT disponibilizará um total de 60 agentes de trânsito, 15 motos e 11 viaturas nos dois dias do certame. As motocicletas serão utilizadas para chegar com agilidade aos locais de difícil acesso em decorrência de possíveis colisões e bloqueios viários.

Serão reforçadas, nos dias do Enem, as linhas de ônibus Campus/Terminal Praia Grande, Campus/Praça Deodoro, Uema/Ipase e Terminal/BR 135, garantindo assim o deslocamento dos candidatos. As empresas do Sistema de Transporte Urbano de São Luís deverão operar nos dias 4 e 11 de novembro, nas faixas de horários das 7h às 11h e das 14h às 18h, com frota total operante programada para os dias úteis.

A operação de trânsito será realizada com a intensificação do disciplinamento e orientação dos condutores, destacando as intervenções em rotatórias, bloqueio de conversões e retornos, liberação de áreas de embarque e desembarque, regularização e orientação de estacionamentos, além de ações para garantir a preferencial do fluxo no sentido das instituições de ensino, locais de realização do Enem.

A Prefeitura fará ações em pontos como Avenida Jerônimo de Albuquerque (elevado da Cohama, rotatória da Cohab); avenidas São Luís Rei de França (Faculdade Pitágoras/Fama) e São Sebastião; cruzamento da Forquilha com Cruzeiro do Anil; cruzamento do Parque Vitória, Posto Natureza; rotatória da Polícia Militar (Calhau); rotatória Avenida dos Holandeses com a Avenida Daniel de La Touche; Ceuma Anil; UNDB; Canto da Fabril; cabeceira da Ponte São Francisco; CEST (Anil); Cintra; e pontos estratégicos no Centro.

Foto: Maurício Alexandre

1 comentário »

MPF questina bonificação a alunos no Enem

0comentário

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) propôs ação civil pública requisitando o reconhecimento da nulidade de resolução da Universidade Federal do Maranhão (Consepe/Ufma), que estabelece um acréscimo de 20% na nota final do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) para os estudantes que cursaram o último ano do Ensino Fundamental (9º ano) e os três anos do Ensino Médio (1º ao 3º ano) em escolas públicas e privadas do Estado do Maranhão, na disputa de vagas disponibilizadas no Sistema de Seleção Unificado (Sisu).

De acordo com o MPF, a Resolução 1653/2017 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Ufma, que surgiu como demanda da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, viola a Constituição Federal, ao fazer diferenciação por origem geográfica e federativa.

A ação pretende resguardar a regularidade do sistema de seleção de vagas para o ensino superior, uma vez que a resolução, ao beneficiar diretamente os candidatos que estudaram em escolas maranhenses, acaba por estabelecer um critério de seleção não admitido pelos princípios da isonomia e legalidade.

Diante disso, o MPF requer a suspensão dos efeitos da Resolução nº 1653 do Consepe, de forma que a Ufma venha se abster de aplicar no Sisu um acréscimo de 20% na nota final do Enem para os estudantes que cursaram ensino médio em escolas públicas e privadas no Estado do Maranhão.

sem comentário »

Entidades criticam decisão de Flávio Dino

0comentário

 

A União Estadual dos Estudantes do Maranháo (UEE/MA) e o diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Maranhão (DCE 17 de setembro) vêm à público manifestar absoluto repúdio e indignação à prática eleitoreira e oportunista do Governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino ao anunciar, de maneira repentina, benefício aos estudantes que participarão do ENEM.

Ontem, 03 de novembro de 2017, um ano antes do período eleitoral, o Governador Flávio Dino, postou em sua rede social uma “mensagem especial” informando que a passagem de ônibus na Ilha de São Luís, somente na Ilha, repita-se, será gratuita para os estudantes que possuem cartão estudantil.

Disse ainda, o Governador comunista, que essa medida seria um estímulo, um incentivo para que os jovens estudantes fossem bem nas provas. Alertou que o Governo do Estado entrou em contato com o Sindicato das Empresas e já efetuou o pagamento das passagens.

Efetuou o pagamento?! Como? Baseado em que o Governador efetuou esse pagamento, se não sabemos a quantidade de estudantes que irão usufruir desse benefício eleitoreiro, uma vez que as provas ocorrerão apenas amanhã? Havia previsão orçamentária para esse gasto? O governo da publicidade e propaganda poderia mostrar aos estudantes que esse gasto estava previsto no orçamento público?!

Hummm, vivemos num mundo capitalista, né??? Ah, lembramos, e o PCdoB, partido do atual Governador, “Partido Capitalista do Brasil”… Alguém poderia nos mostrar onde essa despesa está contemplada dentro do orçamento do Estado???!!!

E quem vai fiscalizar esse benefício???? Engraçado é que nem todo estudante que tem o cartão estudantil vai fazer prova do ENEM. E agora, José?! Terá um fiscal em cada ônibus, para saber a quantidade de estudantes que passaram de graça pela catraca? Lembrando que a Prefeitura de São Luís confirmou que, para dar maior tranquilidade e comodidade aos estudantes, manterá a frota integral de ônibus circulando neste domingo. Então com 100% da frota na rua, os empresários que dirão ao Governo do Maranhão quantos estudantes passaram de graça pela catraca e o total da conta a ser paga?! Não?! Sim?! Mas o Governador Flávio Dino disse que já pagou!

Governador, todos nós estudantes sabemos quem paga a conta desse benefício repentino e, certamente, não é o senhor. Quem paga essa conta somos todos nós!

O Governador Flávio Dino demonstra expertise, mais uma vez, na demagogia, no populismo, na velha e surrada prática do pão e circo! Em planejamento para a educação do nosso Estado, seriedade na discussão dessa política pública, na luta pelos nossos direitos e pela liberação do passe livre ele demonstra não ter empenho.

Sabemos que Governador Flávio Dino tenta, novamente, nos usar como massa de manobra, numa atitude desesperada para tentar reverter o alto índice de rejeição ao seu governo na grande Ilha.

Flávio Dino prometeu aos seus eleitores maranhenses, que seu governo seria um governo democrático, e muita gente acreditou nisso, até mesmo nós estudantes desse Estado. Era só papo furado! Conversa pra boi dormir! Queria apenas nos enganar… Esse atual Governo é antidemocrático, autoritário, e excludente, extremamente perseguidor com aqueles que não rezam na sua cartilha e não comungam com seus ideais. O governador vem fazendo um governo pautado apenas em propagandas pagas com o dinheiro do contribuinte para mostrar o que não existe. É simplesmente a maquiagem que ele vem fazendo no Estado. Não podemos nos calar, precisamos reagir a essa falsa mudança. Inúmeras atitudes eleitoreiras por parte do Governo, na verdade um desgoverno em todos os sentidos e os “comunistas/capitalistas” só se dando bem. E no final, o povo é quem paga a conta!

São Luís, 4 de novembro de 2017

sem comentário »

Prefeitura garante 100% dos ônibus no ENEM

0comentário

Todos os anos, nos dias de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), entre tantas preocupações que os candidatos têm, há o medo de se atrasar e perder a prova por conta do fluxo intenso no trânsito. Para os que usam o transporte público, é uma complicação a mais porque as provas são feitas aos domingos, quando a frota é reduzida pelas empresas. Neste domingo e no dia 12, porém, a Prefeitura de São Luís fará fiscalização para garantir a circulação dos ônibus em sua totalidade.

Por meio de portaria, a gestão municipal determinou 100% frota para facilitar a chegada dos candidatos aos locais de prova. Equipes serão deslocadas para garagens e terminais de integração para garantir que os ônibus estejam rodando nas ruas e avenidas da capital maranhense. A iniciativa se junta a tomada pelo Governo do Estado de garantir a passagem gratuita dos candidatos na data, bastando apresentar o cartão de estudante no momento do embarque.

Além disso, a gestão municipal, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), traçou estratégias para evitar congestionamentos nos pontos mais críticos. Áreas que devem ter movimentação intensa, como o retorno da Cohama e também a entrada do campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), terão agentes de trânsito disciplinando e organizando o fluxo dos veículos.

Para também sanar problemas eventuais causados por acidentes, a Prefeitura colocará agentes em motos para que consigam circular mais rapidamente e assim resolver os problemas antes que causem lentidão do tráfego de veículos na cidade maranhense que concentra o maior número de candidatos (em todo o estado são mais de 280 mil inscritos para o certame em 2017).

São medidas simples, mas que farão muita diferença para os candidatos e suas famílias. A Prefeitura faz a parte dela, garantindo tranquilidade no deslocamento para os locais de provas e os candidatos poderão fazer o certame em paz e depois buscar uma das vagas na instituição de ensino superior que escolher.

sem comentário »

Prefeitura disciplina trânsito no ENEM

0comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), vai disciplinar e ordenar o trânsito em vários pontos estratégicos e de maior fluxo durante a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2017, que será realizado nos dois próximos domingos (5 e 12 de novembro). O executivo municipal também garantirá a circulação integral da frota de ônibus da capital.

As ações visam facilitar o acesso de estudantes aos locais de prova que ocorrerão em escolas de toda a capital. A ação da SMTT começará a partir das 9h, com agentes de trânsito em viaturas e em pontos específicos no intuito de garantir a fluidez no trânsito. Serão utilizadas também motocicletas para facilitar o deslocamento dos agentes aos locais de difícil acesso no caso de possíveis colisões e bloqueios viários.

A secretaria também autorizou, por meio de portaria, a circulação integral da frota de ônibus da capital, garantindo, assim, o deslocamento dos candidatos. As empresas do Sistema de Transporte Urbano de São Luís deverão operar nos dias 5 e 12 de novembro, das 7h às 11h e das 14h às 18h, com frota total operante programada para os dias úteis.

As linhas abaixo relacionadas deverão ter sua operação reforçada: Linha 311- Campus/Terminal Praia Grande (11 carros); Linha 305 – Campus/Praça Deodoro (06 carros); Linha T 070- Uema/Ipase (32 carros) e Linha T 090 – Terminais via BR 135 (21 carros).

Veja alguns pontos que receberão apoio ao trânsito durante o ENEM:

1 – Avenida Jerônimo de Albuquerque: Elevado da Cohama, Atacadão Nordeste, Entrada do Bequimão, Angelim (semáforo), Rotatória da Cohab (Avenida São Luís Rei de França, Avenida São Sebastião).
2 – Rotatória da Forquilha com Cruzeiro do Anil.
3 – Cruzamento do Parque Vitória, Posto Natureza.
4 – Interseção Avenida São Sebastião com a Avenida Santos Dumont.
5 – Rotatória da Polícia Militar (Calhau).
6 – Rotatória Avenida dos Holandeses com a Avenida Daniel de La Touche.
7 – Faculdade Pitágoras/FAMA (São Luís Rei de França).
8 – Ceuma Anil, UNDB, Canto da Fabril, Cabeceira da Ponte do São Francisco, Cest (Anil), Cintra, pontos estratégicos no Centro

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Penha participa de aulão gratuito do ENEM

0comentário

O vereador Raimundo Penha participou no último sábado (21) do aulão gratuito para o Enem, no auditório da Faculdade Pitágoras, em São Luís.  As aulas foram ministradas pelos professores Elton Soares, Giuliard Sousa e o deputado distrital Reginal Veras (PDT-DF) e contou com a participação de 200 pessoas, entre jovens e adultos.

O curso “Reinventando o Brasil – ENEM”, é desenvolvido pela Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP). É uma iniciativa inédita entre partidos políticos do Brasil, coloca em prática a prestação de serviço social com foco na educação, principal bandeira do PDT.

Penha destacou a iniciativa que abrange o desenvolvimento de ações em ensino com foco na melhoria da aprendizagem.

“É um tipo de reforço para eles. Além disso, as aulas diferenciadas de redação e leitura. Tudo isso com o foco na preparação para o Enem e o aulão é um complemento essencial nesse processo”, disse.

Educação a Distância

O curso tem sido aplicado em 05 turmas em bairros de São Luís, onde líderes comunitários coordenam as aulas e exibem em TVs ou Projetores, cerca de 100 video-aulas com duração de aproximadamente 30 minutos cada, neles os professores fornecem dicas que irão ajudar o estudante na hora da prova e, consequentemente, adquirir boas chances de ingressar no ensino superior.

Foto: Divulgação

sem comentário »

UFMA aprova acréscimo nas notas do Enem

0comentário

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal do Maranhão aprovou por unanimidade a política educacional afirmativa que dispõe sobre o ingresso qualificado de estudantes de escolas públicas e privadas do Maranhão à Universidade, por meio do acréscimo de 20% nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A aprovação ocorreu por meio de votação em sessão nesta segunda-feira, 9, no auditório da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PPPGI) da Cidade Universitária dom Delgado.

A proposta é do deputado Marco Aurélio (PCdoB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Bonificação, que foi recebida, em maio, pela reitora Nair Portela e discutida em junho, no Câmpus de Imperatriz. A pró-reitora de Ensino, Dourivan Câmara, foi a relatora da sessão, que contou com a participação do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), e o deputado Bira do Pindaré (PSB).

O acréscimo valerá para todos os alunos que tenham cursado o 9º ano do ensino fundamental e o 1º, 2º e 3º anos do ensino médio em escolas públicas ou privadas do Maranhão, e optem pela graduação em quaisquer dos câmpus da UFMA. “Essa política vai trazer muitos benefícios para a Universidade porque vai valorizar o ensino do Estado, sem haver perda de vagas para alunos maranhenses”, disse a reitora da UFMA.

Segundo o deputado Marco Aurélio, a medida visa diminuir a exclusão de estudantes maranhenses do processo de Seleção Unificada (Sisu), em contraste a evasão de candidatos aprovados naturais de outros estados do País, após os primeiros períodos de graduação na UFMA. “Fico imensamente feliz pelo acolhimento da reitoria e dos conselheiros e, também, pela participação muito forte da Assembleia Legislativa e de toda a população. Agora vamos à confirmação dessa política, com a implementação dessa ação afirmativa”, declarou o parlamentar, autor da proposta.

A reitora Nair Portela garantiu a continuidade do processo com o encaminhamento da proposta de implantação da política para a Pró-Reitoria de Gestão e Finanças (PROGF), a fim de acertos em questões administrativas antes da publicação da Resolução. “A proposta é que os alunos já possam participar do Enem com essa Resolução assinada e definida”, afirmou a reitora.

sem comentário »

Deputado defende bonificação no Enem

0comentário

Bira do Pindaré reforça defesa pela bonificação no Enem para estudantes do Maranhão

O deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) subiu a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para reforçar a defesa pela bonificação nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) aos estudantes maranhenses. O objetivo da proposta, de autoria do deputado Marco Aurélio, é priorizar o ingresso na Universidade Federal do Maranhão.

O investimento na qualificação do ensino fundamental e médio entrou na discussão. Segundo pontuou Bira, é algo necessário, que tem sido feito pelo Governo do Maranhão, mas que os resultados aparecem em longo prazo. “O que a gente faz com os maranhenses que estão neste momento tentando ingressar na Universidade? E o que a gente faz com a falta de médicos que existe em nosso Estado, já que nós temos o menor número de médicos por habitante do País? A questão é emergencial”, refletiu.

Ao completar o questionamento, ele frisou que é preciso pensar, neste momento, em alternativas que resolva a questão também em curto prazo. A solução mais acetada, para o deputado, é a proposta da bonificação nas notas do Enem.  E lembrou ainda que a própria universidade sofre com a situação, uma vez que precisa abrir edital específico sempre que são geradas as chamadas vagas ociosas. Alguns casos, conforme citou, vão parar na justiça.

“É prioridade garantir o acesso dos estudantes maranhenses à Universidade Federal do Maranhão. E a solução mais acertada é a proposta de bonificação nas notas do Enem. Vamos reunir com a UFMA para que, a partir do dialogo, a gente possa caminhar os próximos passos em direção da efetivação desta medida”, concluiu.

Foto: JR Lisboa / Agência Assembleia

sem comentário »

MPF pede suspensão da redação do Enem

1comentário

Enem2016O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) ingressou hoje (7) com nova ação na Justiça Federal pedindo a anulação da prova redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), dessa vez pelo suposto vazamento do tema da prova. Para o procurador Oscar Costa Filho, caso seja confirmado o vazamento, o tratamento isonômico entre os candidatos teria sido desrespeitado. Na última quarta-feira, o procurador já havia entrado com uma ação pedindo a suspensão da aplicação Enem devido à decisão do MEC de adiar o exame nas escolas ocupadas por estudantes.

O MPF/CE alega que a operação realizada pela Polícia Federal (PF) no Ceará prendeu um candidato que entrou em local de realização do Enem com rascunho da redação dentro do bolso e com ponto eletrônico. No entendimento do procurador, isso comprovaria o vazamento de informações relativas à redação.

O procurador responsável pela ação sustenta ainda que o tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” também apareceu em publicação do MEC divulgada no ano passado para desmentir uma prova falsa às vésperas do Enem daquele ano. Mais cedo, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nota classificando de “tentativa de tumultuar” o Enem a repercussão em torno da semelhança entre o tema da redação deste ano com o de uma imagem de suposta prova do Enem que teria vazado em 2015.

Na ação contra o Inep, Costa Filho pede a concessão de liminar para suspender os efeitos da validade jurídica da prova de redação até o julgamento do mérito, que será julgada pelo juiz titular Ricardo Cunha Porto, da 8ª Vara Cível da Justiça Federal no Ceará.

A medida, de acordo com o procurador, evitaria transtornos aos estudantes com divulgação de um resultado que posteriormente poderia ser alterado com o julgamento da ação.

1 comentário »