Gastão quer discutir privatização dos Lençóis

0comentário

O governo federal anunciou na última quarta-feira que o Parque dos Lençois Maranhenses estão no plano de privatizações que será avaliado pelo BNDES e inclui nove estatais. A notícia pegou os maranhenses de surpresa, incluindo o deputado federal Gastão Vieira, que já vinha acompanhando o assunto.

“Quando eu tive notícias pela primeira vez de que haveria uma intervenção do Ministério do Meio Ambiente no Parque Nacional dos Lençois Maranhenses eu fiquei muito preocupado. Como não havia informação clara e acessível, como é comum nesse governo, eu fiz um pedido oficial pela Câmara dos Deputados, solicitando ao Ministério que nos enviasse esses dados e as bases nas quais estavam trabalhando sobre o tema”, revelou Gastão.

Há cerca de um mês, foi enviado um material para o deputado maranhense. De acordo com ele, “muito raso, que não me dava base para entrar numa discussão com sustentação técnica”. Gastão Vieira, quando ministro do Turismo, produziu estudos profundos sobre os Lençois Maranhenses, feitos por uma consultoria internacional, que demonstravam de forma clara qual o futuro do Parque: para onde ele devia se desenvolver e como, o cuidado que deveria-se ter com a população que ali habita ali há tanto tempo.

Aguardando mais informações, foi surpreendido com a declaração, que inclui ainda Jericoaquara e a renovação do Parque das Cataratas de Foz do Iguaçu. E outras deverão ser anunciadas, como o noticiado ainda no início de 2019.

“Eu não sou radical e contra as privatizações. Muitas vezes elas são necessárias, desafogam os governos. Mas não há informação sobre a modelagem, sobre como será feito. Então, externo minha preocupação e o meu compromisso de estar atento, buscando informações sobre o que estão planejando para o futuro de bens preciosos do Maranhão, como os Lençois e Base de Alcântara”.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão assegura construção do IFMA em Cururupu

0comentário

O deputado federal Gastão Vieira acertou com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e o secretario de Educação Profissional e Tecnológica, Ariosto Antunes, a instalação de um campus do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) na cidade de Cururupu. A cidade, que tem vocação para engenharia náutica, é conhecida por sua produção nos estaleiros artesanais e a histórica e tradicional habilidade dos carpinteiros.

O Ministro Abraham afirmou que esta obra será prioridade no orçamento do Ministério e solicitou ao secretario de Educação Profissional e Tecnológica, Ariosto Antunes, a viabilização de todo o processo para que a instalação aconteça o mais rápido possível.

Segundo Ariosto, a cidade atende aos critérios do MEC para novas instalações. “A estratégica para instalação de novos campus dos institutos federais se dá pela vocação das regiões e, o pleito do deputado Gastão Vieira é, além de viável, uma estratégia para fomentar um mercado que já é forte na região”, disse, informando que solicitaria ainda esta ao semana ao reitor do IFMA, Roberto Brandão, o projeto base para o novo campus.

“Este é um equipamento de extrema importância pois não servirá somente à cidade, mas à toda região. Nós já temos história da construção naval, mas falta certificação, falta escola pra que nossa vocação seja melhor trabalhada. Lutei muito por este Instituto e agora poderemos levá-lo”, disse Gastão Vieira, acrescentando que a cidade já é reconhecida pelos belos barcos que constrói e que será utilizada a estrutura do antigo CAIC, que está desativado.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão discute futuro do financiamento da educação

0comentário

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados realiza, nesta terça-feira (20), o Seminário “O Futuro do Financiamento da Educação”, proposto pelo deputado Gastão Vieira. ” Nesse seminário iremos repensar o Fundeb, considerado o financiamento mais importante da educação brasileira, e que terá sua vigência encerrada ano que vem. Será mais uma oportunidade para descobrir os caminhos que teremos que seguir para garantir, não só recursos, mas também uma educação de qualidade a partir da aplicação eficiente desse dinheiro”, disse o parlamentar.

A discussão do assunto foi iniciada no primeiro seminário realizado em abril, “durante o evento examinamos os impactos das políticas de financiamento vigentes sobre a qualidade, eficiência e equidade do sistema educacional. Agora é hora de avaliar os resultados e dar sugestões, baseadas em estudos científicos, para a criação do novo Fundeb. Tudo que foi discutido no primeiro seminário está registrado no livro “O Financiamento da Educação Básica no Brasil”, que iremos lançar nesta terça-feira”, concluiu Gastão Vieira.

O Seminário O Futuro do Financiamento da Educação terá como palestrantes o Doutor em Economia, Kleber Pacheco Castro, o mestre em Economia, Luiz Guilherme Scorzavafe e o psicólogo e Ph.D. em Educação e presidente do Instituto Alfa e Beto, professor João Batista Oliveira. O seminário será interativo e poderá ser acompanhado no seguinte endereço: edemocracia.camara.leg.br/audiencias/sala/1074

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão lança livro Financiamento da Educação Básica

0comentário

O deputado Gastão Vieira fará na próxima terça-feira (20), o lançamento do livro “O Financiamento da Educação Básica no Brasil”, na comissão especial de Educação da Câmara. A obra é uma coletânea das ideias discutidas durante seminário que aconteceu no primeiro semestre no Congresso Nacional, e busca sinalizar caminhos e alternativas para resolver questões importantes nas estratégias de financiamento da educação.

Segundo Vieira, a publicação apresenta uma síntese das contribuições de especialistas renomados do país. “Nós nos concentramos em aspectos do financiamento da educação, apresentamos o histórico e a evolução do financiamento da educação pública do Brasil dos últimos 90 anos, até chegar nos dias de hoje. A partir daí, fizemos um grande esforço para examinar o impacto do Fundeb em três importantes dimensões: a qualidade, a eficiência e a equidade”.

A obra que será lançada durante o segundo seminário “O Futuro do financiamento a Educação Pública”, terça-feira, 20, às 10h, plenário 10 da Câmara dos Deputados, conta com a autoria dos professores Doutor João Batista Araujo e Oliveira, Talita Silva, Naércio Menezes Filho e Ricardo Politi.

A versão eletrônica já está disponível para download e pode ser acessada na página da Comissão especial de Educação.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão e Tofolli discutem burocracias constitucionais

0comentário

Durante encontro que aconteceu no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (13), o ministro Dias Tofolli e o deputado Gastão Vieira discutiram medidas que possam criar mecanismos alternativos de resolução de conflitos burocráticos na execução de políticas públicas. Segundo o ministro, o problema da judicialização dos mais diversos temas tem origem na Constituição, que teria incluído os anseios da sociedade, mesmo com a limitação de recursos, para cumprir todos os objetivos, forçando o estabelecimento de emendas constitucionais.

O deputado Gastão Vieira disse que entende a necessidade de tornar a gestão pública no Brasil mais fluida, e que isso passa pela desburocratização de normas e excesso de legislação. O deputado também se comprometeu a fazer um estudo de possibilidades e medidas e trabalhar, junto ao STF, estratégias para facilitar a gestão, não só na Educação, como em outras frentes.

“O objetivo do ministro Tofolli é um alento para todos os gestores que enfrentam centenas de empecilhos todos os dias, quando tentam inovar e, até mesmo, ampliar ações de gestão. O Brasil precisa ficar mais barato, mais ágil e mais eficiente. Isso passa, necessariamente, pela revisão dos milhares de entraves judiciais nos mais diversos setores”, afirmou o deputado, que vai montar grupo de trabalho para apresentar as possibilidades de mudança ao STF.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão destina R$ 1 milhão para escolas em Mata Roma

0comentário

O deputado Gastão Vieira (PROS-MA) destinou R$ 1 milhão de reais para reforma de escolas e compra de kits de mobiliário escolar em Mata Roma/MA.

Ao todo, mais de 4 mil alunos de 22 escolas públicas receberão novos mobiliários, sendo kit de mesa e carteira para professor e aluno e, também, kits adaptados. Além disso, R$350 mil reais foram destinados para a reforma de três escolas. São elas: Jardim de Infância Branca de Neve, Colégio Marcelino Monteles e Colégio Joao Bernardo Neto. Os recursos já foram empenhados e estão disponíveis para execução.

“Quando falamos em qualidade na educação, falamos em qualidade de instalações e de mobiliário também. Criar um ambiente confortável e agradável para os alunos favorece muito o aprendizado. Mesas e cadeiras novas e uma escola reformada são, sem dúvida alguma, motivadores para os estudantes e instrumentos eficazes para que alavanquemos as escolas da nossa cidade”, afirmou o deputado Gastão Vieira.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão Vieira lamenta morte do economista Celso Veras

0comentário

O deputado federal Gastão Vieira, presidente do Pros no Maranhão, lamentou, nas redes sociais, a morte neste sábado (3), do 1º vice-presidente da legenda no estado, o economista Celso Veras da Costa, aos 69 anos, vítima de pneumonia, no Hospital UDI onde estava internado.

“Amigos Celso Veras partiu….lutou o quanto pode pela vida…bravamente! Com a dedicação da família dos amigos partiu em paz”, disse Gastão.

Celso Veras teve importante papel na luta contra a Ditadura Militar no Maranhão. Na foto do arquivo pessoal do cineasta Murilo Santos, o então economista e professor Celso Veras discursa ao ser empossado primeiro presidente da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) em 1979.

Celso Veras ocupou cargos na gestão pública. Foi gerente de Desenvolvimento Regional de Codó, no governo de Roseana Sarney em 2000. Foi funcionário do Banco de Desenvolvimento do Maranhão e do antigo BEM.

Foi Superintendente do Projeto Nordeste, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Idealizou e fundou do PSB (Partido Socialista Brasileiro) no Maranhão.

O velório de Celso Veras será na sala 8, da Pax União, na Rua Grande, Centro. O sepultamento será às 17 horas, no Parque da Saudade, no Vinhais.

A UFMA divulgou nota de pesar pela morte de Celso Veras:

“É com profundo pesar que a Universidade Federal do Maranhão comunica o falecimento do professor aposentado do departamento de Economia, José Celso Veras da Costa, aos 69 anos, ocorrido neste sábado, 3. Ele estava internado em um hospital da capital, teve uma pneumonia e não resistiu.

O velório ocorre na Pax União, localizada no Centro e o sepultamento será às 17 horas, no Parque da Saudade, no Vinhais.

A Universidade Federal do Maranhão se solidariza com a família e os amigos e presta seus votos de profundo pesar”.

Foto: Divulgação / Pros e arquivo pessoal/ Murilo Santos

sem comentário »

Gastão Vieira discute sobre a Reforma Tributária

0comentário

Uma plateia de 80 pessoas, a maioria profissionais de direito da área tributária, participou da palestra na Bichara Advogados, sobre a Reforma Tributária. Todo mundo interessado em saber sobre as propostas que vão ser analisadas na Comissão Especial da Câmara dos Deputados da qual faz parte o deputado Gastão Vieira (Pros-MA).

Ao lado do Luis Gustavo Bichara e do economista José Roberto Afonso, o deputado Gastão Vieira comparou as propostas, como a PEC 45, do deputado Rossi Baleia e a PEC 293/2004, do ex-deputado, Luiz Carlos Hauly, enquanto aguardamos a que será enviada pelo Governo.

“Precisamos mudar nosso sistema tributário por várias razões: porque temos impostos demais; para acabar com injustiças, porque os mais pobres pagam mais; por causa da complexidade da nossa legislação tributária; para acabarmos com a guerra fiscal e para nos modernizarmos, porque nosso sistema não serve para a economia digital. Agora, é hora de debatermos sobre as questões fiscais e tributárias!”, destaca Gastão Vieira.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão voto contra destaque que beneficiava policiais

0comentário

O deputado federal Gastão Vieira (PROS) foi um dos quinze deputados – entre os 513 – a votar contra o destaque que suavizava as regras de aposentadoria para policiais da união – policiais federais, policiais rodoviários federais, policiais legislativos e policiais civis do DF. Policiais militares, civis e bombeiros de outros estados não estavam contemplados na proposta do Governo.

Foram 467 votos a favor da emenda e 15 contra, com um acordo firmado entre o governo e representantes da categoria. Para Gastão, único da Bancada do Maranhão a votar contrário, faltou coerência na proposta.

”Faltou coerência na votação da diminuição da idade de aposentadoria para policiais federais. Eu fui um dos 15 deputados a registrar o não, porque acredito que a reforma precisa ser unânime. Não dá pra privilegiar uns e outros não. Se estou dando um salário mínimo pra quem está na ponta, não posso dar vantagem para outros”, afirmou Gastão Vieira.

“As forças policiais são importantíssimas, profissionais que prestam um serviço essencial para o desenvolvimento do país, mas tenho convicção que não é assim que vamos equalizar as contas. O que precisamos é de coragem para continuar tendo coerência e responsabilidade em nossas posições”, concluiu.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gastão Vieira pede apoio pequenas e médias empresas

0comentário

Durante audiência realizada nesta terça-feira (9) com representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o deputado federal Gastão Vieira (PROS-MA) solicitou o apoio financeiro, tecnológico e abertura de mercado internacional para pequenas e médias empresas do Brasil, em especial do Estado do Maranhão. “Tive uma longa reunião com o pessoal do BNDES para discutir cenários para a pequena e média empresa, e estamos articulando uma reunião em São Luís, em que vamos discutir todas essas questões, vendo de que forma nós podemos passar para as pequenas e médias empresas linhas de crédito e de financiamento para que elas possam ter tecnologias adaptadas ao seu pequeno negócio”, afirmou o deputado.

O parlamentar acredita que o desenvolvimento do Nordeste ou de qualquer plano de desenvolvimento da região terá de vir das pequenos e médias em empresas. “Os incentivos para grandes empresas vão permanecer. Mas o centro de tudo vai ser a pequena e média empresa. Se elas tiverem apoio tecnológico, crédito, abertura de mercado externo, vão efetivamente compor a espinha dorsal desse novo Plano de Desenvolvimento do Nordeste”, argumentou Gastão.

Na ocasião, Gastão propôs ainda, uma visita da direção técnica do banco a São Luís (MA) para um debate com empresários maranhenses de diversos ramos, entidades classistas e instituições financeiras para aprofundar a discussão sobre o tema.

O deputado reforçou a necessidade de discutir a questão da exportação de pequenos negócios maranhenses. “Devemos encontrar meios para que os pequenos e médios empresários tenham um mercado externo para exportar seus produtos para diversos países, ou seja, sair desse mercado de consumidor local, que é importante, mas que no fundo não resolve muito. Devemos pensar e chegar a outros mercados”, frisou o parlamentar ao adiantar que a ideia foi muito bem recebida pelos dirigentes do BNDES.

As reivindicações de Gastão Vieira foram feitas aos chefes dos Departamentos de Assuntos Legislativos e de Fomento do BNDES, Victor Alexander Burns e Gustavo Gimenez, respectivamente. O encontro aconteceu no gabinete do deputado em Brasília.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »