Moto perdeu o rumo após o Maranhense?

2comentários

A derrota para o Imperatriz no último minuto e a perda do título de campeão maranhense ainda provoca estragos nos bastidores do Moto.

Primeiro o clube havia decidido demitir o treinador Wallace Lemos, mas recuou da decisão no domingo passado.

Em seguida, o Moto decidiu dispensar o seu maestro e um dos principais jogadores do elenco, o meia Juninho Arcanjo, o lateral-esquerdo Mateus e o atacante Danilo Galvão. Depois até chegou a repensar a decisão sobre Juninho Arcanjo, mas já era tarde. Lucas Dias já havia acertado com o CSA.

Anunciou as contratações de Henrique que fez temporada ruim no Remo, Vinícius Paqueta que já conhecemos e o meia Neto que deu um “balão” nos dirigentes rubro-negros e foi parar no Sampaio. O atacante Bruno Henrique vai precisar mostrar que pode fazer os gols que o Moto precisa.

Agora anuncia as dispensas de Diego Vitor, Igor, Cauê e Léo Paraíba. Vocês lembram que até o mês passado, o Moto se orgulhava de dar chance a vários jogadores locais que agora são dispensados como é o caso de Diego Vitor que chegou a ser sondado pelo ABC.

Quando se imaginava que o Moto manteria a base do elenco, eis que tudo mudou por conta de uma derrota para o Imperatriz que não estava nos planos rubro-negro.

Que o Moto ponha a cabeça no lugar e já que decidiu reformular o elenco traga jogadores capazer de levar o time ao acesso à Série C, pois no momento a imagem que passa é que o Moto não sabe mais o que está fazendo e isso é muito ruim neste momento…

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

2 comentários »

Felipe Dias é alvo do Sampaio para Série C

1comentário

Já são sete os reforços do Sampaio indicados pelo técnico Julinho Camargo para o Campeonato Brasileiro Série C. Todos já estão em São Luís e iniciaram os treinamentos no CT do Turu, após a realização de exames médicos.

O volante Felipe Dias que já atuou pelo Moto e está no Bangu é um dos alvos do Sampaio, mas até o momento não tem nada acertado. O Jogador disse que foi procurado pelo Imperatriz no início do ano, mas que no momento as conversas são com o Sampaio.

Perguntado sobre propostas de Imperatriz e Sampaio o jogador respondeu com exclusividade ao Blog de Zeca soares: “Sampaio sim, mas tem nada certo ainda não”.

Os contratados são: O lateral-direito Diogo Rangel, o zagueiro Douglas Assis, o volante Lucas Lucena e o atacante Salatiel Júnior foram anunciados ontem à noite.

Antes, o Sampaio havia confirmado os nomes do lateral-direito Éverton Silva, o meia Neto e o atacante Mateus.

Do time que disputou o Campeonato Maranhense e a Copa do Nordeste, apenas Patrick Mota e Tom Abreu foram desligados. Outros jogadores devem ser dispensados nos próximos dias, aproximadamente entre seis a sete jogadores.

O Sampaio estreia no Campeonato Brasileiro Série C, no dia 28 de abril, contra o Confiança, no Batistão, em Aracaju.

Foto: Elias Auê

1 comentário »

Jogo aberto

21comentários

Arbitragem

A arbitragem foi sem dúvida o ponto fraco no Campeonato Maranhense. Alvo de polêmicas durante toda a competição não poderia ser diferente na decisão entre Moto e Imperatriz. O “erro grave” do bandeirinha José Célio Amaral Rodrigues, do árbitro José Henrique de Azevedo e do adicional Rafael Marques que não marcaram o impedimento de Júnior Chicão no terceiro gol do Imperatriz, o que custou caro ao Moto. O trabalho de renovação da Comissão de Arbitragem da FMF é necessário, mas isso deve acontecer sem prejuízo às equipes e muito menos em jogos decisivos.

Nhozinho Santos

Torcedores e até dirigentes de clubes que vão disputar o Campeonato Brasileiro vivem a expectativa de mandar seus jogos no Estádio Nhozinho Santos que segue em obras. O gramado já está pronto, mas faltam outros detalhes importantes que precisam ser recuperados. Por exemplo, a parte estrutural precisa ser revista até para não acontecer o que houve com o Castelinho, por isso acredito que o estádio não fique pronto nesta temporada.

Alivio

Uma boa notícia para Sampaio e Imperatriz que vão participar do Campeonato Brasileiro Série C. Um canal de TV estaria negociando a compra dos direitos de transmissão da competição da CBF. Se confirmado, cada equipe receberá uma ajuda financeira, além dos custos com viagem e hospedagem. Os valores ainda não foram divulgados. Os clubes falam em torno de R$ 1 milhão para cada um dos 20 participantes, o que seria bom demais…

Imperatriz

O campeão maranhense se reforça para o Campoenato Brasileiro Série D. Depois do atacante Val Barreto e do lateral esquerdo Aélson, mais quatro jogadores deve ser anunciados nas próximas horas. O volante Valderrama pode ser confirmado. Felipe Dias, ex-Moto e atualmente no Bangu está na mira do Cavalo. Eloir que teve o nome especulado em Imperatriz deve mesmo seguir no Sampaio. A estreia do Imperatriz na Série C será contra o Globo-RN, no dia 27, às 19h, no Frei Epifânio.

Sampaio

O Tricolor também se reforça para o Campeonato Brasileiro Série C. Após confirmar a permanência de Julinho Camargo, a diretoria anunciou as saídas dos volantes Patrick Mota e Tom Abreu. O Sampaio confirmou hoje (15), o meia Neto (Pinheiro) que foi anunciado ontem pelo Moto, o atacante Mateus (Juventude) e Éverton, lateral direito que estava no Cascavel-PR. O Sampaio estreia contra o Confiança, no dia 28, às 16h, em Aracaju.

Moto

Após a perda do título do Campoenato Maranhense, o Moto anunciou a chegada dos atacantes Henrique (Remo-PA) e Vinícius Paquetá (Pinheiro), além do meia Neto (Pinheiro) que hoje foi anunciado pelo Sampaio. O atacante Bruno Henrique já vem treinando no rubro-negro. Por outro lado, Juninho Arcanjo, Mateus, Danilo Galvão e Dalmo estão fora dos planos para a Série D. O Moto estreia no dia 5 de maio, contra o Atlético, em Boa Vista.

Maranhão

O MAC confirmou a permanência do técnico Sandow Feques para a Série D. Os primeiros reforços anunciados são o o lateral Vivico, revelação do Pinheiro no Maranhense, o volante Robson Simplício (Ferroviário-CE) e o goleiro Matheus, ex-Moto e MAC. Oito já foram dispensados: André Matheus, Lerson, Bruno Bacabal, Carlinhos, Thiaguinho, Felipe Costa, Luís Felipe e Bruno Chocolate. A estreia atleticana na Série D será no dia 5 de maio, contra o Altos-PI, às 16h, no Estádio Castelão.

Oportunidade

O técnico Marcinho Guerreiro vai comandar o Ríver no Campeonato Brasileiro Série D. Ele substitui a Flávio Araújo que foi campeão piauiense e após a conquista se transferiu para o Treze-PB. Marcinho estava no MAC até se transferir para o Treze-PB quando foi demitido e ficou sem clube. Além de Marcinho, a comissão técnica do Ríver terá outro maranhense, o preparador físico Gabriel Júnior. Quem já está lá é o diretor de futebol Daniel Meneses, ex-Moto Club.

21 comentários »

Moto inicia reformulação para a Série D

7comentários

O técnico Wallace Campos seguirá no Moto para o Campeonato Brasileiro Série D. Ele chegou a ser comunicado pelo presidente do Moto, Natanael Júnior sobre a sua saída após a derrota para o Imperatriz, mas o dirigente recuou e acho que a manutenção do treinador seria fundamental para a sequência do trabalho no clube.

Wallace disse em entrevista à Rádio Mirante AM que recebeu a situação com tranquilidade e que decidiu ficar porque acredita no projeto e que o Moto tem amplas condições de buscar o acesso à Série C.

“Eu estou continuando porque eu acredito no projeto. Eu tinha propostas para sair do Moto club, mas nós acreditamos no projeto. No momento em que eu estiver no comando, o comando técnico é meu. Quando eu me sentir constrangido com alguma coisa eu pedirei para sair. É normal o clube querer trocar treninador quando o resultado não vem e nesse ponto eu sou muito tranquilo e não tem nenuma sequela e nem problema algum. Eu sou bem resolvido, bem tranquilo e eu quero deixar um legado no Moto e um legado de conquistas”, disse.

O Moto terá algumas modificações no elenco antes do início da preparação para a Série D que começa no próximo dia 24. O clube confirmou o acerto com o meia Neto, destaque do Pinheiro no Campeonato Maranhense, além dos atacantes Henrique, ex-Remo e Vinícius Paquetá, ex-Pinheiro. O volante Amarildo e o atacante Bruno Henrique já estavam no elenco.

Enquanto alguns chegam, o Moto confirmou as saída de Mateus e Danilo Galvão. Outro que deve deixar o clube é o meia Juninho Arcanjo que deve ir para o ABC e o zagueiro Lucas Dias que se apresentará ao CSA-AL.

A estreia do Moto na Série D será no dia 4 de maio, contra o Atlético Roraimense, em Roraima.

Foto: Zeca Soares

7 comentários »

Wallace Lemos segue trabalho no Moto na Série D

8comentários

O presidente do Moto, Natanael Júnior decidiu pela permanência do técnico Wallace Lemos, mesmo após a derrota para o Imperatriz e a perda de forma incrível do título do Campeonato Maranhense.

No futebol brasileiro, sempre que uma equipe perde acaba sobrando para o treinador e no Moto não foi diferente. O “fracasso” em mais uma decisão levou o dirigente a discutir sobre a manutenção do treinador. E de forma acertada, Natanael mantém o treinador que deu ao Moto o padrão que se espera de um time de futebol.

Ah, mas alguém vai dizer: mas Wallace Lemos não ganhou nada. Isso é verdade também…

Desta vez prevaleceu o bom senso. E embora não tenha assimilado a derrota ainda, Natanael se convenceu que o melhor para o Moto é seguir com o trabalho por conta do Campeonato Brasileiro Série D.

É fato que Wallace Lemos errou na decisão contra o Imperatriz, da mesma forma como já havia errado contra o ABC, na Copa do Brasil, mas não foi o único a errar. Jogadores tiveram falhas individuais incríveis na defesa e sobretudo no ataque quando jogaram foram várias chances de ampliar o placar quando a equipe esteve na frente por duas vezes.

Mas a diretoria do Moto também errou ao identificar que o time tinha carências, por exemplo no ataque e na lateral esquerda e mesmo quando ainda podia contratar para o Campeonato Maranhense achou que o time que tinha era suficiente para vencer.

E errou também ao programar festa com apresentação de cantor antes e no intervalo da partida. Já vi em muitos jogos importantes o Moto fazer festa e acabar se dando muito mal. Festa só se faz quando se ganha. Aliás, nesse ponto na sexta-feira (12) cheguei a conversar com o presidente do Moto sobre essa “festa antecipada” e relembrei episódios anteriores. Não deu outras… Isso nunca dá certo.

Daí responsabilizar apenas o treinador não é correto, ainda mais quando sabemos que vem realizando um bom trabalho. Bom, mas nesse ponto Wallace precisa mudar.

Covardia, teimosia e soberba não combinam com futebol e o técnico Wallace Lemos precisa entender isso o quanto antes. Já vi alguns momentos em que o treinador do Moto até já discutiu com torcedores por teimar tanto com jogadores que não corresponderam como é o caso de Danilo Galvão.

Não quero ter a pretensão de escalar time de futebol, mas quando se tem Vitor Salvador no banco de reservas, o Moto não pode apostar em Pedro Dias que apesar de ter feito um bom campeonato ainda não tem a experiência que uma decisão pede. Mas foi uma opção do técnico e que se tivesse dado certo todos estariam aplaudindo.

Neste caso não deu certo, assim como não deu em Natal quando o Moto de Wallace Lemos foi covarde e recuou até ceder o empate fatal para o ABC. Dessas duas grandes tragédias rubro-negras no ano, espera-se que Wallace tire lições para o resto da vida.

É verdade que o índice de acerto do Moto nas contratações sob o comando de Wallace Lemos é excelente e isso não pode ser deixado de lado. O Moto tem um bom time e um bom técnico, só precisa é saber utilizar corretamente as peças que tem.

As quedas do Moto na Copa do Brasil e no Campeonato Maranhense devem servir de lições para todos dirigentes, comissão técnica e jogadores, pois no futebol só se ganha quando o juiz apita o fim do jogo.

Que o trabalho no Moto continue e que todos aprendam que não podem mais errar…

8 comentários »

Imperatriz é campeão com gol no último minuto

10comentários

O Imperatriz é campeão maranhense em 2019. O time da Região Tocantina venceu o Moto por 3 a 2, de virada no Estádio Castelão, neste sábado (13) com um gol nos acréscimos aos 47 minutos quanto a torcida do Moto já se preparava para comemorar o título.

As duas equipes haviam empatado a primeira partida em Imperatriz por 0 a 0, o resultado dava a vantagem do empate ao Moto, mas o Cavalo de Aço foi valente e corajoso, e com um segundo tempo quase que perfeito e conseguiu a vitória quebrando a invencibilidade do rival e ainda comemorando o título.

Mais uma vez a história dos confrontos entre Moto e Imperatriz em finais se repete e o time que tinha a vantagem mais uma vez acabou perdendo o título.

O Moto abriu o placar no primeiro tempo com Léo Paraíba. O Imperatriz empatou no início do segundo tempo com Tibiri. De pênalti, Matheus colocou o Moto na frente mais uma vez. O Imperatriz empatou dois minutos depois com Lucas Campos. A partida já estava nos acréscimos quando Adauto marcou o terceiro para alegria do torcedor do Cavalo e desespero dos rubro-negros.

Esse foi o terceiro título de campeão maranhense conquistado pelo Imperatriz. Antes, o Cavalo já havia feito a festa em 2005, diante do próprio Moto e em 2015, quando bateu o Sampaio na decisão.

Além do título, o Imperatriz garantiu a classificação para a Copa do Nordeste em 2020 e que deverá render ao clube algo em torno de mais de R$ 1,2 milhões.

O Cavalo será um dos representantes do futebol maranhense na Copa do Brasil em 2020. O outro será o Moto vice-campeão.

Campanha do Imperatriz

11 jogos – 5 vitórias – 5 empates – 1 derrota – 15 gols pró – 8 gols contra – saldo 7 gols

Jogos

Imperatriz 2 x 1 Santa Quitéria
Moto 1 x 0 Imperatriz
Sampaio 1 x 1 Imperatriz
Imperatriz 2 x 2 Pinheiro
Imperatriz 1 x 0 Maranhão
Cordino 1 x 3 Imperatriz
Imperatriz 2 x 0 São José
Sampaio 0 x 0 Imperatriz
Imperatriz 1 x 1 Sampaio
Imperatriz 0 x 0 Moto
Moto 2 x 3 Imperatriz

Foto: João Ricardo/Globoesporte.com

10 comentários »

Moto ou Imperatriz: quem vai ser campeão?

1comentário

Chegou o dia de conhecer o campeão maranhense de 2019. Moto e Imperatriz voltam a campo neste sábado (13), às 17h, no Estádio Castelão. No primeiro jogo houve empate por 1 a 1.

O resultado deixou o Moto a um novo empate do título. Ao Imperatriz somente a vitória interessa.

Pelo que vimos no primeiro jogo, o Moto não quer nem saber de vantagem. Saiu para o jogo em Imperatriz e por pouco não retornou com uma vitória.

Agora, nesta segunda partida, mesmo diante da sua torcida, o Moto deve manter a sua forma de jogar e não pode se apegar a uma vantagem que só deverá valer após o apito final do árbitro.

Que ninguém pense que o Imperatriz está batido. Já vimos aqui em São Luís, o Cavalo de Aço realizar grandes jogos e sair vitorioso. Quem não lembra do mata-mata da Série D no ano passado?

O Imperatriz tem um bom time e todas as condições de voltar com o título prá casa. Se o Moto entrar em campo achando que já ganhou pode se dar muito mal.

Não posso deixar de admitir que pela campanha e pelo primeiro resultado, o Moto está perto de conquistar o seu objetivo, mas noventa minutos é muito tempo para o Imperatriz buscar o resultado que necessita.

Como tenho dito, o torcedor do Moto pode ser o diferencial rubro-negro, mas precisará lotar o Castelão. O Imperatriz não vai temer o jogo em São Luís até porque tem uma equipe experiente e acostumada a jogar no Castelão.

É isso que esperamos dessa grande decisão que vale a bolada de R$ 1,2 milhões com a conquista da vaga direta na Copa do Nordeste. Esse é mais um componente interessante deste jogão.

Que vença o melhor…

Foto: Divulgação

1 comentário »

Torcida do Moto tem a obrigação de lotar o Castelão

0comentário

A torcida do Moto está muito motivada e confiante na conquista do título do Campeonato Maranhense, neste sábado (13), às 17h, contra o Imperatriz, no Estádio Castelão.

Nas redes sociais, a movimentação é intensa e tudo leva a crer que o Castelão receberá um grande público nesta decisão.

E não é para menos. O Moto cumpre excelente campanha na temporada e com o empate no primeiro jogo em Imperatriz, ficou a um novo empate do título, mas sabe que não vai encontrar facilidade alguma.

Mas, apesar de tudo isso, a torcida rubro-negra está dvendo e muito. A média de público do Moto nos jogos do estadual é de pouco mais de 2 mil torcedores e que é considerada pequena levando-se em conta que o time está invicto.

Pela campanha e pelo bom time que tem, a torcida do Moto tem a obrigação de comparecer em grande número no Castelão, pois essa é a última partida e time precisa mais do que nunca do seu 12º jogador que pode fazer a diferença diante do time valente do Imperatriz.

Além de jogar com o time, o Castelão lotado vai possibilitar aos dirigentes do Moto, o pagamento de uma boa premiação aos jogadores e comissão técnica que são merecedores por tudo que já fizeram até aqui.

O torcedor do Moto sabe que pode fazer a diferença e assim como o torcedor do Imperatriz fez no primeiro jogo, tem a obrigação de lotar o Castelão e mostrar quem é motense de verdade.

Foto: Biaman Prado

sem comentário »

Márcio Diogo é arma do Moto na briga pelo título

0comentário

A grande campanha do Moto na atual temporada tem muitos destaques no atual elenco comandado pelo técnico Wallace Campos.

Definido pelo próprio treinador como um time “simples, competente e dedicado”, Márcio Diogo representa muito bem essas características da equipe.

Com sete gols e três assistências em 16 jogos disputados entre Campeonato Maranhense, Copa do Nordeste e Copa do Brasil, Márcio Diogo é a principal referência do ataque rubro-negro.

Remanescente da campanha do ano passado, o meia atacante maranhense Márcio Diogo, aos 33 anos é um dos trunfos do Moto nesta última batalha contra o Imperatriz para a conquista do título de campeão maranhense.

Mas apesar da boa campanha do Moto e da sua excelente fase, Márcio Diogo vive a expectativa da conquista do objetivo maior que é a conquista do Campeonato Maranhense.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

sem comentário »

Técnico do Moto espera 10 mil torcedores no Castelão

3comentários

O técnico do Moto, Wallace Lemos foi muito feliz após o empate com o Imperatriz por 0 a 0, ao cobrar a presença do torcedor rubro-negro no Estádio Castelão.

Mesmo com a excelente campanha do Moto na temporada, a torcida não tem apoiado a equipe como deveria, mas pode fazer a diferença na decisão do próximo sábado (13), às 17h.

Além de ajudar a incentivar o time diante de um adversário que costuma aprontar no Castelão, uma boa arrecadação ajudará o Moto numa boa e merecida premiação aos jogadores e comissão técnica em caso de conquista do título.

Wallace Lemos espera que pelo menos 10 mil motenses estejam no Castelão.

“Espero que o torcedor encha o Castelão para que a gente possa sentir o calor da torcida e conquistar esse título. Nós temos a vantagem que nós conquistamos dentro de campo, mas a nossa postura nunca mudou desde a primeira partida e novamente vamos propor o jogo e buscar a vitória. A gente sabe o quanto a presença do torcedor é importante e a gente espera 10 mil pessoas no Castelão”, disse Wallace.

Portanto, a torcida do Moto que ainda não mostrou a sua força na temporada tem mais uma oportunidade para dizer se está ou não ao lado do time.

Com o empate de ontem, o Moto precisa apenas de um novo empate para conquistar o bicampeonato e o seu 28º título, além de garantir vaga direto na Copa do Nordeste em 2020.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

3 comentários »