Hora de discutir o Campeonato Maranhense

3comentários

Os clubes vão discutir hoje com a Federação Maranhense de Futebol (FMF) regulamento e fórmula de disputa para o Campeonato Maranhense 2020.

Para garantir o número de jogos às equipes igual dentro e fora de casa e equilibrar a disputa pelo título e por rebaixamento apresentamos duas sugestões.

A FMF vai propor o rebaixamento de duas equipes. Sugiro aos clubes melhor discussão neste ítem, pois a 2ª divisão pouco tem acrescentado e as equipes jogam com os mesmos atletas que já disputaram a 1ª divisão.

Acho que poderiam manter a primeira divisão com 8 equipes ou até 9, mas deveriam permanecer com o rebaixamento de apenas uma. Mas entendo a tese de quem acha que rebaixando dois vai mexendo um pouco e despertando maior interesse na 2ª divisão.

Sugestões para o Campeonato Maranhense:

Uma boa fórmula e com equilíbrio de jogos entre as equipes seria uma fórmula na primeira fase de ida e volta com as oito equipes jogando entre si. Total 14 datas.

As duas primeiras fariam a decisão em dois jogos. Essa fórmula garante número de jogos igual na primeira fase e todas as equipes jogando com mando de campo dentro e fora de casa. Garantiríamos o equilíbrio.

Se aumentarem as datas poderia se fazer semifinal e final.

Outra fórmula seria em grupos

Primeira fase

Dois grupos com 4 equipes que jogam entre si em sistema de ida e volta. Os grupos seriam definidos por sorteio em potes.

Exemplo:

Grupo A: Sampaio, Maranhão, Juventude e Pinheiro
Grupo B: Moto, Imperatriz, Cordino e Santa Quitéria

Segunda fase

As duas melhores equipes de cada grupo disputam outro quadrangular de ida e volta para saírem os dois finalistas.

As quatro equipes eliminadas na primeira fase disputam o quadrangular da morte para definir a equipe ou equipes rebaixadas.

Terceira fase

Final de ida e volta

Total de datas: 14

3 comentários »

Marcinho diz que Moto terá time forte e competitivo

0comentário

O técnico Marcinho Guerreiro segue discutindo com a diretoria do Moto e acertando com jogadores que farão parte do elenco rubro-negro para a temporada 2020.

Com a pré-temporada marcada para 9 de dezembro, Marcinho garante que o Moto se apresentará com praticamente todo o elenco, mas algumas peças pontuais serão definidas num segundo momento. Ele foi entrevistado ao vivo nesta terça-feira (15), no Bom Dia Mirante, na TV Mirante.

Marcinho disse que dentro do possível, a prioridade é manter o que for possível do elenco deste ano que foi muito bem nas competições que disputou embora não tenham, conquistado o título do Maranhense e o acesso na Série D. Mas neste caso, acredito que o Moto vai ter muita dificuldade e dificilmente manterá mais do que dois ou três jogadores.

O Moto deve apostar em jogadores do sub-19 e outros novatos como Edrean, artilheiro da 2ª divisão pelo Chapadinha e que foi emprestado ao MAC para a disputa da Copa FMF. Além de outros que estão sendo emprestados a outras equipes.

O treinador do Moto não quis adiantar nomes para evitar o assédio por parte de outras equipes neste momento, mas garante que o Moto terá um elenco forte e capaz de brigar por título no Campeonato Maranhense e, principalmente buscar o acesso à Série C.

Eleições

Mas antes de tudo isso, o Moto precisa definir a sua questão administrativa coma rfealização da eleição que deverá reconduzir o presidente Natanael Jr.

O Conselho Deliberativo do Moto é lento demais e por viver de braços cruzados vem retardando alguns processos no clube.

Natanael Jr é o único nome interessado em presidir o Moto e uma vez que não existe e não aparecerá outro nome, o melhor que o Moto faz é adiantar a sua eleição e dar tranquilidade a quem está disposto a tocar o clube nos próximos anos.

Foto: Reprodução / TV Mirante

sem comentário »

Definido calendário do Maranhense de 2020

0comentário

A temporada do ano que vem no futebol maranhense vai começar no dia 22 de janeiro. A Federação Maranhense de Futebol (FMF) já definiu o calendário do Campeonato Maranhense que vai até 26 de abril.

A FMF realizará na próxima semana (17), reunião arbitral com os clubes para apresentar regulamento, fórmula de disputa e tabela do estadual. Manda nada mudará.

Assim como em 2029, o Estadual terá turno único com as oito equipes jogando entre si apenas em sitema de ida. As quatro equipes primeiras colocadas disputam semifinal e os vencedores as finais, estas duas fases com jogos de ida e volta.

Após a primeira fase, a equipe que terminar na última colocação será rebaixada para a Série B em 2021.

O Campeonato Maranhense 2020 terá as participações de Cordino, Imperatriz, Juventude, Maranhão, Moto Club, Pinheiro, Sampaio e São José.

O Estadual garantirá em 2021 o campeão na Copa do Nordeste e Copa do Brasil. O vice na Copa do Brasil, além do primeiro melhor colocado após Sampaio e Imperatriz no Campeonato Brasileiro Série D.

Foto: Biaman Prado

sem comentário »

Juventude é campeão da 2ª divisão Maranhense

0comentário

O Juventude, de São Mateus é o campeão da 2ª divisão do Campeonato Brasileiro, após vencer o Atlético Babaçu, de Bacabal, por 3 a 1, no Estádio Pinheirão, em São Mateus.

Os gols do time do Juventude foram marcados por Emerson Nike, Júnior Negrão e Thiago Lemos. O Atlético diminuiu com Júnior Chicão.

Na primeira partida, o Juventude já havia vencido, no Estádio Correão, em Bacabal, por 2 a 1.

Além de garantir o título, o Juventude disputará a Taça FMF que assegura ao campeão vaga no Campeonato Brasileiro Série D em 2020. E disputará também a primeira divisão do Campeonato Maranhense no próximo ano.

Foto: João Ricardo / Globoesporte.com

sem comentário »

Moto é campeão maranhense no sub-19

0comentário

O Moto é campeão maranhense na categoria sub-19 que é a principal categoria abaixo do profissional no futebol.

Para chegar ao título, o Moto comandado pelo técnico Antonio Soeiro bateu o Santa Luzia do Paruá por 2 a 0, nesta quarta-feira (25), no Estádio Castelão, com gols de Valdeíson e Arthur Silva.

O título é fruto do bom trabalho desenvolvido pelo time rubro-negro divisões de base. O Moto participou de todas as competições em todas as categorias de base.

Esse trabalho, de forma continuada dará bons frutos ao clube no futuro que revelará muitos atletas para o time de futebol profissional.

Além do título, o Moto garantiu vagas na Copa São Paulo, na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste em 2020, além da premiação de R$ 4 mil, da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Foto: Gaudêncio Carvalho

sem comentário »

Márcio Diogo é escolhido o craque do Maranhense

0comentário

A Associação de Cronistas e Locutores Esportivos do Maranhão (Aclem) divulgou a seleção do Campeonato Maranhense. A lista tem sete jogadores do Moto, três do Imperatriz e um do Sampaio.

O Moto teve ainda o craque do ano que foi o atacante Márcio Diogo e o treinador do ano Wallace Lemos. O meia Neto, do Pinheiro foi a revelação do ano.

O melhor árbitro da temporada foi Mayron Frederico dos Reis Novais que ficou fora da escala nos dois jogos válidos pela decisào do Campeonato Maranhense.

Veja a lista completa:

Goleiro – Rodolfo (Moto)
Lateral direito – Diego Renan (Moto)
Zagueiros – Lucas Dias (Moto) e Renan Dutra (Imperatriz)
Lateral esquerdo – Renan Luís (Imperatriz)
Volantes – Naílson (Moto), Lucas Hulk (Moto) e Sousa Tibiri (Imperatriz)
Meia – Juninho Arcanjo (Moto)
Atacantes – Márcio Diogo (Moto) e Samurai (Sampaio)
Craque do Ano – Márcio Diogo (Moto)
Melhor Técnico – Wallace Lemos (Moto)
Revelação – Neto (Pinheiro)
Melhor Árbitro – Mayron Frederico dos Reis Novais
Assistentes – Raélson Almeida e Elson Araújo Silva

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicaçào

sem comentário »

Moto perdeu o rumo após o Maranhense?

8comentários

A derrota para o Imperatriz no último minuto e a perda do título de campeão maranhense ainda provoca estragos nos bastidores do Moto.

Primeiro o clube havia decidido demitir o treinador Wallace Lemos, mas recuou da decisão no domingo passado.

Em seguida, o Moto decidiu dispensar o seu maestro e um dos principais jogadores do elenco, o meia Juninho Arcanjo, o lateral-esquerdo Mateus e o atacante Danilo Galvão. Depois até chegou a repensar a decisão sobre Juninho Arcanjo, mas já era tarde. Lucas Dias já havia acertado com o CSA.

Anunciou as contratações de Henrique que fez temporada ruim no Remo, Vinícius Paqueta que já conhecemos e o meia Neto que deu um “balão” nos dirigentes rubro-negros e foi parar no Sampaio. O atacante Bruno Henrique vai precisar mostrar que pode fazer os gols que o Moto precisa.

Agora anuncia as dispensas de Diego Vitor, Igor, Cauê e Léo Paraíba. Vocês lembram que até o mês passado, o Moto se orgulhava de dar chance a vários jogadores locais que agora são dispensados como é o caso de Diego Vitor que chegou a ser sondado pelo ABC.

Quando se imaginava que o Moto manteria a base do elenco, eis que tudo mudou por conta de uma derrota para o Imperatriz que não estava nos planos rubro-negro.

Que o Moto ponha a cabeça no lugar e já que decidiu reformular o elenco traga jogadores capazer de levar o time ao acesso à Série C, pois no momento a imagem que passa é que o Moto não sabe mais o que está fazendo e isso é muito ruim neste momento…

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

8 comentários »

Moto inicia reformulação para a Série D

8comentários

O técnico Wallace Campos seguirá no Moto para o Campeonato Brasileiro Série D. Ele chegou a ser comunicado pelo presidente do Moto, Natanael Júnior sobre a sua saída após a derrota para o Imperatriz, mas o dirigente recuou e acho que a manutenção do treinador seria fundamental para a sequência do trabalho no clube.

Wallace disse em entrevista à Rádio Mirante AM que recebeu a situação com tranquilidade e que decidiu ficar porque acredita no projeto e que o Moto tem amplas condições de buscar o acesso à Série C.

“Eu estou continuando porque eu acredito no projeto. Eu tinha propostas para sair do Moto club, mas nós acreditamos no projeto. No momento em que eu estiver no comando, o comando técnico é meu. Quando eu me sentir constrangido com alguma coisa eu pedirei para sair. É normal o clube querer trocar treninador quando o resultado não vem e nesse ponto eu sou muito tranquilo e não tem nenuma sequela e nem problema algum. Eu sou bem resolvido, bem tranquilo e eu quero deixar um legado no Moto e um legado de conquistas”, disse.

O Moto terá algumas modificações no elenco antes do início da preparação para a Série D que começa no próximo dia 24. O clube confirmou o acerto com o meia Neto, destaque do Pinheiro no Campeonato Maranhense, além dos atacantes Henrique, ex-Remo e Vinícius Paquetá, ex-Pinheiro. O volante Amarildo e o atacante Bruno Henrique já estavam no elenco.

Enquanto alguns chegam, o Moto confirmou as saída de Mateus e Danilo Galvão. Outro que deve deixar o clube é o meia Juninho Arcanjo que deve ir para o ABC e o zagueiro Lucas Dias que se apresentará ao CSA-AL.

A estreia do Moto na Série D será no dia 4 de maio, contra o Atlético Roraimense, em Roraima.

Foto: Zeca Soares

8 comentários »

Imperatriz é campeão com gol no último minuto

10comentários

O Imperatriz é campeão maranhense em 2019. O time da Região Tocantina venceu o Moto por 3 a 2, de virada no Estádio Castelão, neste sábado (13) com um gol nos acréscimos aos 47 minutos quanto a torcida do Moto já se preparava para comemorar o título.

As duas equipes haviam empatado a primeira partida em Imperatriz por 0 a 0, o resultado dava a vantagem do empate ao Moto, mas o Cavalo de Aço foi valente e corajoso, e com um segundo tempo quase que perfeito e conseguiu a vitória quebrando a invencibilidade do rival e ainda comemorando o título.

Mais uma vez a história dos confrontos entre Moto e Imperatriz em finais se repete e o time que tinha a vantagem mais uma vez acabou perdendo o título.

O Moto abriu o placar no primeiro tempo com Léo Paraíba. O Imperatriz empatou no início do segundo tempo com Tibiri. De pênalti, Matheus colocou o Moto na frente mais uma vez. O Imperatriz empatou dois minutos depois com Lucas Campos. A partida já estava nos acréscimos quando Adauto marcou o terceiro para alegria do torcedor do Cavalo e desespero dos rubro-negros.

Esse foi o terceiro título de campeão maranhense conquistado pelo Imperatriz. Antes, o Cavalo já havia feito a festa em 2005, diante do próprio Moto e em 2015, quando bateu o Sampaio na decisão.

Além do título, o Imperatriz garantiu a classificação para a Copa do Nordeste em 2020 e que deverá render ao clube algo em torno de mais de R$ 1,2 milhões.

O Cavalo será um dos representantes do futebol maranhense na Copa do Brasil em 2020. O outro será o Moto vice-campeão.

Campanha do Imperatriz

11 jogos – 5 vitórias – 5 empates – 1 derrota – 15 gols pró – 8 gols contra – saldo 7 gols

Jogos

Imperatriz 2 x 1 Santa Quitéria
Moto 1 x 0 Imperatriz
Sampaio 1 x 1 Imperatriz
Imperatriz 2 x 2 Pinheiro
Imperatriz 1 x 0 Maranhão
Cordino 1 x 3 Imperatriz
Imperatriz 2 x 0 São José
Sampaio 0 x 0 Imperatriz
Imperatriz 1 x 1 Sampaio
Imperatriz 0 x 0 Moto
Moto 2 x 3 Imperatriz

Foto: João Ricardo/Globoesporte.com

10 comentários »

Moto ou Imperatriz: quem vai ser campeão?

1comentário

Chegou o dia de conhecer o campeão maranhense de 2019. Moto e Imperatriz voltam a campo neste sábado (13), às 17h, no Estádio Castelão. No primeiro jogo houve empate por 1 a 1.

O resultado deixou o Moto a um novo empate do título. Ao Imperatriz somente a vitória interessa.

Pelo que vimos no primeiro jogo, o Moto não quer nem saber de vantagem. Saiu para o jogo em Imperatriz e por pouco não retornou com uma vitória.

Agora, nesta segunda partida, mesmo diante da sua torcida, o Moto deve manter a sua forma de jogar e não pode se apegar a uma vantagem que só deverá valer após o apito final do árbitro.

Que ninguém pense que o Imperatriz está batido. Já vimos aqui em São Luís, o Cavalo de Aço realizar grandes jogos e sair vitorioso. Quem não lembra do mata-mata da Série D no ano passado?

O Imperatriz tem um bom time e todas as condições de voltar com o título prá casa. Se o Moto entrar em campo achando que já ganhou pode se dar muito mal.

Não posso deixar de admitir que pela campanha e pelo primeiro resultado, o Moto está perto de conquistar o seu objetivo, mas noventa minutos é muito tempo para o Imperatriz buscar o resultado que necessita.

Como tenho dito, o torcedor do Moto pode ser o diferencial rubro-negro, mas precisará lotar o Castelão. O Imperatriz não vai temer o jogo em São Luís até porque tem uma equipe experiente e acostumada a jogar no Castelão.

É isso que esperamos dessa grande decisão que vale a bolada de R$ 1,2 milhões com a conquista da vaga direta na Copa do Nordeste. Esse é mais um componente interessante deste jogão.

Que vença o melhor…

Foto: Divulgação

1 comentário »