FMF sugere campeonato curtinho em 2018

10comentários

Os clubes e a Federação Maranhense de Futebol (FMF) discutiram ontem a fórmula de disputa do Campeonato Maranhense. Se vingar a fórmula proposta, o estadual 2018 terá característica de um torneio com apenas 11 datas.

A FMF alega que a Copa do Mundo, a Copa do Nordeste e até “fatores climáticos” vão diminuir ainda mais o calendário para o futebol maranhense na próxima temporada e que a cada ano parece mesmo caminhar para o fim.

Mas ontem mesmo a CBF decidiu que a Copa do Mundo não influenciará nas Séries B, C e D que não serão paralisadas. A menos que aqui queiram parar para assistir a Copa do Mundo pela TV.

Pela fórmula discutida, as oito equipes disputarão um “torneio” com apenas 7 jogos na primeira fase, apenas no sistema de ida. As quatro primeiras disputam semifinal e final. É só isso. Os clubes se quizerem que invistam para jogar só sete partidinhas.

O diretor de competições, Hans Nina disse que a FMF marcará os jogos aos sábados, segundas, quintas e até domingos pela manhã para fugir da concorrência com a TV.

A FMF também sugeriu uma outra competição no segundo semestre valendo apenas vaga para a Série D.

10 comentários »

Rigo pode atingir governo com CPI na FMF

3comentários

Deputado estadual, Rigo Teles (PV)

O deputado estadual Rigo Telles (PV) propôs nesta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades cometidas pela Federação Maranhense de Futebol (FMF) e pode acabar atingindo o Governo do Maranhão.

O pedido de CPI é uma espécie de satisfação que o deputado está dando à população de Barra do Corda em virtude da decisão da FMF que retirou a possibilidade do Cordino fazer a decisão do Campeonato Maranhense, no Estádio Leandrão.

Mas o que pretende o parlamentrar?

Rigo Teles defende que a CPI servirá para prestação de contas dos recursos públicos recebidos pela entidade. “Só agora através de uma CPI, que é um direito nosso, que é um direito obtido por esta Casa de Parlamentares, nós possamos chegar e saber se tem realmente alguma irregularidade, algum desvio ou se está tudo regularizado”, disse o deputado que sempre defendeu a ajuda do governo aos clubes de futebol.

O problema é que o objetivo de Rigo Teles que é um parlamentar da base de Flávio Dino na Assembleia pode deixar o Governo em situação bem delicada se essa CPI for adiante.

Há dois anos o Governo do Maranhão, por meio do Instituto Maranhense de Futebol, criado pela FMF, repassa recursos aos clubes e isso Rigo Teles sabe muito bem. O que vamos saber como foi feita a divisão de R$ 3,6 milhões, nos últimos dois anos. Apenas metade desses recursos ficou com os clubes.

Vamos saber mais detalhes sobre repasse de recursos para as televisões para a transmissão dos jogos. Em 2016, sem que houvesse licitação, a TV escolhida foi a TV Guará. Este ano, novamente sem licitação, a TV escolhida foi a TV Difusora como afirmou o presidente da FMF, Antonio Américo. Diferentemente da TV Guará, a TV Difusora recebeu os recursos, mas não transmitiu os jogos.

Como o Governo do Maranhão pagou uma TV sem que ela cumprisse o contrato e nada aconteceu? Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado, nenhum órgão viu nada disso? A CPI, então, deve chegar nesse ponto.

E é isso que uma CPI na FMF vai descobrir agora. Resta saber se o Governo vai querer que essa história vá adiante….

Em tempo, o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, procurado pelo deputado Rigo Teles alertou: “O deputado ontem me procurou na minha bancada ali e me mostrou a solicitação. E eu fiz ver a ele que essa solicitação carecia de fundamentação”, afirmou.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

3 comentários »

Han Nina assume cargo na FMF

10comentários

Hans Nina, Antônio Américo e Antonio Henrique no anúncio do novo diretor de competições

O ex-presidente do Moto, Hans Nina foi assumiu nesta segunda-feira (26), o cargo de diretor de competições da Federação Maranhense de Futebol (FMF). Ele assumiu o lugar de Antonio Henrique de Moraes Rego que deixou o cargo na semana passada.

A ida de Hans Nina para o departamento de competições já estava acertada para acontecer após o término do Campeonato Maranhense como divulgado no Blog do Zeca Soares, mas em virtude do episódio precipitado da semana passada quando o Cordino alegou irregularidade no Sampaio e a FMF, por meio do seu diretor de competições chegou a confirmar a “irreguralidade”.

Mas não havia irregularidade alguma e o fato acelerou a saída do dirigente.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse por telefone não achar oportuna a escolha de um ex-presidente do Moto para o cargo e negou qualquer tipo de resistência quanto ao nome escolhido pelo presidente da FMF.

Foto: Raphael Araújo

10 comentários »

Cai o diretor de competições da Federação

6comentários

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

Após várias lambanças e muitas polêmicas no Campeonato Maranhense 2017, o diretor de competições da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Henrique de Moraes Rego deixou o cargo nesta sexta-feira (23).

A gota d’água foi a declaração precipitada na quinta-feira quando anunciou uma “irregularidade do Sampaio” que teria lançado o zagueiro Fredson com três cartões.

“O diretor do Cordino chegou à federação solicitando informações de um jogador em alguns jogos do Sampaio… A Federação consultou duas fontes, primeiro a súmula que diz que ele jogou irregular e consultou o site da própria federação. E ele estava realmente irregular. Ele pegou os três cartões amarelos e jogou esta quarta partida na sequência quando ele deveria ter cumprido (suspensão) uma partida, e não cumpriu. Então, em o Sampaio perdendo esses pontos, o Cordino se sagra campeão do campeonato”, disse o dirigente.

Mas não havia irregularidade alguma… E não restou outra saída ao dirigente senào ele deixar o cargo, embora aqui no Blog do Zeca Soares já havia sido divulgada a informação de que o cargo será ocupado pelo ex-presidente do Moto, Hans Nina.

O blog já conseguiu apurar que o nome de Hans Nina enfrenta forte resistência do presidente do Sampaio, Sérgio Frota.

Foto: Flora Dolores/ O Estado

6 comentários »

Precipitação e amadorismo da Federação

5comentários

Presidente da FmF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

Foi no mínimo precipitada a declaração do diretor técnico da FMF, Antonio Henrique ao afirmar que existia irregularidade no caso Fredson.

Em entrevista à Rádio Mirante AM, ontem à tarde, o dirigente afirmou: “A Federação consultou duas fontes, primeiro a súmula que diz que ele jogou irregular e consultou o site da própria federação. E ele estava realmente irregular. Ele pegou os três cartões amarelos e jogou esta quarta partida na sequência quando ele deveria ter cumprido (suspensão) uma partida, e não cumpriu. Então, em o Sampaio perdendo esses pontos, o Cordino se sagra campeão do campeonato”, disse após consultar as súmulas.

Mas não havia irregularidade alguma segundo o Sampaio, por isso, o dirigente deveria ter evitado qualquer tipo de manifestação precipitada.

Até mesmo o presidente da FMF mergulhou no erro do seu diretor ao afirmar que o Sampaio era reincidente e que tinha que se profissionalizar. “isso tudo desencadeia vários problemas por falta de profissionalismo, essa que é a realidade. Falta de profissionalismo daqueles que fazem o campeonato e não atentam para os jogadores que estão aptos para serem escalados em um jogo de futebol”, disse o presidente da FMF.

Hoje, o presidente da FMF, Antonio Américo Lobato Gonçalves disse que a denúncia foi equivocadamente encaminhada ao TJD e pedirá a devolução e consequentemente o arquivamento da “denúncia”.

“Ante o erro na análise da Súmula do jogo Sampaio X Cordino, acerca do cartão amarelo, nas primeiras horas da tarde de hoje estarei oficiando ao TJD/MA, para devolver a denúncia formulado pelo Cordino, equivocadamente encaminhada”, disse.

A precipitação do diretor técnico é mais um elemento para Américo substituí-lo no cargo. É por isso que surge com toda força o nome do ex-presidente do Moto Hans Nina como foi divulgado aqui com exclusividade.

Foto: Flora Dolores/ O Estado

5 comentários »

Cordino denuncia irregularidade no Sampaio

23comentários

Zagueiro Fredson é alvo de denúncia

Faltava apenas um jogo para o término do conturbado e polêmico Campeonato Maranhense de 2017 e eis que surge uma nova polêmica e que pode mudar tudo.

O Cordino protocolou no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) uma denúncia contra o Sampaio que teria utilizado de forma irregular o zagueiro Fredson.

O jogador teria recebido o terceiro cartão amarelo no empate em 2 a 2 com o Moto, em seguida, o jogador foi lançado nos três jogos seguintes, no empate por 1 a 1 e nas vitórias do Sampaio por 4 a 1 e 2 a 1, todos contra o Cordino.

O diretor técnico da FMF, Antônio Henrique disse em entrevista à Rádio Mirante AM que após consulta às súmulas dos jogos foi constatada a irregularidade. “O Fredson está irregular. Nós encaminhamos a denúncia e as súmulas ao Tribunal que vai decidir”, disse.

Segundo o diretor da FMF, se a denúncia for comprovada pelo Tribunal, o Cordino deverá ser declarado campeão do 2º turno e consequentemente campeão maranhense de 2017 e o vice será o Imperatriz.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota não atendeu às ligações telefônicas.

Mais tarde, o Sampaio esclareceu que houve um erro e o cartão foi dado ao zagueiro Alex que teria trocado de camisas com Fredson, mas a súmula já teria sido retificada pelo árbitro da partida. O fato deverá ser esclarecido no TJD e a decisão entre Cordino e Sampaio mantida para o dia 29 de junho.

Vamos aguardar!!!

Foto:Divulgação/ Sampaio

23 comentários »

Hans Nina pode assumir cargo na FMF

12comentários

Presidente do Moto Hans Nina já teria recebido convite do presidente Antonio Américo

O ex-presidente do Moto, Hans Nina pode assumir um cargo na Federação Maranhense de Futebol (FMF) após o término do Campeonato Maranhense na próxima semana.

Ele já teria sido sondado e até recebido convite do presidente da FMF, Antonio Américo Lobato Gonçalves para substituir a Antônio Henrique de Morais Rego, no Departamento Técnico de Futebol e passaria ser o responsável pela organização das competições promovidas pela Federação.

Ninguém fala sobre o assunto que é mantido em sigilo total.

Afastado do futebol desde que entregou a presidência do Moto no ano passado, Hans tem feito cursos de atualização em gestão no futebol e tem ido a jogos, ontem (15) por exemplo, esteve no Estádio Castelão para prestigiar a primeira partida entre Sampaio x Cordino, pela decisão do Estadual.

Vamos aguardar!!!!

Foto: Welliandrei Campelo

12 comentários »

Rigo Teles diz que FMF persegue o Cordino

1comentário

Deputado Rigo Teles afirma que FMF está perseguindo o Cordino, de Barra do Corda

O líder do Partido Verde (PV) na Assembleia Legislativa, deputado Rigo Teles, foi à tribuna da Casa na quarta-feira (14), para denunciar que a Federação Maranhense de Futebol (FMF), comandada pelo presidente Antônio Américo, está perseguindo e prejudicando o Cordino no Campeonato Maranhense de Futebol.

Em sua fala, Rigo Teles denunciou que com intenção de prejudicar o Cordino, a FMF marcou a segunda partida do returno entre Sampaio e Cordino para a quarta-feira (7). “Foi uma grande perseguição. No domingo (4), três dias antes, o Cordino jogou pela Série D, em Miracema do Tocantins (TO)”, afirmou.

Na ocasião, Rigo lembrou que o Cordino saiu de Miracema segunda feira (5), chegou a São Luís terça-feira (6) e entrou em campo na quarta-feira (7), para enfrentar o Sampaio, e perdeu de 4 a 1. Com isso, o Sampaio foi campeão do segundo turno e forçou uma decisão extra contra o próprio Cordino, campeão do 1º turno.

Para Rigo, era impossível o Cordino vencer o Sampaio, porque o time estava cansado da longa viagem ao Tocantins “A população de Barra do Corda está revoltada com a perseguição da FMF, que prejudica o Cordino só porque o time é do interior. Não sou contra os outros times mas isso tem que acabar”, disse.

No pronunciamento, Rigo lamentou para completar o pacote de maldade contra o Cordino,  a FMF baixou  a portaria 023/2017, marcando o jogo final do campeonato maranhense para o estádio Frei Epifânio em Imperatriz, na quinta-feira (22), obrigando o time a viajar 300 km até Imperatriz para jogar longe da torcida.

(mais…)

1 comentário »

Decisão da Federação prejudica o Cordino

18comentários

Cordino e Sampaio não poderão jogar decisão do Campeonato Maranhense no Estádio Leandrão

A decisão da Federação Maranhense de Futebol (FMF) que determinou a mudança da partida decisiva entre Cordino e Sampaio do Estádio Leandrão, em Barra do Corda para o Estádio Frei Epifânio D’Abadia, em Imperatriz abre uma nova e grande polêmica no futebol maranhense.

A decisão que prejudica o Cordino foi tomada por meio de uma portaria há duas semanas e confirmada ontem pela FMF.

Logo após o Cordino conquistar o primeiro turno do Campeonato Maranhense, a FMF baixou uma portaria determinando que o estádio de Barra do Corda tivesse no mínimo a capacidade para 2 mil torcedores. E esse foi sem dúvida o grande equívoco da FMF.

Após deixar que o Cordino decidisse o 1º turno e o 2º turno em seu estádio, a FMF decidiu que o Leandrão não está apto para a final do Campeonato Maranhense. Agora, o torcedor de Barra do Corda é proibido de ver o seu time jogar no Leandrão. Já podemos imaginar o que vai acontecer na Copa do Brasil e Copa do Nordeste no ano que vem.

O correto seria o regulamento constar que os estádios deveriam ter a capacidade para 2 mil torcedores, mas isso não está lá. Tanto não está que a FMF teve que editar uma “portaria” ao final do primeiro turno. Isto significa mudar a regra do jogo com a partida em andamento.

O fato é que o Campeonato Maranhense deste ano que foi totalmente comprometido por uma disputa do Tapetão entre Sampaio e Moto, agora termina com mais essa polêmica criada por quem deveria garantir o equilíbrio e a transparência na disputa.

18 comentários »

Rigo Teles critica Federação de Futebol

3comentários

O líder do Partido Verde (PV) na Assembleia Legislativa, deputado Rigo Teles, foi à tribuna na segunda-feira(8) para expressar indignação com a Federação Maranhense de Futebol (FMF) e cobrar respeito com os times do Maranhão, em especial com o Cordino, de Barra do Corda, o único que nos representa no Campeonato Brasileiro de Futebol, mas está sendo massacrado.

Em sua fala, o deputado Rigo Teles ressaltou que os transtornos no Campeonato Maranhense de Futebol começaram com o jogo, em Barra do Corda, entre o Cordino e o Moto Clube. Depois, no dia 3 de maio, dia do aniversário da cidade de Barra do Corda, o Cordino saiu de casa e veio a São Luís jogar com o Sampaio Corrêa, mas o jogo foi cancelado por decisão da TJD, a pedido da FMF.

Para Rigo, grande parte da culpa pela desorganização do Campeonato Maranhense é da FMF, que não respeita o esporte e os torcedores. “Junto com Cordino, milhares de torcedores de Barra do Corda e dos municípios da Região Central vieram a São Luís ver o jogo com o Sampaio, fretando ônibus e gastando dinheiro. Ocorreu também o desgaste físico e psicológico dos jogadores”, disse.

Depois da decisão a FMF marcou para, 6 de maio, outro jogo entre o Cordino e o Moto Club, no Estádio Leandrão, em Barra do Corda, mas o jogo não aconteceu mais uma vez porque o Sampaio recorreu e o STJD e suspendeu o Campeonato Maranhense, até o julgamento dos recursos. “O Moto e os torcedores também gastaram dinheiro para ir à Barra do Corda”, observou.

(mais…)

3 comentários »