Gil apoia Policiais Rodoviários Federais do Maranhão

0comentário

O deputado Gil Cutrim recebeu, na manhã desta quarta (12), o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Estado do Maranhão (SindiPRF-MA), Tony Wolff, juntamente com o também representante da entidade, delegado Eduardo para conversar sobre a atuação da categoria no estado.

Na ocasião, os representantes da entidade expuseram ao parlamentar, as dificuldades de trabalho e o baixo efetivo que não consegue atender às demandas do estado maranhense. Eles afirmaram que a falta de policiais rodoviários federais prejudica, não só a fiscalização nas estradas, como a atuação contra crimes.  

O Presidente da entidade, Tony Wolff, apontou ao deputado Gil Cutrim, a necessidade de uma melhor regulamentação na atuação dos policiais rodoviários federais.

“Hoje trabalhamos apenas com crimes de trânsito, porém somos preparados para atuar em outras frentes, como combate ao trabalho escravo, resolução de conflitos indígenas, combate ao tráfico de drogas e outras demandas que também pertencem à Polícia Rodoviária Federal, mas que estão engessadas pelo Poder Judiciário”, ressaltou Wolff.

O deputado Gil Cutrim, preocupado com a segurança no estado, concordou com as necessidades da categoria no Maranhão.

“Acredito que o aumento do número de efetivo da Polícia Rodoviária Federal no estado do Maranhão será fundamental para a fiscalização não só das estradas, mas de outras ocorrências. A sociedade não pode ficar prejudicada pela falta de agentes públicos de segurança. Hoje temos apenas 248 policiais rodoviários federais atuando no estado, o que representa um pouco menos da metade do que o Maranhão realmente precisa. A luta do SindiPRF- MA também é minha”, declarou o deputado Cutrim.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Veja entrevista exclusiva de Jhonatan à TV Mirante

1comentário

1 comentário »

Pai quer ouvir a voz do filho como garantia

5comentários

Jurandir Mellado, pai de Pedro Paulo, menino que foi sequestrado em Imperatriz na última quarta-feira (27), concedeu uma entrevista coletiva, em sua residência, na manhã desta terça-feira (3) para falar sobre o caso.

Seis dias após o sequestro do filho, Jurandir afirmou que a família não está recebendo informações da polícia sobre a investigação. O pai do menino falou, também, que espera que os sequestradores entrem em contato para negociar.

“Quero o meu filho de volta e que eles façam bom proveito do resgate. Quero ouvir a voz dele, preciso dessa prova. A polícia não passa informação pra gente, eles não precisam da nossa autorização para investigar. Não quero prisão de ninguém, quero meu filho de volta”, afirmou.

Leia mais

5 comentários »

PMDB lidera ranking de devedores na Justiça Eleitoral

0comentário

O PMDB é o partido com maior número de filiados em débito com a Justiça Eleitoral no Maranhão. Ao todo são 8.541 devedores. Em segundo aparece o PTB com 8.430 filiados. Na lista divulgada hoje pelo Tribunal Superior Eleitoral aparecem ainda PDT (7.873), DEM (7.182) e PP (6.359).

Na lista dos partidos com menor número de filiados em débito com a Justiça Eleitoral estão PCO (4), PSTU (28), PPL (35) e PSOL (135). Ao todo, o número de eleitores em débito com a Justiça Eleitoral no Maranhão chega a 91.520, num total de 766 mil e 858 filiados.

As multas eleitorais são aplicadas pela Justiça Eleitoral nos seguintes casos: propaganda eleitoral irregular; a quem votou e não justificou; aos mesários faltosos que não apresentaram justificativa; doação acima do limite de campanha permitido; e utilização indevida das inserções partidárias.

O não pagamento das multas impedirá os filiados de concorrerem aos cargos de vereador, vice-prefeito ou prefeito na eleição de outubro. O prazo para regularização do débito encerra no dia 5 de julho, data limite para o registro de candidaturas, oportunidade em que deve ser apresentada a certidão de quitação eleitoral pelo candidato.

O prazo para regularização do débito encerra no dia 5 de julho, data limite para o registro de candidaturas, oportunidade em que deve ser apresentada a certidão de quitação eleitoral pelo candidato.

sem comentário »

Ronaldinho entra na Justiça e está fora do Flamengo

0comentário

Depois de um ano e cinco meses de um relacionamento conturbado, Ronaldinho Gaúcho não é mais jogador do Flamengo. O craque, que cobra do Rubro-Negro uma dívida de R$ 40.177.140,00, conseguiu a tutela antecipada na 9ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro. A liminar será protocolada nesta tarde na CBF, o que libera o jogador para assinar com outro clube.

O vice-presidente jurídico do Flamengo, Rafael de Piro, confirmou que o clube já foi notificado da decisão judicial que deixa o jogador livre.

Leia mais no Globoesporte.com

sem comentário »

Talento maranhense na Série A

7comentários

Muito oportuna a reportagem do jornalista Bruno Alves, no Globoesporte.com de hoje.

É que o Maranhão gera jogadores para 55% dos clubes da Série A do Brasileiro.

Na lista estão nomes como Guilherme (Atlético-MG), Márcio Araújo (Palmeiras-SP), Elkeson (Botafogo), Fábio Lopes (Cruzeiro), dentre outros.

Com tantos maranhenses por aí, só não entendo porque o nosso futebol não explode. Tem algo errado…

Vejam só a lista:
Atlético-GO – Pituca
Atlético-MG – Guilherme
Bahia – Diones
Botafogo – Elkesson
Cruzeiro – Fábio Lopes
Grêmio – Pablo
Palmeiras – Márcio Oliveira
Ponte Preta – Xeves e Maranhão
Portuguesa – Raí, Léo Silva e Ananias
Santos – Maranhão
Sport – Rithely

Leia a reportagem completa

7 comentários »

Ensaio sobre gorilas e outros bichos…

5comentários

Por Joaquim Haickel para o Blog do Marco D’Eça

Estando eu fora de São Luis e não podendo acompanhar de perto o desenrolar dos acontecimentos posteriores ao ato brutal e covarde ato que tirou a vida do jornalista Décio Sá, comentei, assim que acordei hoje cedo, uma notícia postada em seu blog que dava conta de uma infeliz postagem que o colega advogado, presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil, Antonio Pedrosa, fez no blog dele, que transcreverei em parte:

“… Não adianta agora, por outro lado – em nome da justiça que deve necessariamente ser feita – alçar o jornalista/vítima à condição de baluarte da democracia, o que nunca foi.”

Fica uma certa impressão de que jornalista que não seja do ponto de vista do autor do texto, um baluarte da democracia, pode ser assassinado. Que o homicídio deve ser apurado, mas que de pronto fique claro, que ele de certa maneira mereceu o que teve, pois não era um baluarte da democracia.

Ele continua:

“…O crime contra Décio Sá deve indignar, como deve indignar qualquer crime,  sem fundamento em nenhum espírito de corpo, ou privilégio que esconda as mazelas do jornalismo marrom…”

Ao contrário do que sugere a primeira frase, mais uma vez fica uma certa impressão de que o jornalista, que do ponto de vista do autor do texto, seja marrom, deve ser tratado de forma diferente daquele que o autor identifica como sendo azul ou vermelho ou da cor que ele escolha como aceitável.

Agora vem o pior:

“Não derramei lágrimas de crocodilo no velório, no qual não aceitaria confortavelmente comparecer. Sempre discordei dessa linha de jornalismo, que, no Estado, é composta por um pequeno número de gorilas diplomados. Não me surpreenderia se ao cabo das investigações se descobrissem motivos bem menos nobres para o assassinato”.

A quem interessa se o autor do texto se sente mais ou menos confortável em comparecer a um velório? Com toda certeza o falecido não daria a menor bola para sua presença. Era totalmente desnecessário dizer essa grosseira. Coisa feia!

No final ele diz claramente que Décio pode ter sido assassinado por um motivo menos nobre, como se houvesse nobreza em um assassinato, como se matar um jornalista marrom ou um gorila diplomado por um nobre motivo fosse aceitável. Que absurdo!

Discordar-se da linha jornalística, política ou ideológica de alguém é algo salutar.

Inadmissível é que alguém, principalmente um advogado, que está cansado de defender indiciados e réus sabidamente culpados, ainda por cima sendo presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil, segregue jornalistas- gorilas de jornalistas-lobos, de repórteres-ratos, de radialistas-cães, de blogueiros-chipanzés, de assessores de imprensa-lebres, praticando assim preconceitos previstos como crimes em nossa constituição.

Eu não estou falando do racismo, como alguns possam imaginar, mas do preconceito quanto a liberdade de escolha no seu mais amplo sentido, pois o jornalista que quiser ser um gorila marrom, pode sê-lo e assumir os riscos de ser assim, mas não pode ser assassinado por isso e muito menos pode ser cerceado de seu direito de escolher ser gorila e marrom, da mesma forma que ninguém pode ser cerceado em seu direito de ser um veado lilás.

Quem se sentir prejudicado pelo fato de ele ser como escolheu ser, que busque na justiça a devida reparação, e que todos nós defendamos o estado de direito a qualquer custo, menos ao custo da aceitação da intolerância.

Posso até admitir que o Pedrosa tenha sido infeliz no que escreveu, que tenha até pensado uma coisa um pouquinho diferente do que está escrito em seu texto, mas infelizmente o que está contido no seu subtexto é algo da maior periculosidade, algo que extrapola os limites do possível na vida em sociedade.

O que é pior é que ao invés dele refletir sobre o equívoco que cometeu, desculpar-se e colocar as coisas de maneira mais aceitável, ele postou em seu blog dois outros textos onde reafirma o que disse antes.

Pedrosa tem que entender que ele não é tão somente ele.

Ele é o presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil, secção do Maranhão. Ele nos representa.

Um jornalista pode escolher ser marrom e assumir os riscos de sua escolha.

À uma entidade como a OAB não é dada a possibilidade dessa escolha…

5 comentários »

Fique sabendo…

0comentário

Meio ambiente
A Sema promove, nesta quinta-feira, o seminário “Diálogo sobre a Política Estadual de Recursos Hídricos”, marcando a passagem do Dia Mundial da Água. O evento acontece de 14 às 18h, no auditório do Ibma. É direcionado para profissionais da área ambiental, técnicos, professores, estudantes, pesquisadores e demais pessoas interessadas.

Plenária
Será aberta nesta quinta, em Recife, a Reunião Plenária do Encontro Nacional de Presidentes de Juntas Comerciais promovido pela Associação Nacional de Presidentes das Juntas Comerciais. O evento reunirá mais de 100 representantes. Com o tema “Buscando soluções conjuntas para melhorias e avanços na legislação de empresas mercantis e atividades Afins”, a organização do ENAJ pretende reunir dirigentes de Juntas Comerciais de todo o país.

Encontro
Será aberto, nesta quinta-feira, em Presidente Dutra, às 9h, o 7º Encontro de Gestores das 19 Unidades Regionais de Educação (UREs), promovido pela Seduc.  Durante dois dias serão discutidos temas importantes nos setores de infraestrutura, recursos humanos e gestão da rede estadual de ensino. A abertura contará com a presença do secretário de Educação, João Bernardo Bringel.

Racismo
O Ministério Público Federal denunciou o professor de Cálculo Vetorial e Geometria Analítica da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), José Cloves Verde Saraiva, pelos crimes de racismo, xenofobia e injúria racial cometidos contra o estudante nigeriano Nuhu Ayuba, no início de 2011.

Segurança
Sâo Luís vai sediar a partir de hoje, a Reunião Ordinária do Conselho de Segurança Pública do Nordeste. O evento acontece no Hotel Luzeiros, na Praia de São Marcos, com as presenças de todas as cúpulas dos sistemas de Segurança Pública dos nove estados nordestinos. O reunirá secretários de Segurança, dirigentes e integrantes das Polícias Civis, Militares, Federal, Rodoviária Federal, dos Corpos de Bombeiros e Sistema Prisional do Nordeste, além de representantes da Agência Brasileira de Inteligência e do Gabinete de Gestão Integrada, que juntos irão tratar sobre segurança na região.

sem comentário »

O MAC é ou não um clube falsificador de assinatura?

7comentários

O MAC sempre foi reconhecido como um time feito por “homens sérios”.

Não vou precisar citar nenhum nome, quem milita no futebol sabe de quem estou falando. Antes mesmo de entrar para a crônica esportiva ouvia isso nas rádios.

Bom, mas a gente nunca sabe para onde caminha a humanidade. O tempo passa, as pessoas mudam, enfim fica a instituição.

E é, sobre a instituição e seus dirigentes que escrevo agora.

Não consigo entender a postura passiva e silenciosa dos atuais dirigentes atleticanos em relação ao caso Edgar. A diretoria do MAC deve uma satisfação convincente a todos nós.

É que de uma hora para outra, o MAC virou um clube “falsificador de assinatura”. Edgar alega que o MAC fraudou a sua assinatura para prorrogar o seu contrato. Falsificar assinatura é crime e por ele alguém deve responder.

Cabe ao MAC agora provar na Justiça o contrário. É o nome e a história do clube que estão em jogo.

Se não fizer isso deixará de ser a instituição séria que todos nós aprendemos a admirar e respeitar.

7 comentários »

Jogo aberto

5comentários

Pode ou não?
Que confusão foi aquela entre o árbitro reserva e o auxiliar técnico do Sampaio. O árbitro Juscelino Sousa Santos mandou o reserva Cleidison Luís Sousa Santos excluir do banco de reservas o auxiliar do Sampaio. Na preliminar, Robson Martins Ferreira não estava nem aí e o auxiliar do MAC ficou o jogo inteiro no banco. Isso é que é uma arbitragem que fala a mesma língua.

Preocupação
A todo momento recebo ligações no celular, e-mail, mensagens no facebook e twitter sobre a situação do Moto.
Tá todo mundo preocupado. O time é  fraquinho demais e parece não ter adquirido ainda o mínimo de confiança da torcida. Não sei não, mas se o Moto não vencer o São José (antigo Moto) a coisa vai ficar ainda mais feia.

Técnico demitido
Três jogos, duas derrotas e um empate. Foi o suficiente para o vice-presidente do Imperatriz, Alex Santos demitir o técnico Osmar Magalhães ao vivo durante entrevista na Rádio Mirante AM, após a goleada por 3 a 0 para o Sampaio. O Cavalo de Aço que é o lanterna do Campeonato Maranhense deve acertar com o técnico Pita (ex-jogador do Santos).

Técnico contratado
O carioca Luís Antonio Zaluar Mattos de Souza, de 48 anos é o novo treinador do Sâo José contratado para substituir Ronaldo Bagé que foi para o Serra Talhada-PE. Zaluar foi treinador da Cabofriense-RJ, Porto Alegre-RS, Sete de Setembro-PE, Garanhuns-PE, Paysandu-PA, Ca mpinense-PB, Goytacaz-RJ, Joinville-SC, Ameericano-RJ, Fortaleza-CE, Vitória-BA, além do Mesaimeer, de Doha (Qatar). Zaluar desembarcou em São Luis ontem à noite e será apresentado aos jogadores no treinamento na manhã de hoje. Além de Zaluar, a novidade será o atacante Douglas Pitbull, ex-Linense-SP.

De olho
O adversário do Sampaio na primeira fase da Copa do Brasil, o Atlético-PR empatou por 2 a 2 com o Cianorte, no fim de semana, pelo Campeonato Paranaense. O Furação é o 3º colocado com 13 pontos, cinco jogos, quatro vitórias e um empate. Já o adversário do Santa Quitéria, o ASA-AL foi derrotado pelo Coruripe no Campeonato Alagoano. O ASA é o 4 colocado com 11 pontos, sete jogos, três vitórias, dois empates e duas derrotas.

Esperto
E preocupado com a informação divulgada que a promotora Lítia Cavalcanti pedirá os laudos dos estádios de futebol, o presidente Antonio Américo tratou de marcar uma visita ao Nhozinho Santos nesta segunda-feira pela manhã. Após afirmar que a responsabilidade dos laudos é unicamente dos clubes, o presidente da FMF quer mostrar à promotora que tá fazendo alguma coisa. Tá certo, então!

Reforços
O diretor de futebol do Moto, Daniel Menezes disse que o clube procura um zagueiro e um goleiro para reforçar o time para o Campeonato Maranhense. O Moto vinha conversando com um zagueiro, mas segundo o dirigente a negociação veio à estaca zero por não se tratar do jogador ideal. Se for assim de agora em diante o Moto deverá fazer um novo time porque o elenco atual está “longe demais” do ideal.

5 comentários »